É ler para crer!

Verso áureo: E o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se uma voz do céu, que dizia: Tu és meu Filho amado; em ti me tenho comprazido” – (Lucas 3:22) 

“Deus [o PAI] e o Espírito Santo não são pessoas, só o Senhor Jesus” – A primeira vez que ouvi isto foi de um moço da minha comum, mas agora me foi dito por um cooperador com muitos anos de ministério; se antes fiquei surpreso, agora fiquei preocupado.

Conversávamos sobre a edição dos pontos de doutrina; eu buscava a resposta que ele me prometera dar – mas parecia ter esquecido – assim que falasse com os anciães sobre o assunto, porque de início este cooperador ignorava as três mudanças verificadas nos artigos de fé.

Citando João 4:24: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”, ele fez uma defesa a favor da alteração no 2° Ponto de doutrina. Entre outros argumentos, em resumo a resposta que este irmão cooperador colheu e me entregou foi: “Deus é espírito, isto leio na Bíblia, mas não está escrito que Ele é pessoa”.

A CCB possui uma forte cultura oral: Aquilo que não está escrito, mas é crido e difundido entre os membros. Impressiona como a irmandade não se preocupa com os escritos e valoriza os ditos. É um dos motivos que cobro uma explicação formal sobre a revisão na nossa Confissão de Fé. Aqui discutimos muito o acréscimo “contendo” e pouco falamos das outras duas mudanças ocorridas. Do acréscimo no 1º ponto de doutrina muitos falam que não muda nada; dirão isto também do decréscimo no 2º ponto?

Hinário 4: “2. Nós cremos que há um só Deus vivente e verdadeiro, eterno e de infinito poder, Criador de todas as coisas, em cuja unidade há três pessoas distintas; o Pai, o Filho e o Espírito Santo. (Ef., 4:6; Mat., 28:19; I João, 5:7)”

Hinário 5“2. Nós cremos que há um só Deus vivente e verdadeiro, eterno e de infinito poder, Criador de todas as coisas, em cuja unidade estão o Pai, o Filho e o Espírito Santo. (Efésios, 4:6; Mateus, 28:19; I João, 5:7)”

Diante da alteração do texto e da explicação que me foi dada eu interpreto a nova redação do seguinte modo: “… em cuja unidade NÃO há três pessoas distintas”.

A minha teoria era que por ser controversa e sofrer muitos ataques, a CCB tentou evitar as polêmicas em torno da doutrina da trindade retirando do texto o que dela está convencionado – Na unidade [de Deus] há três pessoas distintas – mas foi infeliz porque o texto como ficou confunde-se com o credo unicista.

Mas minha teoria não se confirmou pois agora tenho uma resposta verbal que a edição se fez necessária para evitar certa interpretação em cima da palavra “pessoas” e desfazer qualquer confusão. Em outras palavras é errado usar o termo “pessoas” para Deus e o Espírito Santo.

O verso áureo narra as manifestações ocorridas após o batismo do Senhor Jesus, ele derruba a crença unicista ao apresentar distintamente o Filho que estava entre os homens, o Espírito Santo visto em forma de pomba, e o  Pai ouvido pelos homens.

A CCB nega ser unicista mas usa um texto unicista; A CCB diz crer na Trindade mas não aceita o que dela está convencionado. Quem está errado e onde está a confusão, nas “pessoas” ou na edição?

Ora porque Deus é espírito não é pessoa? Porque o Espírito Santo não é gente não é pessoa? E só porque o Senhor Jesus assumiu a natureza humana é pessoa?

O mesmo argumento usado pelos que são contrários à doutrina da trindade de que o termo não está na Bíblia, foi usado pela CCB com relação ao termo pessoa. Se por isso não podemos admitir o termo “pessoas” não haveremos de professar a Trindade. E se não entendermos o que é pessoa não entenderemos o que é trindade.

Pessoa é a nossa tradução para duas palavras gregas que tiveram um papel central no entendimento da doutrina da Trindade e da própria Cristologia: Hipóstase e Prosopon, cujo significado combinado com outros termos contextuais é: “realidade da subsistência”, “existência individual ou independente” ou “auto-manifestação do indivíduo, e do que lhe é próprio”.

Aconteceram debates intensos por quatro séculos para ficar convencionado: Há um único Deus subsistente em três pessoas distintas. Assim foi mantido na Reforma, mas às escuras, sem consulta, sem conhecimento histórico, sem respeito pelos ‘pais da igreja’, pelos reformadores e pelos primeiros editodres, decidiram que isto está errado.

Como foi feito agora, amanhã poderão mexer novamente na Declaração de Fé e a irmandade se conformará dizendo que não tem relevância, que nada foi mudado, que é um ‘pormenor doutrinário’. Importa é que estamos na ‘graça’ e se formos firmes e fiéis (mais uma contradição) seremos salvos.

“E a fé católica [universal] consiste em adorar um só Deus na Trindade e a Trindade na unidade, sem confundir as pessoas e sem dividir a substância. Pois uma é a pessoa do Pai, outra a do Filho, outra a do Espírito Santo” – (Credo de Atanásio)

trindade

Post relacionados:

Onde estão as três pessoas distintas?

As pessoas distintas e a edição desonesta

Anúncios

Comentários em: "Na unidade “não” há três pessoas distintas" (60)

  1. Estamos a ficar em doutrina e práticas assustadoramente parecidos com os Testemunhas de Jeová. As semelhanças são de arrepiar.

    Elaborei há uns tempos atrás um documento onde o assunto da pessoa do Espírito Santo é abordada. Se o irmão quiser ver e de lá aproveitar algum texto, esteja à vontade, o texto é público:
    https://docs.google.com/document/d/1LDwKvF0JMxm0gHHwz2BOigaUqHXnJ6h0bY6TBApz8po/edit#heading=h.pelcmd60rlo

    Também eu já vi um ancião por quem tenho o maior amor e respeito Cristão ficar mudo quando um nosso irmão o interpelou à minha frente para saber a definição da Trindade. Eu fiquei triste não porque o ancião não sabia explicar a Trindade para um nosso irmão na fé, mas pelo que isso evidenciava quanto ao inexistente preparo teológico de alguém a quem Deus confiou uma porção abençoada das suas ovelhas (a minha comum é uma das maiores Igrejas aqui em Portugal).

    Oremos pelos nossos irmãos do ministério, para que de Deus recebam a luz para poderem explicar as maravilhas contidas nas Escrituras, e para que dessa forma o povo se sujeite à autoridade das Escrituras e não cometa o erro de pensar que nos podemos colocar sobre as mesmas.

    Deus a todos abençoe, e em particular ao irmão Ricardo pelo seu incansável e saudável zelo em favor da verdade das Escrituras e da mensagem do Evangelho bíblico.

    Vitor, CC em Portugal.

    • Mais, se o irmão quiser experimentar ao vivo o despreparo da nossa Igreja quanto a este assunto, junto um grupo de nossos irmãos seus amigos e pergunte-lhes:

      “O que é o Espírito Santo?”

      Irá certamente ouvir muitas respostas, mas poucos ou nenhum o corrigirá quanto à pergunta, que deveria ser “Quem é o Espírito Santo?”.

      Graças a Deus a Igreja é do Senhor, e não nossa.
      “(…)e sobre esta pedra edificarei a minha igreja(…)” Mateus 16:18

      Esperar sem desesperar, porque
      “(…)todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”
      Romanos 8:28

      Vamos nessa confiança!

    • Vitor disse: “O que é o Espírito Santo?”
      Irá certamente ouvir muitas respostas, mas poucos ou nenhum o corrigirá quanto à pergunta, que deveria ser “Quem é o Espírito Santo?”.

      Muito bem colocado irmão Vitor, poucos se atentam para isto. Jamais devemos perguntar O QUE É, e sim QUEM É o Espírito Santo.

      O Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade. Deus com o Pai e o Filho. Esta é uma resposta comum, tradicional e costumeira; resposta que segundo a CCB está errada porque não podemos dizer que o Pai e o Espírito Santo são pessoas.

      Mas corretamente e bem explicado na sua carta às TJs: “Diz-se pessoa porque possui intelecto, sensibilidade e vontade própria, mas em íntima unidade com o PAI (Jeová) e o FILHO (Jesus). Não é uma força como as T.Js proclamam e como se pode facilmente comprovar analisando a Escrituras.”

    • Centro de estudo biblico bereano disse:

      Para quem tem esta dúvida sobre se o ensino dá trindade é biblico ou não nós lhe daremos a seguinte dica: 1 Separe todos os versos que são usados pelos trinitários que apoie este ensino.2 Separe os versos que não apoie este ensino comparando-os com o contexto. 3 Ore a Deus pedindo o necessário entendimento pois temos O Espírito Santo dá verdade que nos esclarece todas as coisas.Nós do CEBB temos pontos de vista diferente pois cada membro é livre e respeitamos a todos. Por exemplo o autor dessa página tem este ponto de vista: 1 revelação- Deus se revelou a si mesmo em Sinai a Moisés2 Deus revelou o seu Filho ao mundo afim de nos reconsiliar com ele. 3 Quando o Senhor Jesus esteve na Terra Ele fêz muitas maravilhas mas Ele não podia esta em vários lugares ao mesmo tempo por isso disse que voltaria para o Pai e depois enviaria o consolador Divino. Ele se refere ao Espírito Santo como o OUTRO ou dá mesma natureza ou espécie, em outras palavras ele estáva dizendo” ESTAREI CONVOSCO TODOS DIAS ATÉ O FIM! AMÉM!

  2. Ricardo,

    Gostei da imagem final. Ela explica a trindade.

    Sobre a Trindade, confesso que, pessoalmente acho os debates confusos, e de certa forma de difícil compreensão, porém sou obrigado a aceitar o que na Bíblia encontramos, como na passagem do Batismo de Cristo, aonde vemos Cristo saindo das águas, o Espírito Santo em forma corpórea de uma pomba e a voz do Pai exaltando o Filho, vendo a distinção clara entre eles.

    Também preciso aceitar passagens como a encontrada em João 10:30, aonde Jesus se declara: “Eu e o Pai somos um”.

    Apenas aceito o que a Bíblia (a Palavra de Deus) declara.

    Agora, sobre a mudança, novamente penso que foi errada, pois não temos um corpo doutrinário dentro da CCB além dos anciãos mais velhos, que infelizmente não possuem estudos teológicos, escatológicos, hermenêuticos para alterar algo.

    Digo isto, por vermos erros doutrinários nos tópicos de ensinamentos, estes sim discutidos e compilados pelos mais velhos.

    Ainda penso que a declaração original foi copiada dos Presbiterianos (de onde o irmão Francescon se originou), como vários de nossos hinos mais antigos também vieram. Por isso a declaração original não possuía os erros nos pontos 1 e 2.

    Grande abraço.

    • Quando digo que há erros doutrinários em tópicos de ensinamentos, veja abaixo o tópico 13 de 2010:

      ADVERTÊNCIA À IRMANDADE SOBRE VAIDADE E COSTUMES DO MUNDO ATUAL

      Ultimamente, vem se observando que a vaidade e os costumes do mundo atual estão se alastrando no meio do povo de Deus. A irmandade,em geral, tem responsabilidade perante Deus de se enquadrar na Doutrina.

      As irmãs devem evitar trajes exagerados vestindo sempre roupas modestas. As santas do Senhor não devem usar pinturas, nem depilar as sombrancelhas ou tingir os cabelos,nem darem-se à exibição de jóias.
      Devem ter os cabelos crescidos conforme a Palavra. Vestidos decotados,sem mangas, saias curtas ou abertas, roupas transparentes ou modelos indecorosos não devem fazer parte dos costumes das servas de Deus.
      Irmãos que tingem os cabelos e bigodes também devem entrar na disciplina.
      Os jovens devem se abster de penteados e cortes de cabelo exóticos e exagerados.
      Nossa irmandade deve abster-se de tatuagens e piercings. Porém aos que estão se convertendo ao Senhor e são tatuados, nada devemos impor.Aguardemos que o Senhor faça a obra em cada coração.

      Aonde encontramos na Bíblia base para:

      “As santas do Senhor não devem usar pinturas, nem depilar as sobrancelhas ou tingir os cabelos,nem darem-se à exibição de jóias.”

      “Irmãos que tingem os cabelos e bigodes também devem entrar na disciplina”

      “Os jovens devem se abster de penteados e cortes de cabelo exóticos e exagerados.”

      Base temos em Colossensses 2:20-23 abaixo:
      “Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:
      Não toques, não proves, não manuseies?
      As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;
      As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.”

    • “Eu e o Pai somos um” (João 10:30);
      “Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um” – (1 João 5:7)

      Estes textos também são usados pelos unicistas, aliás, são considerados versos áureos por eles.

      O próprio Senhor disse: “Eu e o Pai somos um” – [o mesmo] como diremos que são distintos?
      Se a Palavra de Deus ensina que “estes três são um” – [são o mesmo] como diremos que são distintos?

      São um em substância, essência, glória, poder – São [o mesmo] Deus.
      Mas o Pai não é o Filho; o Filho não é o Espírito Santo; O Espírito Santo não é o Pai. Não são a mesma pessoa.

    • A segunda parte do seu comentário diz respeito de como tornamos doutrina o que a Bíblia não nos deu como doutrina. Mas no caso que discutimos, a intenção foi deixar nosso escrito conforme a Bíblia e como não encontram “pessoas distintas” no texto sagrado, retiraram do texto revisado.

      Nem por isso acertaram, por que como definirei que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são distintos se João 10:30 e 1João 5:7 diz que são um. Qual palavra usar para o aspecto que são diferentes ou não são o mesmo?

      Se pessoa é errado qual o termo certo?

  3. Prezado irmão!

    Essa resposta verbal que o irmão recebeu sobre a mudança, é oficial ou o achismo de alguém do ministério que, assim como nós, não recebeu resposta do ministério?

    Deus o abençoe!

    • Samuel,
      Quando eu perguntei ao cooperador: primeiro ele ignorava, depois de tomar ciência não ousou dizer nada, disse apenas que ia consultar os anciães para saber a opinião deles. Esperei e quando cobrei a resposta, este irmão estava seguro nas suas palavras demonstrando claramente que aquela opinião lhe fora compartilhada, mas não disse a quem ou a quantos perguntou.

      Eu acredito que este é verdadeiramente o pensamento do ministério, pois concorda com a atitude de tirar dos hinos expressões ou falas que não constam na Bíblia. Desse modo, retiraram a expressão “três pessoas distintas” porque não encontram assim escrito na Bíblia.

  4. Eduardo Prates disse:

    A Paz de Deus, no meu ponto de vista, para dar minha opinião, preciso estudar e buscar mais informações sobre a trindade pois, infelizmente, não tive um estudo específico sobre esse tema na CCB; Porém sei que a nova alteração nos pontos de doutrina da CCB está correta.
    Deus abençoe, ApdD!

    • Eduardo Prates,

      Se “a nova alteração nos pontos de doutrina da CCB está correta”, a original estava errada?

      A nova versão não está errada, ela está imprecisa e dá margem para ser usada por credos diferentes.

      Não havia nada de errado com o texto original, como não é errado usar a palavra ´pessoa´para me referir ao Pai e ao Espírito Santo. Mas se não querem usar “pessoas distintas” e para não ficar com dupla interpretação que escrevem:

      “cuja unidade estão distintamente; O pai, o Filho e o Espírito Santo”

      É comprovador e triste o que disse: “preciso estudar e buscar mais informações sobre a trindade pois, infelizmente,não tive um estudo específico [orientação adequada] sobre esse tema na CCB”.

      • Eduardo Prates disse:

        Correção: “Porém sei que a nova alteração nos pontos de doutrina da CCB está INCORRETA.” Na hora pensei uma coisa e escrevi outra, perdão.

  5. Assunto altamente complicado e cheio de mistério!
    Acredito que qualquer teoria deva ser considerada…
    Acredito que qualquer idéia, visão ou pensamento ajuda-nos a entender!

    …Sendo assim me atreverei a dar um entendimento pessoal meu…
    Que é claro…pode estar totalmente errado!….ou conter algo à se pensar!

    No meu entendimento acredito que o maior ERRO seja tentar entender as três pessoas divinas segundo nossos conhecimentos referente a Matéria e suas Leis Físicas!

    TEMPO / ESPAÇO
    -O mundo espiritual não pode ser exemplificado segundo esses princípios da matéria
    -O mundo espiritual é regida por Leis que a Matéria desconhece!

    -O Espírito Santo pode falar “SIMULTÂNEAMENTE”, em escoamento de tempo humano, ….no mesmo horário e mesmo instante, com os 6 bilhões de seres humanos na terra…e ainda nessa mesma hora, falar com todos os anjos no céu….
    Seguindo esse raciocínio conforme as leis físicas conhecidas pelo homem….o Espírito Santo teria que transfigurar-se em 6 bilhoes para conversar com todos os habitantes da terra, mais os anjos também!

    Portanto fica claro que não podemos tentar explicar as pessoas da trindade com o raciocínio que temos de Tempo / Espaço

    Dito isto…entendo assim:

    -YHWH é o Deus Eterno
    -Jesus é o filho (sobre o qual repousa os Sete Espíritos do Altíssimo,…. mas não é Deus)
    -Espirito Santo é ó próprio Deus YHWH manifesto por seus Sete Espíritos

    EXPLICANDO MELHOR

    Os Sete Espíritos de Deus

    Em Deus YHWH revelado…..

    Apocalipse 1:4 João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono;
    Apocalipse 3.1 Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto.”
    Apocalipse 4:5 E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus.
    _________________X________________X___________________X

    Repousa sobre Jesus……

    Apocalipse 5:5-6 5-E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos. 6- E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deusenviados a toda a terra.

    Isaías 11:1-2 1-Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. 2-E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e deentendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temordo SENHOR.
    1- Espírito do SENHOR
    2- espírito de sabedoria
    3- de entendimento
    4- espírito de conselho
    5- de fortaleza
    6- espírito de conhecimento
    7- de temor do SENHOR

    Zacarias 3:9 Porque eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos; eis que eu esculpirei a sua escultura, diz o SENHOR dos Exércitos, e tirarei a iniqüidade desta terra num só dia.

    _________________X________________X___________________X

    Revelado pelo Espitito Santo……

    Pelo Prórpio D’us YHWH (Nos patriarcas, no Sinai, na tenda da congregação e no templo)
    Na pessoa de Jesus (Mantende em vós esta atitude mental que houve também em Cristo Jesus, o qual, embora existisse em forma de Deus, não deu consideração a uma usurpação, a saber, que devesse ser igual a Deus Filipenses 2:6) [tradução Novo Mundo]

  6. Apenas complementando…

    Deus YHWH é o Deus Eterno!
    No mundo espiritual Ele revela-se e torna-se visivel pela manifestação de seus Sete Espíritos!

    Jesus é o Filho do Deus Eterno!
    É o único que tem a essência do Pai!
    É o único no qual repousa os Sete Espíritos de Deus, e por isso que quem conhece a Jesus também conhece o Pai.
    É o único no qual repousa os Sete Espíritos de Deus, e por isso que Lhe foi dado todo o poder, no céu e na terra!
    Apesar de ter sobre Ele os Sete Espíritos de Deus, não tem por usurpação ser igual à Deus!

    O Espírito Santo é o Espírito do Senhor!…Atemporal e não dimenssional.

    • Caramba Adriano!!! Você aprendeu isso na CCB???

      Misericórdia…

      • Quando a Igreja de Cristo pela boca dos seus ministros não dá resposta à natural curiosidade do Homem quanto às maravilhas que as Escrituras perfeitamente declaram, esse Homem vai buscar o alimento onde ele houver… mesmo que isso signifique ingerir comida claramente adulterada (o irmão Adriano, não sei se por desconhecimento, está a citar a aberrante tradução da Sociedade Torre de Vigia, casa mãe dos Testemunhas de Jeová!!).

        Terrivelmente assustador.
        Irmão Adriano, por favor, dedique-se à leitura da sua Bíblia e esqueça o que homens enganadores escrevem acerca dela! Com todo o respeito, o irmão espiritualmente falando está ainda em fase de leite maternal e já pensa em comer feijoada pesada, deixe-se disso.

        Se tem necessidade ou deseja ler alguma coisa pesada, mas de bom sustento espiritual, tente ler as Institutas da Religião Cristã, por João Calvino, ao menos essas são garantidamente fiéis aos ensinos apostólicos e conforme as escrituras originais no-los ensinam.

        Deus o abençoe,
        Vitor Silva, CC em Portugal

        • Caro Vitor Silva…o que escrevi foi uma RÉPLICA a um testemunha de Jeová sobre suas crenças de Cristo ser o Arcanjo Miguel…e que o Espírito Santo é uma “Força Ativa” de Deus.
          A referência bíblica que coloquei é a TNM, (pior tradução já feita pelo homem) e as mesmas referência encontran-se também nas melhores traduções!
          O que realmente me espantou é o irmão desconhecer o credo das Testemunhas de Jeová !!
          E ainda dizer que quero arrotar feijoada sendo que ainda não desmamei…
          Fui bem claro:
          Existe um Deus e existe um Jesus e os mesmos sete espíritos que estão no trono do Altíssimo, também repousam sobre seu filho……
          Apocalipse 1:4….
          Apocalipse 3.1…..
          Apocalipse 4:5…..
          Apocalipse 5:5-6
          Isaías 11:1-2

          Me prove que as citações que fiz não estão escritas na sua bíblia!!
          O irmão é arrogante e prepotente e soberbo…definitivamente não conheces o siguinificado de humildade!…..não que me sinta realmente triste, mas sim pelo fato que acredito seres meu irmão em Cristo, e que deves medir o que dizes…

    • Adriano,
      O nosso intelecto não consegue vasculhar a Trindade.
      Com a razão, realmente, não podemos entendê-la.
      Mas, UM DIA VEREMOS A FACE DE DEUS COMO ELA É, então a compreenderemos.

  7. Omitir a pessoalidade das três PESSOAS distintas da Trindade serve como justificativa para ‘evitar questionamento’?! Como assim? Para ser ‘pessoa’ teria que ter, necessariamente, uma forma física de gente?! Ora, seguindo esse raciocínio, só faltaria dizer em contrapartida que, como a carne é sempre má, Jesus não teria natureza divina. Assim diriam os gnósticos.

    E essa passagem emblemática de João 4:24, na verdade atesta a Pessoa de Deus (em espírito e em verdade). Inclusive, ao longo das narrativas bíblicas, tem várias passagens diferentes nas quais Deus se revela demonstrando ricamente Sua pessoalidade em Seus atributos, APARECENDO às pessoas, inclusive travando diálogos.

    E outra: o cristão propriamente dito não questiona a personalidade do Espírito Santo – ou a Sua pessoalidade, melhor dizendo – uma vez que Ele a tem, e de forma indiscutível. E não haveria como fazer confusão, pois o próprio cristão genuíno é quem DÁ TESTEMUNHO do Seu caráter pessoal. Revelando-se como Aquele que tem a missão de realizar a obra de Jesus nos nossos corações.

    Ora, e se o próprio cristão é quem dá testemunho da pessoalidade do Espírito, qual a utilidade de que ‘a edição se fez necessária para evitar certa interpretação em cima da palavra “pessoas” e desfazer qualquer confusão’?
    A verdade desconcertante é que só dá testemunho de uma PESSOA quem teve ( E TEM!) uma intimidade com essa pessoa. E essa intimidade advém de uma experiência pessoal. Eis a verdadeira revelação!

    Enfim, como disse certa vez um pregador. ‘Não é para explicar. É para conhecer em Graça, porque só faz sentido como verdade. E não como explicação’.

    Menos ainda sendo confusa e contraditória auto afirmação doutrinária. Oral ou escrita.

    • Que coisa gloriosa é o Espírito Santo na vida do crente.
      Ele mesmo confirma sua individualidade em nós:

      “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. (Romanos 8:16)

      “Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados.
      E também o Espírito Santo no-lo testifica…” (Hebreus 10:14-15)

      Portanto aqueles que foram salvos e receberam o Espírito Santo está certo de que ELE tem sua pessoa.

  8. Cristão Ortodoxo disse:

    Bereiano, primeiramente acredito que suas colocações neste post não comunga com a fé da maioria Ccbiana. Segundo, como foi dito por vc, a tradição oral na CCB é muito forte, e tão forte que a crença na distinção entre o Pai, Filho e o Espirito Santo é mais potencializada do que qualquer outra instituição Cristã que já pesquisei. Esta distinção é fortíssima na poesia dos hinos, claríssima nas orações e de forma quase que inigualável no Batismo. Tudo por força da tradição oral que sustentamos. Vou ainda mais longe, a maioria esmagadora dos evangélicos e protestantes desconhecem a teoria da trindade, e boa parte não fazem nem distinção entre o Pai e o Filho; e dizem ser Trinitarianos. Eu particularmente sempre estive convencido de que um dia teríamos que cortar este cordão umbilical que nos ligava a ICAR. Não porque não acredito nesta distinção Celestial, mas porque professávamos a crença em uma teoria filosófica formalizada em um período de casamento entre o cristianismo e o paganismo. É melhor para nós Cristãos ater-se apenas ao texto Bíblico do que apoiarmo-nos em uma interpretação oriunda de um período de corrupção da igreja. Em uma minuciosa pesquisa pela literatura patrística do séc I e II, percebemos que os primeiros cristãos já combatiam o unicismo, procurando ater-se apenas ao texto Bíblico; assim não ousaram formular uma teoria propriamente dita, mas pregavam a distinção de forma simples e lógica conforme o texto Bíblico, vejamos:

    E estando o Filho no Pai e o Pai no Filho, em unidade e potência de espírito, o Filho de Deus é inteligência e Verbo do Pai… Realmente uno não pode menos de maravilhar se ao ouvir chamar ateus aos que admitem a um Deus Pai, e a um Deus Filho e a um Espírito Santo, mostrando sua potência na unidade e sua distinção na ordem… nos movemos pelo só desejo de chegar a conhecer ao Deus verdadeiro e ao Verbo que está nele, qual é a comunhão que há entre o Pai e o Filho, que coisa seja o Espírito, qual seja a unidade de tão grandes realidades e a distinção entre os assim unidos, o Espírito, o Filho e o Pai. Atenágoras (175 d.C.)

    Tenho aqui a regra de nossa fé, o fundamento do edifício e a base de nossa conduta: Deus Pai, criador , ilimitado, invisível, único Deus, criador do universo. Este é o primeiro e principal artigo.

    O segundo é: o Verbo de Deus, Filho de Deus, Jesus Cristo nosso Senhor, que se apareceu aos profetas segundo o desígnio de sua profecia e segundo a economia disposta pelo Pai; por meio dele foi criado o universo. Ademais ao fim dos tempos para recapitular todas as coisas se fez homem entre os homens, visível e tangível, para destruir a morte, para manifestar a vida e restabelecer a comunhão entre Deus e o homem.

    E como terceiro artigo: o Espírito Santo por cujo poder os profetas profetizaram e os pais foram instruídos no que diz respeito a Deus, e os justos foram guiados pelo caminho da justiça, e que ao fim dos tempos foi difundido de um modo novo sobre a humanidade, por toda a terra, renovando ao homem para Deus. Irineu (180 d.C.)

    Assim se revelava Deus: pois por todas estas coisas o Pai se manifesta, por meio da obra do Espírito, o ministério do Filho e a aprovação do Pai, aperfeiçoando assim ao homem em vista de sua salvação. Irineu (180 d.C.)

    Acredito que esta mudança seja apenas para balizarmos nossos artigos de Fé ao texto Bíblico, e desprendermos de qualquer elo de ligação com o Cristianismo paganizado.

    • Cristão ortodoxo,

      Nossa irmandade verdadeiramente distingue Pai, Filho e Espírito Santo. Mas não compreendem [pelo que foi exposto] o termo “pessoas”. Entendem como pessoa o ser humano por isso não querem referir-se ao Pai e ao E. S. como pessoas.

      Como existe a pessoa física, coletiva e jurídica, existem três pessoas divinas.

      Embora as discussões que levaram nomear essa doutrina de Trindade e nomear de pessoas os aspectos individuais do P. F. e E.S, se deram do século quarto ao sétimo, a doutrina é Bíblica.

      A atitude Bereiana é que cada ensinamento recebido deve ser analisado com base nas Escrituras antes de ser aceito. Não é importante quem o dê, importa que concorde com a Bíblia.

      Não posso rejeitar o nome dado à doutrina porque foi dado pela Igreja Católica.
      Do mesmo modo também concordo com que foi dito por IRINEU DE LYON (130 – 202) mesmo que “os seus escritos, assim como os de CLEMENTE e IGNÁCIO são tidos como evidências iniciais da primazia papal” (Wikipédia).

      • Cristão Ortodoxo disse:

        Bereiano, a ICAR não somente tem CLEMENTE DE ROMA e IGNÁCIO como primazia papal, mas faz referência também ao apostolo PEDRO. Sabemos que isto e apenas conto de fadas, pois a ICAR nega esta primazia com suas obras. Existe um imenso mar de antagonismo entre a doutrina cristã pregada por esses homens e os dogmas da ICAR; que para fazer justiça teria que reconhecer o IMPERADOR CONSTANTINO como seu primeiro papa.

        Deus abençoe.

  9. Clayton Eduardo disse:

    “(…) em cuja unidade estão o Pai, o Filho e o Espírito Santo.”
    Deus não é a unidade? Não vejo contradição entre as palavras em aspas acima e a figura do credo de Atanásio. Tanto o Pai, quanto o Filho e o Espírito Santo estão em Deus (unidade). Acontece que não está explícito que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são distintos (ou que um não está no outro). Isto fica implícito pela própria natureza das palavras. Particularmente, não vejo contradições nas palavras adotadas pela Congregação Cristã no Brasil. O que vejo é que o fato de não ter deixado explícita a interpretação pode acarretar confusões.

    • Clayton,
      É justamente isto que estou falando.
      Uma mudança desnecessária por um motivo ridículo.

      Se não querem usar “pessoas distintas” que escrevessem:
      “cuja unidade estão distintamente: O pai…”

  10. Ricardo, assim como você concordo em utilizar a expressão “pessoas”, mas só por curiosidade, Karl Barth, o grande teólogo da neo-ortodoxia, evitava esse termo. Ele apresenta a Trindade como sendo “três modos diferentes da existência de Deus”.

    • A palavra grega PROSOPON conforme pesquisei significa “máscara” ou “face”, segundo pensam alguns, Deus se apresentaria ou revelaria com a “máscara” ou “face” do Pai, do Filho ou Espírito Santo, como um ator usando máscaras.

      Isto não é Bíblico, porque o Pai, Filho e ES não teriam sentimentos e vontades próprias, e também não seriam eternos porque para haver a manifestação de um desapareceria os outros.

      Deus não se manifesta em três formas/modos/faces; e sim subsiste em três pessoas.

  11. Prezados irmãos,

    A palavra “pessoas” é utilizada para enfatizar o fato que existem três PERSONALIDADES. Nada tem a ver com “rebaixar” Deus a uma pessoa comum. Isso se chama procurar “pena em ovo”. Um absurdo.

    Duvido inclusive que este seja o motivo. Para mim foi um chute (igual aos do irmão Daniel Kauphan no blog apologiadidacheccb), pois o irmão ancião não soube responder ao cooperador e explicou o que achava.

    Essa mudança foi feita há muito tempo (antes de 2004, ano em que foi finalmente colocada em nosso estatuto), e passou desapercebido, aliás, na CCB o que mais importa é a cultura oral e não o que está escrito.

    Nossa irmandade está “se lixando” para os pontos de doutrina. Estão mais preocupadas com a mudança no Hino Rosa de Saron. Os pontos de doutrina não são lidos e explicados para irmandade (com exceção de dois lidos nos batismos). Na reunião de jovens então, nem se fala. Está no final do hinário só para “enfeitar”.

    Para se ter uma idéia, em um culto há três dias, um ancião ordenado há uns 3 anos (faz parte da nova geração), soltou as seguintes “pérolas” durante a sua pregação em um culto de Santa Ceia:

    – Aqui não é uma seita. Aqui é a graça (se referindo a CCB é claro);
    – Se alguém visitou alguma outra denominação, tem que se retratar antes de tomar a Santa Ceia (Meu DEUS!!! Que absurdo, se for a uma balada, festanças e bebedeiras como muitos de nossos irmãos fazem, o ancião não mencionou que deveria pedir perdão, agora visitar outra denominação é pior??? Precisa se retratar??? É o cúmulo do sectarismo);
    – Aqui, no momento da Santa Ceia, não será mais vinho e nem pão, se transformará no corpo e sangue de Jesus Cristo, e quem não crer está participando para condenação.(Transubstanciação pregada pela igreja católica??? Misericórdia 2)…

    Essa pregação “revelada”, mostra o quanto nossa doutrina é deixada de lado. O ancião simplesmente repete o que sempre ouviu. Não há correção, e nossa liderança, por arrogância prefere fingir que não sabe de nada.

    Pior é ver gente aqui na net minimizando essas gravíssimas heresias pregadas em nosso meio só para manter o orgulho denominacional em alta. Estou falando de algo que ouvi da boca de um ancião de São Paulo da nova geração há três dias. Não estou falando do passado.

    Só Deus para ter misericórdia!!!

  12. Márcio J. S. Ermida disse:

    Excelente explanação da Trindade, ou Triunidade para os mais radicais que afirmam o termo anterior ser um termo pagão (xiiiiii).

    A constatação da arrogância espiritual travestida de pietismo religioso me deixa cada vez mais nauseabundo. Mas valorizo o debate, pois muitos ao lerem esses valiosos textos acordarão para a verdade. Outros permanecerão cegos, mas vale a pena suscitar o debate. Quem está fazendo as mudanças desnecessárias tem que entender de uma vez por todas que não está lidando com um bando de alienados teleguiados pela cultura oral, obedientes cegos à doutrina proferida do púlpito sob ameaça de não receber perdão.

    Eles que ponham as barbas de molho, pois o Deus onipotente, onipresente e onisciente está de olho nas baboseiras e invencionices exclusivistas que combate-se por aqui. Também acho salutar que os irmãos Lima e Eleotério dêem a cara a tapa, mesmo fazendo questão de defender o que não tem defesa, pelo menos eles são corajosos para isso, só espero que um dia tornem-se humildes para aprender alguma coisa. Mas tudo bem, estamos aí, e vamos debatendo. Quem sabe um dia lá no Brás Deus não dê um baita chacoalhão em quem pensa que doutrina é fruto do “ES”, ou melhor da sabedoria humana travestida de religiosidade.

    Deus abençoe.

    • A doutrina da Trindade para muitos é uma invenção católica e até mesmo pagã; estes são os ataques que ela sofre.
      Meu primeiro pensamento é que os irmãos pretendiam se desviar desses ataques e por isso teriam editado o artigo 2.

  13. Há um trecho na Bíblia que sugere que a Trindade são pessoas distintas:
    No batismo do Filho, o Pai fala, ouvindo-se do céu a Sua voz, e o Espírito Santo desce na forma de pomba, Mt 3.16, 17. Em Gênesis também menciona: “Façamos…” , sugerindo mais de Um. Agora , tem um trecho onde Jesus diz referente aos seus discípulos “…Para que todos sejam um, comoTu, ó Pai, O és em mim, e Eu em ti; que também eles sejam “UM”em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
    João 17:21. E eram pessoas distintas , inclusive 12. Agora , não sei …

    • Irmã Sônia,
      Ficou um pouquinho confusa? (rsrsrs).
      Quando estamos em Cristo formamos um corpo com Ele, a igreja é o corpo do qual Cristo é a cabeça.

      Este mistério é celebrado com a figura do casamento. O casal é uma só carne (em mistério), no entanto, são duas pessoas.

  14. Além disso, a Bíblia declara também que o Espírito Santo “intercede por nós” diante do Pai “com gemidos inexprimíveis.Outra evidência da personalidade do Espírito Santo é o fato de Cristo referir-Se a Ele em João 14:16 como “outro Consolador” que seria enviado pelo Pai em nome de Cristo. Por isso dentro da escrituras creio que o Espírito Santo é um Ser plenamente divino, onipresente e pessoal.

  15. Uma coisa eu posso dizer com toda a certeza: Nosso espírito “sabe” quando(Quem) é o Pai , quando (Quem) é Jesus e Quem(quando) é o Espírito Santo! Todo o Universo , todo o vácuo , a imensidão do espaço visível e invisível é preenchido pela presença do Espírito de Deus , assim como era antes da criação da Terra. Aqui mesmo , poderemos em amor nos sentir “Um” com nossos irmãos por que o mesmo Espírito que está nele está em mim. Sentiremos Deus em nós e o seu amor que nos une.

  16. Há também um detalhe:

    Quando se afirma que o Espírito Santo é uma pessoa, pode-se entender que se está querendo dizer que ele tem mãos e pés, olhos e ouvidos, nariz e boca. Não é nada disso. Pessoa nesse caso pode se subtender “personalidade”

  17. A verdade é nua e crua!
    Cegos guiando cegos, pior que Jesus disse que eles viriam.
    Eu vou sentar e chorar.
    Lembro-me de um cooperador de jovens que dizia que Jesus era um deus. Tal como as testemunhas de Jeová.

    • Pluralidade de credos – mas não tem importância porque estamos na graça e seremos salvos se formos firmes e fiéis.

      Tome um lenço. (rsrsrs)

      • Irmão Bereano, perdoe a minha ignorância, pois estou começando a fazer estudos da bíblia agora, na parte de sermos firmes e fiéis, Jesus não diz assim em apocalipse: sede-me fiel até a morte e dar-te-ei a vida eterna? Mas sei também que a salvação é pela graça, não é por obras. Poderia me explicar isso? Deus abençoe!

        • “Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida” – (Apocalipse 2:10)

          Sersan,
          Sem dúvida, devemos ser firmes na fé e fiéis ao Evangelho até o fim, porque “o justo viverá da fé, e se, ele recuar minha alma não tem prazer nele” – (Hebreus 10:38).

          Vamos entender a frase dentro de cada contexto:

          1) Apocalipse 2:10 fala de uma provação específica com tempo limitado; a “coroa de vida” é um galardão (recompensa; prêmio) específico para quem passar por ela. A coroa da vida é como uma medalha de honra ao mérito, ela não é a salvação, porque a salvação não vem pelas obras para que ninguém se glorie – é dom de Deus.

          2) Para a CCB ser firme e fiel é simplesmente não “pecar de morte”, que dentro de sua ideologia significa não adulterar ou fornicar. E também permanecer dentro da CCB, não indo para outra igreja.

          Ser firme e fiel na concepção ccbiana torna a salvação condicional (quando ela é incondicional), dependente de nossas obras, o que inclui rituais da igreja = batismo da CCB. Mas se é pelas obras não é mais graça sendo que pelas obras ninguém será salvo. Dessa forma a salvação é incerta até o último suspiro de vida. Ao contrário, a Bíblia diz que Jesus nos salvou.

          A CCB ensina o crente a terESPERANÇA de salvação;
          A Palavra de Deus nos dá CERTEZA da salvação.

          • Entendi, Deus abençoe pela explicação.

            Depois que comecei a ler a bíblia mais assiduamente, te confesso uma coisa, a verdade contida nela me libertou de muitos males e condenações que eu colocava sobre mim. e confrontando com algumas pregações fiquei mais livre ainda, pois como você disse a CCB tem como pegado de morte aqueles que adulteram e fornicam, mas em apocalipse o Senhor Jesus coloca a mentira no mesmo nível desses pecados sexuais. De uma coisa eu tenho certeza, se não for a misericórdia de Deus em nossas vidas vai ser difícil, pois quem não comete mentira ás vezes? O caminho é pedir perdão e se humilhar nos pés do Senhor sempre, para que possamos errar o menos possível.

            Está de parabéns pelo blog, fica na paz de Deus.

  18. A paz de Deus

    Tinha escrito um pequeno texto aqui neste artigo, porém, perdi a coragem de publicar, temendo às reações…
    Reconheço que tenho dificuldade de me expressar gramaticamente correto.

    Lendo os posts acima e, percebendo algumas discrepâncias; uns com alguma lógica, outros nem tanto…

    Tomei coragem!.

    Evitando ser minucioso, vou usar da forma interrogativa(dentro da Bíblia), para ver se desta forma, AGUÇA os pensamentos de todos nós.
    Lembrando que, não estou baseado em “doutrina” de nenhum “seguimento”; foi examinando pessoalmente… Neste caso, o conteúdo deste post, é de inteira responsabilidade pessoal.
    .

    Sobre DEUS O PAI CRIADOR – Nome: JEOVÁ(*) – Efé. 4: 6: “Um só DEUS e PAI de TODOS, O QUAL É SOBRE TODOS, e POR TODOS, e EM TODOS”… (cf. I Cor. 8: 6)…
    Pergunta: Há alguma dúvida ou controvérsia aqui?.

    Sobre DEUS FILHO – Nome: JESUS CRISTO(*) – Col. 1: 15: “O qual é a IMAGEM do Deus invisível, O PRIMOGÊNITO DE TODA A CRIAÇÃO”… (cf. Heb. 1: 1ao4)…
    Pergunta: Jesus Cristo é, como alguns afirmam, SEMPITERNO(não teve princípio) assim como o é Deus o Pai Criador?; ou tornou-Se ETERNO(teve princípio, mas não terá fim)?.
    Obs.: Se afirmarmos que Jesus Cristo é SEMPITERNO(não teve princípio), como o é Deus o Pai Criador, cai por terra a afirmação: “Há outro Deus além de Mim?. Não, não há outra Rocha que Eu conheça”; Isa. 44:8…
    Por outro lado: Se O Deus Filho Jesus Cristo, RECEBEU de Deus O Pai Este Enaltecimento, conforme, João 1: 1,2; Atos 2: 36, fica tudo de acordo com as Escrituras!…

    Talvez alguém dirá: “Mas, a Bíblia diz que Deus e Jesus Cristo São UM SÓ!”; João 10:30. É verdade!; Mas também, o próprio Senhor Jesus disse: “….que Te conheçam, a TI SÓ, por ÚNICO DEUS VERDADEIRO, e a JESUS CRISTO a quem enviaste”; João 17: 3; e mais: “Eu dei-lhes a glória que a MIM ME DESTE, para que SEJAM UM, COMO NÓS SOMOS UM. – EU NELES, e TU EM MIM, para que eles sejam perfeitos em UNIDADE”; João 17: 22,23…

    Sobre o ESPÍRITO SANTO – Nome: (?) – Gên. 1:2: “…e o Espírito de Deus ‘SE’ movia sobre a face das águas.”
    Pergunta: Era a “Pessoa” do Espírito Santo, ou era a VIRTUDE e/ou PODER proveniente de Deus, que estava operando aqui?. (cf. Jó 26: 13; Sal. 104: 30; Luc. 1: 35)…

    Meu entendimento sobre: PESSOA e “HIERARQUIA”(?) na DIVINDADE:

    DEUS o Pai = PESSOA, (Heb.1: 3). Jamais rogou, suplicou ou prostrou-Se à qualquer SER. Nunca RECEBEU absolutamente NADA de alguém. (cf. Rom. 11: 35).

    JESUS CRISTO o Filho = PESSOA, (Heb. 1: 3). Rogou, suplicou e prostrou-se ao Deus Pai Criador. Foi Elevado a posição de Deus. Recebeu de Deus Pai, TODO O PODER no Céu e na Terra; (cf. Mat. 28: 18; Heb. 1: 8,9)… Está apenas subordinado a Deus o Pai Criador. (cf. I Cor. 15: 27)…

    ESPÍRITO SANTO = VIRTUDE e/ou PODER oriundo de Deus(Luc. 1:35).
    Em João 16:13,14, diz que, “O Espírito Santo não falará de Si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido”, “Que o Espírito Santo glorificará ao Senhor Jesus, porque há de receber do que é Seu(Jesus)”.
    Fica subentendido que a MANIFESTAÇÃO/AÇÃO/MOVER do Espírito Santo, está sujeito ao Pai e ao Filho.

    Mais uma obs.: As vezes, a Bíblia faz referências a Deus ou ao Senhor Jesus como: “Rei”, “Príncipe”, “Varão” etc. Atributos típicos de Pessoas.
    Já referente ao Espírito Santo, não encontrei, explicitamente, atributos semelhantes.

    Grato

    (*) Em português aceito.

    • Amém!
      SAC, evidentemente não compartilho mas respeito sua opinião, e te encorajo sempre a dizê-la. Aqui somos uma amostra da realidade de nossa igreja. As várias opiniões apresentadas aqui repercutem entre a irmandade e entre o ministério.
      Existe uma união no ajuntamento, mas não há unidade de pensamento.

      • O problema é que a CCB não deixa nada por escrito, em um local onde podemos consultar. Então não há doutrina oficial. Aí você vai me dizer, e aquela na contracapa do hinário e também presente no nosso estatuto.

        Como disse, é só para enfeitar. A CCB não se preocupa em demonstrar e explicar aos membros seus pontos de doutrina. Fora isso, além de ser bem resumido, ignora detalhes. Como disse em comentário anterior, na Santa Ceia de alguns dias atrás, o ancião claramente pregou a doutrina católica da transubstanciação e ainda ameaçou quem não estivesse crendo de condenação.

        Como não temos nada por escrito, temos que engolir isso. Como sempre digo a nossa liderança ignora tudo isso.

        No final das contas, nossos líderes sabem que em nosso meio existe uma “salada doutrinal” e tem medo de tentar uniformizar tudo, pois isso poderia causar confusão e até divisão em nosso meio.

      • A paz de Deus

        “Existe uma união no ajuntamento, mas não há unidade de pensamento”

        Perfeita definição.

        Grato

    • De fato, há referência bíblica a Deus e Jesus empregando-se alguns adjetivos (Rei, Príncipe, Juiz, Pastor, Mestre…) que também são usados em pessoas (gente de carne e osso), mas, como já falei, não é isso que indica a pessoalidade de ambos. Convenhamos, se fôssemos seguir esse raciocínio, então como é que ficariam os adjetivos femininos para se referir a Deus? Sim, pois de ‘parteira’ a ‘galinha’, passando por ‘mãe ursa’ e ‘mãe águia’, encontrei pelo menos umas oito metáforas nas narrativas bíblicas que nada têm a ver com a sua literalidade mas com analogias que indicam o caráter de Deus.

      Ora, minha gente O Espírito Santo TAMBÉM é pessoa devido à sua pessoalidade. Ele é pessoa porque tem intelecto, vontade, emoções e se comunica conosco. Na bíblia tem inúmeras referências quanto a isso e eu posso citar algumas, se bem que eu não costumo colocar referências ( afinal, cada um que faça suas buscas conforme sua própria sede).

      Mas lá vai:
      Ele guia o cristão (At 8.29 – Rm 8.14) – Ele dá a segurança da Salvação (Rm 8:14.17) – Ele ensina os cristãos (1Jo 2.27) – Consola (Jo 14.16) Santifica (2Ts 2.13) – Promove a regeneração (Jo 3.6) – Faz você perceber o pecado ( Jo 16.8) – Capacita para dar testemunho ( At 1.8 e 4.31) – Destrói o poder do pecado na sua vida ( Rm 8:2.6) – Guia sua vida e a controla ( Rm 8.14 – Gl 5:16 a 25) – Distribui dons a serem usados no Reino ( e não na denominação) – 1Co 12:4 a 11.

      Gostaria de aproveitar a oportunidade para esclarecer sobre a afirmação de que o Espírito Santo ensina (1Jo 2.27), onde unção refere-se à função da pessoa do Espírito Santo de ensinar a palavra de Deus ao cristão, e que não significa que João contestasse a exposição CUIDADOSA da Bíblia e o ministério do ensino. E sim, enfatiza a função do Espírito Santo de confirmar a verdade no nosso coração. (O que, aliás, se tem feito muita confusão nesse sentido também).

      • A paz de Deus

        Irmã Regina.

        Com todo o meu respeito, minha irmã!.

        Eu não consigo comparar: “ATRIBUTOS” com “METÁFORAS”.

        Todavia, se quisermos dar um “Caráter Pessoal” ao Espírito Santo, diria que: O ESPÍRITO SANTO É O “AGENTE” REALIZADOR DE TODA A OBRA DE DEUS…

        Deus te abençoe.

        grato

        • ‘Sac’
          Creio que o irmão entendeu que quando enfatizo colocações como ‘Rei, Príncipe, Juiz, Pastor, Mestre…’ refiro-me à confusão que algumas pessoas fazem pelo fato de serem adjetivos que também são usados em pessoas (gente de carne e osso).
          Quanto a ‘dar nomes’, entendo que ‘agente’ também pode ser uma pessoa 😉 No caso do Espírito Santo, um ‘agente secreto’ rss (só pra quebrar o gelo, pq Deus é solene mas não é sisudo rss
          Com o mesmo respeito (e admiração pela sua sobriedade).
          R.

  19. Eduardo Prates disse:

    O irmão pode fazer um artigo falando dos nicolaítas e suas obras conforme citado em Apocalipse 2? Estive pesquisando e encontrei este texto:
    http://osmisteriosdedeus.com/2011/11/15/quais-sao-as-obras-dos-nicolaitas/
    Para mim esses fatos são, a maioria, exatamente o que acontece na CCB =x

    Ps: Não precisa publicar esse comentário.

    Deus abençoe, ApdD!

  20. Fiz uma pergunta por e-mail ao meu cooperador de jovens sobre Trindade e ele veio me dizendo que eu era um anarquista.
    Me desqualificou até não querer mais.

    Detalhe: ele diz que deve haver proximidade entre ministério e mocidade

  21. Centro de estudo biblico bereano disse:

    4-Nós cremos no Espírito Santo não como força ativa mas como sendo dá mesma natureza do Senhor Jesus pois o Senhor Jesus disse: ”Estarei convosco todos os dias ate o fim dos tempos”5- Nós cremos no batismo em água com uma só

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: