É ler para crer!

“Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer” (1 Co 1:10).

Aproxima-se a Assembléia Geral Ordinária – AGO, o Sínodo da Congregação Cristã no Brasil, a esta altura tudo o que será apresentado (não discutido) e deliberado (não por votação) já está determinado e muitos assuntos realmente importantes não virão ao conhecimento da irmandade como, por exemplo, o acordo com a Igreja da Romênia.

Hoje abrindo meus e-mails um comentarista confirmou minha expectativa sobre que não haverá nenhuma resposta à irmandade sobre a edição nos Pontos de Doutrina:

“Conversei com os anciães do Brás e perguntei porque não soltam circular? Disseram que somente alguns entre os milhares de crentes atentaram para isso e, soltando circular despertaria malícia em todos e, interpretariam errado a intenção do assunto. Por enquanto ficará assim, posteriormente se for necessário farão circular”.

A edição, principalmente, no 1º Artigo da nossa Declaração de Fé, provocou sentimentos de contrariedade em muitos irmãos. São insistentes aqueles que não vêem nenhum problema com a nova redação ao afirmar que não se alterou conteúdo.

Pois bem! Se não alterou a Declaração e a nova edição tem a desaprovação de muitos, seria razoável voltarmos à redação original já que havia consenso sobre ela e estaríamos assim cumprindo o que determina o verso áureo. Não acham?

Anúncios

Comentários em: "“Digais todos uma mesma coisa”" (75)

  1. Muitos assuntos deveriam ser considerado nesta Assembleia Geral da CCB. Bem como a consideração da Igreja da Romenia, deviam tambem reconhecer as Igrejas Originarias do Mesmo Fundador. A Muito é sabido que a Igreja de Cristo não é o templo nem a Instituição formada pelos homens, mais sim os Membros que Servem a Deus é a verdadeira Igreja de Cristo. Mesmo com administração separada, e Ministerio autônomo seguindo a Doutrina é do Grupo das CC. Vamos considera-los a exemplo da AD, dividem o Ministério, mais participam da mesma Convenção e é reconhecido como irmãos na fé em Jesus Cristo.

    • bereiano disse:

      Concordo irmão Paulino,
      A Assemblea Cristiana Argentina, é uma.
      Em minha opinião as dissidências que tenho conhecimento poderiam ter sido todas evitadas. No caso de Jandira, se dividiram em administração mas não em doutrina. Logo, somos irmãos na fé.

    • Irmão Paulino.

      Não fale em AD pelo amor de Deus por aqui, se citar o exemplo deles ai é que serão contra, rs.

      Paulino, qual pessoa que ao menos leu um livro sequer da Bíblia vai discordar do irmão?

      Seu anseio baseia-se no amor de Deus, aquele que não faz acepção de pessoas, mas somos humanos e pecadores.

      Entenda, nós CCBeianos somos perfeitos, melhores, somos os bons, como é que vamos nos misturar a esses ai que o irmão citou? Não tem como.

      Agora, uma preocupação minha:

      Quem nos salvará dos bons?

      A Paz.

      Claudio (CCB-min Brás por enquanto)

  2. Política e diplomacia.

    Algo que Cristo nunca foi, é, será, usou, usa ou usará.
    Algo que os homens sempre foram, são, serão, usaram, usam e usarão.

    Sirvamos a Cristo. Apenas Ele.

  3. “somente alguns entre os milhares”

    Não sei se isto é bom ou ruim!

  4. A Vida Cristã independe da Instituição, a Salvação é pessoal, da mesma forma que muitos pregadores falsos estarão do lado esquerdo do Senhor, muitos dos que estarão do lado direito do Senhor, serão reconhecido pelo diferencial, o Senhor vai reconhecer como filhos, e muitos das famosas Instituição o senhor dira não vos conheço.

  5. Evangelista Crsitão sobre a Bíblia contém………

    Fui até um ancião com aproximadamente 40 anos de ministério e, perguntei sobre o contem ??
    Ele me dise que evitasse de colocar o nome dele na NET e, lhe dei minha palavra que não colocaría.

    Ele me disse que os antigos em reunião com quase 30 anciães dialogaram sobre um suposto erro de portugues e, jamais a intenção foi dizer que toda a bíblia é a Palavra de Deus, sendo que acreditam que 100% dos livros é a Palavra de Deus.
    Na mudança da frase tentaram afirmar que nos livros que juntos formam a bíblia, contém a Palavra de Deus e, acreditam que contém também a loucura dos homens e as artimanhas do diabo.
    Fazendo assim estaríam detalhando que os livros contém a Palavra de Deus. Nunca passou pela mente de nenhum dos 30 anciães que alguém interpretaría como se eles dissessem que somente parte da bíblia é a palavra de Deus.

    A intenção foi detalhar e jamais diminuir a força e afirmação de que a bíblia é a infalível Palavra de Deus. Junto a esse ancião com quase 40 anos de ministério, estavam mais 3 anciães que, por sinal, 2 deles tem curso superior e, todos educadamente dialogaram comigo 20 minutos.

    Conversei com eles no estacionamento do brás, junto ao carro deles e, perguntei:

    Porque não soltam circular ?

    Disseram que somente alguns entre os milhares de crentes atentaram nisso e, soltando circular despertaría malícia em todos e, interpretaríam errado a intenção do assunto.

    Por enquanto ficará assim, posteriormente se for necessário farão circular.

    Quem quiser falar com eles, sugiro pegar um dia de reunião e ficar no estacionamento e, falando com educação, acredito que poderão dialogar com alguns dos antigos. Sempre eles estão entre 3 ou 4 antigos.
    Quando digo EDUCAÇÃO é porque de berço aprendi respeitar os mais velhos e, estes anciães estão entre 78 a 85 anos de idade e, pessoas idosas merecem respeito e, muitos ao falar com eles são altívos e, eles não dão atenção. Após meu diálogo com eles, 2 deles me deram o numero do celular e, quando precisar poderei ligar que eles me atenderão.

    Observem que nunca postei que eram anciães do brás,mas, postei que estava no estacionamento do brás.

    Postei; Por enquanto ficará assim, posteriormente se for necessário farão circular.

    Evangelista Cristão sobre Igreja Cristã Evangélica (ROMÊNIA).

    Estive congregado com os grupos de presbíteros (anciães,lingua Hebraica) que vieram na CCB em Janeiro e Fevereiro, totalizando 11presbíteros,mais tradutora,Andreea.
    Após os cultos conversei com Andreea e ela traduziu coisas que falei com presbíteros, inclusive um deles com 36 anos de presbítero.
    Ficaram maravilhados com a ordem dos cultos, manifestação da Virtude do Espírito Santo,etc.
    Destes 11, tem 9 que voltaram com desejo de professar a mesma fé e doutrina da CCB.
    Estiveram reunidos com anciães antigos no brás, onde fizeram perguntas e entenderam o porque praticamos os cultos da forma que cultuamos. Foram muito bem recebidos pelos irmãos do brás, dentre eles, irmãos diácono Borlenghi e Paulo Spina.
    Em 29 de abril virão 8 presbíteros e congregarão.

    Até o fim de 2013, farão uma reunião na Romênia, em seguida falarão o que desejam entre eles e a CCB.

    Nada está definido e, a irmã Andreea, tradutora Romêna falou que só Deus sabe o que sucederá !!

    Observem que não haverá decisão pela CCB na assembléia,mas, somente no fim de 2013, os Romênos falarão com a CCB.

    Evangelista Cristão PEDINDO; DIGAIS TODOS UMA MESMA COISA !!!

    • Irmão Ancião conservo do Irmão ancião Eliseu Nabote. disse:

      Irmão Ancião conservo do Eliseu Nabote.

      Este Eleotério é o ancião Eliseu Nabote tentando defender a Congregação Cristã no Brasil e seus amigos (será?) anciões do Brás. A verdade está claro. chega de discussão. Os Irmãos anciões de São Paulo e outros do Brasil estão perdidos e seus seguidores estão na mesmas situação.
      Sou Ancião em Minas Gerais e numa reunião regional no norte de minas, O Eliseu disse que devemos defender a obra de unhas e dentes principalmente da internet, inclusive informou este site.
      Irmão Eliseu fica em paz e não usa a liderança sua para obrigar nós a defender o que está errado.
      Ainda vou dizer isto diretamente para o irmão e não é só eu que está com esta insatisfação.

      A paz de Deus a todos.

    • Então irmão Eliseu,

      É um pouco estranho esta parte sobre “nunca imaginar que aconteceria isso” e depois que “alguns” perceberam e “deixa assim” para não despertar malícia.

      Perdoa, mas para mim isso representa falsa piedade. Somos um povo (ou deveríamos ser) do Sim, Sim e Não, Não. O que passa disso é procedência maligna.

      Vejo nesse ato, uma atitude política apenas. Não é uma atitude piedosa. Não está sendo colocada a verdade em primeiro lugar.

      Fico contente pelo o irmão Eliseu disponibilizar esses relatos, questionando os mais velhos, mas sinto e sei que expressar opiniões diante dos mais velhos é algo impraticável. Simplesmente é visto com maus olhos. O diálogo é sempre: Pergunta-Resposta. Não há oportunidade de ser dada sugestões. Se em algum momento sugestões são dadas, acabam sendo desconsideradas e descartadas.

      Tenho 7 anos de ministério, 20 de batismo, 30 anos frequentando a casa de muitos anciãos que hoje fazem parte dos mais velhos. Sempre foi assim. Honrei muito quando mais jovem, hoje vejo que a honra que eu dava era idolatria. Quem me disse isso? A Bíblia.
      Perdoe-me mais uma vez. Creio estar sendo educado, mas serei submisso apenas as Sagradas Escrituras, também chamada de Bíblia, também chamada de Palavra de Deus.

      Fui educado também de berço. Porém se ser educado é ser submisso e ir contra a Palavra de Deus, me perdoe no amor de Cristo. Não consigo ser assim.

      Deus te abençoe. Ainda aguardo respostas dos emails que te mandei no dia 16/01 e no dia 01/02.

      Saudações em Cristo.

      • A propósito irmão Eleotério,

        Eles explicaram também porque suprimiram a palavra Bíblia dos nossos hinos?
        Explicaram também a mudança nos outros dois tópicos?

        Também acho estranhíssimo eles mudarem algo e ficarem satisfeitos que pouquíssimas pessoas perceberam essa mudança. Ora, é LAMENTÁVEL que nossos pontos de doutrina, que é nossa declaração de fé seja colocada em segundo plano a ponto da maioria da irmandade nem perceber mudanças. Falar uma coisa dessas, me perdoem, mas é ser cara-de-pau.

        Os nossos anciães deveriam de tempos em tempos relembrar o ministério e a irmandade os pontos de doutrina, visto que muitas pregações que ouvimos e comentários da irmandade divergem completamente dos nossos pontos.

        Mas é assim mesmo, muda algo bem escondidinho e fica feliz que pouquíssimos perceberam a modificação… Ainda bem que existe a internet…

  6. Deus o abençoe irmão Eleoterio pela explicação, a Educação e respito cabe em qualquer lugar, os lideres religiosos nunca poderão deixar de atendelo. Sendo Filho de Deus merecem ser ouvido e esclarecido sobre as duvidas, para isto é contituido os Ministro na Igreja, a Paz de Deus a todos.

  7. A paz de Deus a todos. Irmão HP, eu queria o teu contato, pois vi uma matéria no teu blog a respeito do novo hino 401. Vi que vc é um defensor da palavra de Deus, independentemente onde vc esteja congregado. Vou conversar melhor a respeito do hino 401, pois vc disse que o mistério oculto que esteve escondido e foi revelado é Jesus Cristo. Em particular quero dar minha leva e singela explicação sobre este polêmico tema e dar a minha opinião sobre o hino 401, pois criei um codinome e também um outro email, pois não quero me expor. O email que eu criei é: antoniofonso@bol.com.br
    Deus te abençoe

    • Amém irmão Antonio.

      Respondi teu email. O erro doutrinário encontrado no hino 401 (hinário 5) está no coro, aonde se lê: “Revela, ó bom Pai, TEUS PLANOS ETERNAIS, por Teu Consolador”.

      Conforme expus no meu blog, na Bíblia não há “Planos Eternais”, apenas um “Plano Eternal” de Deus para com o homem: Que todos venham se arrepender de seus pecados e creiam em Cristo como seu único Salvador, para que assim tenham justificação dos pecados e salvação da alma.

      Isso é o que a Bíblia nos diz e é nisso que creio.

      Deus te abençoe amado.

      Fique com Deus.

      • Tem erro no “sou servo inútil” também, no hino está claro que é um crente humilhado cantando, mas diz ‘lava minha alma’ como sendo um ato contínuo. Jesus nos lava apenas uma vez.

  8. Evangelista Cristão p/ hp e a quem interessar

    hp, vc me chamou de Elizeu, mas, este não é o meu nome. Sendo assim isento-me de quaisquer responsabilidade em confirmar o nome por vc exposto. A responsabilidade de citar nome de um terceiro é exclusivamente tua !!!

    Com referência a voce citar o teu parecer a respeito dos anciães é um direito teu e, cada um pensa como quer.

    hp, sobre vc citar idolatria na bíblia. Honrar não é idolatrar, pois a bíblia não se confunde, vejamos;

    Os presbíteros; Dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; 1 Timóteo 5:17

    Eu continuarei obedecendo a bíblia e honrando-os !!

    Pessoal leiam a bíblia, sendo que ler não é errado, pois após ler devemos pedir a interpretação ao Espírito Santo.

    Errado sería estudar, sendo que estudar é usar do conhecimento humano e psíquico para interpretá-la.

    Evangelista Cristão somente esclarecendo…… PAZ A TODOS !!

    • Amado,

      Me perdoe te chamar de “Eliseu”, pois confundi teu estilo de escrita com um leitor do blog que é ancião em Caxambu, que desapareceu dos comentários assim que o irmão surgiu.

      Como crente não pode mentir, confesso que achava que o irmão estava usando o nome de “Eliotério” apenas para disfarçar. Estou sendo sincero, por isso rogo que me perdoe por esse pensamento errado da minha parte.


      Agora quanto a respeitar os presbíteros, como disse eu os respeito, mas amado, LEIA o que eu escrevi. Entre ter que respeitar um homem ou a PALAVRA de Deus (Bíblia) eu fico com a Bíblia. Foi isso que eu disse e torno a repetir.

      Se um presbítero respeita o que está escrito na Bíblia, ele terá a minha honra. Mas se o mesmo se equivocar, querer fazer politicagens e diplomacia, como citado pelo irmão, deixando a VERDADE, o SIM, sim e o Não, não, ficará difícil para mim honrá-lo como servo de Deus.


      Sobre Ler a Bíblia e pedir interpretação ao Espírito Santo, deixando de estudá-la, etc, veja abaixo:

      “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.” 2 Timóteo 3:14-17.

      Paulo disse que “toda Escritura” é divinamente inspirada, então toda a Escritura nos é dada pelo Espírito Santo. Sendo assim ela é proveitosa para Ensinar, Argumentar, Corrigir, Instruir. Não são essas as qualidades de um estudo? Um professor ensina, argumenta, corrige e instrui os seus alunos.


      Sobre interpretá-la, a Bíblia DEVE ser interpretada por ela própria.

      Por muitos usarem erroneamente “o Espírito Santo” para interpretar a Bíblia, já vi mentiras como as abaixo sendo proferidas nos púlpitos e pela irmandade:
      “Dou graças a Deus a salvação que concede a minha alma se permanecer firme e fiel até ao fim”
      “Temos que conquistar a nossa salvação”
      “Ninguém sabe se será salvo. Se morrer hoje, o irmão pode dizer que vai para o céu?”
      “Adultério e fornicação são pecados de morte. Quem cometê-los não tem salvação.”

      Sendo assim, a Bíblia DEVE ser interpretada por ela própria.

      Há outras regras fundamentais. Dê uma lida no link abaixo, mas atenção, desarme-se antes de ler. Não adianta vir armado, senão nunca poderá haver diálogo manso entre nós.

      http://esquizilton.blogspot.ie/2013/01/como-ler-biblia-interpreta-la-e-ensina.html


      Deus te abençoe amado.

      Fica com Deus.

  9. Priscila disse:

    Eu também acho que esse Eleoterio é o Elizeu….semprei achei…mais?????..rs

  10. Eleotério, só uma pergunta:estes anciães te disseram quando foi esta reunião?

  11. Perdoe-me, irmão, intrometer-me, mas não necessitamos de outras luzes para entender e ensinar as Sagradas Escrituras. Os que foram renovado em Cristo possuem a sua unção entender a sua vontade. Os sábios do povo de Israel já mostraram ao mundo que o estudo sistemático da Bíblia só leva ao entenebrecimento, a vanglória, a soberba, a perseguição e a intermináveis debates contenciosos. Isso evita andarmos de fé em fé cumprindo a Palavra, sempre no temor de Deus. E não só eles, mas nos dias atuais, vemos os teólogos perdidos entre si. Já que os seus livros e revistas são tão eficazes assim, por que eles não interpretam a Bíblia da mesma forma, por que cada um interpreta do seu jeito?
    Agora, irmão, veja o que o apóstolo Paulo falou a respeito de como seria a graça de Deus:

    ” O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica. ” IICor. 3.6

    Então, se a graça de Deus é discernida espiritualmente, recorramos como filhos ao Pai dos espíritos para entendermos a Sua vontade. Ou Deus não tem poder para nos manter fiéis a sua Palavra ? Para o irmão é pedir muito que acredite no poder de Deus? Eu posso ser o homem mais sábio do mundo, no entanto, se de Deus não fora-me dado a compreensão, ao discorrer várias vezes sobre um texto bíblico posso fazer uma interpretação errônea da vontade de Deus.

    ” Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. ICo 4:20″

    Só para finalizar, o irmão julga errado os teus conservos quando diz que algumas frases ditas no meio do povo de Deus são mentiras inventadas por falta de conhecimento bíblico. Veja o que penso sobre:

    “Ser firme e fiel” :
    Acho uma malícia da parte de quem vez o irmão pensar assim, todos sabem o queremos dizer nessa frase.

    Exemplo: eu, neste momento, estou salvo pela graça junto com os fiéis de Deus, ou seja, vivo no reino de Deus, embaixada de Deus na terra. Em um dado momento dessa nossa caminhada rumo a Sião celestial, se eu não vigiar, não posso ser tragado pelo diabo que vive em redor dessa embaixada bramando como leão buscando a quem possa tragar e, assim sendo, venha a blasfemar contra o Espírito Santo, tornando-me infiel a Deus ? O antônimo da palavra infiel é o quê ? Pense nisso. Heb. 6:11 ” Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até ao fim, para completa certeza da esperança ”

    ” Adultério e Fornicação ” :
    Eu digo que pode ser um pecado de morte sim, dependo do caso, pois a Escritura diz que há pecado para morte, dando entender que não existe somente um como os sábios e entendidos pensam.
    Exemplo:
    Eu, servo temente a Deus, estou trabalhando com uma moça linda que vive dando em cima de mim e chamando-me para sair. No entanto, sou casado e, acima de tudo, sei que o meu corpo é templo do Espírito Santo e que se eu adulterar com essa moça atento contra esse templo e, consequentemente, contra o Espírito Santo, pois todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mais o que adultera peca contra o seu próprio corpo. Porque, se para a religião dos homens, é considerado blasfémia atentar contra um deus feito por mãos de um artificie, muito pior é atentar contra o verdadeiro templo de Deus. Pois bem, continuo resistindo essa tentação, pois foi essa a interpretação da bíblia que Deus deu aos presbíteros da minha igreja, e eu também creio assim.
    O tempo passou, mas a tentação no trabalho não. Só que agora, os presbíteros da minha igreja estão mais modernos e racionais, implantaram o estudo sistemático da palavra de Deus, escrevem livros para melhor entendermos a bíblia, pagamos muito bem aos mais famosos para palestrar em nossas comuns congregações; vivem em debates intermináveis na tv, rádio e internet ; cada grupo agora possui a sua Congregação Cristã, enfim, eles agora tem zelo das ovelhas de Deus porque a graça se tornou causa de ganho. Quanto mais pessoas no reino de Deus, consequentemente, mais livros, revistas e obras irão vender.
    Por fim, a minha igreja se rendeu a teologia humana, agora adultério não é mais o que nós imaginávamos ” pecado de morte, imagina. Quando muito uma fraqueza, Deus perdoa, os anciãos mais velhos eram ignorantes de mais para entender a Sagradas Escrituras “. Agora, vejo músicos, cooperadores, anciãos, irmãs da obra da piedade se separando dos seus cônjuges e casando-se novamente com outros que já até cometeram adultério anteriormente. A igreja apenas lhes deixa de molho mais ou menos um ano e depois lhes são restituídos os seus ministérios. Afinal, Deus é só amor, não é mais um fogo devorador, os anciãos antigos são malditos porque não conheciam as Sagradas Escrituras, diziam que quem comete adultério devia recorrer somente a Deus para adquirir perdão, pois eles não conheciam o coração do pecador e, portanto, não podiam restituir a liberdade do adúltero, deixando-o congregando lá no banco sem tocar, sem testemunhar, sem pregar a Palavra, apenas como ouvinte da Palavra, Palavra esta que eles nem sabiam pregar, pois usavam de adivinhação e trocavam Gideão por Davi, Elias por Eliseu e vice-versa, além de lerem um trecho da Bíblia e pregar outro totalmente diferente. Aff, como eram ignorantes !!!
    Mas e eu, eu estou lá no meu serviço tentando resistir a tentação. Só que neste momento, dessa minha caminhada celestial, tem-se tornado impossível resistir a tentação, tenho problemas conjugais com a minha esposa, não vejo a hora de sair de casa para ir trabalhar e, consequentemente, encontra-me com a minha companheira de serviço. De uns tempos pra cá, eu também acho que já estou salvo, pois tenho muita fé em Deus e, afinal, é minha fé que fará que Deus perdoe os meus pecados, não mais as minhas obras ou o batismo nas águas, este é apenas mais um símbolo da religião. Porque o justo pode cair sete vezes e sete vezes Deus o levanta.
    E assim sendo, vou e adultero voluntariamente com a minha companheira de serviço; largo minha esposa e filhos para casar-se novamente. Confesso tudo isso aos presbíteros da igreja que, depois de me darem um gancho de algum tempo, restituem-me a minha liberdade. Porque o filho pródigo, filho mais novo, foi recebido muito bem pelo seu pai, apesar da herança toda ser agora do filho mais velho. E eu vivo feliz para sempre, achando que já estou salvo, junto a minha nova esposa esbelta, bastando apenas dar as minhas esmolas, dar o meu dízimo (o dízimo agora é mandamento, os meus presbíteros agora não podem trabalhar, temos que pagar-lhes. É muita ocupação, eles precisam ser além de pastores psicólogos do povo que se torna cada vez mais exigente, então precisam viver estudando, chega dessa de que se eles receberem sustento não serão imparciais).

    Portanto, irmão HP, agora eu pergunto, neste caso o adultério é ou não é pecado de morte? Cada casa é um caso, mas cabe somente a Deus julgar estes casos no último dia. Hoje, ninguém tira o direito do adúltero de ouvir a Palavra e louvar a Deus na igreja com o cântico dos hinos, muito pelo contrário, são aconselhados a permanecer congregando, mesmo sem liberdade, pois está escrito: ” I Jo 2:1 Estas coisa vos escrevo, para que não pequeis; e se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. No entanto, também está escrito: ” Heb 6-4:6 – ” Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, e recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério. ”
    Desejo ao irmão, santa Paz de Deus.

    • Irmão João,
      Aprecio a sua franqueza. É agradável dialogar assim, de forma franca e aberta sobre assuntos tão complicados mas importantes, como estas matérias de fé aqui abordadas.

      Deixo para o irmão a sugestão de, se puder, ler algo sobre o 5º ponto do Calvinismo, Perseverança dos Santos (Perseverance of the Saints).

      Do pouco que sei, isto posso afirmar:
      Se dependesse do Homem guardar a sua própria salvação, nenhum a atingiria.
      Graças dou a Deus porque por SEU decreto na eternidade passada me conheceu, predestinou, chamou, justificou e irá glorificar, para honra somente de um Deus que nos ama de uma forma indescritível. Eu sou o sujeito passivo nesta equação, Deus é quem faz todo o trabalho e eu produzo as minhas “obras” para ele porque sou salvo, não para me salvar!

      Romanos 8
      “28E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente, para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto. 29Porque, os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho; a fim de que ele seja o primogénito entre muitos irmãos. 30E, aos que predestinou, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também justificou; e aos que justificou, a estes também glorificou.”

      Deus o abençoe caro irmão,
      Vitor Silva, CC em Portugal

    • Amado Joao,

      Já perdi a conta quantas vezes esclareci isso aos irmãos da Congregação, mas vamos lá:

      A salvação não vem por obras, para que ninguém se glorie. Ela vem através da fé em Cristo. (Efésios 2:8-9).
      Esta fé, que salva o homem em Cristo, também o transforma fazendo-o andar em boas obras, pois ele foi regenerado por Cristo. (Efésios 2:10).


      Sobre adultério e fornicação: Todo pecado leva a morte espiritual, apartando o homem de Deus (Romanos 6:23)

      Tipos de pecados que distanciam o homem de Deus:
      Apocalipse 22:15 Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.

      Apocalipse 21:8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

      Gálatas 5: 19-21 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais {coisas} não herdarão o reino de Deus.


      Sobre o pecado:
      TODOS somos pecadores (1 Joao 1:8-10), inclusive aqueles que já batizaram, continuam a pecar.
      Precisamos portanto nos arrepender dos nossos pecados (2 Pedro 3-9, Lucas 15:7). Através do nosso advogado para com Deus Pai – Jesus Cristo (I Joao 2:1-2).

      Arrepender-se é deixar o seu pecado (Provérbios 16:6) não comentendo-o mais. Portanto não devemos voluntariamente pecar. Fomos chamados para a Luz e não para as trevas.


      ÚNICO PECADO QUE NAO HÁ PERDAO:

      Todo homem que tentar se justificar por meio das obras, cai da graça de Cristo (Gálatas 5:1-4), pisando no sangue de Cristo, blasfemando contra a mensagem do Espírito Santo (1 Coríntios 12:3). Esse é o único pecado que não há perdão. (Marcos 3-28-29)
      Qualquer coisa pregada fora disso a respeito da salvação é digno de ser excomungado. (Gálatas 1:6-9)

      Deus te abençoe querido.

      Que a paz de Cristo nos cubra.

    • Amado,

      Veja que não procurei outras luzes. Apenas a LUZ da Bíblia.

      Deus te abençoe!

    • Amado irmão João,

      Agora sobre a questão de deixar um casamento, para “ser feliz” num outro casamento, segundo a Bíblia, o irmão estará de contínuo em adultério. Neste caso, de acordo com a Palavra de Deus, o irmão estará se condenando.

      Assim Cristo nos ensinou, de acordo com a Soberania que Ele têm.

      Mais detalhes no texto abaixo:
      http://blogdoirlandes.blogspot.ie/2013/02/casei-errado-e-agora.html

      Deus abençoe.

      • Mas, no caso do exemplo dado, já me casei com a mulher que eu durmo atualmente e reconcilei-me com a igreja e prometi que não ia fazer isso novamente. A igreja já me deu o seu gancho disciplinar, ou seja, fui perdoado agora é só esperar que Deus continue arrebatando-me a praticar as boas obras, pois não preciso de esforço nenhum, sou salvo pela fé na graça de Deus, não preciso mais lutar para que ninguém tome a minha coroa.

        Obs.: Essa ironia toda é para que os irmãos entendam o quanto é perigoso o pecado do adultério. E que ele pode sim, levar-nos a morte espiritual.

        Deus Abençoe

        • Amado,

          Quem perdoa é Deus. Igreja nao perdoa e nem ministério.

          Nesse caso o irmao continua em adultério e estará em condenacao perante a Palavra de Deus.


          Quanto ao “perigo” alertado pelo irmao, veja o que citei acima. Nao é apenas adultério que mata a alma.

          Ira, Mentira, Inveja, Ciúme, glutonaria, para ficar nesses poucos pecados, também levam a mesma situacao: Morte Espiritual.

          Agora te pergunto: Na tua comum, o irmao tem ouvido pregacoes sobre esses pecados?


          Esse é o problema. O crente da CCB passa a passos largos do Adultério e do sexo antes do casamento (pelo menos passava), mas mente, tem inveja, é glutao, etc.

          Está sendo condenado do mesmo jeito a mesma morte. Nunca adulterou, mas mentiu a vida inteira sem se arrepender… Ganhou o mesmo salário do pecado: Morte

          Deus te abencoe!

          • Irmão, HP, no amor de Deus, não desvie o foco da discussão acusando os teus conservos de mentirosos, invejosos e glutões. É claro que já ouvi essa palavra em minha comum. Aliás, uma palavra que mais se ouve na CCB, depois da palavra Amor, é a Calúnia, a qual compreende a mentira e a inveja.

            Deus o abençoe.

    • Irmão João1.

      O ilustre citou um dos textos mais sérios e tristes da Bíblia (não estou criando graduações de textos, procurem me entender), e é sobre Hb 6:4-6, boa citação João1.

      Sempre acreditei que esse texto seria para certas pessoas apenas, assim, mais envolvidas com as coisas de Deus, chegaram a lugares que nem todo mundo chegou, não aplicável portanto a todo cristão, toda ovelha, não encontro justificativas claras para isso que eu disse, mas tente imaginar, algum crente seria aprovado se passasse pelo crivo e o fogo deste texto ?

      Eu poderia citar alguns exemplos que acho se aplicassem os versículos acima, mas tenho receio de não ser compreendido e o assunto descambar para o desconhecido.

      Não sei ao certo, rogo até aos mais entendidos no assunto que nos ilumine a esse respeito.

      A Paz.

      Claudio (CCB-min Brás, por enquanto)

      • Cláudio,

        Tem um vídeo interessante do Reverendo Nicodemus da Presbiteriana:

        Essa é a questao da predestinacao e do livre arbitrio.
        Vale a pena assistir.

        Eu por hora me defino assim:

        “Sou um Cristão, pecador e buscando me arrepender dia-após-dia diante do Criador. Creio que a soberania de Deus na Salvação é algo indescutível, imerecida pelo homem e irresistível para aquele que Deus Se revela, porém me arrependo e medito nas mensagens de Cristo diariamente e luto terrivelmente contra os pecados que me acometem.”


        Na paz.

        • “Rapaiz” que sujeito bom de explicar as coisas hein!? E ainda condenam o estudo da Palavra de Deus, pode?

          Pois é HP, por isso que o radicalismo, sobre certos temas da Bíblia, pode nos levar a cometer erros grosseiros alem de afastarmos ouvintes do verdadeiro Evangelho, bom censo é a palavra de ordem.

          O irmão parece que entendeu minha dúvida a respeito de Hb 6:4-6, apesar de ser um texto bíblico, creio que sua citação em qualquer meio, só pode ser feita debaixo de muito cuidado, pois o mais leve engano, sobre sua interpretação, pode levar à loucura não só bebês de colo na fé, que por aqui passam muitos, mas às vezes até anciães de jornada.

          Como diz alguns ai, vigiemos.

          Quero compartilhar com todos o vídeo – “post” do irmão HP-, claro que o CCBeiano convicto, infelizmente e talvez, fique de fora de uma tremenda aula sobre predestinação e livre arbítrio, pena.

          A Paz.

          Claudio (Min Brás, por enquanto)

          • Cláudio, tem mais um vídeo no Youtube, de uma exposição do Rev. Nicodemus a respeito da “Apostasia da Fé”. Não tenho o link no momento, mas dá uma olhada no canal da “Igreja Presbiteriana Santo Amaro -SP” que você acha. Não deve ter mais do que 3 meses esse vídeo. Faz parte de um estudo bíblico sobre o livro de Hebreus, exposto por alguns finais de semana.

            Ele discorre sobre o Livro de Hebreus 6, e trata esse assunto de apostatar da fé. Ele discorre também sobre a uma diferença em pecar e se arrepender (verdadeiro arrependimento, quando produz frutos de arrependimento, vencendo o pecado) e apostatar da fé.

            É de fazer parar e pensar, refletir. Que o amor de Cristo nos cubra e nos proteja de pisar no Seu sangue.

            Abraço, amado.

          • Caríssimo irmão HP.

            Os livros de Hebreus e Colossenses, devem ser lidos e interpretados com extremo cuidado, muitos deixam de crer que a Bíblia é toda inspirada por Deus, justamente por distorcer Hebreus, e acabam deixando de lado a mensagem magnífica desses 2 livros (é assim com muitos outros livros tb, veja em Atos a passagem de Pedro e Cornélio, uma tremenda mensagem sobre a adoção dos gentios por Deus e nós CCBeianos insistimos que o texto serve apenas pra ensinar quais as palavras que no batismo devem ser ditas, aff).

            Verei o vídeo HP e já o recomendo, na certeza de que servirá de edificação, pois Hebreus trata justamente sobre esses temas.

            Mais uma vez, e antecipadamente, grato pela indicação.

            A Paz.

            Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

    • Prezado João.
      Você sabe a diferença entre salvação e galardão?
      Quando recebemos salvação e quando recebemos galardão?
      Pode citar uma passagem da biblia que mostre aonde o pecado nos tira a salvação?
      Tomaz

      • Salvação: cura ou resgate.
        Galardao: recompensa ou prêmio.

        A salvação é a graça de Deus, a rede lançada ao mar que pega toda sorte de peixes, não há nenhum critério para essa salvação, ou seja, Deus nao olhou o nosso estado anterior, e nos predestinou a sua graça. Não foi pelas obras, para que ninguém se vanglorie, mas foi pela sua muitíssima misericórdia. Sendo assim, Deus nos colocou nesta embaixada e nos deu a chance de lutarmos, sempre com a sua ajuda e misericórdia, pela esperança do prêmio proposto: ” Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.”

        O homem perde a sua salvação quando cai no sono do pecado e pisa no sangue do concerto eterno, blasfemando contra o Espírito Santo. Assim sendo, o inimigo de sua alma o cega e o deixa surdo para que ouvindo não ouça e, vendo não veja, e não compreenda de coração onde errou e possa recorrer a bem aventurada misericórdia de Deus para alcançar o Seu perdão e, portanto, acaba morrendo no pecado.

        Th 1:15 ” Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. ”

        Exemplo da perda da salvação ou queda da graça, ou seja, direito de lutar pelo prêmio:

        Atos 5:9 ” Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. ”

        Deus o abençoe.

        • Irmão João,
          O irmão começou diferenciando salvação e galardão muito bem, porém no penúltimo parágrafo misturou os dois.
          A salvação só se recebe pela fé, ou seja, você creu está salvo, depois você desenvolve a salvação para receber o prêmio, ou seja, o galardão no reino diz céus.
          Se pecar você pode peder o prêmio, mas não a salvação, e poderá ser punido passando pelo fogo

          • Como assim? não perde a salvação, mais o galardão, e ser punido passando pelo fogo?

          • Deus abençoe ao irmão. Coisa boa é não precisar passar pelo fogo. Daqui para frente vou buscar de Deus uma melhor compreensão desse mistério que divide opiniões.

          • Tomaz,

            Essa tua linha de raciocinio ta me lembrando os liberais que dizem que todos serao salvos no final.

            O salario do pecado é a morte. Temos que nos arrepender dos nossos pecados e abandona-los.

            E o crente pode perder a salvação se apostatar na fé. Tudo volta ao assunto Predestinação X Livre Arbitrio.

            Se galardao é premio, entao ha merecimento em jogo. Desculpe, tudo na Biblia é Cristo. Ele é o autor e consumador da fé. Ele nos deu fé para crermos Nele e Ele continua nos dando fé para crermos Nele. Ele é o principio e o fim. Ele me salvou, continua me salvando e me salvará.

            Mesmo o “Ser fiel até a morte” somente se consegue com Cristo. Portanto o premio nao é alcancado por nossos meritos. Ele consumará a fé em nos.

            Essa diferença entre ser salvo e perder o premio nao é encontrada na Biblia. Fogo depois desta vida será eternamente e será condenação, nunca como salvação.

  12. É gostoso falar das coisas de Deus, sem devorar uns aos outros, né irmãos HP e Joao Vitor.

    Eu encaro a salvação como uma guerra. A graça de Deus é embaixada dos céus dentro do território do inimigo, visto que o mundo jaz no maligno. Deus nos salvou do mundo e nos colocou na sua graça para que andássemos em novidade de vida praticando as obras de justiça, não porque as nossas obras anteriores eram boas, para que ninguém se vanglorie em si mesmo, mas porque Deus se usou de misericórdia e nos predestinou a essa guerra, porquanto está escrito em Ef 2:4 a 5 : ” Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),” Veja aqui que ele não imputou os nossos erros anteriores, por isso pela graça sois salvos, ou seja, entramos agora na embaixada. É claro que se praticamos boas obras é porque a força de Deus, através do seu Espírito, está em nós, nisso sabemos que foi Deus quem nos escolheu. Porque está escrito : Se Deus não guardar a cidade em vão vigia o sentinela. Mas, no entanto, o sentinela tem que está lá para fazer o seu serviço e, igualmente, a Palavra diz que devemos vigiar e orar para que ninguém tome a nossa coroa. E vigiar é o quê, irmãos ? Não é uma obra de quem não quer cair no mal? Devemo-nos esforçar para andar em Cristo que é a nossa Luz.

    Assim, irmãos, se eu não me esforçar em guardar os mandamentos do Senhor, tornar-me-ei leviano e preguiçoso e, além disso, presa fácil para o meu adversário que anda em redor dessa embaixada, bramando como leão, buscando a quem possa tragar, pois Deus ama aquele busca agradar-lhe.

    Separei alguns trechos que explica melhor o que penso. Obs.: são trechos isolados da Bíblia, porém não precisam de contexto para serem entendidos.

    Marcos 13:25 ” Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, ”
    Lucas 21:36 – Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.
    Atos 20:31 – ” Portanto, vigiai, lembrando-vos de que durante três anos, não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós. ”
    I Co 16:13 – Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos.

    Portanto, irmãos, eu pergunto por que essa preocupação toda de Deus para que vigiássemos e orássemos se somos sujeitos passivos nessa Guerra? Se entrarmos por essa linha de pensamento de que não é necessário vigiarmos ou resistir à tentação ou de que tudo Deus perdoa, não estamos transformando em dissolução a graça de Deus? Depois de terem feito tudo, permanecei firmes. Somos livres, mas não temos liberdade por causa da nossa consciência para com Deus. Pensem nisso.

    Apoc. 2:7 – ” Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus. ”

    Deus os abençoe.

    • Deus conhece tudo.. Um exemplo: aquele que peca voluntariamente por que pensa:” Vou pecar , depois Deus me perdoa…” Acredito que Ele julgará cada caso.

  13. Evangelista Cristão

    Priscila, não concordo em colocar nome de terceiro e, quaisquer responsabilidade será tua.

    Daniel Pereira, eu não perguntei aos anciães quando se deu a reunião.

    hp, voce postou assim em março 25, 2013 – 12;34h; Honrei muito quando mais jovem, hoje vejo que a honra que eu dava era idolatria. Quem me disse isso? A Bíblia. O texto é teu.

    • Eleotério, amado.

      Finalmente você entendeu. O texto é meu.

      Deus abençoe a tua jornada na Graça de Cristo.

    • anonimo_ disse:

      “quaisquer responsabilidade será tua.”

      Dentro de reuniões recentes, das grandes, com gente importante, assuntos deste blog foram citados, sendo que o presidente da reunião não autorizou o nome dele ter sido divulgado aqui, como tinha sido divulgado por um leitor da região Sul das Minas Gerais… Enfim, estou só divagando, sem usar nomes. Apenas me intriga a necessidade de “não me responsabilizo” tua, irmão “Eleotério”…

    • Obrigado, Eleutério.

  14. Apoc. 2:7 – ” Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus. ”
    Ou seja, se for firme e fiel, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.
    A justificação é pela fé, porém a fé sem obras é morta… ou seja, se não for fiel, de nada adianta a fé…
    Acredito que a fé é como o amor, quem tem fé não é leviano, não ama ao mundo, padece todas as coisas por amor do evangelho, etc…
    A falta de fé, leva ao pecado…
    Porém Deus salva quem Ele quiser… O ladrão que estava na cruz ao lado do Sr. foi salvo pela fé. Acreditou, e Deus salvou.

  15. Existem diversas leis que nos governam. Leis espirituais , leis físicas e leis universais.Todas se harmonizam entre si. Quando infringimos uma dessas leis , vamos contra aquilo que é uma ordem natural e cometemos um pecado. Vivendo em obediência a esses leis seremos mais e mais abençoados; mas, infringindo essas leis “pecando”,enfraqueceremos e possivelmente destruiremos tudo o que alcançamos até o momento.O pecado guarda em si uma relação de causa e efeito. Um exemplo: poluindo o meio ambiente , cometemos um “pecado” contra a Terra , e colhemos a consequência em desobediência as leis da vida. Podemos ser enfraquecidos fisicamente ou morrer, ou fazer com que outras pessoas morram por causa dos nossos atos.Existem pecados contra a carne: glutonaria, bebedice, abusos de drogas,etc…Somos responsáveis pelos nossos corpos. A inveja, a ira , a raiva, a recusa de perdão , a amargura , homicídios,adultérios, a soberba, egoísmo , etc.. pode “apagar” nossa luz! Por isso temos que estar sempre em oração para que O Senhor nos revista do seu poder e força para que nosso espírito seja revestido e ser vencedor. b.j.e.

  16. Patricia. disse:

    Irmão, mais se o irmão que adulterou e “vive feliz” com a segunda mulher, passa algum tempo, e bate o arrependimento nele, ele se humilha muito, passa pelo gosto amargo do arrependimento, pois não é facil, ele pode ser perdoado? ou vai ser sempre adultero? tenho um Tio que aconteceu isso, ele vive com a segunda mulher, ele se humilhou muito, ficou anos sem tomar Santa Ceia, hoje ele toma Santa Ceia e não perde um culto, ele acredita no perdão de Deus, a segunda esposa dele batizou e Sabado retrasado a mãe dela também e estão todos congregando, ele é um adultero mesmo assim? ou não por ser perdoado? gostaria de entender! pois ele da muito valor em servir a Deus Hoje.

    • Irmã Patricia,

      Tem um texto do Maurício Zágari que reproduzi no meu blog sobre o divórcio. Vale a pena ler:
      http://blogdoirlandes.blogspot.ie/2013/02/casei-errado-e-agora.html

      Ontem ainda tive que dar um conselho para uma irmã que tem um passado complicado e difícil nessa questão de casamento/divórcio/adultério. Assunto esse que não gostaria de abordar, mas como me foi confiada esta responsabilidade, não posso deixar de trabalhar.

      Na Bíblia encontramos que Deus odeia o divórcio (Malaquias 2:16) e que divórcio não é opção (Mateus 19), quando Jesus não aceitou a separação (divórcio/repúdio) por QUALQUER MOTIVO (Mt 19:3), sendo que Ele é claro que se houver um novo casamento, haverá adultério. (Mt 19:9).

      O único divórcio aceito é quando a outra parte cai em qualquer pecado sexual (do grego “porneia”, que inclui adultério, prostituição, sexo com animais ou qualquer outro tipo de desvio sexual). Essa é a única exceção que encontramos no Novo Testamento.

      É dura esta realidade. Os discípulos mesmo foram irônicos ao afirmarem que “deveriam então nem casar” (Mt 19:10), assunto que Cristo disse que nem todos podem receber essa palavra (não casar, ser eunuco) (Mt 19:11-12). Porém essa é a SOBERANIA e vontade de Deus, que é boa, perfeita e agradável, sempre sob a proteção da graça de Cristo. “Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum!” (Rm 9:14).

      Portanto, tendo em LUZ apenas a Palavra de Deus (Bíblia), se seu tio já era conhecedor do Evangelho de Cristo, portanto nova criatura, e adulterou, casando com a segunda mulher e vivendo com ela, segundo a Palavra de Deus (Bíblia) ele continua em adultério. Sobre a segunda mulher, que casou com o repudiado (aquele que cometeu o adultério), também está cometendo adultério (Mt 19:9).

      Perdoe-me. Sei que esse assunto é dificílimo. Muitos irmãos não atentam aos detalhes desta passagem importantíssima de Mateus 19. O Senhor Jesus foi extremamente claro, talvez uma das passagens mais claras nas Escrituras, mas mesmo assim muitos não atentam aos detalhes.

      Se formos nos permear pelas leis terrenas, muitos divorciados hoje são chamados de solteiros, e acham que se casarem de novo não estão em adultério se forem fiéis no segundo casamento, mas a Palavra de Deus é clara. UMA VEZ CASADO, NÃO DEVE HAVER DIVÓRCIO, a menos que a outra parte adultere.

      Dê uma lida no link. O texto é comprido, mas ele discorre sobre este assunto, tendo sempre a Palavra de Deus (Bíblia), como luz.

      Deus te abençoe.

      • “Buscar palavra” para se casar (Quem se lembra desse absurdo?).

        Uma das mais importantes decisões na vida do crente é o casamento, claro que a salvação, batismo, buscar a Deus etc ficam em primeiro, mas o casamento pode por a perder tudo, repito, tudo na sua jornada cristã.

        Muitos casamentos desfeitos, tragédias, adultérios, foram oriundos de uma palavra que a pessoa ouviu achando que era pra si, quando a Bíblia sempre foi clara a respeito de casamento.

        Eu não acredito que Deus prepare alguem para outro (eu não acredito), o livre arbítrio existiu desde o Éden, Deus lhe deu uma vida para você ser feliz à sua maneira, e fazer outra pessoa feliz o grande desafio.

        Veja Isaque, Jacó, dentre os demais, todos ao procurarem uma esposa definiram alguns critérios pessoais, Jacó foi pelos olhos beleza física, Isaque pelos atributos de bondade da mulher, Sansão foi no mesmo sentido de Jacó.

        Agora vamos ao crente do século XXI – “Deus vai preparar alguem para mim”, agente insiste em não ler as Escrituras mesmo !

        Leia em Gênesis o que foi que o homem disse a Deus quando pecou, pois é, se de fato Deus preparar alguem para se casar, e você tiver problemas com essa pessoa, poderá querer dizer o mesmo que Adão, “É…a mulher/homem que o Senhor me arrumou fez isso ai..e tal..”.

        A igreja, a exemplo de outras, poderia ter cultos específicos sobre família, casamento, sexo, mas preferem apenas julgar quando o adultério ocorre, a ovelha fica sem rumo nesse aspecto, vai indo conforme os ensinamentos terrenos, uma pena, quando não um desastre.

        O divórcio é bem o que o irmão HP alinhavou, é isso à luz da Bíblia, portanto, todo seu cuidado deve vir antes de se casar.

        Amado solteiro(a), não caia em palavra, conselho deste ou daquele, tenha critérios você quando for se casar, a pessoa viverá ao seu lado, faça por onde tambem ter um casamento feliz e abençoado, pra que arriscar a infelicidade alheia e a sua,- e pior ! – sua salvação ?

        Não tem sentido uma decisão tão importante dessas ser tomada em 2, 3 ou 4 meses de namoro como temos vistos aos montes na igreja, com o propósito mais absurdo ainda de não fornicar.

        Conheço cada caso…só por Deus como diz um irmão nosso.

        A Paz do Senhor dos Exércitos.

        Claudio (ovelha, CCB-min Brás, por enquanto).

        • Cláudio, o casamento é mesmo um passo importante na vida pessoal do servo de Deus. É preciso muito cuidado para não cairmos em engano. Nós casamos porque não suportamos ficar sozinhos e por causa do pecado, mas bom seria que não casássemos.
          Em nossa vida cotidiana é comum pedirmos conselhos para amigos e colegas referente a assuntos diversos. Por que é errado pedirmos o conselho do nosso melhor Amigo a respeito do casamento? É claro que antes de buscarmos a Palavra devemos primeiro conhecer e gostar da moça, e igualmente ela gostar de nós. Essa é a primeira confirmação.

          Meu ex-cooperador de jovens disse que, no caso dele, buscou a Palavra umas 11 vezes. No meu caso, acho que foram umas três vezes. Até Deus mandar um servo, cooperador de jovens, na minha ex-comum e, através da sua boca, em um culto oficial, confirmar o que nós já sabíamos, pois já tínhamos outras confirmações, tais como: amor um pelo outro, apoio das nossas famílias e amigos. Hoje creio que foi Deus que preparou ela para mim, pois nos amamos cada dia mais e mais, nestes dois anos de namoro e quase três de casamento. Esses foram os conselhos que ouvi nas reuniões da mocidade e reuniões de jovens e menores na minha mocidade, e o irmão pode frequentá-las para ver que não minto.

          Portanto, irmão, devemos buscar o conselho de Deus sim para esse passo importante, mas com bastante cuidado e oração, pois, de fato, muitos se apressaram e pegaram palavra errada, caindo no engano de seus corações. Se honrarmos a Deus, Ele nos honrará.

          Obs.: A circular emitida pelo ministério a respeito do casamento foi apenas para coibir os falsos profetas que ficavam, pelas altas madrugadas afora, pregando casamento, bens materiais, ministérios e etc. Os tais ajuntamentos de oração serviam apenas para enaltecer esse falsos profetas e, além disso, causaram muitos transtornos em nosso meio.

          Deseja a ti a santa Paz do Senhor.

      • Irmão HP,

        E onde está a Graça nisso tudo???

        Veja o exemplo do meu irmão por exemplo. Nasceu em lar cristão, frequentou as RJM’s, músico batizado, seguindo a doutrina (tanto da CCB quanto da Bíblia) e etc.

        Pois bem, caiu em uma arapuca. Uma moça que nunca quis saber de ser crente (era obrigada pela mãe a ser), começou a namorar com ele. A mãe dessa moça, na esperança da filha se firmar na CCB por casar com meu irmão que era crente de bom testemunho, estudioso e trabalhador, armou tudo. Instruiu a moça a se vestir decentemente, falar sempre baixinho e se portar de “santa”. Meu irmão caiu na arapuca.

        Meu irmão se casou e depois do casamento a moça se rebelou. Começou a utilizar roupas indecentes e se insinuar para os outros mostrando que era a “gostosona” do pedação (desculpem o termo). Só queria saber de ir em balada utilizando roupas indecentes. Meu irmão a proibia e ela “infernizava” a vida dele por isso. Começou a insistir que meu irmão financiasse uma cirurgia para instalação de próteses de silicone nos seios para ela poder se exibir mais ainda com os seus decotes. Uma vez foi a uma festa a fantasia utilizando uma fantasia indecente até mesmo para os padrões do mundo e começou a dançar e beber. Meu irmão foi na festa e tirou ela de lá puxando pelos braços.

        Eles tinham um filho e ela deixava o mesmo ser criado pela vó (criança ficando extremamente mimada). Ela gastava MUITO dinheiro e acabava com as economias do meu irmão. Falava muito mal dele para os outros e inclusive da intimidade deles…

        Pois bem, em meio a esse inferno o meu irmão se divorciou dela e foi morar na casa do meu pai com uma mão na frente e outra a trás. Como ela não havia o traído, ele perdeu a liberdade na igreja e é considerado um adultero.

        Pergunto:

        Considerando essa situação acima, estaria o meu irmão condenado por adultério? Teria ele direito a se casar novamente, pois tem somente 31 anos de idade? Ele tem culpa por ter caído nessa arapuca, seguindo a velha história de casar com uma moça da “graça”?

        Onde está a Graça nisso tudo?

        Deus o abençoe!

        • Samuel,

          Depois que postei esse meu comentário, uma irma veio chorando no meu blog pedir auxilio. Eu tentei ajudá-la, citando trechos bíblicos, fazendo “uma listinha” de trechos bíblicos, mas confesso, com a carga que ela chegou, eu acabei nao aliviando carga nenhuma e ainda coloquei mais um peso da “listinha” em cima dela. Gracas a Deus, irmas em Cristo foram usadas para anunciar a misericórdia do Senhor a ela.

          Nesses tres dias aprendi muito sobre misericórdia de Cristo. Sabe, Cristo nunca deixou um pecador arrependido voltar pra trás com a mesma carga de pecados e tristezas. Cristo sempre aliviou o fardo do pecador arrependido, pois ele é justo, mas seu fardo é leve e o jugo suave.

          Eu quis ajudar, mas percebi que nao ajudei em nada. Por isso peco perdao. Nao posso ter vergonha de dizer isso. Me senti um “fariseu do século XXI”. Fiz uma listinha de trechos bíblicos, mas nao mostrei o Jesus que levanta o abatido, cura o enfermo da alma, santifica o pecador, dá nova chance aquele que todos dizem: NAO.

          Se Jesus nao fosse “Amigo de Pecadores” eu nao estava aqui. Mas por vezes, infelizmente, eu esqueco disso. Quero ser rodeado de “santos”, quando na verdade nenhum de nós é, deixando quem mais precisa de Jesus de fora!

          A igreja que era para ser um lugar de refúgio para o teu irmao, virou um lugar de tristeza! Os irmaos que deveriam ser um ponto de apoio para o teu irmao, acabaram por se tornar motivo de vergonha para ele.

          Se nao tomarmos cuidado, a gente acaba fazendo isso. Em vez de aproximar o homem de Jesus, a gente acaba servindo de atrapalho. Sei que acabei servindo de atrapalho por nao ter manejado com cuidado a Palavra.

          Me perdoem em Cristo. Estarei orando pelo teu irmao, crendo que Deus pode restituir a alegria dele.

          Que Deus tenha misericórdia de todos nós, pois necessitamos urgente Dele.

          • Irmão HP,

            Não se preocupe. Sei que o irmão tem boas intenções. Realmente é muito difícil agir em determinadas situações.Tem casos que só Deus mesmo. Gosto muito dos comentários do irmão.

            Com relação ao divórcio, sei que é um pecado e algo muito grave. Mas é muito fácil alguém que teve um ótimo casamento e uma família estruturada criticar alguém que está em uma situação como a do meu irmão e de muitos outros (não é um ataque ao irmão, não interprete assim).

            Deus te abençoe!

  17. Priscila disse:

    Se toca eleoterio…. Responsabilidade de que? De eu achar????? É proibido achar???? Não afirmei nadaapenas disse que acho que é…. E continuo achando….e isso é um direito meu achar……

  18. Obs. Sou a Patricia Priscila, por isso que aparece com dois nomes, depende do lugar que posto aparece priscila do meu iphone aparece patricia… Sou a mesma pessoa esse é meu nome.

  19. Patricia. disse:

    Nossa irmão, mais que dificíl, e como ele conserta o erro dele? como ele sai desse adulterio continuo teria que se separar novamente? mais ai não é pior? como ele se conserta perante Deus para alcançar a salvação? to martelando minha cabeça…rs

    • Patrícia,

      Como eu disse, essa situacao é complicadíssima, pois envolve sentimentos fortes de um lado e os Ensinamentos de Jesus do outro.

      Muitos tentam “suavizar” aquilo que Jesus disse, mas se eu suavizar esta parte, tenho que suavizar todo o resto dos ensinamentos do Senhor. E pergunto, daí o que sobrará? Este é o caminho do liberalismo que tantas denominacoes enveredaram, muitas aceitando divórcio, e terminando por aceitar aborto ou casamento homossexual.

      Agora, eu aconselharia a discutir esse assunto com algum irmao do ministério da localidade, que seja amoroso, humilde, atento a Bíblia e que nao seja preso a tradicoes humanas. Acho essas características essenciais por tratar de ser necessário aconselhar uma alma sofrida. Muita oracao e amor sao necessários “pois a palavra dura sucita a ira e a palavra branda desvia o furor”.

      Por internet é impossível expressar corretamente, e por se tratar de alma, todo cuidado é mais do que necessário. Apenas expus aquilo que o SENHOR JESUS ordenou. Nao foi profeta nenhum, nem apóstolo e nem Moisés (que seria tratado como legalista), mas foi uma ordenanca do Senhor Jesus.

      Por isso, com a permissao dos irmaos, nao estarei mais tocando neste assunto. Deixo apenas dois conselhos que penso serem bons: que leiam a Bíblia e busquem conselhos de alguém do ministério que tenha amor, humildade, atencao a Bíblia e que deixe tradicoes de lado, tratando desse assunto apenas na Luz da Biblia, com o amor ao próximo nos ensinado pelo Senhor Jesus.

      Que o amor de Cristo, demonstrado na Cruz por nós, possa encher todos os nossos coracoes em graca.

  20. Irmãos, peço-vos perdão, em especial ao dono do blog, pois sinto-me o causador do desvio da discussão deste tópico. Porém, sinto-me na obrigação, da parte de Deus, de esclarecer mais uma vez porque não é heresia considerar prostituição pecado de morte. Os sábios entendem diferente porque o Senhor ocultou isso deles, pois, erram na altivez de sua sabedoria, esquecendo de recorrer a Deus e para entender os mistérios da graça já revelados na Palavra.

    Pois bem, o homem é falho e comete pecado a toda hora, precisando recorrer a Jesus, nosso Advogado, para que possa interceder por ele junto ao Pai todos os dias. Mas esforçar-se para resistir à tentação. TH 1:12 ” Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam. ”

    Porém, quero que os irmãos entendam que o ato sexual é a consumação do que já vinha ocorrendo há dias, meses ou anos. Dificilmente alguém que adultera, no caso dos servos de Deus, o faz de maneira momentânea ou impensada. O Senhor Jesus disse: “Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. ” Assim sendo, a cobiça começa com atos maliciosos, tais como : um olhar diferente, uma passada de mão nos ombros, um beijo no rosto mais demorado, troca de elogios, frases de duplo sentido etc. Tudo isso é adultério. No entanto, ainda estamos vivos o suficiente para recorrermos ao perdão de Deus. Por isso, nesse processo todo, às vezes, o servo recebe conselhos de amigos, familiares e o Senhor, pela sua muitíssima misericórdia, manda a sua bendita Palavra nos cultos para o alertar do perigo, mas ele não dá ouvidos. Comete o ato sexual, atentando, assim, contra o templo do Espírito Santo e destruindo-o. Porquanto está escrito que todo o pecado que o homem comete é fora do corpo, mas o ato sexual faz duas pessoas se tornarem em uma. O Senhor disse: ” Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.” Daí eu pergunto: esse servo não blasfemou contra o Espírito Santo de Deus, sendo que não deu ouvidos ao mesmo que gemia dentro de si, com gemidos inexprimíveis? Que parte tem o justo com o injusto? Deus não destruirá quem destruir o seu templo?

    Th 1:15 ” Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. ”

    Portanto, irmãos, achar que o ato sexual fora do casamento é um pecado equivalente a qualquer um outro que podemos fazer de maneira impensada é menosprezar a Bíblia, ou seja, a Palavra de Deus e, além disso, transformar em dissolução a graça de Deus. Muitos batem a mão no peito e dizem que conhecem a Bíblia de capa a capa e nos menosprezam dizendo que nós não conhecemos a vontade Deus porque não estudamos teologia, ou seja, não recorremos a livros e obras religiosas de diferentes sábios. No entanto, eu digo isto: Se alguém precisa de sabedoria para entender o que Deus tem já revelado em Sua Santa Palavra ( Bíblia ), como filho, deve recorrer a Ele para alcançar o necessário entendimento.

    Thiago 1:5- ” E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. ”

    Deus vos abençoe.

    • Gente, pelo amor de Deus, vamos manejar A Palavra com mais cuidado.

      O pecado contra o Espírito Santo, chamado “A Blasfêmia contra o Espírito Santo” (Mt 12.31 e Mt 12:31.32), se refere aos fariseus, que tendo testemunhado provas irrefutáveis de que Jesus fazia milagres no poder do Espírito Santo, afirmaram que, ao contrário, o Senhor estava possuído pelo demônio “Belzebu” (Mateus 12:24).

      Note também que em Marcos 3: 28.29.30 Jesus é muito específico a respeito do que exatamente eles fizeram para cometer a “blasfêmia contra o Espírito Santo”.

      Este é o pecado sem perdão: atribuir a Satanás, quando se tem pleno conhecimento de algo que é feito por Deus.

      Ou seja: para cometer este pecado imperdoável colocado com bastante clareza pelo próprio Jesus, o pecador deve ter consciência do que está fazendo.

      Admitir aqueles milagres realizados por Deus requeria plena conscientização de que Jesus é o Messias e que, portanto, deve ser seguido, resultando no abandono do próprio estilo de vida. Porque Ele lava todas nossas iniquidades. E isso os fariseus, mesmo vendo, testemunhando todos aqueles milagres que só podiam vir de Deus, O renegavam se rebelando com brande resistência e teimosia! E pior, atribuindo a Satanás! Esse era o pecado imperdoável e somente esse!

      No mais, TODO pecado pode e será perdoado pelo próprio Jesus quando houver GENUÍNO arrependimento. ‘Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça’. 1Jo 1.9)

      O meu apelo é para que, quando formos escrever algo, sigamos o exemplo do autor do blog, sendo NOBRES como os de Bereia e repensando urgente tudo que nos foi repassado pelo ensino doutrinário da nossa igreja.

      Pelo amor de Deus, repito! Vamos manejar A Palavra com bastante cuidado. Não nos tornemos responsáveis pela angústia e aflição de pessoas realmente sinceras e que se encontram aflitas achando que ofenderam a Deus quando na verdade elas foram mal orientadas em doutrinas de homens. Ora, convenhamos: se instalou-se no peito a aflição, se há o receio e o cuidado em não ter ofendido, já prova a reverência e o respeito a Deus.

      E que, como diz o título do texto, ainda que fugindo do teor do mesmo texto, que digamos todos a mesma coisa acerca do Evangelho da Graça! E que não sejam jamais palavras de condenação mas do ensino correto que nos conduz à salvação e não de palavras dúbias que nos encham de dúvidas, angústias e aflições.

      E que Deus tenha misericórdia de todos nós!

    • Correção:

      Perdoe-me, irmãos, por não ter balanceado bem esse meu segundo comentário a respeito do adultério (quando há a consumação do pecado )ser ou não ser blasfêmia contra o Espírito Santo.
      Diante disso, quero que entendam que errei principalmente nesta frase: ” No entanto, ainda estamos vivos o suficiente para recorrermos ao perdão de Deus ” . Retiro essa frase, pois também acredito que mesmo a pessoa caindo neste pecado, se houver arrependimento sincero enquanto estiver vivo ( materialmente falando) ainda há chance para alcançar misericórdia de Deus, pois temos um advogado junto ao pai a saber: Jesus Cristo, o justo.
      No entanto, como disse um irmão aí em cima, quem é o homem que possui um ‘‘aferidor” para medir o grau de sinceridade de alguém? Por isso, quem cometeu tal obra deve ser orientado pelos irmãos (sempre com espírito de mansidão, olhando por eles mesmos para que também não caiam em tentação) a permanecer congregando, louvando e buscando a Deus na igreja para que, assim, o tal possa buscar o perdão unicamente de Deus, e venha acordar do sono da morte, e logo seja salvo como que pelo fogo no século futuro. Não temos poder para julgá-lo, pois está escrito:

      Hb 13:4 “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará. ”

      Portanto, irmãos, a CCB não está errada neste proceder, pois está escrito que um pouco de fermento faz levedar toda a massa ou ainda se o teu braço direito te escandalizar, tira-o e o arranca para fora, pois melhor é entrar no céu sem um braço do que ir para o inferno. Então, vejam quão grande é a responsabilidade que possuem os anciãos, pois se não governarem bem a igreja de Deus na terra sabem que sofrerão maior condenação. Quem ama corrige.

      Hb 12:7 ” Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? ”

      Hb 12:11 ”E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela. ”

      Deus vos abençoe.

      • Irmão João, Fiquei até aliviado, ao corrigir seu comentário, cai numa dessas armações e recorro a misericordia Divina, quando li o seu primeiro comentário confesso que fiquei desesperado, sem saber o que fazer, acreditando estar tudo perdido, mais foi como o irmão disse e eu acredito, buscai a misericódia enquanto existe tempo oportuno. Deus abençõe.

  21. Priscila disse:

    Nossa irmão João, então porque Paulo repreendeu aquele moço que fornicava com a mulher de seu pai? Dizendo que o espirito podia ser salvo? A mulher adultera? Não vem me dar esse resposta, eles não conhecia Jesus. Conheciam a Deus e sabiam da lei da terra que para ter salvação não podiam cometer tal atos, Jesus não condenou a adultera por blasfêmia, mais condenou no mesmo ato os fariseus por blasfêmia, Jesus poderia ter falado a mesma coisa para adultera, adulterou ja era… Pecou, blasfemou, mas não, disse vai e não pequem mais , ao contrario dito aos fariseus que tinham seus corações duros e Jesus ja sabia disso, declarou da blasfêmia. Agora vejo que o irmão quer provar isso a todo custo, eu acredito na misericórdia de Deus sim mais para aqueles que se humilham como Davi.

  22. Priscila disse:

    Veja, não estou defendendo o pecado, só acho que existem outros pontos que mostram a misericórdia de Deus, Davi também consumou o ato, e varias outras passagens que Deus perdoa o arrependido nesses aspecto, o mentiroso vai parar no mesmo lugar que um adultero, que um fornicario que um feiticeiro., por isso de se equiparar.

  23. Márcio José Sérgio Ermida disse:

    A paz de Deus.

    Creio que o pecado de adultério realmente pode levar o crente à morte espiritual. Mas isso se um abismo puxar outro abismo. Agora, se o crente peca e se arrepende genuinamente, porque dizer que ele pecou de morte e não tem mais perdão? Se na Bíblia, por enquanto é o que sei, o único pecado descrito como sem perdão é a blasfêmia contra o ES?

    Por acaso o Senhor Jesus não disse que Sodoma e Gomorra julgariam os fariseus que diziam que Ele operava por meio de Belzebu? E, por acaso, os fariseus, não estavam obstinados, teimosos? Creio que qualquer pecador, blasfemador obstinado e teimoso está cavando sua própria sepultura infernal, a não ser que se arrependa. Se a chave de tudo é o arrependimento, creio que o pecado de morte é a OBSTINAÇÃO, a TEIMOSIA perante os gemidos inexprimíveis do ES no coração. Só que a CCB usa o argumento do exemplo para cortar definitivamente a liberdade das pessoas. Exemplo de quê, para quem? Será que a irmandade está tão mal assessorada e tão apoiada em alicerces frouxos, que qualquer coisa depois do batismo é motivo de se escandalizar e até parar na graça? Ou quem está alicerçado e realmente convertido no Senhor Jesus pode ver passar o terremoto e o furacão que não se abala? Quem tem moral ou firmeza para falar que resistiu sozinho ao pecado? E discriminar o irmão que caiu, mas se arrependeu? Aliás, quem tem um aferidor (familiar essa palavra, não?) para medir o grau de sinceridade no arrependimento de alguém? E quem garante que, depois de 15 ou 20 anos sem poder sequer chamar um hino ou orar, aquela ovelha que escorregou vai continuar aguentando “servir de exemplo” para os frouxos que não podem sequer ver uma canela feminina e acham normal se escandalizar com qualquer coisa? Aliás, queria que um irmão entendido, teólogo de preferência, explicasse hermeneutica e exegesemente, sobre o ESCÂNDALO, palavra que gera comentários e zunzunzun nas igrejas e nas famílias de crentes.

    Por último, quero deixar registrado que já enjoei de ouvir as pesoas se referirem a estudo bíblico como se fosse coisa do diabo, ou que retira o ES. Quer dizer que o certo é não estudar a Bíblia e quando a gente precisar o ES vem explicar o que já está explicado nela? A sabedoria que Deus deixou ao homem é de Deus ou não? Se é de Deus, porque não pode se aplicar no estudo bíblico? Quem estuda a Bíblia não pode ser assessorado pelo ES também? Porque não? Dizer que o estudo bíblico que confirma a sã doutrina em nós e nos dá embasamento para defender nossa fé é do diabo ou que retira o ES do crente, também não é uma blasfêmia contra o ES, sem perdão nem nesse e nem no século vindouro? Podíamos tentar parar de justificar o injustificável, e sermos mais humildes como denominação. Outras denominações sérias podem perder para nós em liturgia ou ordem no culto, mas dão de dez a zero em temor e estudo bíblico, porque não aprender com elas? O ES não vai ficar explicando o que já está explicado, a não ser em situações humilhantes e vexatórias. Mas Ele está pronto a nos lembrar do que já está escrito e explicado.

    Deus abençoe.

    • Irmão Marcio Ermida.

      A sabedoria que Deus deu ao homem não pode ser aplicada ao estudo bíblico pq a CCB diz que não pode, simples assim.

      Fazem pior, aconselham a não estudar, não sei se quem foi o endemoninhado que começou a pregar isso e agente segue pq somos ovelha.

      O estudo bíblico é ensinado desde Moisés antes de morrer, alertou o povo a deixar tudo escrito, ordenou para ensinarmos nossos filhos, de dia, de noite, em casa, na rua, ou seja, a todo instante.Em Salmos 1 é confirmado isso – meditar de dia e de noite-, Apolo (que talvez fora quem escreveu Hebreus) era um homem dito Poderoso nas Escrituras, e para os teimosos, veja como Cristo crescia: – em estatura e em Sabedoria (Lc 2:52), resta teimoso ainda? Tá, nossa luta é contra as potestades e ASTUTAS ciladas do diabo, nossa espada ? É a Palavra (Ef. 6:17).

      Tem gente teimosa ainda quanto ao estudo bíblico? Poderiam estes nos responder pq Jesus ao ser tentado por Satanás, utilizou-se apenas das Escrituras para expulsá-lo.

      E agora um assunto polêmico:

      – Aos que ainda acham que não devemos estudar as Escrituras e o sacerdote não deve ter salário, então expliquem Galátas 6:6 (Ao instruído na palavra divida o que tens com aquele que o instrui) – acho que é por isso que implicam com estudar as Escrituras, tá implícito ai que devemos buscar instrução? E com quem nos instrui o que devemos fazer?

      Se ainda restou algum teimoso, veja em Oséias 6:4 O povo é destruído porque lhe faltou conhecimento, culpa do povo ? Não, pois o versículo não parou ai, é o sacerdote quem rejeitou o conhecimento e Deus o rejeitou não só a ele como a seus filhos, é a recompensa de quem prega o não estudar as Escrituras e pior ! Alem de não ensinar ainda prega o não estudo, tenha dó !

      A Bíblia é a Palavra de Deus.

      Se ainda resta algum teimoso então vai ver se eu tô na esquina.

      A Paz.

      Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

  24. Correção:

    Perdoe-me, irmãos, por não ter balanceado bem esse meu segundo comentário a respeito do adultério (quando há a consumação do pecado )ser ou não ser blasfêmia contra o Espírito Santo.
    Diante disso, quero que entendam que errei principalmente nesta frase: ” No entanto, ainda estamos vivos o suficiente para recorrermos ao perdão de Deus ” . Retiro essa frase, pois também acredito que mesmo a pessoa caindo neste pecado, se houver arrependimento sincero enquanto estiver vivo ( materialmente falando) ainda há chance para alcançar misericórdia de Deus, pois temos um advogado junto ao pai a saber: Jesus Cristo, o justo.
    No entanto, como disse um irmão aí em cima, quem é o homem que possui um ‘‘aferidor” para medir o grau de sinceridade de alguém? Por isso, quem cometeu tal obra deve ser orientado pelos irmãos (sempre com espírito de mansidão, olhando por eles mesmos para que também não caiam em tentação) a permanecer congregando, louvando e buscando a Deus na igreja para que, assim, o tal possa buscar o perdão unicamente de Deus, e venha acordar do sono da morte, e logo seja salvo como que pelo fogo no século futuro. Não temos poder para julgá-lo, pois está escrito:

    Hb 13:4 “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará. ”

    Portanto, irmãos, a CCB não está errada neste proceder, pois está escrito que um pouco de fermento faz levedar toda a massa ou ainda se o teu braço direito te escandalizar, tira-o e o arranca para fora, pois melhor é entrar no céu sem um braço do que ir para o inferno. Então, vejam quão grande é a responsabilidade que possuem os anciãos, pois se não governarem bem a igreja de Deus na terra sabem que sofrerão maior condenação. Quem ama corrige.

    Hb 12:7 ” Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? ”

    Hb 12:11 ”E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela. ”

    Deus vos abençoe.

  25. Irmão HP, A paz de Deus! Essa parte que o irmão cita:( O salario do pecado é a morte. Temos que nos arrepender dos nossos pecados e abandona-los). Isso é no ato do batismo ou pode ser também, após o batismo, exemplo, um irmão já batizado cai em pecado, cai em si e se arrepende genuinamente, e não comete mais, serve para isso tambem? alcançar a salvação, ou galardão, ou os 02 juntos?

    • Irmao Roni,

      Na 1a Epístola de João, nos é ensinado que todos pecamos. João mesmo se incluía como pecador. Numa de suas cartas Paulo se considerava o “maior dentre todos os pecadores”. Pecado pode ser adultério, fornicação, mentira, ira, inveja, glutonaria, timidez espiritual, etc (confira Apocalipse 21 e 22, além da cartas aos Gálatas). Portanto mesmo depois de batizados pecamos, e precisamos continuar a nos arrepender. Arrependimento de coração que gerará em nós Frutos do Espírito (novamente leia em Gálatas) e caminharemos de luz em luz, cada vez pecando menos, pois amamos ao Senhor.

      Sobre diferença entre salvação e galardão, deixo os irmãos te explicarem, pois no meu entendimento, como Cristo é o autor e consumador da nossa fé (a fé em nós começa por Ele e é completa por Ele), salvação começa sim na terra, quando somos convertidos a Cristo e é completado em Cristo na glória que nos espera: O chamado “galardão”.

      O que o Tomaz diz acima sobre “Se pecar você pode perder o prêmio, mas não a salvação, e poderá ser punido passando pelo fogo” não encontro base bíblica para poder afirmar isso.

      Por isso achei esse pensamento da corrente liberal, que entre tantas coisas erradas, desconsidera a Bíblia como Palavra de Deus e também prega a inexistência do inferno, aonde, para esse pensamento errôneo, Deus perdoará todos os homens, crentes ou não em Jesus.

      Deus te abençoe!

      • Irmão HP não creio que sou liberal, pois considero a bíblia a palavra de Deus, creio que existirá inferno, e não acredito que todos serão salvos, mas sim TODOS OS QUE CRÊEM EM JESUS CRISTO como salvador.

        Óbvio que se vivo pecando deliberadamente o Senhor me julgará.

        Com relação a punição pelo fogo, em 1° aos coríntios 13, 14 e 15 diz:
        A obra de cada um se manifestará:na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta;e o fogo provará qual seja a obra de cada um.
        Se a obra que alguém edifícou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.
        Se a obra de alguém se queimar sofrerá dano, mas o tal será salvo, como pelo fogo.
        Note que se eu não tenho boas obras não receberei o galardão(prêmio), mas não perco a salvação(se me arrepender)

        Creio que quando nosso Senhor voltar, aqueles que vencerem, reinarão com Cristo por mil anos e no reino receberão o Galardão.

        Os salvos que não estiverem no reino, sofrerão durante os mil anos, mas poderão estar na nova Jerusalém.

        Índico procurarem na internet material do irmão Chinês Estimam New, que tem maiores detalhes sobre a diferença entre a Salvação e o Galardão.

        Deus Abençoe.

        • Amado Tomaz,

          Perdoe-me se fui um pouco ácido nos comentários anteriores. Relendo-os tive a impressão que pude ter sido um pouco ríspido. Nao foi a intenção, mas todavia perdoe-me se assim entendeu.

          Então, esta parte citada em Coríntios, o contexto é sobre o Edifício de Deus (3:10-17):

          A igreja é o edifício de Deus, composto de Cristo como fundação e aqueles que são trazidos a Cristo como materiais de construção (veja Efésios 2:19-22; 1 Pedro 2:5).

          Paulo instrui pessoas que fazem três tipos de coisas para o edifício de Deus: lançar a fundação, construir sobre a fundação e destruir o edifício. Àqueles que estão lançando a fundação, ele insiste que Cristo seja o material exclusivo.

          Desde que a filosofia e a sabedoria mundana são vazias, aqueles que pregam o evangelho precisam pregar aquelas coisas reveladas pelo Senhor. Àqueles que estão construindo sobre a fundação ele encoraja o cuidado.

          Os construtores trazem vários tipos de pessoas a Cristo. Alguns são duráveis como ouro, prata e pedras preciosas; outros são altamente inflamáveis como madeira, feno e palha. No fogo (isto é, no tempo da tribulação e da tentação) a qualidade destes discípulos se manifesta. Alguns construtores encontram suas “obras” (isto é, convertidos) destruídas pelo fogo da aflição. Ainda que grandemente desapontados, esses mesmos construtores serão salvos desde que pessoalmente resistam ao fogo. Outros construtores regozijam-se grandemente porque aqueles a quem eles ensinaram perseveram na tribulação.

          Finalmente, aqueles que destroem o edifício com falso ensinamento e com divisão estão ameaçados com julgamento severo pelo Todo-Poderoso.

          Essa é minha interpretação sobre esta parte do fogo. Texto tirado do contexto.


          Agora sobre o reino milenar, ainda hoje estava conversando com um irmão a respeito. Dá uma lida nos artigos abaixo que te ajudarao:

          http://www.estudosdabiblia.net/premilen.htm
          http://www.estudosdabiblia.net/b09_32.htm
          http://www.estudosdabiblia.net/b09_14.htm – leia a parte do 5o selo (versos 9 a 11).

          Vou pesquisar a respeito do citado pelo irmão.

          Deus te abencoe!

          • Irmão HP considere perdoado, pois o objetivo e compartilhamos e aprendermos.

            O nome do irmão chinês e watchman nee, como respondi do celular ele mudou o nome.

            Vou verificar os links.

            Deus abençoe

  26. Jonas Batista dos Santos disse:

    Acho que estas discussões só servem para tirar o foco do verdadeiro evangelho, aqueles que tiveram uma experiência com Jesus jamais entrarão nestas desavenças, não se importando com as atitudes que tomam como se isto fosse influir no verdadeiro cristão que não esta atrás de ministério, cargo, se aparecer em alguma coisa; estão preocupados somente em agradar a DEUS e seguir a sua justiça.
    Os demais já receberam o seu galardão.
    Não pensem que os irmãos humildes que residem nos confins da terra, muitas vezes sem assistência nenhuma mas com muito amor no coração que não sabem ler nem interpretar as falcatruas utilizadas pelos barões da igreja, são infectados por essas doenças que se alastram nos meios dos ditos cristãos, não, eles não são contaminados por estes não, pois sua fé esta somente em Jesus Cristo e não naqueles que põem e tiram letras, palavras, em hinários, blogs, cartas, etc.
    Oxalá Deus vos perdoem e os façam voltar aos rudmentos dos evangelhos, onde Jesus ensinou no sermão do monte: São Mat. Caps. 24, 25.
    AMEM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: