É ler para crer!

A maioria nem quer ouvir sobre homossexualismo, imagine então falar sobre amor ao homossexual. O assunto continua gerando desconforto em muitos crentes. Ao passo que a mídia apoia, a sociedade se divide. Enquanto o diálogo entre entidades laicas e religiosas vezes caminha, vezes patina; Os individuos ficam atolados no preconceito e no medo gerados pela ignorância. Pelo conhecimento da Palavra de Deus poderemos firmar nossos passos.
 
As cores do arco-íris. Brandon, na carta a seus pais, faz um relato que contrasta com a aparente alegria e colorido do mundo GLS, nos narrando uma realidade mais triste e cinzenta – O principal motivo de eu ter estas minhas crises de nervosismo é justamente pelo fato de eu ter que viver assim(…) sozinho, oprimido, escondido(…) driblando estas indagações(…) e cheio de desculpas para dar(…) com medo de ser rejeitado pelos amigos e familiares(…)Demorou muito tempo para que eu pudesse tomar coragem e encarar a mim mesmo, buscar respostas e o apoio de outras pessoas na minha vida, tudo motivado pelo medo de ser colocado de lado, de ser rebaixado e maltratado’.
 
Bem-vindo ao lar Bobby. Também me consterna o fato dele não encontrar na igreja um reduto onde poderia aliviar este fardo – ‘Sem contar que na igreja, eu seria considerado uma “abominação” se dissesse a verdade, e corro o risco de que muita gente nem me saúde mais com a paz de Deus, que dirá com o ósculo santo. Estes são os motivos de tanta revolta e questionamentos que eu tenho produzido ultimamente’. Todos deveriam se sentir bem-vindos e seguros, porque a igreja é casa de acolhimento e não de exclusão. Não é lugar de pessoas perfeitas e sim de pessoas de coração quebrantado. Muitos outros na irmandade vivem uma vida de segredos usando suas máscaras. A graça de Deus se manifestou de maneira contemplativa (Tt 2:11), mas o jugo eclesiástico, muitas vezes, se comporta de maneira seletiva.
 
Olha a cabeleira do Zezé. Nosso olhar torto distorce nossa visão. Comumente vemos os gays como promíscuos e devassos – ‘No conceito da maior parte da sociedade, os homossexuais são seres sem caráter, homens efeminados que muitas das vezes se vestem de mulher e que falam mole, desmunhecam e dão encima de tudo quanto é homem. As mulheres são masculinizadas, falam grosso e se vestem como macho. Estas pessoas são apenas uma minoria daquelas que são na verdade homossexuais. Existe uma quantidade muito grande de pessoas não heterossexuais que jamais poderiam ser identificadas como tais, a menos que elas dissessem. São pessoas normais, que trabalham, estudam e se esforçam por um futuro melhor e que não querem ser comparadas aos gays e lésbicas que estão ai dando escândalos’.
 
O silêncio na Congregação. Em seu blog, Brandon escreve com letras garrafais e estilosas a insinuação de uma crítica a CCB. Todavia, o silêncio se justifica.O diálogo entre grupos conservadores e liberais tem sido prejudicado pela discussão de implantação de leis contra homofobia. As igrejas encaram estas leis como uma ameaça ao direito de expressão onde a opinião poderia ser interpretada como infração. Então é melhor calar do que penar.
 
O que é homofobia? É a atitude revestida de preconceito, intolerância e violência contra os homossexuais que atentam contra os direitos, integridade e dignidade do ser humano.
 
O que não é homofobia? Considerar e omitir opinião que o comportamento homossexual é inapropriado e ilegítmo. Meu direito de expressão não é agressão ao seu.
 
Digamos que é um sussurro. A CCB já se manifestou por uma circular em 2008 e os anciães, mesmo que timidamente, sempre dão conselhos. Considero a posição da CCB até razoável, pois não se envolve com a homossexualidade até que o inidivíduo tenha relacionamento afetivo ou tratamento caricioso. Quando o indivíduo ‘peca’ o tratamento é igual para todos – homos e héteros – sem discriminação. Como temos que resistir o pecado, o homossexual também deve guardar-se e conservar o seu corpo (templo de Deus) em santificação e honra.
 
Opinião. A união entre homossexuais reconhecida por lei, não é o casamento – instituição de Deus – que misteriosamente faz de ambos (homem e mulher) uma só carne. Ela é ilegítma, portanto, aqueles que contraíram um ‘casamento gay’, estão em pecado diante de Deus. O sexo é um deleite e privilégio para os casados. A união legal lhes concede direitos terrenos, mas não lhes outorga os do Céu.
 
De onde vem e o que é? ‘Muitos crentes, quando questionados sobre as causas do homossexualismo, apontam imediatamente para fatores espirituais, como possessão(…)Quando entendem que não é possessão maligna, alguns levantam a hipótese de o problema ser orgânico(…)Mas, o fato é que, ao longo dos anos, nenhuma pesquisa jamais provou que a homossexualidade resulta de fatores biológicos(…)Ankerberg e Weldon falam da ausência de fatores orgânicos e a realidade de que homossexualismo é um comportamento aprendido(…)Cientistas do comportamento humano, conselheiros e terapeutas de ex-homossexuais têm quase a mesma opinião sobre as causas do homossexualismo: a maioria dos homossexuais teve problemas na área familiar’ (CACP-“O que é homossexualismo” – Prof. João flávio Martinez).
 
Responda quem puder? Vejam quantas causas já foram apontadas, mas nenhuma foi assegurada. Eu mesmo posso questionar a última hipótese aventada. Ainda não chegamos à resposta; o mistério ainda não foi decifrado –Os próprios anciães mais esclarecidos chegaram à conclusão de que homossexualidade não é uma escolha, nem uma doença, nem um espírito. É uma tendência involuntária’.
 
Nem todos podem receber. “Ele, porém, lhes disse: Nem todos podem receber esta palavra, mas só aqueles a quem foi concedido. Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos por causa do Reino dos céus. Quem pode receber isso, que o receba” (Mt 19:11,12).
 
Minha teoria. A queda do homem trouxe sérias consequências para a raça humana, como para toda a criação (Rm 8:19-23). Acredito que a homossexualidade não era um comportamento original e que só veio a existir depois do pecado entrar no mundo e corromper nossa natureza nos tornando ‘enfermos’. Mas se a homossexualidade é consequência da queda; a avareza, a inveja e o preconceito também são. Todas são ‘obras da carne’ resultantes da nossa condição humana e decaída. Poderia ter acontecido com qualquer de nós porque estamos sujeitos as mesmas paixões (At 14:15; Tg 5:17). Mas o amor é ‘fruto do Espírito’ que opera no novo homem. Portanto, recebamos o gay em nosso meio, “não em contendas sobre dúvidas” (Rm 14:1) para que todos sejamos “sarados”(Tg 5:16) dessas “paixões infames” (Rm 1:26).
 
Meu recado. Brandon, acredito que este passo que deu ao assumir-se homossexual trará estabelização na sua vida. Veja só, ontem estava perdido e confuso, hoje está procurando ajudar outras pessoas. Reverta a situação a seu favor. Sabe o que a Bíblia diz? Que o solteiro tem melhores condições de servir e agradar a Deus do que o casado (1Co7:32). O que se mantem solteiro faz melhor do que quem casa (v.38). Muitos se fizeram eunucos por amor do reino de Deus (Mt 19:12). Conheço pessoas que optaram pelo celibato por considerarem ter uma missão na vida; outras cuidam dos pais doentes; outras porque tem mais tempo para se dedicar a um serviço específico. Gaste suas energias servindo a Deus, fazendo visitas aos enfermos e parados, aprendendo a música e conhecendo a obra de Deus pelo Brasil. Encare o celibato não como uma pena e sim como uma benção; um privilégio; um meio para santificação.
 
O apelo de Brandon. ‘Papai e mamãe(…) Resolvi fazer isto agora, meus pais, que cheguei aos 25 anos de idade(…) Eu não quero que vocês pensem que eu vou mudar como pessoa. Não vou mudar, vou ser o filho que vocês sempre conheceram. Na verdade, a mudança que eu quero que haja, é a de um melhor relacionamento entre eu e vocês(…) Amo vocês e espero que vocês continuem a me amar depois de hoje’.
 
Reflexão. Diante do drama e do pedido de ajuda, podemos agir com aceitação ou acepção. Os pais do jovem ouviram seu apelo. E você, que usa um distintivo de cristão, como agirá com relação a teu irmão ou irmã homossexual?
 
Foto de Bobby Griffith:
Anúncios

Comentários em: "Mamãe… sou gay! (2ª parte)" (2)

  1. Roberto Fernandez disse:

    Não caia na farsa de que os gays são os “mocinhos”:

    roberto96130.blogspot.com/2010/12/alguem-pode-nascer-homossexual.html

    Ninguém nasce gay. Todos nascem pecadores. Cada pessoa com suas particularidades de pecados. Mas TODOS devem vir ao arrependimento dos pecados. A pessoas que confessa que nasce “gay” é mentiroso. E se essa pessoa não esta preocupado em buscar a conversão, JAMAIS um Verdadeiro Cristão pode aceitar essas pessoas, Porque essas pessoas com cara de piedade, mas por dentro cheio de podridão, querem enganar as pessoas para que acreditem no erro.
    Devemos ser firme quanto a esse tipo de gente:

    roberto96130.blogspot.com/2010/12/alguem-pode-nascer-homossexual.html

  2. Roberto Fernandez disse:

    “recebamos os gays em nosso meio”??????
    Primeiro que não existe gay, mas pecadores.
    Só podemos aceitar essas pessoas, se essas pessoas tiver a consciencia de vir ao arrependimento e confessando que aquela pratica é um erro, que crer que Jesus purifica daquilo.
    Mas se pessoas que vive nessa pratica começar com conversas esfarrapadas para tentar justificar seus erros, falando que aquilo é normal e que pode viver daquele jeito e não crer que Jesus pode libertar daquilo, essa pessoa é mentiroso, Porque são pessoas que já tenho o conhecimento do evangelho de Cristo, e não são inocentes. Se não querem vir ao arrependimento, não pode entra no meio dos Cristão sinceros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: