É ler para crer!

Que culto é este?

Dia de culto. O estacionamento está lotado, tantos outros vieram a pé; ônibus; bicicleta. E por que vieram? Vieram louvar ao Senhor. Vieram com a mesma alegria do salmista que dizia: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor”. (Sl122). Que culto é este? é uma reedição de O Santo Culto e faz uma explanação da liturgia e fenômenos do culto.

Verso áureo: “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação” (1Co 14:26).

Deus seja louvado. O culto cristão é a mais sublime expressão de rendição e gratidão da igreja. Seu propósito é reunirmos na fé e no amor para adorarmos a Deus, que nos fez povo exclusivo para seu louvor (Tt 2:14; Jo15:16). É nosso dever e alegria (Sl 33:1; 122:1) apresentarmos ao Senhor em profunda ação de graças, pois É merecedor de toda honra, glória e louvor.

Em nome do Senhor Jesus. Fomos justificados pela fé em nosso Senhor Jesus Cristo, por Ele temos a confiança de nos achegarmos a Deus (Hb10:19-22), como a garantia da Sua presença (Mt 18:20). Tudo o que fizermos, façamos em nome do Senhor Jesus (Cl 3:17; Jo 14.14; Ef 5:20).

Louvemos o Senhor. O louvor expressa pela arte musical, o que Deus operou em nossas vidas. A Bíblia contêm um hinário – o livros dos Salmos. O hinário é a Bíblia cantada. A música é um subido ministério (1Cr 23:1-26:32), quando exercido com primor, enche a casa de Deus de glória (2Cr 5:12-14). Deus merece (e reivindica) uma música de excelência. ‘Tocai bem’ adverte o salmo 33:3.

Oremos ao Senhor. A oração é o ato pelo qual o crente, através da fé em Cristo Jesus e mediante a ação intercessora do Espírito Santo (Rm 8:26,27), curva-se para:

1. Buscar a presença de Deus (Sl 27:80);

2. Dar graças pelas bênçãos alcançadas (Sl 116:12-14; Cl 4:2; 1Ts 5:18);

3. Confessar suas faltas (Dn 9:3-6);

4. Apresentar as necessidades (Fp 4:19; Ef 3:2; 1Jo 5:14);

5. Clamar pela palavra (Cl 4:3);

6. Interceder pelos outros [pedidos de oração] (1Sm 12:23; Ef 6:18).

Deus fala com seus filhos por muitas maneiras (Hb 1:1); nós, filhos, falamos a Deus somente por uma maneira – pela oração. Esta move o coração de Deus de tal forma, que O leva a operar o impossível na nossa vida. (Tg 5:15,16).

Testemunhos. A recomendação apostólica é: “Em tudo daí graça” (1Ts 5:18). É justo e agradável ao Pai Celestial, demonstrarmos nossa gratidão, com inteira humildade, testificando a toda congregação que ‘Ele está no meio de nós’. Os milagres de Deus na nossa vida são bênçãos imerecidas; assim como os recebemos por fé, produzirão fé no ouvinte por que “a fé vem pelo ouvir” (Rm 10:17). Não deixemos a timidez nos inibir, e com prontidão testemunhemos:

“Aquilo que parecia impossível; aquilo que parecia não ter saída; aquilo que parecia ser minha morte; mas, Jesus mudou minha sorte e por um milagre estou aqui. Usa-me, sou o teu milagre”. (Canto carismático).

A Palavra de Deus. “A fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Rm 10:17). É o momento culminante do culto. Dizemos na CCB que vamos ao culto ‘buscar’ a Palavra, ou seja, uma resposta ou confirmação para alguma causa própria; esquecemos que temos de ‘aprender’ a Palavra, como bem já orientou os anciães. Veja o que diz o tópico de ensinamento da 71ª Assembléia de 2006.

* 1 – O QUE DEVE SE ENTENDER POR “PROFECIA” (Pode-se entender doutrina).

A sabedoria de Deus no livro dos Provérbios esclarece que “não havendo profecia o povo se corrompe; mas o que guarda a lei esse é bem-aventurado” (Pv 29:18). Então, a profecia vinda de Deus, pela Sua Palavra, tem por finalidade santificar o crente e impedi-lo de se corromper. Ainda que a profecia prediz o futuro, ela é manifestada com o intuito de convencer o crente a se desviar do mal para obter a vida eterna. Nossa irmandade não deve buscar a Palavra pensando só no suprimento de sua necessidade material, na libertação de seus sofrimentos espirituais ou cura de suas enfermidades físicas, ainda que por estas coisas também oramos e clamamos ao Senhor. A irmandade deve dar-se por satisfeita tendo ouvido o conselho de Deus na congregação.

‘Buscamos a Palavra’ quando queremos uma resposta para a nossa vontade;

‘Aprendemos a Palavra’ quando queremos dar uma resposta à Sua vontade.

Liturgia compreende os componentes que ordenam o culto de adoração: oração (At 12:12; 16:16), cânticos (1Co 14:26; Cl 3:16), ofertas e coletas, testemunhos, leitura e exposição da palavra de Deus (Rm 10:17; Hb 13:7), manifestações e operações do Espírito Santo (1Co 14:26-32) e benção apostólica (Nm 6:23-27). Embora seja possível liturgia sem culto, não há culto sem liturgia. (Is 1:11-17; 29:13; Mt 15:7-9; 1Co 11:17-22). Na liturgia está implícita a invocação do Espírito Santo – a chama que dá vida à igreja.

Formalismo. Comumente confundimos liturgia com formalismo, contudo, há diferenças abismais entre ambos. A liturgia promove a espiritualização do culto edificando o corpo de Cristo. O formalismo faz do culto mero cerimonial que, embora belo, é destituído de seu real valor. A liturgia harmoniza, espontaneidade com ordem; o formalismo roteiriza o culto censurando o extraordinário. A liturgia constrange-nos a participar, o formalismo requer meramente nossa presença. Ao contrário da liturgia que anima, o formalismo petrifica a igreja.

Quando há liturgia o culto é ordinal; quando há formalismo o culto é ordinário.

Advertência. A Bíblia adverte: “Não extingais o Espírito” (1Ts 5:19). A igreja está se esquecendo do seu primeiro fervor, tornando-se cada vez mais formalista. Os ‘ensinamentos’ tem sido verdadeiros extintores do fogo divino. Se por um lado não podemos concordar com meninices, fanatismo, desordem; por outro não haveremos de nos conformar ao mero ritualismo que vem ‘esfriando’ os crentes e suprimindo a liberdade para o Espírito Santo agir na igreja.

Avivamento é o antídoto contra o formalismo: “Enchei-vos do Espírito” (Ef 5:18b). É a intervenção divina e soberana na igreja em resposta ao seu clamor. É a retomada do governo da igreja, das mãos dos homems, pelo Espírito Santo. Jesus deu ministros à sua igreja; não, sua igreja a ministros (1Pe 5:2,3).

“Onde (quando) estes três não governam, é Satanás que governa, em forma de homem, para seduzir o ‘Povo de Deus’ com sabedoria humana” (Louis Francescon).

Manifestações Espirituais. O Deus invisível se mostra por sinais visíveis (Mc 16:17), as manifestações espirituais são, portanto, provas daquilo que se não vê. Resultam do cumprimento da promessa de efusão do Espírito (Jl 2:28-32). O Senhor Jesus intercedeu para que a igreja recebesse a ‘Promessa do Pai’ (Jo14:16; At 1:4), que dimanaria consolo (Jo14:26; 16:7) e poder aos seus filhos (Lc 24:49). O poder é concedido mediante o batismo no Espírito Santo com evidência inicial de línguas estranhas (At 1:8; 10:46; 1Co 14:15,26), e dos dons espirituais, que são dotações sobrenaturais do Espírito Santo sobre o crente, habilitando-o para o serviço a Deus. Daí o dito: “Deus, não escolhe os capacitados; sim, capacita os seus escolhidos”.

O batismo no Espírito Santo é a dádiva de Deus ao crente, assim como a salvação é a Sua dádiva ao pecador. (Antônio Gilberto)

Benção final. Também chamada de Apostólica (2Co 13.13). São as palavras que despedem a irmandade (igreja) no encerramento do culto. Nesse momento nosso coração deve estar consolado, nosso ânimo fortalecido, nosso entendimento multiplicado e nossa fé renovada. Ao término do santo serviço nosso desejo deve ser o de compartilhar da nossa alegria anunciando Jesus ao pecador, como testemunhas do seu amor e fazer-lhe o convite: “Ó vinde e adoremos” (Sl 95:6).

A Paz de Deus (Cl 3.15). Congregar e cultuar estimula a ‘comunhão dos santos’, que é o elo espiritual e social entre os crentes, que promove a unidade do Espírito, preservada pelo vínculo do amor (Cl 3:14) e da paz (Ef 4:3). A comunhão da igreja testifica e constrange o mundo a reconhecer que somos discípulos do Bom Mestre (Jo 13:35).

Reflexão. “Que culto é este?” – Perguntavam as crianças de Israel a seus pais, diante do profundo significado da páscoa hebraica (Ex 12:26), que lhes ensinavam narrando os acontecimentos que deram origem ao rito. Estamos nós também aparelhados a explicar aos nossos filhos a importância do culto cristão?

Anúncios

Comentários em: "Que culto é este?" (7)

  1. EDILSON FERREIRA disse:

    Que o Deus de Abraão, de Isac e de Jacó, o Deus Pai de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, te abençõe e te guarde e faça resplandecer o Seu rosto sobre ti e te dê a Paz.
    Irmão Edilson
    São José do Rio Preto
    São Paulo – Brasil
    Tel.: 17 3014 1151 / 9103 8371

  2. muito bom, que deus te abençoe. tem muitos que precisam saber disso. apz D DEUS

  3. Cleverson Luiz Vasconcelos disse:

    Querido Irmão,

    A paz de Deus

    Você ja viu o site de Mario Persona e sua opiniões sobre a CCB?

    O que você acha ?

    Gostaria de saber sua resposta a pessoa dele e a forma como ele serve a Deus.

    Deus abençoe!!!

    • Deve estar se referindo a isto:

      “O que acha da “Congregação Cristã no Brasil?
      É difícil explicar para você o que acho, já que você está sob uma carga muito grande de uma concepção de fé associada a uma religião. A fé da qual lhe falo é aquela que existe independente de existirem cristãos no mundo (ou igrejas, ou congregações, ou denominações…). É a fé em Cristo, não em cristãos. Por isso achei apropriada a história de José e Maria, que seguiam os irmãos pensando que com isso estavam onde Cristo estaria, mas acabaram perdendo o menino Jesus de vista e foram obrigados a voltar a Jerusalém para procurá-lo.

      Não tentaria explicar isso para algum novo convertido da Congregação Cristã no Brasil, porque isso poderia abalar sua fé, mas você é uma pessoa esclarecida. Não deixe o cérebro do lado de fora da porta quando vai se congregar. Deus nos dá discernimento para compreender a Sua Palavra através do Seu Espírito Santo, e não devemos aceitar cegamente o que alguém diz ser a Palavra de Deus, só porque a pessoa fala com voz solene e diz estar falando em nome do Senhor. É algo sério alguém dizer que está recebendo uma mensagem de Deus.

      Lembro-me de um sujeito que, ao final de um treinamento de vendas que dei numa empresa, identificou-se como cristão e me deu a maior bronca, dizendo que tinha uma mensagem de Deus para mim porque em nenhum momento do treinamento de vendas eu tinha falado do evangelho.
      E nem poderia. As horas que passo em treinamento estão sendo pagas pelo cliente para ensinar sua equipe a vender, e seria anti-ético eu gastar esse tempo com outro objetivo e estaria, em um certo sentido, roubando meu cliente. Há outras ocasiões propícias e devemos aproveitá-las, mas ali certamente não era o caso. Minha resposta ao sujeito foi que, ao chegar com aquela história de que tinha uma mensagem de Deus para mim, ele não deixava margem para contestação. Como discutir com alguém que está afirmando ser a boca de Deus para uma comunicação específica?

      “Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá”. Dt 18:20

      A única referência que temos hoje para saber se alguém está falando algo de acordo com a Palavra de Deus é a própria, e não a presunção do que se diz profeta em afirmar que o faz com tal autoridade. Como eu já disse, os varões de Beréia foram chamados de mais nobres porque compararam o que ouviram com as Escrituras. Isso você deveria fazer. Não confie em seus sentimentos, porque os sentimentos são uma manifestação das emoções que podem ter sua origem na carne. Ficamos profundamente tocados por um filme, mas isso não tem nada de real.

      “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus… para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre”. 1 Pd 4:11

      O fundamento de sua fé deve ser Cristo, não os cristãos ou uma “congregação” ou organização cristã. Você diz que a igreja ensina isso e ensina aquilo. Não existe algo como uma igreja que ensine na Palavra de Deus. Isso é um erro importado do romanismo, já que contraria até mesmo a ordem estabelecida por Deus de que as mulheres não devem ensinar. E a igreja é, em tipo, uma mulher, a noiva.

      É o Espírito Santo quem ensina, fazendo com que compreendamos Sua Palavra. Há aqueles que ministram a Palavra, que “profetizam”, mas não no sentido usado por muitas denominações como se a pessoa estivesse sendo canal direto da voz de Deus sem possibilidade de contestação. Os que profetizam em 1 Coríntios 14 devem ser julgados naquilo que dizem: “E falem os profetas, dois ou três, e os outros julguem.” 1 Co 14:29

      Ninguém hoje pode falar com a mesma autoridade que tinham os apóstolos ou profetas (como Ágabo) do novo testamento. Os apóstolos e profetas foram dados para estabelecer o fundamento do qual Cristo é a Pedra principal, mas hoje não há mais apóstolos e profetas no sentido dos doze ou de Paulo. Quem profetiza hoje é quem fala do que está na Bíblia, não quem diz receber alguma revelação “inédita”.

      “Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo, O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas” Ef 3:4,5

      “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito”. Ef 2:19-22

      A Igreja (não uma denominação, mas o Corpo formado por todos os lavados pelo sangue do Cordeiro, todos os que verdadeiramente crêem em Cristo) está sendo edificada com as pedras que são os salvos sobre um alicerce que foi construído há 2 mil anos e é formado pelos apóstolos e profetas do Novo Testamento e pelo próprio Cristo. Ninguém coloca pedras do alicerce nas paredes.

      Se alguém hoje se declara ter a autoridade dos apóstolos e profetas do alicerce, vai ter que explicar isso direitinho para o Senhor quando chegar a hora. É um usurpador de uma autoridade que Deus não deu a ninguém. Profetizar hoje não é no sentido de trazer uma revelação inédita, mas apenas de “proferir” o que os apóstolos e profetas já disseram no N.T.

      Preocupei-me quando você disse que segue a Congregação Cristã no Brasil. Há uma diferença enorme entre seguir uma denominação religiosa e seguir a Cristo. Na primeira, você tem um compromisso com algo que os homens criaram, ainda que tenham criado dizendo-se dirigidos por Deus, que ouviram uma voz, que tiveram uma revelação etc.

      A maioria das religiões e denominações que estão por aí dizem que começaram assim e você nunca estará segura se seguir esse tipo de “revelação” sem conferir tim-tim por tim-tim na Palavra de Deus. O número de “igrejas” por aí dizendo serem “a única verdadeira” e que foram criadas por uma revelação recebida por alguém só deve ser menor do que o número de pessoas nos sanatórios que se dizem ser Napoleão. O orgulho e a vanglória de querer ser Napoleão ou um novo profeta de Deus não são coisas muito diferentes. Deus não criou nenhuma religião ou denominação religiosa, pois se tivesse feito isso estaria dividindo os crentes por denominações, títulos ou líderes, o que a Bíblia diz ser carnalidade:

      “Pois a respeito de vós, irmãos meus, fui informado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo; ou, Eu de Apolo; ou Eu sou de Cefas; ou, Eu de Cristo. Será que Cristo está dividido?… Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?” 1 Co 1:11-13 ; 3:3,4

      Uma vez um judeu me disse que se Cristo fosse realmente o Messias, os mestres de sua religião teriam ensinado assim. Mas como os tais mestres não ensinavam assim, ele continuava no judaísmo. Como se a única responsabilidade recaísse sobre os tais mestres (esses têm responsabilidade maior), mas a responsabilidade por crer é individual. É a alma individual que está em jogo.

      É complicado explicar a você em quê eu creio, porque você está bastante condicionada a associar fé com um lugar, um templo, uma congregação. Eu continuaria crendo igual mesmo que fosse o único cristão na face da terra, porque o fato de me reunir com outros cristãos é só isso, uma reunião de comunhão e adoração, não uma associação que crie ou mantenha um dogma para ser crido por todos sob seu teto.

      Tanto é que na maioria dos lugares onde os irmãos com os quais tenho comunhão se reúnem somente ao nome do Senhor, o fazem na casa de alguém, numa escola ou (como acontece numa localidade no Egito, onde reuniões cristãs são proibidas) num barco no meio do Nilo. Não existe uma organização, apenas pessoas que se reúnem num lugar, portanto não enxergue isso como uma religião que eu siga ou uma igreja da qual eu seja membro.

      Há pessoas que acreditam que apenas uma religião leva a Deus, porque o que acreditam na verdade não é no poder do sangue derramado na cruz, mas na capacidade do homem em obedecer a uma lista de leis e regras (que diferem entre as religiões). O raciocínio é simples. Se a religião “X” tem a lista de regras mais correta, obviamente essa é a religião de Deus e só será salvo quem estiver ali, já que entre as regras listadas está a regra de estar ali. Parece familiar a você?

      Fazer isso é um terrível pecado, é usurpar a Deus o direito de salvar com base na suficiência completa do sacrifício de Seu Filho na cruz. É dizer que Cristo não seria suficiente para salvar se não existisse a religião tal. É também dar ao ser humano uma participação no crédito de sua própria salvação. Se fui eu quem segui direitinho as regras, então uma salva de palmas para mim… e algumas para Cristo.

      Acreditar que somente na “Congregação Cristã do Brasil” que você freqüenta é possível ter a salvação é negar que nossa natureza seja tão vil que ainda poderíamos encontrar algo nela capaz de seguir regras e mandamentos. É dividir a glória de Deus com os homens e, o que é mais perverso, fechar o caminho a Cristo para alguém que não tem acesso a essa congregação.

      Você é cúmplice de um pensamento assim? Uma religião que estabeleça algum fundamento de salvação além do próprio Cristo – seja esse fundamento uma lista de regras ou a necessidade de ser membro da tal religião – não é de Deus. “Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que JÁ ESTÁ POSTO, o qual é Jesus Cristo”. 1 Co 3:11

      Quando foi posto o fundamento sobre o qual você alicerçou sua fé? Se foi há 2 mil anos, é o mesmo sobre o qual cristãos convertidos ao longo dos séculos colocaram sua fé. Se é um que teve uma data de fundação posterior, não é um fundamento colocado por Deus, porque NINGUÉM pode estabelecer outro.

      Em João 3:16 lemos: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. O que diz aí? “…para que todo aquele que não faz tal e tal coisa, ou que pertença a determinada congregação, não pereça? Certamente que não é assim que está. Diz apenas “para que todo o que nele (em Cristo) CRÊ”!

      O apóstolo Paulo escreveu uma carta aos crentes da Galácia, os quais afirmavam que para ser salvo era necessário não apenas crer em Cristo, mas também guardar a Lei, ou seja, praticar determinadas obras. A eles Paulo responde: “Ó insensatos gálatas… Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé? Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?” Gl. 4:9,10. Paulo compara o seguir regras ou a Lei para ser salvo como carnalidade.

      Só Cristo pode nos salvar pois morreu na cruz sendo castigado por Deus Pai no lugar do pecador. Todo aquele que nele crê tem a vida eterna, está salvo eternamente. E isso não depende do que fazemos ou deixamos de fazer, mas do que Cristo fez; “e isto não vem de vós, é dom de Deus” (Ef. 2:8). Portanto, a nossa salvação depende EXCLUSIVAMENTE de Cristo e de Sua obra; não depende de nós pois se dependesse de nós, a glória seria nossa. Mas, graças a Deus, não depende de nós que somos pecadores e sempre propensos a pecar.

      Quando um pecador vem a Cristo, arrependido de seu estado pecaminoso, isto só acontece por obra do Espírito Santo em seu coração, pois é o Espírito Quem nos convence do pecado (João 16:8). Então, pela fé, o pecador crê que Cristo tomou o seu lugar na cruz carregando o seu pecado (do pecador).

      Quando o pecador assim crê, Deus lhe dá a salvação que é completa; Deus lhe dá o perdão que também é completo e esta pessoa nunca mais perderá a salvação, pois é um dom de Deus (Ef. 2:8) e nunca lhe será tirada por Deus “porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento” (Rm. 11:29). Deus não “tira” a salvação do crente, e ninguém mais pode fazê lo “porque estou bem certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor!” (Rm. 8:38,39)

      Bom, acho que escrevi demais. Minha preocupação é sincera, creia-me. E pondere isso à luz da Palavra de Deus (não à luz do que eu ou outra pessoa disser), pedindo que Deus mesmo esclareça a você. Outra vez, não deixe o cérebro na porta. Deus ordenou que o que for falado seja julgado e o padrão que temos para tal julgamento é a Palavra de Deus e Seu Santo Espírito que habita no crente.

      Mario Persona”

      Caro Cleverson,
      Temos que discutir idéias e não as pessoas. Porém concordo com o texto acima.
      A CCB não é a graça de Deus, mas agraciada por Deus.
      A graça de Deus é imensurável, já a CCB tem seus perímetros ideológicos.
      A CCB é uma das expressões da multiforme graça.
      Costumo dizer: A CCB não é a única igreja certa, mas é certo que a CCB é uma igreja única!

  4. magdalena disse:

    Bereiano ,,,,,,fico pasma de ultimamente ver barbaridades em blog de varias pessoas que dizem entender da palavra de Deus ,,,,,,nao estou me referindo ao comentario a cima ,que li e reli e na metade ficou meio confuso,,,,,mas estou referindo-me a pessoas que nem parece que le a biblia,,,,nao tem um pingo de respeito as outras pessoas que procuram de certa forma agradar a Deus,,,,,perdao por desabafar aqui no seu blog,,,,,mas no outro nao me sinto a vontade como aqui,,,, Em um dos meus primeiros comentarios ,salientei muito bem sobre o ladrao que estava perto de Jesus na cruz ,,,,,ele pediu a Jesus que lembra-se dele ,,,,,,e o Senhor na sua grande misericordia nao questionou nada com ele ,,,,nao perguntou-lhe nada,,,,,,se ele tinha algum curso biblico,,,,,,porque ele nao fez isso ou aquilo,,,Jesus aceitou ele do jeito que ele estava ,,,,,,,E o que sempre digo ,,,,,,,,,,,,DEUS VAI SALVAR QUEM ELE QUISER INDEPENDENTE DA IGREJA,,,,,,,,,,,,,,MAS tem que entrar pela porta que e JESUS,,,,,,,,,,NAO cobrar nada de ninguem,,,,,desde que a pessoa seja limpa em seus negocios profissionais nao dependendo de suas denominacoes para viver ,,,,,,,,,nao dependendo de nada nada , Escrito esta em JOAO 10 ,,,,Quem nao entrar pela porta e ladrao e salteador ,,,,,,,porque se depender da igreja, ele nao entrou pela porta que e Jesus se torna ladrao e salteador ,,,,,,,nos temos que viver de cabeca erguida como verdadeiros cristaos ,,,,,,,, Quanto mais somos atacados ,mais bencaos recebemos de Deus ,,,,,,,,,nao comento com niquem aquilo que sinto de comentar aqui ,,,,,,,mas no inicio deste ano fiquei ate tonta de ver no outro blog ,sera que e uma advertesncia para aquelas irmas das fotos ou mais um ENORME deboche sobre nos da CCB? Se somos diferentes de outras denominacoes ,,,e por que voce sabe muito ate mais do que eu sobre os doze pontos de doutrina que temos ,,,,,tudo que vejo la no outro pra mim nao passa de uma papagaiada,,,,,,,,,NOSSA ,,,nos nao temos cerebro nos so escutamos o coracao ,,,,nos somos uns troxas ,nos somos de tudo ,,,,,,a nossa igreja e feita de tijolos NOS estamos ACORRENTADOS ,,,,,,,,,,,,,,OOOOOOOOOOO DO,,,,,,,,,,,NOS somos priseineiros da CCB,,,,,,,,,, A prisao e tao Ruim que esta cada vez mais lotadas,,,,,pra que tanto odio dos predios que vao ficar tudo aqui? E tao bom assistirmos os cultos ,cada dia esta melhor que o outro,,,,,eu moro quase em frente da ccb ,,,domingo prestei bem atencao,,,alias nem precisou prestar muito atencao nao,,,,estava chovendo tanto ,e era carro chegando ,perua escolar chegando tambem cheio de criancas,,,,,e mocidade tambem vindo a pe,,,,,,,,,,a Reunao estava uma GLORIA,,,,,,,,,,Da minha casa escuta-se a grande manifestacao ,,,,,,a Orquestra Maravilhosa ,,,,,,Como e maravilhoso estar-mos na presenca de Deus,,,,,,,,,,exaltar a Ele de todo coracao,,,,,,eu pergunto, pra que tanto deboche? pra que tanto escarneu?, O povo catolico tem um grande respeito com o PREDIO deles passam em frente e faz grande reverencia com o sinal da cruz!!!!!!!! e certa pessoa nao se deu o devido respeito com o predio que para nos simbolisa Casa de Oracao ,,,,,,,,colocando acougue do seu lado ,,,,,,essa foi a pior fotografia que vi,,,,,as das mocas nao vi todas ,,,,,,,nem tenho curiosidade de ver ,,,,,vai dos olhos de cada um ,,,,,,maldosos quem coloca essas coisas na internet,,,,,,,,,,se procurarmos fazer o bem e semearmos o bem ,,,,,teremos qrande recompensa do Senhor ,,,,,,, sei que somos lancetados de todos os lados ,,,,,,,,,,parece que o nosso cabelo ,,,como e mesmo?CABELAO ,,,,,,HA a SAIA ,,,,NOSSSAAAAQUE HORROR!!!!! sabe o que da a impressao que andamos de qualquer jeito que nao temos higiene,,,,,,,,,mas sinceramente quando vejo mulheres toda rebocada ,,,,me da nojo,,,,,,,e faso que nao vejo,,,,,,,,para nao pecar mais que e melhor,,,,,,,cada um cada um faz o que quer,,,,,,,,,,,nao sou perfeita tenhos meus erros tambem ,,,,,,,,,,,,,so que prefiro as modestas SEM REBOCO,,,,,,,,,,,,,,,,Ricardo vai me suportando no amor de Cristo Jesus,,,,,,,, e que Deus te abencoe muito,,,,,,,,,e muito

  5. Mais uma vez senti de voltar a esse tema; Que culto é esse?;;pois é : estava com saudades da RJV;aproveitei ir na despedida de uma jovem que irá se casar sabado proximo;;;;que benção de domingo;;;ali pude comtemplar e receber tambem as virtudes dos céus e lembrar : Onde estiver dois ou tres reunidos no meu Nome ali estarei; disse Jesus;;Como é BOM estarmos na presença do Senhor e junto com as crinças e a moçidade ;;Na hora da primeira oração foi uma gloria as meninas orando uma oração ditada pela auxiliar e depois os meninos orando o Pai Nosso;;;;;O bom Deus fez uma imensa festa com nós visitando-nos com sua presença ;;; nesta hora lembrei ou Deus me fez lembrar do irmão Ricardo e de mais outros servos;;;;;;;;;; por que na oração o servo de Deus dizia quantos não estão mais com nós mas quarda-os por caridade cada um pensa de um jeito Senhor ;;;; no recitativo foi muito lindo ;;;;;;A orquestra linda linda bem animada ,,,,,mas gostei muito dos ensinamentos que Deus deu ao nosso amado ançião muito humilde mas com a FACULDADE dos ceus;;;;;as perguntas que fez ao casal ;;;as respostas dadas pelos mesmos,,,, senti saudades do meu tempo ;;;pois não perdia uma RJM e nem da Reunião da mocidade que era na CCB do Bras;;;;;era dificil ver alquem sem chorar com tanta gloria da visitação do Espirito Santo;;;;;; Mas hoje posso dizer com certeza:: Como foi ótimo lembrar do meu Criador nos dias da minha mocidade ;;;quantas bençãos recebi Dele e ainda recebo ;;;;quase todas as Palavras se cumpriram na minha vida ;;;;O Senhor me deu alem daquilo que eu pensava ou imaginava ;;;;;Gloria á Deus;;;;;os outros falam se conselho fosse bom não se daria; se vendia; é quase certo : mas no amor de Cristo Jesus digo á mocidade :de valor a Palavra de Deus ;;;busquem á Deus enquanto se pode achar pois Ele está bem pertinho de nós ; Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade;antes que venhas os maus dias e cheguem os anos;e venhas á dizer: Não tenho neles contentamento;;;;;;;;;;;;;;;A paz de Deus aos irmãos em Cristo;;;;;;

  6. magdalena disse:

    Que lindo Ricardo; no blog do Helio ,,,o parecer de um homem que considero o apostolo Paulo brasileiro,,,,,,que se arrisca á varios perigos sobre o Evangelho de Cristo Jesus;;;pra mim se ele colocou esta posição dele sobre a CCB proposital ou não isso foi Ótimo há um tempo chegado para todas as coisas ;;;;;;;Como ja disse uma lampada não pode ficar debaixo da cama ,mas no Velador !!!!!! não menospresando ninquem ;;;;mas mesmo sendo metralhada todos os dias por muitos nos minimos detalhes,,,,estou felisissima ;;;;sei que é quatro paredes ;;;;;; mas Jesus é a nossa Estrela ;;;;;;;;;onde Ele está tem que habitar o Amor;;;;;;;;;;quem tem Jesus tem tudo!!! quem não tem ;;;;não tem NADA;;;;O maior problema das outras denominações é $$$$$$$$$ ,,,,,,,conversei á poucos dias com um menino de 10 anos que estava na CCB na escolinha de musica estudando violoncelo ;;;; encontrei com ele ; e como fazia tempo que não o via mais pergunte-lhe; e ai ? como vai na musica ? ele ; ah parei , minha mãe comprou uma guitarra e vou tocar na igreja dela ;;;;meio sem graça me disse lá vou ter uma grana;;;;;como sou muito chegada á ele e sua família falei ; tá bom vem cá me dá um abraço;;;;mas arrazada;;;;ai ele disse thau;;;;dai voltou e falou APDD,,,, melhorou,,,,,Estas coisas choca aqueles que não tem interece no dinheiro;;;mas tem um coração aberto pra servir o Senhor;; Ele é a nossa LUZ e a nossa Salvação;;;;;;APDD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: