É ler para crer!

No post anterior comentei sobre aspectos do canto neocatecumenal, tão curiosa quanto os cânticos é a dança dos neocatecumenais que pode acompanhar alguns deles, mas obrigatória no DAYENU.

Trata-se de uma adaptação da canção pascal judaica na qual se agradece a Deus pelas inúmeras bênçãos derramadas e imerecidas, reconhecendo que se apenas uma delas houvéssemos recebidos já seria motivo de sermos gratos todos os dias de nossa vida, mas o SENHOR por sua graça fez muito mais por amor de nós.

Dayenu significa: “teria bastado”; “era o suficiente”. Portanto, “Quanto mais nós temos que dar graças ao SENHOR”.

O Dayenu encerra a vigília pascal, a comunidade (assim referem-se à igreja; o mesmo que irmandade para nós) forma um círculo e dança, ora de mãos dadas, ora batendo palmas.

Quando nos perguntar: O que festejais, por que cantais e dançais? Jubilosos responderemos: “Cristo nossa Páscoa está ressuscitado”

Minha intenção com este post é primeiro mostrar a variedade de liturgias e perguntar a vocês se a Páscoa é uma festa cristã ou como nos é ensinado que é uma celebração judaica que foi abolida por Cristo e substituída pela Santa Ceia?

Anúncios

Comentários em: "Dayenu – a dança dos neocatecumenais" (16)

  1. DAYENU (letra)

    DE QUANTOS BENS CUMULOU-NOS O SENHOR! (3x)

    SE CRISTO NOS TIVESSE FEITO SAIR DO EGITO
    E NÃO TIVESSE FEITO JUSTIÇA COM O FARAÓ,

    ISTO NOS TERIA BASTADO, NOS TERIA BASTADO
    DAYENU, DAYENU, DAYENU

    SE TIVESSE FEITO JUSTIÇA COM O FARAÓ
    E NÃO NOS TIVESSE LIBERTADO DE TODOS OS ÍDOLOS,

    SE NOS TIVESSE LIBERTADO DE TODOS OS ÍDOLOS
    E NÃO NOS TIVESSE DADO AS RIQUEZAS DOS EGÍPCIOS,

    SE NOS TIVESSE DADO AS RIQUEZAS DELES
    E NÃO TIVESSE ABERTO O MAR PARA NÓS,

    E SE TIVESSE ABERTO O MAR PARA NÓS
    E NÃO TIVESSE AFUNDADO OS NOSSOS OPRESSORES,

    SE TIVESSE AFUNDADO OS NOSSOS OPRESSORES
    E NÃO NOS TIVESSE DADO UM CAMINHO NO DESERTO,

    E SE NOS TIVESSE DADO UM CAMINHO NO DESERTO
    E NÃO NOS TIVESSE NUTRIDO COM O PÃO DA VIDA,

    SE NOS TIVESSE NUTRIDO COM O PÃO DA VIDA
    E NÃO NOS TIVESSE DADO O DIA DO SENHOR,

    E SE NOS TIVESSE DADO O DIA DO SENHOR
    E NÃO TIVESSE FEITO CONOSCO A NOVA ALIANÇA

    E SE TIVESSE FEITO CONOSCO A NOVA ALIANÇA
    E NÃO NOS TIVESSE FEITO ENTRAR NA IGREJA

    SE NOS TIVESSE FEITO ENTRAR NA IGREJA
    E NÃO TIVESSE CONSTRUÍDO EM NÓS O SEU TEMPLO

    SE TIVESSE CONSTRUÍDO EM NÓS O SEU TEMPLO
    E NÃO NOS TIVESSE ENVIADO O SEU SANTO ESPÍRITO

    ISTO NOS TERIA BASTADO, NOS TERIA BASTADO
    DAYENU, DAYENU, DAYENU

    TANTO MAIS NÓS TEMOS QUE DAR GRAÇAS AO SENHOR! (3x)

    QUE NOS FEZ SAIR DO EGITO
    QUE NOS LIBERTOU DOS NOSSOS INIMIGOS
    QUE NOS DEU A SUA RIQUEZA
    QUE ABRIU O MAR PARA NÓS
    QUE NELE AFUNDOU OS NOSSOS OPRESSORES
    QUE NOS DEU UM CAMINHO NO DESERTO
    QUE NOS NUTRIU COM O PÃO DA VIDA
    QUE NOS DEU O DIA DO SENHOR
    QUE NOS DEU A NOVA ALIANÇA
    QUE NOS FEZ ENTRAR NA IGREJA
    QUE CONSTRUIU EM NÓS O SEU TEMPLO

    E NOS ENVIOU O SEU ESPÍRITO SANTO PARA O PERDÃO DOS PECADOS

    CRISTO, NOSSA PÁSCOA, ESTÁ RESSUSCITADO (3x)

    ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA (3x)

  2. Márcio José Sérgio Ermida (Colecionador de Bíblias de Estudo CCB) disse:

    Creio que a páscoa está sendo celbrada hoje em dia na forma da Santa Ceia, já que Jesus Cristo é nossa páscoa, nosso sacrifício derradeiro.

    Quanto a comemorar simbolicamente a Páscoa, vai de cada igreja.

    É o que penso.

    Deus abençoe.

    • Mano Márcio,

      Pra mim o que eu comemoro são os ovos de Páscoa!
      Como comemoro muito os Panetones e Chocotones!

      E viva la bella vita!
      🙂

    • A santa ceia e o batismo são as ordenanças do Senhor Jesus para sua igreja. Cumprimos estes mandamentos.
      Mas, percebo dois aspectos diferentes, um contraste entre santa ceia e páscoa: numa lembramos da morte vicária (substituta), do escárnio e das dores do Nosso Senhor, enquanto na outra, celebra-se a vitória, o triunfo, a ressurreição de Cristo.

      • Na Igreja Católica todos os domingos celebramos a Páscoa do Senhor, na Santa Missa (EUCARISTIA, ou Santa Ceia como preferirem). Mas na Páscoa da Ressurreição (precedida pela quaresma), celebramos de forma mais intensa e festiva… A Igreja nos oferece esse tempo para melhor refletirmos o mistério de nossa salvação.

        Ah, e para nos católicos, a Eucaristia é a celebração da paixão, morte e ressurreição de Cristo Jesus. Celebramos todo o mistério da redenção, o sacrifício e a vitória de Jesus!!!

        Dayenu! Cristo Jesus ressuscitou! Aleluia!!! 🙂

  3. Alguém conhecia esta dança? Bem curiosa, não?

    Esta semana recordei um pouco sobre a liturgia pascal do Caminho, eu não me lembro de toda ela (o culto mais demorado na CCB que me lembro foi até as 22:30hs; imaginem um culto que se prolongasse até as 5:00 da manhã) por isso não posso defendê-la, mas fiquei surpreso com o que pude reunir e estudar até agora.

    A Páscoa é toda celebrada em cima da notícia dada pelos anjos no sepulcro: “RESSUSCITOU!”

    Para iniciar a Vigília todas as luzes são apagadas, a escuridão que se instala representa as trevas do mundo e os nossos pecados. Então ouve-se uma voz: “Cristo Jesus ressuscitou” – é a introdução de um hino parecido com o nosso “Cristo luz do mundo” que representa as mulheres trazendo a ‘grande notícia’. Durante este canto a procissão de ministros entra com o CÍRIO (vela grande que representa a luz de Cristo, o sol da justiça, a estrela da manhã que não conhece ocaso), então os ministros representado os apóstolos acendem velas comuns no Círio e as pessoas mais próximas acendem suas velas nas deles e vão repassando aos outros até que estejam todos com velas acessas nas mãos. Representa a graça e o Evangelho, e nós que fazemos da igreja, devemos levar esta luz ao mundo.

    Logo em seguida, ainda sob a luz de velas é cantado o “EXULTE” ou “PREGÃO PASCAL” um hino litúrgico, muito solene (e demorado) que faz a Proclamação da Páscoa. Ele explica todo o sentido e o entendimento que eles tem sobre a Páscoa.

    • Puxa Ricardo.

      Que bonito.

      Acho que seja válida uma representação assim.

      Abs!

      • Há um momento muito bacana durante a vigília. Uma criança, e geralmente uma criança bem pequena para tudo ficar mais “fofo”, assume como salmista (mestre de canto)e juntos com as outras crianças cantam em coro perguntando:

        “Por que esta noite é diferente de todas as outras noites?”

        Então os pais de cada uma, por sua vez, toma o microfone e em poucas palavras procura explicar aos seu filhos o porquê daquela noite ser especial.

      • Márcio J. S. Ermida disse:

        HP, eu estava me referindo a esse tipo de celebração.

        Embora goste de chocolate também, rsrs.

  4. Santa Ceia parece não constar na Bíblia.

    Tenho ouvido de alguns diáconos que Jesus não mandou comemorarmos seu nascimento mas apenas a sua morte (neste caso a “Santa Ceia” seria a ocasião propícia).O não comemorar o nascimento seria para criticar o Natal.

    Na minha opinião, deveriam ter ocasiões assim na igreja.O próprio Deus instituiu a festa dos Tabernáculos,uma atenção ao aspecto psicológico humano, já que no físico Deus mandava o maná dos céus.A instituição das tribos era a atenção de Deus ao sociológico.Atentando pra isso, creio que as comemorações ou festas, alem de alegrarem o povo, servem de certa forma para enaltecerem as bêncãos recebidas sendo a salvação pelo sacrifício de Cristo a maior delas.

    Tudo que vem a restringir o Sacrifício de Cristo deve ser banido.

    Lembrando que há um só legislador e um só juiz, ao menos na minha Bíblia assim está escrito em Tiago.

    A Paz.

    Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

    • Cláudio, você mencionou que as festas alegram o povo; após a vigília a comunidade se reúne para o ÁGAPE (refeição que celebra o amor e a união entre os cristãos) para se confraternizarem.

      “Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque CRISTO, NOSSA PÁSCOA foi sacrificado por nós; Pelo que FAÇAMOS FESTA, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade” – (1 Corintios 5:7,8)

  5. Irmãos, a Paz!
    Faço parte desse Itinerário de Formação Cristã que se forma dentro das paróquias chamado de Caminho Neocatecumenal, sou Salmista, membro da equipe de liturgia e fui catequista de crisma, conheço muitas coisas, não tudo, mas coisas que possam explicar a vocês como e o porque as coisas dentro da Liturgia das celebrações eucarísticas do caminho neocatecumenal, são de determinadas maneiras.
    Infelizmente muitas pessoas nos condenam, mas poucos realmente conhece e estão abertos a entender a liturgia.
    A forma que celebramos não é Heresia, e foi aceita pelos Papas desde Paulo VI perante nosso estatuto.
    Vi alguns comentário sobre a Liturgia da Vigília Pascal que celebramos, ela é muito longa mesmo, começando por volta das 23 horas e terminando por volta das 5 horas da manhã, mas isso se deve ao fato de que realizamos a vigília com diversos momentos que são mais longos do que de costume, como por exemplo o batismo, tem anos que celebramos 15 batismos, então se estende mais ainda.
    Há um momento em que as crianças cantam ” Porque essa noite, é diferente de todas as outras noites?”, esse canto, comum na celebração Judaica é o momento onde o pais passam a Fé aos seu filhos, então alguns pais que se sentirem tocados, levantam e falam aos filhos e a todos da assembléia, o por que a noite é diferente.
    E tantos outros momentos incríveis, digo a vocês que não julguem, mas que estejam dispostos a conhecer e compreender, eu mesmo não nasci dentro de uma comunidade neocatecumenal, quando vi, e ouvi alguns comentários achei uma heresia, porém depois de muito ver, conviver e estudar sobre, acabei aderindo e decido fazer parte, posso dizer que através desse movimento eu pude ver como Deus fez mudanças em mim.

    • Oi Fernando.

      Eu não critico, mas tambem não participo.

      Olhe para os outros não.

      • Fernando Escovar (Escobar) disse:

        Olá Claudio, fico feliz em saber que não critica, mas infelizmente ainda vivemos em mundo onde muitos acabam por condenar o próximo sem conhecer..
        Abraços…a paz!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: