É ler para crer!

Prefeita na CCBBispa evangélica pregando numa igreja parecida com a Congregação Cristã no Brasil? Nada disso. Na verdade é a prefeita de Jacarezinho – PR servindo-se do púlpito – em pleno culto – de umas das casas de orações da CCB daquela cidade.

Por motivo da reinauguração do templo, foram convidadas autoridades municipais que prestigiaram a reabertura da igreja, elogiaram o templo, parabenizaram a irmandade e fizeram da festa espiritual um evento material.

O púlpito da Congregação, lugar considerado sagrado onde somente homens podem subir – com exceção da regente Ana Spina – foi profanado. Essa não é a minha opinião mas foi com este radicalismo que, por muitos anos, me ensinaram que o púlpito é somente para o atendimento dos cultos e pregação da Palavra. Estes dias mesmo foi dito em culto na minha cidade que jamais podemos permitir este tipo de coisa na Congregação.

Muitos poderão dizer que isto é um acontecimento isolado, só que em pouco tempo este já é o segundo caso. Outros colegas de blogs já haviam noticiado o fato que resolvi também repercutir pois penso ser retrato do momento de transição por que passa a CCB.  Sempre ouvi o discurso: “Quando a política entrar em nosso meio e o púlpito for usado com fins humanos, o Espírito Santo não estará mais entre nós”.

Pois bem, a política entrou; será que o Espírito Santo saiu?

Leia também:

http://comumccb.blogspot.com/2011/06/politicos-no-pulpito-da-ccb.html

http://doutrinacristaccb.blogspot.com/2011/06/discurso-de-autoridade-politica-em.html

Anúncios

Comentários em: "A política entrou! Se cumprirão as profecias?" (24)

  1. “Quando a política entrar em nosso meio e o púlpito for usado com fins humanos, o Espírito Santo não estará mais entre nós”.

    Ouvi muito isso também.

    Interessante é alguns tentarem justificar a prática.

  2. Até hoje, pelo que sei, somente essa mulher e Ana Spina tem liberdade para subir ao pulpito, as demais como de costume devem usar o véu e “permanecerem caladas”.

  3. O adequado (o que até agora na internet não vi ninguém comentar nada a respeito) seria saber ao certo em que circunstâncias essa prefeita subiu ao púlpito. Provavelmente ela foi convidada para ir ao culto de inauguração para assistir – o que não tem nada de mais-, fazer um “H”, mas vai saber se a ditacuja da mulher não fez pressão sobre o irmão ancião para que pudesse proferir algumas palavras e o “velinho” cedeu ?

    Acredito que deva este caso ser compreendido na totalidade individual do fato e não como sintoma possível da última hipótese aventada na postagem.

    • bereiano disse:

      Júlio César, em Jaboticabal-SP o prefeito José Arlos Hori também participou com aquela irmandade em uma ocasião parecida.
      Não se trata de coincidência, todos foram convidados oficialmente. Trata-se de uma nova postura da CCB.

  4. Mesmo assim, seria de muito bom tempo que se tornasse a repetir nas congregações os ensinamentos que tratam de políticos em nossos templos bem como de nossas relações com a política de forma geral.

    • bereiano disse:

      Há um ensinamento de 1965:
      – CIRCULARES E CONVITES – ABERTURAS E BANQUETES

      Tem chegado até nós circulares sobre muitos assuntos, de diversos lugares. Isto não é cousa boa. ….As aglomerações não trazem proveito para a irmandade. Não convém também convidarmos políticos ou autoridades para o dia da abertura. Geralmente estes desejam se manifestar e temos que negar. Compete aos irmãos do Ministério advertirem a irmandade para não estarem a convidar este ou aquele.(…)

  5. Me desculpem, mas é incrível tal escândalo por este motivo. Realmente a prefeita foi convidada para participar da reabertura da CCB, mas foi ela quem pediu para falar no púlpito e alguns poucos irmãos do ministério presentes (na minha opinião desobedientes e sem personalidade naquele momento), cederam para que ela proferisse algumas palavras. Curioso o fato do irmão Ricardo não ter citado que a prefeita apenas pronunciou palavras de elogios, agradecimentos e prestígios a nossa irmandade. Mas em nenhum momento fizeram propaganda política como se fazem em outras denominações existentes, tais como: “conto com o voto de vocês”, “votem no numero tal” “o partido tal que ajudou na reabertura” “lembrem-se de nós na próxima eleição que ajudaremos vocês” ou coisas desse tipo. Me desculpe irmão Ricardo, mas sua pergunta foi um tanto infeliz, ao dizer: “Pois bem, a política entrou; será que o Espírito Santo saiu?”

    Acredito que o irmão congregue em sua localidade, o que penso é que; esta pergunta não deve ser feita aos internautas que visitam o vosso site e sim ao seu próprio coração. Se o irmão acha que o Espírito Santo não opera dentro da CCB ou que Ele deixou de operar, me perdoe, mas não sei o que o irmão ainda faz entre nós.

    Realmente é a segunda vez que isto ocorre (pelo menos que foi divulgado e que nós sabemos), mas acredito que o ministério Brás tomará todas as medidas necessárias para que estes eventos não mais ocorram.

    Sobre o que deveria ser uma festa espiritual e fizeram um “evento material”, não acredito que tenha sido desta maneira, pois a igreja não foi utilizada somente para a prefeita realizar seu pronunciamento, naquele dia houve culto, hinos, testemunhos, orações e principalmente a palavra. O irmão falando desta forma, pode até fazer com que os que participaram do culto naquele dia, não creiam na palavra que foi pregada e se sintam até ofendidos por tal escrita (eu sinceramente me sentiria, ainda mais se a palavra falasse com as minhas causas).

    Gostaria de pedir novamente perdão ao irmão se o meu comentário pareceu agressivo, mas isto apenas manifesta a minha opinião com relação a este artigo. Pois visitando o vosso site, em alguns momentos percebi que a parceria e amizade estão fazendo com que o irmão deixe de defender a obra e até mesmo a Palavra de Deus (ou. bíblia), mas tenho observado que os últimos artigos são verdadeiros difamadores, tanto contra a CCB e principalmente contra nossa irmandade.

    Que Deus lhe abençoe!

    • bereiano disse:

      Infeliz a pergunta ou mentirosa a profecia?

    • A congregação é a igreja mais linda que existe na minha opinião, uma tradição extremamente dogmática que faz dela de fato uma instituição de muita confiabilidade, eu só não sou membro por isso, a ignorancia alheia das mentes arcaicas que predomina na religião me irrita de tal forma me afastando de tal… Sabia palavras irmão Cesar!!! Ricardo, evolui, faz bem pro corpo, alma e espírito!!! ApdD a todos irm.’.

  6. Não tem nada demais uma autoridade do Municipio falar alguma coisa, desde que não seja para pedir Voto. Porem contraria o que ensinam, falam mais não Procede isto fazem que o povo pequem por senssurar o Ministerio. Lugar Santo não existe, é um lugar de Ensinar a Palavra de Deus, quem ouve torna Santo pela Obediência. Acredito que a Prefeita não pedio Voto, portanto não tem nada demais.

  7. Fazer oque? É licito que venham os escandalos … Uma mulher toda maquiada e com postura escandalosa pousando em pleno templo sagrado de Deus. Ora onde chegamos. será que podemos condenar s pecadores (de morte) como dizem , misericordia para todos depois dessa.

  8. Sei que não podemos fazer juízo de valores; mas, se o culto foi iniciado e durante o mesmo a Prefeita, como representante público, usou do púlpito, ela não teria autoridade episcopal para falar à igreja, seja lá o que for, ela subiu no púlpito durante um serviço Sacro que, deve ser exclusivamente para adoração, com um agravante, desrespeitou a “autoridade do varão” que estava presente, em respeito a “Hierarquia Espiritual”, não se cobrindo com véu…
    Porém se ela subiu no púlpito antes ou após o serviço Sacro, creio que não há o que desabonar, pois se torna um lugar comum, do contrário estaríamos “idolatrando” o templo e o púlpito…
    Por outro lado, devemos nos precaver, para que isto não torne um procedimento comum e abramos uma porta ao adversário…

    Grato

  9. Romário N. Cardoso disse:

    Do mesmo modo, eu penso que é imprudência tecer comentários sobre o tema, uma vez que a mesma apenas elogiou a CCB. Ela pediu algum voto? se sim, a CCB deveria cortar tal prática, uma vez que alguém poderia aproveitar o momento para fins políticos, não obstante, somos apolíticos.

    Se a mesma não usou o espaço permitido para falar sobre política, creio que há um erro em tecer cometários imprudentes, uma vez que incautos poderiam ser levados a pensar em outra direção.

    “Não se deve permitir que candidatos a cargos políticos venham fazer propaganda ou visitar as Casas de 0ração com esta finalidade.”(Resumo da Convenção 1948).

    Creio que ela não estava fazendo “propaganda” a cargo político, tampouco usou suas palavras nessa finalidade. Portanto, devemos ser cautelosos em proferir nossas críticas se o ensinamento acima não foi ofendido.

    Que os leitores incautos leiam o verso abaixo e sejam prudentes com quaisquer comentários que encontrarem.

    “O simples dá crédito a cada palavra, mas o prudente atenta para os seus passos.” (provérbios 14.15).

  10. Então quer dizer que se for pra falar bem da CCB pode?

    Lembro-me de um caso que a Secretaria da Saúde da minha cidade, pediu um tempo no culto para alertar sobre a dengue, o que o ministério fez? negou, marcou um dia pra uma palestra, não autorizou que subissem no púlpito, e ainda não apareceu ninguém, ainda teve crente do ministério que brincava, enquanto a autoridade sanitária profiria sua palestra.

    Pra tratar de saúde, não pode, pra tecer elogio pode?

    O ensinamento é claro, a CCB em sua tradição jamais deu liberdade para políticos ou autoridades em cultos, e deve permancer assim. Deste modo, continuará isenta de favoritismos, pra pedirer pra falar em época de campanha, é um ‘tapa’.

    Acredito que nos manter nos marcos antigos é melhor.

    Como já disseram outras vezes: “eu quero minha igreja de volta”.

  11. bereiano disse:

    O foco dos comentaristas está no que a prefeita ‘fez’ ou ‘falou’, mas a proposta do post é chamar a atenção para o que a CCB está ‘fazendo’ indo contra o que ‘falou’ no passado.

    Está se fazendo lóbi(lobby) com os pólíticos. A CCB está se portando de maneira simpática para ser bem-vista e bem-quista pelas autoridades. Estão se preocupando muito com a aprovação dos homens – Antes nossa preocupação era somente em agradar a Deus.

    Não se trata de julgar se está certo ou errado, se pode ou não pode; trata-se de visualizar a mudança de pensamento e comportamento.

  12. Eu estava nesse culto e foi muito triste ver o irmão convidando a prefeita que por ocasião não tem culpa nenhuma ! pior foi ver os nomes de vários políticos sendo mencionado” como estão presentes entre nós as autoridades tal , fulano, sicrano etc….” ! e mais trágico foi que um dos políticos que dias antes esteve na cidade congregado no culto de terça feira de manhã teve nome mencionado de cima do púlpito e foi pedido para a irmandade complementá-lo , deu vontade de chorar ver as velhinhas de cabeça branca se lastimando pela” politicagem” na obra de DEUS! mais fazer o que né irmãos vamos deixar DEUS tirar o joio senão a gente arranca o trigo e vamos pensar antes de tomar qualquer atitude que dê escândalo porque como o SENHOR mesmo disse ” é de mister que venham escândalos mais ai daqueles por quem virem , melhor seria colocar uma mó no pescoço e se atirar no mar ” , é vamos deixar DEUS limpar sua obra ! DEUS me chamou para servi-lo na ccb não saio jamais sirvo ao SENHOR JESUS e quando a gente ver que o santuário está profanado sem condição de sentir DEUS a gente ora em casa canta hinos concerteza DEUS ouve agora abrir outras igrejas isso não concordo pq nunca a gente sabe que tipo de pessoas estarão por trás dessas novas doutrinas .

  13. Sonia Maria disse:

    Mais um escândalo.
    Repito o que ja disse. É mister que venham os escândalos, mas ai daquele por quem o escândalo vier.
    Estamos mesmo chegando ao fim.
    Que até a volta do Senhor, tudo esteja nos seus devidos lugares.
    Que Deus nos guarde.

  14. Afonso Schroeder disse:

    A santa paz de Deus esteja com todos que lerem este artigo, eu gostaria se é que existe uma comunidade neste mundo, que consiga conviver em harmonia sem que viva políticamente em harmonia, pois desde que nascemos no primeiro chorar de nossas vidas ja estamos fazendo política, pois a quase 40 anos sigo esta doutrina da CCB, percebo com notoriedade que a política da boa convivência existe até ao meio da irmandade e vou além é Deus que reje todas as coisas dando o devido entendimento para a convivência entre sociedade e crenças, motivo pelo qual não dá para se abster de “política” para o desenvolvimento socio-cultural, caso contrario como conseguiriamos viver ao meio do mundo que fizemos parte.

  15. Diacordo com a CCB ,somente homens pode subir no púpito,e a óbra está escandalisada.
    APDD. ISSO esta desrrando asw doltrinas da Congregação Cristã no Brasil …

  16. Durante 15 anos (da infância até a adolescência) fui “obrigado” a seguir esta igreja. Ali aprendi uma rígida doutrina. Agora vejo esta noticia e me surpreendo. Isto acontecer logo na CCB ? E agora o que seus lideres farão? Mudarão as doutrinas? É interessante lembrar, que o cientista Adilson José campos, criador de dentre várias coisas, da teoria dos universos, foi “expulso” desta igreja, por causa de seu envolvimento com a ciência. CCB, quem te viu quem te vê!!!!!!!!

  17. Fernando Ribeiro disse:

    Na minha opinião mesmo que esta prefeita fosse na abertura,os irmãos do ministério nao deveria permitir que ela usasse o pulpito mas que falasse alguma coisa fora do pupito com um tempo estipulado.Já pensou se o Papa Francisco posteriomente na sua visita ao Rio de Janeiro resolve visitar a CCB Vila Isabel?Como será a reacao do Ministério? Será que deixarao ele subir no pulpito?

  18. “16 Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem tampouco as igrejas de Deus.
    17 Nisto, porém, que vou dizer-vos não vos louvo; porquanto vos ajuntais, não para melhor, mas para pior.
    18 Porque, antes de tudo, ouço que quando vos ajuntais na igreja há entre vós dissensões; e em parte o creio.
    19 E até importa que haja entre vós facções, para que os aprovados se tornem manifestos entre vós.” I Coríntios 11

  19. Rosy Rapouso disse:

    Errado Errado o ancião me perdoe mas isso não pode proceder. Então mulheres vai subir ai e pregar tb. que isso virou bagunça? O senhor jesus disse da pãe aos carnecedore, isso ficara em nossa memória que nada vai apagar e o senhor cobrará dele no ultimo dia.. passou por cima das ordem de DEUS. Ficou por conta do homem e não do espirito…………………………………………

  20. Lucas Brinhritin disse:

    Totalmente errado!!! A CCB esta perdendo os valores e as santas dogmas, não se pode subir um politico no púlpito jamais! Virou baderna? Santo Deus que vergonha que sinto nesta hora! Depois os fiéis saem da comunhão, e não se sabe o motivo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: