É ler para crer!


"Irmã com véu/'

‘Por que as irmãs usam véu?’ Quem é membro da Congregação Cristã no Brasil – CCB, certamente já fez ou teve que responder a esta pergunta, pois é  frequente aquele que nos visita ou o novo convertido inquirir a este respeito. É comum ao fazerem a indagação ouvirem a resposta: ‘Porque é mandamento da Palavra de Deus’.

Na maioria das vezes se contentam, e raramente contestam a resposta. Acontece que há casos que esta colocação sofre forte objeção; e quanto mais são os questinamentos, menos são os argumentos da irmandade – Diante da pergunta que não cala, está a resposta que pouco fala – Ao percebemos que nossa resposta não foi satisfatória, damos conta do seu superficialismo e simplismoª; descobrimos que não convém ter frases prontas, senão a surpresa nos apronta; reconhecemos que é preciso saber mais para responder melhor, como aconselha a bíblia: “A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como nos convém responder a cada um” (Cl 4:6).

A boa resposta que “nos convém responder a cada um” não exibe apenas a capa, mas ilustra a idéia; não pode ter só título e sim conteúdo, pois não devemos dar como resposta um texto e desconhecer o contexto. Deixemos de superficialidade, uma resposta à altura tem profundidade.

Para temperar nossas palavras, este estudo nos fornece o ‘sal’ ao expor clara, objetiva e apologéticamente “O que você precisa saber sobre o fundamento do uso do véu”.

O texto a seguir é uma edição do post original “O fundamento do uso do véu” enviado por Romário Cardoso, que consistiu em melhorar a visualização para facilitar a compreensão. Salvo alguns complementos e comentários, foi preservada a integridade do texto e seu estilo literário.

Este edificante estudo é uma benção para toda a irmandade. Ao concluí-lo saberá dar, à pergunta inicial, a ‘boa resposta’.²


O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O FUNDAMENTO DO USO DO VÉU

Por: Romário Cardoso¹  (ver post original)

I – Introdução

     As igrejas cristãs de todas as épocas e em todos os lugares, são concordantes entre si afirmando ser o nosso Senhor Jesus Cristo, a “cabeça” (autoridade) da igreja de Deus. Esse ensino (doutrina) pode ser observado em muitos textos das cartas paulinas (Ef 1:22; 4:15; 5:23; Cl 1:18; 2:10,19); no entanto, há um texto áureo nas Escrituras Sagradas, onde esse mesmo ensino é desenvolvido dando esclarecimentos muito profundos quanto ao seu significado – Falamos de 1° Coríntios 11.1-16.
     O apóstolo Paulo preocupa-se, ao escrever tal ensino, em mostrar o interesse Divino em que seus filhos “saibam” (v.3) da importância ou significado da doutrina apostólica – surgi então, a questão do uso do véu pelas mulheres.
     O ato do homem ‘descobrir’ a cabeça enquanto a mulher ‘cobre’ a sua, o que isto representa com relação a Deus, os anjos e a igreja? Na concepção apostólica, o que estamos proclamando quando obedecemos ou desobedecemos tal mandamento? Afinal, qual o fundamento do uso do véu? É isso o que veremos a seguir.

 II- Universalidade e observância

Os destinatários
     Antes de examinarmos o texto, devemos tomar cuidado, pois que tal epístola também é estendível aos Cristãos de todos os lugares, 1Co 1:1,2 (ARC-ARA-NTLH). Caso o contexto acima apontado esteja obscuro, que venha a dificultar o entendimento para algum irmão, irei expôr aqui, uma tradução de fácil compreensão, isto é, a Nova Tradução na Linguagem de Hoje: 
     “Eu, Paulo, que fui chamado pela vontade de Deus para ser apóstolo de Cristo Jesus, escrevo, junto com o irmão Sóstenes, esta carta à igreja de Deus que está na cidade de Corinto. Escrevo a todos os que, pela sua união com Cristo Jesus, foram chamados para pertencerem ao povo de Deus. Esta carta é também para aqueles que em todos os lugares adoram o nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso” (1Co 1:1,2 – Nova Tradução na Linguagem de Hoje – NTLH – SBB ).

 A recomedanção paulina

1.“Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo”
     Paulo recomenda “sede meus imitadores”. Exortando ainda, deu-lhes o dever de “reter” (segurar firme; não abrir mão) os “preceitos” ou “tradições” (gr. paradosis = tradição), que é o mesmo que receber e transmitir ensinamentos à geração seguinte; assim, ele recebeu do Senhor e transmitiu à igreja. Devemos fazer como ele, imitá-lo no zelo de seguir a Cristo e seu ensino.

 Elogio pela guarda dos preceitos

2.“E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim e retendes os preceitos como vo-los entreguei”
     Era aprazível a Paulo, ver a igreja guardando os ensinamentos e se fortalecendo na fé. Por que a igreja não ouviria as novas instruções do apóstolo? Por segui-las retendo os preceitos a igreja recebeu elogios; uma mudança de atitude, em vez de parabéns, mereceria crítica.²

 III – A igreja deve conhecer o siginificado

Quanto a cabeça

 3.“Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão, a cabeça da mulher; e Deus, a cabeça de Cristo”
     Principiando a aplicação do ensino, Paulo ao escrever sob a atuação do Espírito Santo: “quero que saibais”, revela ser a vontade de Deus que saibamos, isto é, não sejamos ignorantes do significado daquilo que o Senhor havia ordenado. O primeiro significado importante é o simbolismo do vocábulo ‘cabeça’ (gr. kephalê), que se entende e interpreta por ‘chefia’ ou ‘autoridade’. Assim, Cristo é a ‘autoridade’ (cabeça) do homem, o homem ‘autoridade’ (cabeça) da mulher, e Deus é a ‘autoridade’ (cabeça) de Cristo.

 Quanto ao homem descobrir a cabeça

 4.“Todo homem que ora ou profetiza, tendo a cabeça coberta, desonra a sua própria cabeça”
     Sendo, portanto, cabeça figura de autoridade, o homem cobrindo-a estará ‘cobrindo’ ou ‘escondendo’ no culto, aquele que exerce autoridade sobre ele. Simbolicamente estará proclamando que a autoridade de CRISTO não está sendo reconhecida ali – estará desonrando sua cabeça. (desonra; gr. kataischunõ = confundir, humilhar, envergonhar).
     Pergunto: Com este ato que simboliza que a autoridade de Jesus não está sendo reconhecida por estar ‘coberta’ ou ‘escondida’, quem estará exercendo a autoridade no culto? Certamente a resposta por trás desse ato é que há uma “outra” (gr. heteros) autoridade ‘descoberta’ na igreja que não seja a de Cristo. Assim, é bom voltarmos ao verso 3 e lermos, “mas quero que saibais…”

 Quanto à mulher cobrir a cabeça

5.“Mas toda mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta desonra a sua própria cabeça, porque é como se estivesse rapada”.
     Dando prosseguimento, neste verso o Espírito Santo nos transmite um ensino muito importante que “toda mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta, desonra sua própria cabeça”; dessa forma, quando a mulher não se cobre com o véu, estará proclamando através desse ato exterior que está desonrando o homem a quem está sujeita “porque a mulher é a glória do varão” (v.7); porque foi tirada do homem e criada para o homem (Gn 2:18-24). A glória da mulher é o cabelo dado como véu (v.14).
     Lembrando da pergunta que foi feita anteriormente sobre quem estaria exercendo autoridade no culto se a autoridade de Cristo está coberta ou escondida, qual seria esta “outra” autoridade? A resposta é: a autoridade do homem – E isso não é tudo, pois a própria Escritura está ensinado de maneira irrefutável que, no ato do homem cobrir a sua cabeça (autoridade) e a mulher descobrir a sua cabeça (autoridade), “não só” o homem está exercendo sua autoridade (cabeça da mulher descoberta), mas a mulher está manifestando a sua própria ‘glória’ (v.14), enquanto a autoridade de Cristo e glória de Deus que deveria ser ‘descoberta e manifestada’, foi coberta, ocultada. Tudo isso no culto, que deveria ser para honra e glória de Deus. Quem isso afirma é a “Escritura” e não o servo de Deus que faz este comentário. O Senhor, na sua onisciência, não nos deixou um estatuto imperfeito, e devemos tomar todo o cuidado para que em nada possamos ofender a Deus e sua ‘Sabedoria’ – Cristo (1Co 1:24,30).

Quanto a ter uma só autoridade
     Ficaria incompleta esta matéria, se não fosse exposta aqui uma questão: – Quando o homem está com a sua cabeça ‘descoberta’ e da mesma forma a mulher se apresentar com a cabeça ‘descoberta’ na reunião de adoração? – Nesta situação fica claro que, duas cabeças estão descobertas, assumindo (figurativamente) a autoridade na igreja, mas Deus estabeleceu, somente uma “cabeça” (autoridade) sobre a igreja – a de Cristo Jesus seu Filho amado.
     Para evitar, duas autoridades quando a igreja estiver reunida para adoração, foi que o Senhor ordenou ao homem descobrir sua cabeça e à mulher cobrir a sua. Portanto, prezado irmão, não cubra sua “cabeça” na reunião dos santos; e você irmã, cubra a sua “cabeça” no culto, para que a “autoridade” do homem seja coberta e escondida, diante da supremacia de Cristo; com este ato estarás também cobrindo sua ‘glória’ (cabelo comprido) e somente é manifesta ‘uma’ glória – a de Deus; e somente ‘uma’ autoridade – a de Cristo Jesus, nosso Senhor. Aleluia!

 Admoestação às mulheres

 6. “Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu”.
     Porém, se a mulher não se cobrir com véu, há o IMPERATIVO que “rape” ou que se “tosquie”. Esse imperativo é que, pelo fato dela não se cobrir, estará expondo sua “cabeça” (ou autoridade) à vergonha, desonra; assim, “rapando” a cabeça também estará destituída de “glória” (cabelo comprido), tornando assim, como as que rapam a cabeça, significando sem autoridade e sem glória. Destarte, se para ela é coisa indecente o tosquiar-se ou rapar, “que se cubra”, isto é, use véu.
     “Que se cubra”, no original grego é katakaluptesthô, cujo verbo é katakaluptô, o qual está na 3ª pessoa do singular, no tempo PRESENTE do IMPERATIVO . Assim, o véu de que aqui se fala não é o ‘cabelo’ do verso 15; pois, presentemente, Paulo não iria ordenar às nossas irmãs a pôr cabelo (?)quando estavam na reunião de adoração, naquela época, creio eu, não existia ‘implante de cabelo’ como nos dia atuais (só se for peruca). Assim , como o verbo está no modo IMPERATIVO, é uma ordem ou mandado.

IV – Refutação com auxílio bibliográfico

 Mandamento ou costume oriental
     Este ensinamento de 1° Coríntios 11. 1-16, contém doutrina para o homem e para a mulher, e se opõe ao que alguns intérpretes sugerem, dizendo ser um ‘costume’ puramente oriental. A Escritura contradiz abertamente esses intérpretes, ao dizer: “O homem, pois, não deve cobrir a cabeça” (gr. ouk opheilei katakaluptesthai), significa literalmente “não deve trazer algo sobre [a cabeça]”.
     “Acompanhado de um advérbio de negação ‘ouk’, o presente do imperativo proíbe uma ação que está em andamento, ou que está se repetindo, deve cessar, deve acabar”. (Noções do Grego Bíblico – Gramática Fundamental , pág. 269).
     “Não pode haver verdadeira teologia bíblica, a menos que seja baseada em exegese bíblica sã, e não pode haver exegese bíblica sã, a menos que seja posto um firme fundamento textual e gramatical”. ( F. F. Bruce – Chefe do Departamento de Literatura de História Bíblica da Universidade de Sheffield – Dicionário Vine).
     Obs: Tal mandamento proibitivo ocorreu pela presença de cristãos judeus (Atos 18:4), pois, estes, segundo o costume e ensino rabínico “cobriam” (e cobrem) suas cabeças quando oravam. Vejam 1Co11.1-16 não está transmitindo “costume” do judaísmo aos gregos, pois aqueles cobriam e cobrem a cabeça, até ao dia de hoje. O texto “PRO-Í-BE” !!!
     Quem realmente conhece os costumes do judaísmo e até mesmo entre os muçulmanos, sabem que estou falando a verdade. Os ensinos do apóstolo à igreja, diferem dos costumes da época, aliás, é nova, pois faz parte da “boa nova” do evangelho.

Nova instrução ou antiga tradição
     Na “Nova Enciclopédia Barsa, volume 13, pág. 458” no assunto “Talmude”, observa-se os rabinos “lendo” (ensinando) o Talmude com a “cabeça” coberta, como um reflexo de que não reconhecem a “autoridade” (cabeça) Messiânica de Jesus! Destarte, no “Dicionário Vine”, que mostra o significado Exegético e Expositivo das palavras do Antigo e Novo Testamento, no vocábulo “descoberta”, contém as seguintes afirmações :
     ‘Descoberta (‘akatakaluptos’), fornecido de a, elemento de negação, e cobrir (‘katakaluptô’), é usado em 1Co 11:5,13 (“descoberta”), com referência à injunção proibindo as mulheres estarem sem “véu” ou “descobertas”nas reuniões da igreja, pouco importando que tipo de cobertura seja, deve estar na cabeça como “sinal de poderio” ( I Cor.11.10), cujo significado é indicado em 1 Cor. 11.3 no assunto de supremacia, e cujas razões são dadas em 1 Cor. 11.7-9 e na frase “por causa dos anjos” (1 Cor. 11.10), intimando o testemunho e interesse deles naquilo que indica a supremacia de Cristo. As injunções não eram nem judaicas, que exigiam que os homens cobrissem a cabeça na oração; nem gregas, pelas quais homens e mulheres ficavam igualmente com a cabeça “descoberta”. As instruções do apóstolo Paulo eram “mandamentos do Senhor” (1Co14:37) e eram para todas as igrejas’(1 Co 14.33,34) (Dicionário Vine-CPAD, pág. 547). OBS: O Dicionário Vine é aprovado pelo “Conselho de Doutrina da CPAD”.
     Para quem ignora o significado de “injunção” é MAN-DA-MEN-TO. Em o “Manual da Escola Dominical” (publicação da CPAD) pág. 81, o qual ensina a diferênça entre “costume e doutrina”, ensina que um costume é LOCAL mas uma doutrina é GERAL! Conforme demonstrado no início da matéria a epístola aos Coríntios é estendível aos cristãos de TODOS os lugares; também, demonstrado pelo Dicionário Vine, as instruções do apóstolo Paulo, no assunto supracitado, eram para TODAS AS IGREJAS.

Usos diferentes
     Como já demonstrado acima pelo “Dicionário Vine”, as mulheres no mundo grego pagão não cobriam as cabeças (igualzinho nos dias de hoje), nos cultos, e ordena as que estão em Cristo para “cobrir” (v.6). Ora, a mulher que verdadeiramente está revestida de submissão interior, não se revestirá de submissão exterior ao mandamento Divino (escreveu sob inspiração) em cobrir a “cabeça” (autoridade) na reunião de adoração?
     Outrossim, no mundo oriental judaico e árabe, as mulheres são proibidas ao saírem de casa ( Nova Enciclopédia Barsa , volume 8, pág. 226, vocábulo “Israel”) seja onde for, de se apresentar em público com a cabeça “descoberta” (amostra em figura).
     O Espírito Santo em 1Co 11:1-16 ensina totalmente diferente, quando não estiverem no ajuntamento santo (seja onde for) o cabelo é dado em lugar de véu, ocupando o lugar, não orando ou profetizando (v.15).
     A prova do que estou afirmando? É a Escritura, única fonte da verdade que emana de Deus! Ao ordenar “que ponha o véu”, o verbo “pôr” está na 3ª pessoa, no modo imperativo do presente, impossível maior clareza! Isso mostra e indica que “antes” de estar no culto, no ajuntamento santo, a mulher se encontrava sem o véu, o cabelo, como diz o texto, estava ocupando o lugar, para isso foi dado em lugar, mas quando ora ou profetiza, “que ponha” o véu, já não é o cabelo, isso já foi esmiuçado anteriormente, assim, a conclusão é: A Escritura não diria “que ponha” se elas viessem de fora com o “véu” (mantilha), mas que “permaneça” (Katakalupteshô) ou “continue”. ‘Katakaluptesthô’ cujo verbo é ‘katakaluptô’, está no modo imperativo expressando uma ordem ou mandato. Nesta passagem, a vontade apela direta e afirmativamente à outra’ ( Noções do Grego Bíblico).
     O tempo verbal grego ‘koinê’ PRESENTE indica que o verbo, no caso acima, não está ligado ou preso ao passado, mas “que está acontecendo, estado incompleto, em andamento” (onde?) Nos países onde a mulher é proibida em sair de casa tendo a cabeça descoberta, não há problema algum em obedecer, uma vez que a palavra de Deus está regulando um problema interno, o modo do homem e da mulher se apresentar na reunião de adoração, referente ao culto, e não de um problema externo.

 V – Estendendo o véu (sobre a mulher)

 Entendendo a questão da glória

7. “O varão, pois, não deve cobrir a cabeça, porque é a imagem e glória de Deus, mas a mulher é a glória do varão”.
     Da mesma forma que a mulher tem mandamento de cobrir a “cabeça” (autoridade), o homem tem igual mandamento de “descobrir” a sua “cabeça” (autoridade) por ser “imagem e glória de Deus”, mas a mulher é a “glória do varão”; de fato, a “glória de Deus” não pode ser “coberta” ou “escondida” na igreja, mas descoberta e manifestada. O ato do homem não cobrir sua cabeça física, é um reflexo espiritual de que a glória de Deus, juntamente com a autoridade de Cristo se faz presente, quando nos reunimos para adorá-lo. Irmãos, o significado do ensino de 1° Cor. 11.1-16 é mui belo e maravilhoso, nos tráz conhecimento daquilo que foi dito no princípio: “Quero que saibais”.

 Iguais em valor, diferentes em função

8,9. “Porque o varão não provém da mulher, mas a mulher, do varão. Porque também o varão não foi criado por causa da mulher, mas a mulher, por causa do varão”.
     Os versos 8 e 9, nos leva de volta à narração da criação, em Gênesis, não para mostrar “superioridade” do varão em relação à mulher; pois, diante de Deus, homem e mulher são iguais em valor, em importância; todos foram comprados pelo mesmo preço de Sangue ( Gl 3.28; I Cor. 12.13), o ensino é que, numa adoração conjunta, ambos tem “funções” representativos na igreja concernente à “cabeça” (autoridade), funções estas que devem ser respeitadas à luz da palavra de Deus.

Homem e mulher desempenham papéis diferentes, e Deus tem um propósito digno e edificante para cada um. (Ricardo Alexandre)

 A vigilância dos anjos

 10. “Por isso a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio por causa dos anjos”.
     Assim, amados, o uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve” (gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação resultante dos preceitos ou mandamentos da honra. Essa afirmação da Escritura derriba por terra o fraco argumento ou disfarce da “cultura” como muitos afirmam. Pois, os anjos são celestiais. Destarte, eles já presenciaram insubordinação no céu (João 8:44; Ap.12:7-8-9) como também na terra (Gn 3.11-Vs). Ou pensa o caro leitor que os anjos não estão mais ativos na igreja do séc. XXI, nos dias atuais, nos observando?(Lc 1.19; Hb 1.14; Sl 34.7). Essa subordinação à autoridade de Cristo no culto, é algo que os próprios anjos compreendem quando a mulher se cobre e o homem descobre a sua cabeça.
     Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas cultuais existentes em Corinto, tal interpretação é uma aberração à regra fundamental da hermenêutica - “A Bíblia interpreta a própria Bíblia, ou seja, a Bíblia por si mesma se explica”! E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa” dos anjos, nós na CCB, não temos o “costume” de confundir “anjos” com “prostitutas”, o que é uma “o-fen-sa” à palavra de Deus e aos anjos !!! Assim, com este ato de submissão por parte da igreja à Cristo, os anjos se regozijam ao contemplarem que a igreja reconhece unicamente a autoridade de Cristo e uma glória (de Deus) sendo manifestada no ato de cobrir (a mulher) e descobrir (o homem) a cabeça na reunião de adoração e, o nosso Deus é glorificado.

 Submissão não é inferioridade

11,12. “Todavia, nem o varão é sem a mulher, nem a mulher, sem o varão, no Senhor. Porque, como a mulher provém do varão, assim também o varão provém da mulher, mas tudo vem de Deus”.
     Dando continuidade, os versos 11 e 12, nos ensina que tanto homem quanto mulher provém um do outro, dependendo assim mutuamente no Senhor, e que todas as coisas provém de Deus; isto é, o nosso Deus é Soberano e independente.

Submissão não é uma condição imposta, é uma atitude generosa e piedosa

 Instruída, a igreja é chamada a análise

13. “Julgai entre vós mesmos: é decente que a mulher ore a Deus descoberta?” 
     No verso 13, a igreja que estava em Corinto deveria julgar a questão do véu, entre eles mesmos, porém, sempre pautados nos ensinos do apóstolo, tanto é que, a mesma igreja precisava de suas orientações, sobre várias “coisas” (1Co 7) não tendo, portanto, como resolver por si própria, assuntos doutrinários. E a resposta esperada seria um “não”, pois caso pendessem para as mulheres estarem com a cabeça “descoberta” na reunião de adoração, deveriam “rapar ou tosquiar” a cabeça (1Co 11.6), o que seria uma desonra ou ausência de glória, portanto uma ordem para a mulher rapar ou tosquiar-se caso contendessem o ensino apostólico.

 O cabelo em lugar de véu

14,15. “Ou não vos ensina a mesma natureza que é desonra para o varão ter cabelo crescido; Mas ter a mulher cabelo crescido lhe é honroso, porque o cabelo lhe foi dado em lugar de véu” (v. 14,15).
     É ensino apostólico o homem não usar “cabelo comprido” (gr. komaô) por ser “desonroso”, por outro lado para a mulher o usar “cabelo comprido”(gr. komê) lhe é uma “glória” ou “honra”(gr. doxa = honra , glória). Por isso mesmo o cabelo comprido lhe foi dado em lugar de véu. Ora, sendo o homem a “glória de Deus”, e a mulher “glória” do homem, porventura a mulher ficará sem “glória”? É óbvio que não. Pois, o texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”. Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la”, e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória; Deus é glorificado tendo a sua glória descoberta na igreja,pois essa glória mediante esse ensino, indica que Ele não quer dividir com ninguém !
     O cabelo lhe foi dado em lugar de véu, quando a sua cabeça se encontrar descoberta, não na reunião de culto e adoração a Deus. O Senhor, em sua sabedoria, não deixou um tamanho padrão para o comprimento do cabelo, pois, o crescimento do cabelo pode variar de mulher para mulher, sou cabeleireiro e falo com conhecimento de causa; “komê”, indica não pôr empecilho ou obstáculo para impedir o crescimento do mesmo.
     Também, é digno de nota atentarmos para a expressão do verso 15 que diz, “foi dado em lugar de “cobertura” (véu ); esse “foi dado” (gr. dedotai) indica o tempo “passado”, anterior à reunião de adoração a Deus; enquanto o verbo “cobrir” ou “pôr”( verso 6) indica o tempo “presente”, encontrando-se no ajuntamento santo . Assim, o cabelo é dado em lugar de véu não estando a mulher na reunião da igreja, no caso de se encontrar a igreja reunida, eis o mandamento para a mulher, que se encontra no tempo presente, “QUE SE CUBRA”. Tem mais, ainda não acabei, a expressão “ cobrir”(gr. katakaluptô) a qual se encontra no verso 6, referente em cobrir-se com véu, difere da expressão em lugar de “cobertura” (gr.peribolaion), o substantivo deverbativo ‘peribolaion’ arremete para o verbo ‘perilabô’ que significa “lançar, colocar ao redor”.

VI – Redarguindo as objeções

 Quem for contra, seja contrariado.

16. “Se alguém quiser ser contencioso, saiba que nós não temos tal costume e nem as igrejas de Deus”
     Ora, ‘contencioso’, nada mais é do que aquele que não está revestido de submissão ao ensino supracitado. “Contencioso” (gr. philoneikos) é o mesmo que “amante da contenda, litigioso, brigão”. Paulo encerra o assunto dizendo: “saiba que nós (ministério) não temos tal ‘costume’ e nem as ‘igrejas’ (plural) de Deus” .
     Assim, é verídico o que escreveu o nosso amado irmão Ismael:

 ‘A correta aplicação deste ensino nos remete à relação de autoridade que existe entre Deus e os homens. O véu ilustra um ensino de Deus, é símbolo de algo maior e ilustra uma relação de ordem na criação de Deus’. (Ismael)

     Também, o doutor Robert H. Gundry, no tocante ao uso do véu, faz um comentário: O véu cobria a cabeça, e não o rosto. Era, ao mesmo tempo, símbolo da subordinação da mulher ao homem e do respeito que a mulher merece. As mulheres cristãs de Corínto, no entanto, mui naturalmente estavam seguindo os costumes das mulheres gregas, as quais conservavam a cabeça descoberta quando adoravam. Por conseguinte, Paulo assevera que é vergonhoso uma mulher cristã orar ou profetizar na igreja com a cabeça sem véu. Por outro lado, Paulo se manifesta contrariamente à prática dos homens judeus e romanos, os quais oravam com a cabeça coberta, e ordena que os varôes crentes orem e profetizem de cabeça descoberta, como sinal da autoridade de que estão investidos’. (Panorama do Novo Testamento – Robert H. Gundry, Ph. D. – pág. 314).

Crítica à validade temporária
     Alguns comentaristas afirmam que o significado “interno” da submissão contida em 1Co11.1-16 permanece; enquanto o ato “externo” do uso do véu “não é válido” (?) para os dias atuais. Tais comentaristas se encontram revestidos de tamanha “autoridade” (?) que se acham no direito de suprimir este ou aquele MANDAMENTO, suplantando assim, a autoridade da própria SAGRADA ESCRITURA, definindo assim, qual mandamento é válido ou…“vencido” (?). Destarte, ignorais, que a “insubmissão do ato” externo, não põe a descoberto a insubmissão do homem interior, do EGO? Irrefutalvelmente, SIM! Será, que a “autoridade” (?) deles é superior à autoridade apostólica ? Vejamos, pois, a “origem” do que Paulo ensinava e pregava: “Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens. Porque não recebi nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo” (Gl 1.11-12; I Cor. 14.37 – ARC).
     Assim, essas “coisas” que Paulo escreveu, era, e é destinada aos Cristãos de “TODOS” os lugares. Esse mandamento do Senhor é para a mulher se “cobrir” no culto de adoração, mas o silogismo dos homens ( Ef. 4.14) ensina na “contramão” da palavra de Deus, dizendo que…“não precisa”ou “não é válido”(?) para os dias atuais.

VII – Explanações finais

Por trás do véu
    
Jesus e a igreja – sua noiva – formam um corpo misterioso do qual Cristo é a cabeça. A igreja, perante seu senhorio, se sujeita; perante sua autoridade, curva a cerviz; perante sua majestade, dobra o joelho.
     O casal é uma só carne, um corpo do qual o homem – imagem e glória de Deus – é a cabeça; porque a mulher sendo igual em valor é segunda na criação; criada para o homem; portanto, a glória do varão.     
     Assim como a igreja está sujeita a Cristo, a mulher está sujeita ao seu marido (Ef 5:22-25;Cl 3:18) e deve trazer na cabeça um sinal, um símbolo de sua honra por estar debaixo desta  autoridade.  O cabelo lhe foi dado como véu para lembrá-la disso se tornando sua glória.
     Jesus sendo em forma de Deus, tomou a forma de homem, por isso é a cabeça de todo o homem. Sendo Senhor da Glória foi achado em forma de servo humildade, ensinando que todos os seres e todas as coisas estão sujeitas a Deus, a cabeça de Cristo.
     Quando em adoração o homem não deve cobrir a cabeça, porque estaria cobrindo a autoridade de Cristo e a glória de Deus. Quando em adoração a mulher deve cobrir a cabeça para cobrir a autoridade e as glórias humanas; a fim de que no culto seja reconhecida somente uma autoridade a qual a igreja esteja submissa – a de Cristo Jesus Senhor; e manifestada apenas uma glória – a glória de Deus.

‘A prática usual é um preceito, a doutrina um princípio; Os preceitos apontam para os princípios, não o contrário. Um princípio é aquilo que está por trás do preceito (Pr José Gonçalves)’ – Assim sendo, a submissão da mulher ao marido; da igreja à Cristo; de todos os seres a Deus é a doutrina por trás do véu.²

Conclusão
     O ensino contido em 1° coríntios 11.1-16, conclui enfaticamente que o Senhor Jesus é a única “cabeça” (autoridade) descoberta na igreja, e que somente uma “glória” é manifestada em nosso meio – a Glória de Deus. O uso do véu pelas irmãs deve, não só ser aplicado, pois, também envolve o interesse Divino em que seus filhos “saibam”( I Cor. 11.3 ) da importância da figura ou significado existente em 1º Cor.11.1-16, e o que isso representa para Deus, para os anjos, à igreja e para a doutrina apostólica.
     Vimos que o  uso do véu não é infundado; tem fundamento. É um preceito, não espontâneo do homem, mas que nos foi entregue. E foi entregue, não só para alguns, mas a todos. A todos, não só de uma geração, mas de todas as futuras gerações. Portanto, segundo este estudo e predicados, o véu é uma autêntica doutrina bíblica, pois sua origem é divina, não humana; seu alcance é universal, não apenas local; sua duração é eterna, não temporária. O uso quãoquanto doutrina deve ser observado como prática piedosa.
     Usamos o véu porque retemos  o preceito que nos foi entregue, tal como a igreja primitiva o fazia sob recomendação apostólica; não enxergamos na nossa prática o cotume oriental ou uma tradição humana e secular; usamos o véu para cobrir a autoridade e glórias humanas pois ao Senhor Jesus rendemos toda honra e glória; usamos o véu em sinal da própria honra e dignidade da mulher porque sem véu é como se estivesse descoberta de glória, por isso foram exortadas: que ponha o véu em veneração, decência e submissão. Sabemos que Deus é amor, ao investigar os corações e saber o que está no interior, pondera o ato exterior; mas a nós deu-nos este entendimento no qual perseveraremos e ser-lhe-emos fiéis.

Memorize: Vimos que o  uso do véu não é infundado; tem fundamento. É um preceito, não espontâneo do homem, mas que nos foi entregue. E foi entregue, não só para alguns, mas a todos. A todos, não só de uma geração, mas de todas as futuras gerações. Portanto, segundo este estudo e predicados, o véu é uma autêntica doutrina bíblica, pois sua origem é divina, não humana; seu alcance é universal, não apenas local; sua duração é eterna, não temporária. Seu uso quãoquanto doutrina deve ser observado como prática piedosa²

Objetivo
     A matéria acima foi elaborada para mostrar que o ensino de 1° Coríntios 11.1-16, não se coaduna com o costume da época; é diferente, “santo” (separado) e NOVO!¹

     O estudo teve por finalidade instruir a irmandade quanto a doutrina na qual o véu está compreendido, para “que saibais” de todo o contexto e retendo firme a fiel palavra, que é conforme a sã doutrina, seja poderoso tanto para admoestar com a sã dourina, como para convencer os contradizentes” (Tt 1:9). Assim os irmãos terão condições de redarguir aos contenciosos (v.16) como requer a Bíblia: estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razõ da esperança que há em vós” (1Pe 3:15); e saberão dar à indagação – Por que as irmãs usam véu? – a ‘boa resposta’.²

Reflexão
A igreja foi questionada e chamada à reflexão: “Julgai entre vós mesmos: é decente que a mulher ore a Deus descoberta?” (v.13). Prezado leitor(a), deixo aqui também uma pergunta: Muitos dizem que não precisa a mulher se cobrir com véu; A quem tu serves e procuras agradar, aos “homens ou a Deus?” (Gl. 1.10).
Pense nisso!!!

Saudação
     Sejam abençoados ricamente, e; Que a paz de Deus, a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, e a comunhão do Espírito Santo sejam convosco. Amém.
Romário N. Cardoso

1. Romário N. Cardoso é membro da Congregação Cristã no Brasil desde a data de 11 de julho de 1993, sendo chamado às fileiras do Exército do Senhor Jesus, para “combater pela fé que uma vez foi dada aos santos”.

2. Ricardo Alexandre

a. Simplismo: Vício de raciocínio que consiste em desprezar elementos necessários à solução; emprego de meios simple; (é querer convencer sem saber explicar o porquê)

About these ads

Comentários em: "O que você precisa saber sobre o fundamento do uso do véu" (324)

  1. Romário N. Cardoso disse:

    Irmão Ricardo, Deus o abençoe, vejo que inspiração não lhe faltou. Eu não sabia desse melhoramento feito no texto. Está perfeito!

    Como lhe prometí, meu texto já está a caminho. Gostaria que o irmão transportasse o que fez aquí para aquele. Assim que chegar, me avise por email. Não se esqueça do convite que lhe fiz.

    Novamente lhe agradeço pelo novo molde dado ao texto.
    Está perfeito!

    Shalom.

    Romário N. Cardoso

  2. samuviolinista@hotmail.com disse:

    Deus vos abencoe.

  3. Nao entendo como que mesmo terminando a frase .Porque o cabelo lhe foi dado em lugar de veu.como associa-lo a um tecido.

  4. soltar os cabelos quando estao presos tambem pode ser considerado por o veu.

  5. Comentário à resposta da Luciana:

    “O cabelo lhe foi dado em lugar de veu” a preposição DE quer dizer que o cabelo é lugar DE colocar véu e não em lugar DO véu, nao quer dizer que o cabelo substitui o uso DO véu. Espero ter ajudado a esclarecer.
    Deus te abençõe.

  6. Resposta: Carta aos Corintios somente aos corintios?

    1 Coríntios 1:2 Å igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, “COM TODOS OS QUE EM TODO LUGAR” invocam o nome de nosso Senhor Jesus. Cristo, Senhor deles e nosso:

    (No primeiro capitulo da Carta aos Corintios, após a saudação, Paulo direciona o conteudo da carta não somente ao povo de Corinto como para “COM TODOS OS QUE EM TODO LUGAR” invocam o nome de nosso Senhor Jesus.)

    Quanto ao Tempo e Época…
    1 Coríntios 11:10 -Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.
    Sabemos que os anjos não morrem nem envelhecem…estavam presentes na época e se fazem presentes hoje nos “SANTOS SERVIÇOS DE CULTO” tornando válido ainda hoje o verssículo 10

  7. Anderson Ferreira disse:

    3. Doutrinas Da Congregação Cristã no Brasil:
    Ao analisar o pensamento doutrinário da Congregação Cristã no Brasil, temos a impressão de que seus líderes criaram um Evangelho segundo a CCB. A maioria de seus adeptos defendem o pensamento errôneo de que a salvação só é possível na sua própria Igreja: “A gloriosa Congregação”. Desenvolveram inconscientemente a doutrina da auto-salvação, ou da religião salvífica, e conseqüentemente, por tabela o monopólio da salvação, com todos os direitos reservados à CCB, uma espécie de “copyrigth”.
    a) Sobre o estudo da Bíblia.
    A CCB ensina que o Espírito Santo dirige tudo, e não é necessário se preparar, examinar ou meditar nas Escrituras Sagradas. Sem dúvidas, o Espírito Santo opera poderosamente na vida de sua Igreja, mas isto não significa que devemos desprezar o estudo das Escrituras. É uma postura que desvirtua um dos propósitos de Deus, que é o exame de sua Palavra. “Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detêm no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite”. ( Sl 1.1); Veja ainda 2 Tm 2.15; Sl 119.105; Pv 7.1-3; Dt 6.6-9; 1 Tm 4.13; 2 Tm 4.13; Pv 9.9; Sl 119.9-16; Sl 19.7-8; Sl 1.1-2. Essas referências já são suficiente para provar que o pensamento da CCB é contrário a Palavra de Deus. Os membros da CCB não conhecem a Palavra de Deus e fazem questão de dizer que não sabem para dar a entender que tudo que falam provém do Espírito Santo. Uma atitude completamente contrária a de seu fundador.
    b) Sobre o Batismo.
    A CCB não conhece a Batismo efetuado por ministros do Evangelho de outras denominações, mesmo que seja por imersão em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo ( Mt 28.19). Na verdade não dá para concordar com a maneira ou forma pela qual ela ministra nas águas às pessoas sem preparo algum, todavia não desmerecemos tal batismo, mas reconhecemos que sua validade depende mais do batizado. A CCB diz não reconhecer o Batismo de outras denominações pelos seguintes argumentos: “o batismo de outras denominações cristãs está errado, porque utilizam a expressão “eu te batizo”. A CCB entende que ao dizer “eu te batizo” é a carne que opera e o homem se coloca na frente de Deus. “O Batismo só é válido se efetuado com esta fórmula: Em nome do Senhor Jesus te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. “O Batismo da CCB purifica o homem do pecado”. Parece que a CCB, além de não conhecer a Bíblia, desconhece também, a língua portuguesa. Que diferença há em dizer: “Eu te batizo” ou “Te Batizo”. O sujeito não está oculto? Além do mais, se, pelo fato de utilizar a expressão “eu te batizo”, estivermos aborrecendo a Deus , então João Batista teria ofendido a Deus, pois ele dizia “eu vos batizo com água…” Será que a CCB acha que João Batista era carnal e se colocava na frente de Deus?
    c) Sobre o uso do véu para as mulheres.
    Se a CCB tivesse adotado a prática de suas mulheres usar o véu, mas não condenasse as que não usam, não teríamos nada a dizer. Convém salientar que o uso do vestuário no culto, tal como véu, chapéu, roupas etc, depende de cada cultura , pois “os costumes se alteram e as exigências também”: Essa questão do véu transformou-se em polêmica por parte de alguns, mas, porém, basta estudar a questão cultural dos orientais paras se perceber que é apenas um costume local.

    4. Outros erros doutrinários da CCB
    De acordo com o exposto, a CCB não suportaria um exame sério das Escrituras, fato característico das seitas; porque sua interpretação foge às regras da hermenêutica sagradas. Tudo que acontece nessa Igreja está relacionado ao sentimento. É sempre necessário sentir para se realizar alguma obra ou até mesmo para orar por alguém. Essa teologia do sentimento afasta o homem de Deus e da Bíblia, como prova sua própria história.
    a) A Saudação da CCB.
    A CCB nos acusa de saudar com a “paz do Senhor”. Citam para justificar esse conceito a seguinte expressão: “devemos saudar com a paz de Deus, e nunca com a Paz do Senhor, porque existem muitos senhores, mas Deus é só um. Essa acusação da CCB se desfaz em pó com somente um versículo que Paulo escreveu na primeira carta aos Coríntios 8.5,6, que diz: “Porque, ainda que haja também alguns que se chamam deuses, quer no céu como na terra( como há muitos deuses e muitos senhores). Todavia para nós há um só Deus, Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por Ele”. A CCB não consegue entender que quando saudamos com a paz do Senhor estamos saudando com a paz do nosso grande Senhor Jesus Cristo. Conf. Jo 14.27.
    b) O Ósculo Santo.
    A CCB insiste em adotar costumes orientais, muitos deles registrados na Bíblia, como é o caso do ósculo santo, pensando com isto estar em posição espiritual superior à dos outros. Esse é um costume que perdura até hoje no oriente. O ósculo era uma maneira comum de saudar no oriente, muito antes do estabelecimento do cristianismo. Tem servido igualmente como parte da expressão judaica em suas saudações, tanto nas despedidas como também na forma de demonstração geral de afeto. Ver Gn 29.11; 33.4. Também parece ter sido um sinal de homenagem entre os israelitas conf. 1 Sm 10.1. O ósculo dado aos ungidos de Deus, por semelhante modo, parece ter-se revestido de significação religiosa, o que também se verifica entre outras culturas. Quando Paulo recomendou que se saudasse uns aos outros com ósculo santo, simplesmente estava falando de um costume existente. Caso fosse no Brasil, certamente seria mencionado o aperto de mão ou o abraço. Essa é uma questão cultural, que também não é compreendida pela CCB.
    c) O Dízimo:
    CCB da a César o que é de César, mas quando é para dar a Deus inventam muitos argumentos e obstáculos. Ensinam os Anciãos da CCB que o dízimo é da lei e que é maldito e hipócrita aquele que dá e aquele que o recebe. A Bíblia ensina que o dízimo é santo; a CCB ensina que é profano. A Bíblia ensina que o dizimo é do Senhor (Lv 27.30); a CCB ensina que o dízimo é para ladrões. Jesus não condenou a prática do dízimo (Mt 23.33); condenou, sim, os hipócritas que desprezavam os principais preceitos da Lei de Deus, mas não condenou o dízimo praticado até pelo pai dos crentes, Abraão.( Gn 14.20). O Autor da epístola aos Hebreus falou sobre a prática do dizimo na atual dispensação. ( Hb 7.8-9).

    • Aldiclecio disse:

      o pior erro é ensinar preceitos e mandamentos da lei do velho testamento,você é judeu?
      o que você que ?agradar a homens ou a DEUS.
      Ide e pregai o evangelho (novo testamento(graça).

      Leia mais o evengelho só assim encontrará salvação.

  8. ἀντὶ περιβολαίου = em vez de, no lugar de, ANTI = SUBSTITUIR ALGO, ALGUMA COISA……

    1 CORÍNTIOS 11:15 “Preposição ANTI significa: NO LUGAR DE / AO INVÉS DE …..

    NO LUGAR DE VÉU FOI DADO OCABELO………….

    A BÍBLIA GREGA ORIGINAL ESTÁ ASSIM…….A TRADUÇÃO ORIGINAL: “ANTI PERIBOLAION” = CABELO SUBSTITUI O VÉU / ESTÁ NO LUGAR DO VÉU /

  9. Marcelo Victor disse:

    Srs,
    Em resposta ao Sr Anderson, escrevo:

    A salvação está unicamente em Cristo, a Palavra de Deus, a qual representa a doutrina estabelecida pelo Espírito Santo, responsável por nos conduzir em toda a verdade, não sendo monopólio de nenhuma entidade religiosa. Todavia, os irmãos do Senhor Jesus são somente aqueles que fazem a Sua soberana vontade, ou seja, os que seguem os Seus ensinamentos (“fazem a vontade de meu Pai que está no céu”).

    a) Sobre o estudo da Bíblia.
    Há muitos membros da CCB que examinam diariamente as Escrituras Sagradas (entre os quais me incluo) e jamais ouvi, nos cultos, ensinamento algum ao contrário (cuidado, pois o pai da mentira é o diabo). O Espírito de Deus não faz acepção de pessoas e não é privilégio de estudiosos, vide o que ocorreu com Pedro, João e Tiago e outros indoutos escolhidos pelo Mestre. Salvo erro, é a isso que muitos se referem quando dizem que não há necessidade de estudo para se pregar ou falar das Escrituras (veja que numa pregação do indouto Pedro, está escrito que quase três mil almas foram batizadas). Ter o prazer na lei do Senhor não significa somente LER as Escrituras, mas, principalmente praticar os ensinamentos nelas contidos.
    Não esqueçamos que o divino Mestre resumiu a LEI de Deus em dois mandamentos: amar a Deus sobre todas as coisas (incluindo nossos próprios pensamentos) e ao próximo como a si mesmo. Só isso já é o suficiente para entrar no céu e também impossível de ser cumprido pelo homem natural. Todavia, pelo Espírito de Deus, conseguimos nos aproximar um pouquinho dessa perfeição…mas, mesmo assim, ainda estamos muito longe disso.

    b) Sobre o Batismo.
    Não se trata de não reconhecer os demais batismos feitos pelas igrejas evangélicas, mas de reconhecer a revelação dada pelo Espírito Santo do batismo apostólico, o qual, segundo as Escrituras, deve ser realizado: por imersão; EM NOME DE JESUS CRISTO, como tudo que é bom deve ser feito (ver atos 2:38; 10:48; 8:16 e 19:15); e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (conforme Palavras do Mestre em Mt 28.19).
    Ocultar o sujeito “EU” é somente uma forma de reverência a Deus, O qual, de fato, é quem merece toda honra, e glória, e louvor.
    Outrossim, as Escrituras não esclarecem a fórmula batismal que João Batista utilizava e devemos ter cuidado para não acrescentarmos palavras às Escrituras, pois há um castigo severo registrado em Apocalipse para quem isso pratica.

    c) Sobre o uso do véu para as mulheres.
    Mais uma vez, não se trata de condenar as igrejas evangélicas, mas de praticar somente aquilo que ensinam as Escrituras. As explicações dadas pelo autor da matéria que comentamos são bastante elucidativas e dispensam outra análise.
    Perguntem para os judeus tradicionais se eles abrem mão da doutrina escritural que receberam dos pais? Se eles não abrem mão, muito menos nós, independentemente de cultura regional ou temporal.

    4. Outros erros doutrinários da CCB
    Não só suportamos um exame sério das Escrituras como já estou fazendo e creio que Pedro, João e Tiago também não estavam nem um pouco preocupados com regras hermenêuticas “sagradas” (cuidado: somente o que é estabelecido por Deus é sagrado).
    Se não crermos na guia do Espírito Santo, não cremos na Bíblia como Palavra de Deus, pois foi o Mestre mesmo que disse que nos enviaria Seu Santo Espírito para nos guiar em toda verdade (seja mente, seja coração, seja os nossos próprios corpos mortais).

    a) A Saudação da CCB.
    A Paz de Deus, que excede todo o entendimento (Fp 4:7), é nada mais nada menos do que a pessoa de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (Ele é a Paz de Deus). Ele é quem restaurou a amizade entre o homem e o Senhor Deus, o único Criador, a quem o Senhor Jesus nos ensinou a reverenciarmos de todo o nosso coração, tudo em NOME DELE mesmo, inclusive nas nossas orações, as quais deverão ser dirigidas ao Pai, em NOME DO FILHO, para que sejam aceitas.
    De fato, Paulo está certo ao escrever, na primeira carta aos Coríntios 8.5,6, que “ainda que haja também alguns que se chamam deuses, quer no céu como na terra (como há muitos deuses e muitos senhores). Todavia para nós há um só Deus, Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por Ele”.
    Façamos tudo ao Pai em nome de Seu maravilhoso e santo FILHO, para que sejamos aceitos e tenhamos Paz com Deus.

    b) O Ósculo Santo.
    Mais uma vez eu diria: perguntem para os judeus tradicionais se eles abrem mão da doutrina que receberam dos pais, as quais estão nas Escrituras? Se eles não abrem mão, muito menos nós, independentemente de cultura regional ou temporal. O Espírito Santo confirmou, através de Paulo, as tradições que deveriam ser seguidas pelos discípulos, as quais são manifestações sinceras de afeto, não obrigatórias, pois ninguém nunca me obrigou a fazê-lo. Todavia o amor de Deus em meu coração me faz considerar meus irmãos em Cristo como verdadeiros membros da minha própria família. Não é somente uma expressão judaica de saudação, mas a demonstração, também no tempo presente, do mais sincero afeto por alguém que foi lavado pelo sangue do Cordeiro (ver Gn 29.11; 33.4 e 1 Sm 10.1), exatemente como faço com meus familiares segundo a carne. Não somos discípulos do Brasil, nem do Oriente e nem do Ocidente, mas de Cristo, o qual tinha por costume beijar, com ósculo da caridade, Seus irmãos, tendo sido traído através dessa sudação, a qual representava exatamente o contrário da intenção de Judas.
    Só quem ama verdadeiramente a Cristo pode amar seu irmão e saber o que essa saudação com o ósculo significa.

    c) O Dízimo:
    Já deixamos a LEI e vivemos a GRAÇA do Filho de Deus, O qual dela nos libertou para uma viva esperança. Para que voltarmos à lei? O Velho Testamento é apenas uma alegoria para os tempos presentes, de sorte que o Senhor, através de Paulo, nos esclarece: o que é necessário para a vida do homem, suas mãos devem prover.
    O capítulo 9 de 1 Coríntios é bastante claro com relação à doutrina apostólica, mostrando-nos que cada qual deve trabalhar com as suas próprias mãos para seu sustento, devendo, como Paulo (pelo Espírito Santo), desejar a MORTE do que usar a coleta dos fiéis para benefício próprio.
    Se os que acham que trabalhar no evangelho, significa ter direito a “viver do Evangelho” financeiramente, como ocorre com os pastores, bispos, padres, etc., que continuem fazendo isso, mas longe de nós vivermos às custas de alguém e fazermos vã essa nossa glória, como Paulo.
    O Senhor Jesus cumpriu a lei e foi além dela, estabelecendo, pelo Seu Espírito, qual deve ser a concepção dos fiéis sobre os assuntos financeiros em 1 Co 9 (obs: Hb 7:8-9 não tem relação alguma com esse texto).

    Deus abençoe e guie a todos que o amam.

  10. Texto sem contexto é pretexto para heresia.

    Dai a Cesar o que é de Cesar, portanto, o obreiro é digno do seu salário.

    Utilizam-se do “Dai de graça o que receberam de graça”, ótimo argumento para conseguir facilidades, quem está explorando quem afinal?

    Uma enormidade de pedreiros, pintores, irmãs e irmãos que trabalham para construir, pintar, manter a igreja limpa, tudo organizado, a troco de estarem fazendo para Deus, de fato, faça isso e dê a Deus como oferta em sacrifício, e Ele certamente recompensará você.Agora seria um direito seu receber por isso, não é pecado, tanto que se for levado à justiça, como já ocorreu, o ganho de causa será do irmão pode ter certeza.

    Como podem respeitar a Palavra de Deus e desrespeitar a lei dos homens? Incompatível isso.

    Para os doutores, saibam que Paulo vivia sim de salário, não com esse nome claro Filipenses 4, 2 Corintios 11:8.

    Aos adoradores da CCB saibam que Jesus é o caminho, felizmente só Ele entenderam?

    Depois coloco aqui uma conversa entre dois irmãos, um da AD outro da CCB, vi em um blog e achei interessante, depois posto aqui.

    A Paz do Senhor, isso mesmo, do Senhor dos Exércitos, verdade que senhor tem vários, mas deus tb tem vários, e talvez condenam a leitura da Bíblia pois é justamente ela quem vai contra os ensinamentos terrenos desta seita.

    Até mais.

  11. Bom.

    Fiz um comentário porem foi deletado.

    Resumidamente de uma vez por todas aprendam para não mais serem enganados.

    Fique com a Bíblia sempre, lá estão todas as respostas para suas indagações e a receita para te levar ao céu.

    Faça como Jesus ao ser tentado, Ele usou apenas a Palavra para vencer o inimigo, até Ele que poderia se utilizar de inúmeros argumentos como a explicação do véu ai em cima, mas não, Ele utilizou apenas do que estava escrito.

    …que maneja bem a palavra da verdade…2 Timoteo 2:15

    Paz.

  12. Adailton de Jesus Rodrigues disse:

    Eu estou a favor do respeito, na qual o agir humano seja levado a Deus para o julgamento.
    Se Assembleia de Deus saúda os membros com ”A Paz do Senhor” e a Congregagção Cristã no Brasil com ”A Paz de Deus”, não é uma questão de que fulano está certo e beltrano errado. O fato é que cada um segue aquela maneira que julga certo. E quem é o único que pode dizer que está errado? Somente Deus.
    Quem sou eu para julgar o costume de um povo, o modo de se comportar do outro?
    Eu não posso julgar uma pessoa que é espírita nem questionar suas doutrinas. Por quê? Porque o que ela faz ou deixa de fazer é de seu próprio julgar. Ela está fazendo isso ou aquilo por julgar que é assim, este é o certo. E indagar só vai causar contenda, porque na mente de um espírita o que ele faz não está errado e ninguém tem o direito de julgar.
    Um espírita pode deixar de ser espírita, vai pela suas escolhas. Assim como um pastor pode deixar de ser pastor. Um padre pode deixar de ser padre, enfim…

    Talvez vocês me dizem: ”Ah, mas Jesus quer que levamos a verdade que ele ensinou”.
    Agora pare e pense, lembrando nos milhares povos, de todas as nações e lingua que vivem nesta terra: A PESSOAS TÊM VERDADES DIFERENTES DAS MINHAS, DAS SUAS, DAS NOSSAS. E como eu disse, questionar só vai levar contendas.
    Por exemplo: Eu acredito no Deus vivente criador dos céus e da terra. Mas alguns povos da Índia, da África, etc, acreditam em um outro deus. Tem lugares que eles não acreditam em deus, mas em vários deuses. Eles estão errados? Talvez sim. Mas pergunte a si mesmo: Eles se sentem errados? Claro que não.

    Mas como diz a Bíblia, nunca julgar o próximo porque as pessoas tem seu livre-arbítrio. Uma pessoa pode trocar seu deus de barro, de madeira, pelo verdadeiro Deus, o Todo-Poderoso. João Batista até alertou sobre esse assunto: ”Produzi pois frutos dignos de arrependimento, e não comeceis a dizer em vós mesmos: Temos Abraão por pai; porque eu vos digo que até destas pedras pode Deus suscitar filhos a Abraão”.

  13. Antonio Carlos disse:

    Interessante que o apostolo Sao Paulo apenas fez mencao deste assunto para os cristaoos em corinto, curioso isso nao? Sera que eh tao dificil entender que o assunto discutido trata-se regionalismo? Pois se assim nao fosse…assim como ele termina sua sitacao…que nao temos tal costume e nem as igrejas de Deus….ele faria mencao nas suas outras epistolas….o q nao aconteceu!!! Havia nessa epoca uma diferenca entra as mulhers de familia e as prostituas….as prostituas cortavam seus cabelos e nao usavam veu….pois nao tinham ninguem pra quem devessem submissao….mas as mulheres de familia…a unica diferenca era a utilizacao do veu!!! Imaginem os senhores leitores se a oracao for divisada apenas pelo fato de que a mulher esteja ou nao coberta….se num caso de necessidade a mulher precisar orar mas nao estiver com o veu a mao para por sobre a cabeca….ela nao pode orar entao?
    Tanto essa questao em Corinto era algo meramente por costume que em outras situacoes, ou seja, em outros lugares e em outras epocas, cobrir-se com o veu era um habito utlizado por prostitutas…

    Então ela tirou de sobre si os vestidos da sua viuvez e cobriu-se com o véu, e envolveu-se, e assentou-se à entrada das duas fontes que estão no caminho de Timna, porque via que Selá já era grande, e ela não lhe fora dada por mulher. Gênesis 38:14
    E vendo-a Judá, teve-a por uma prostituta, porque ela tinha coberto o seu rosto.
    Gênesis 38:15

    Sendo assim….jah que se entende isso como mandamento de Deus e que se a mulher quiser ter sua oracao recebida deve orar com sua cabeca coberta com o veu porque foi assim que Deus mandou…..Deus tambem mandou algo sobre o osculo santo…e isso o apostolo Paulo nao fala em apenas uma epistola…ele menciona tambem em outras….

    Jah que o cabelo foi dado em lugar de veu para a mulher, segundo a compreensado da CCB somente quando a mulher estiver fora da igreja e dentro ela tem que cobrir-se….o osculo santo nao eh mencionado para ser dado apenas na igreja….mas onde quer que se encontre os irmaos.

    Por que os irmaos da CCB nao se saudam com osculo na rua, no trabalho, ou em qq outro lugar? Ele nao eh santo?

    Talvez alguem diga que eh para nao causar escandalo…mas se causa escandalo nao eh santo…e se eh santo….por que causaria escandalo???

    Percebem como isso apenas eh tratado apenas para dizerem que sao os unicos que obedecem a Palavra e fazem a diferenca???

    Mas isso nao me preocupa….pois nao ha nada oculto que um dia nao venha a ser revelado…inclusive….ate o mais falso dos comportamentos daqueles que dizem nao obedecerem ao homem….se eh justamente o homem que esta a frente do trabalho….ele pode ser usado por Deus, concordo…mas nao deixou de ser homem!!

    • Caro irmão Antonio Carlos.

      Esse debate é antigo.

      Não há nada de errado em as irmãs usarem véu, o problema é a igreja se utilizar desse fato para criticar outras denominações que não adotam o uso desse tecido.É um costume utilizado tb pelas freiras entre os católicos, a CCB se assemelha muito a vários costumes católicos, o véu é um deles.

      A analogia que fez do véu com o ósculo santo é perfeita, tem culturas que fazem isso até os dias de hoje, é um cumprimento comum, eu já presenciei muitos, na faculdade tive alguns amigos que se cumprimentavam assim e nem eram evangélicos.

      Caro irmão, a CCB funda-se em alguns pilares e o véu é apenas um destes, note que se abolirem o seu uso (acertadamente à Luz da interpretação das Escrituras), ela perderá sua identidade e provocará um choque entre seus membros e quem sabe até um êxodo gigantesco (naqueles que se sentirão enganados durante todo esse tempo), então não nos parece indicado, melhor seria se investissem no verdadeiro Evangelho e explicar à irmandade sobre a doutrina do véu tal como fizeram com aquele abolido “BUSCAR PALAVRA PARA SE CASAR”, pense na Adventista do Sétimo Dia, abolir a guarda do sábado, então…

      Sobre o uso do véu, o irmão lerá inúmeras explicações, filosofias etc, tem gente até dizendo que é para honrar anjos, e como anjo não tem época, idade, vivem nos dias de hoje, não estão sujeitos à culturas etc, fundamentam ai suas teses, infelizmente, nós da CCB somos muitos superficiais no manejo das Escrituras, só podem surgir mesmo essas aberrações.

      Sugiro ao irmão que leia um tópico em um fórum sobre a conversa entre um CCB e um Assembleiano e caro irmão, a discussão sobre o uso do véu sempre cai num desconhecido, acho importante mesmo que assim como o irmão, existem milhares, inclusive no nosso meio CCB, que entendem perfeitamente sobre os conselhos de Paulo no livro de Coríntios.

      Ta aí a conversa:

      Dois homens se encontram num determinado estabelecimento e começam a conversar.

      Eles falam sobre o tempo, sobre a correria da vida, quando de repente um deles cita uma frase bíblica dizendo que está escrito que os dias seriam abreviados.

      Um deles, diz então: – Você é crente? Sim. – responde o outro.

      De que igreja?- pergunta novamente o primeiro.

      - Eu sou crente pela misericórdia de Deus, e sirvo a Deus na Congregação Cristã no Brasil. – responde o outro.

      - Ah, que bom! Eu sou da Assembléia de Deus. – argumenta novamente o primeiro.

      O membro da CCB dá uma risadinha amarela e diz: – Você está na beira do caminho, numa “seitinha”, mas de fé em fé você chega na “Graça de Deus”, isso se o teu nome estiver escrito no livro da vida.

      O membro da AD responde: – Como assim, na beira do caminho? Que eu saiba Jesus disse que Ele é o caminho, portanto eu estou no caminho de Deus.

      O irmão da CCB insiste: Você não entende direito ainda. Essa “graça” não é de quem quer, nem de quem corre, mas é de quem Deus tem misericórdia.

      O assembleiano responde novamente: – Espera aí, irmão, você está distorcendo o texto bíblico. Essa passagem está em Romanos 9, e tem a ver com a Eleição do Povo de Israel. Nós não podemos interpretar a Bíblia a nosso bel-prazer, mas sim conforme as regras da Hermenêutica Bíblica.

      O adepto da CCB retruca: – Amigo, a letra mata e o espírito vivifica. A Bíblia não é para ser estudada, mas obedecida. Vocês “seitários” gostam de estudar teologia e interpretam as coisas de Deus pela carne. Na nossa Igreja a palavra é revelada pelo Espírito Santo, enquanto na tua seita é uma palavra premeditada que o homem estudou em casa. Nós recebemos pão quente que desce do céu diariamente, enquanto vocês “seitários” comem comida requentada estudada pelo homem.

      O crente da Assembléia sorri, e diz educadamente: – Irmão, você está confundindo as coisas, e agindo com fanatismo denominacional. Nós devemos seguir os ensinamentos bíblicos, e não os ensinamentos de homens ou igrejas.

      O ccbista responde com ira e tom de desprezo: – Vocês pregam na arrogância, e tem pastores assalariados, enquanto a Bíblia diz que só Jesus é o Pastor. Vocês batizam as pessoas sem saber se Deus está chamando, nós só batizamos quando Deus chama as pessoas no batismo.

      O assembleiano tenta esclarecer o ccbista novamente: – Veja bem, a Bíblia não ensina que só Jesus é o Pastor, mas sim que Ele é o Bom Pastor, O Sumo Pastor e Bispo das nossas Almas, e Ele é o Pastor dos pastores, pois em Efésios 4:11 diz que Ele deu uns para pastores. E em Hebreus 13:7 e 17 também fala sobre pastores, leia na tua Bíblia.

      O ccbista responde asperamente: – Não tem nada a ver! Isso é espiritual. O que existe é o dom de pastor, mas Pastor é só o Senhor Jesus. Todos esses pastores assalariados são mercenários, está escrito na Bíblia.

      O homem que freqüenta a AD insiste: – Vocês erram por não conhecerem as Escrituras, como Jesus disse em Mateus 22:29. Vocês precisam ler mais a Bíblia e irem à Escola Dominical.

      O homem que congrega na CCB responde com ar de desprezo: – Nós não precisamos estudar, pois a letra mata. Nós “buscamos a palavra” e Deus responde a nossa necessidade. Vocês estão perdendo o seu tempo nessas “seitas”, pois só a CCB é a “igreja verdadeira”.

      O assembleiano então desiste, e se despede para evitar contenda: – Bem, vejo que não estamos chegando num acordo, mas mesmo assim foi um prazer conhecê-lo, fique com Deus, e a Paz do Senhor!

      De DEUS! – responde o ccbista, pois senhor tem vários, mas Deus é um só. A PAZ DE DEUS!

      Observaram bem esse suposto diálogo entre esses 2 crentes?

      Assim tem sido por mais ou menos 97 anos o diálogo dos crentes da CCB com os irmãos de outras denominações.

      Esse é um padrão de pensamento que vem sendo incutido na mente dos adeptos da CCB de geração em geração.

      A Paz.

      Claudio (CCB- min Brás, por enquanto)

      • O debate veio daqui!!
        :-)

        Cláudio, gostaria de ter o teu email. Deus abencoe.

        HP

      • Prezado irmão Claudio e Antonio Carlos,

        Quando o apóstolo Paulo disse, “não temos tal costume”, ele quis dizer que não tinha o costume de ser CONTENCIOSO, e não o “costume” do véu.

        Veja o verso inteiro:

        I Corintios 11, verso 16: “Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus.”

        Se nesse caso, o apóstolo estivesse se referindo ao uso do véu, estaria automaticamente dizendo que a Igreja de Corinto não era Igreja de Deus, pois foi claro, nós e NEM AS IGREJAS DE DEUS. Agora é perfeitamente normal dizer que as igrejas de Deus não tem o costume de ser CONTENCIOSO.

        Repito, dizer que o uso do véu é um regionalismo, é o mesmo que dizer que o APÓSTOLO Paulo mentiu para tapear a igreja de Corinto, pois inventou uma história envolvendo até anjos. Poxa vida, e depois querem criticar a CCB por ter dito que a Bíblia contem a Palavra. Isso é bem pior irmãos.

        Está tudo bem claro… Perdoem pela insistência…

        Deus os abençoe!

      • Com todo o respeito, irmão Claudio, mas por favor prove à Luz das Escrituras que o véu é um costume regional. Explique por favor por que o Apóstolo Paulo inventou uma história envolvendo anjos para alertar a igreja de Corinto a seguirem o tal costume regional.

        Vou te falar sobre a teologia no Brasil. Diferente de outros países no qual a teologia busca desvendar mistérios e provar aos incrédulos a existência de Deus, no Brasil, a teologia é apenas um mercado restrito aos evangélicos e tem como função promover um duelo entre denominações evangélicas, ou seja, mostrar que a minha denominação está certa e a do outro é errado. Isso é fato. É comum, alguém falar algo e os outros repetirem. Ou seja, todo mundo cita todo mundo (com medo de errar, pois está contra maré), e se um estiver errado, todos estarão errados.

        No caso do uso do véu, na teologia das igrejas Pentecostais (isso mesmo, a teologia varia de segmento para segmento), as prostitutas da cidade de Corinto tinham que raspar o cabelo e etc. Então um falou e todos repetiram.

        Como mostrei no outro tópico, registros arqueológicos, provaram que a igreja Primitiva em Roma também usava o véu. Na idade média e na reforma as igrejas Cristãs também usavam. Não era algo regional. Mas nem seria preciso apelar para a história. É só ter bom senso para saber que seria possível o Apóstolo Paulo inventar uma história (MENTIR) envolvendo anjos e o fato da mulher ser a glória do varão só para fazer as mulheres de Corinto a seguir um costume. Não seria mais fácil ele escrever na carta para as mulheres serem cautelosas, e a fim de evitar escândalos, seguir o tal costume??? Está mais que óbvio meu irmão. Isso não é um costume.

        O irmão citou o fato da Igreja Católica também adotar o uso do véu, pois bem, a ICAR também no Concílio de Niceia utilizou pela primeira vez o termo trindade e fez uma excelente definição para o mesmo que é utilizado até hoje pela maioria dos cristãos protestantes. Devemos então desconsiderar por também ser compartilhado pela ICAR?

        Deus o abençoe!

      • Daniel Kauphan - Romário disse:

        SUPOSTO DIÁLOGO ENTRE DOIS EVANGÉLICOS – UM DA CCB E O OUTRO DA ASSEMBLEIA DE DEUS

        Os dois pegaram um ônibus e por acaso sentaram um ao lado do outro. Certo tempo depois, o assembleiano puxou conversa com membro CCB, dizendo:

        Assembleiano: Como os tempos mudaram com os meios de transportes modernos, as grandes distâncias se tornaram pequenas. Está na Bíblia, lá no livro de Daniel, que muitos correrão de uma parte para outra e a ciência se multiplicará (Daniel 12).

        Membro CCB: – É verdade, você é evangélico?

        Assembleiano: – Sim, sirvo a Deus na Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal do mundo! Pelo seu jeito, você também parece que é evangélico, acertei?

        Membro CCB: – Sim. Pela graça e misericórdia de Deus, sirvo a Deus por Jesus Cristo na Congregação Cristã no Brasil.

        Sorridente, o assembleiano diz: – Ah, você é da igreja do véu!

        Membro CCB: – Não, prefiro que diga: – igreja do Senhor Jesus.

        Assembleiano: – Como você não estuda a Bíblia e não tem noção de hermenêutica, sabia que o uso do véu não é mandamento, mas apenas uso e costume local?

        Membro CCB: – Bem, eu estudo Hebraico e Grego Bíblico, como também tenho vários livros acadêmicos da área teológica, inclusive da sua igreja. Eu provo dentro dos livros publicados pela sua própria igreja que o uso do véu não é meramente uso e costume, não sendo apenas local; mas mandamento do Senhor para todas as igrejas.

        Com uma risadinha amarela, o assembleiano responde: – Até que enfim, um “CCBeano” que estuda a Bíblia! Mas você “tá” enganado, o uso do véu não é mandamento, mas uso e costume!!!

        Abrindo a mochila e retirando um dicionário, o membro CCB diz: – Então veja esta publicação da sua igreja:

        “Descoberta
        Akatakaluptos, (akatakaluptoV ), “descoberto” (fornecido de a, elemento de negação, e katakaluptõ, “cobrir”), é usado em I Cor. 11.5,13 (“descoberta”), com referência a injunção proibindo as mulheres estarem sem “véu” ou “descobertas” nas reuniões da igreja. ¶Pouco importando que tipo de cobertura seja, deve estar na cabeça como “sinal de poderio” (I Cor. 11.10), e cujo significado é indicado em 1 Cor. 11.3 no assunto de supremacia, e cujas razões são dadas em 1 Cor. 11.7,9 e na frase “por causa dos anjos” (1 Cor. 11.10), indicando o testemunho e interesse deles naquilo que indica a supremacia de Cristo. As injunções não eram nem judaicas, que exigiam que os homens cobrissem a cabeça na oração, nem gregas, pelas quais homens e mulheres ficavam igualmente com a cabeça “descoberta”. As instruções do apóstolo Paulo eram “mandamentos do Senhor” (1 Cor. 14.37) e eram para todas as igrejas ( 1 Cor. 14.33,34).” (Dicionário Vine – O Significado Exegético e Expositivo das Palavras do Antigo e do Novo Testamento, pág. 547. 2ª Edição, 2003. CPAD – Casa Publicadora das Assembleias de Deus, Rio de Janeiro, Brasil).

        Surpreso, o adepto da AD responde: É… Eu não sei o que dizer, “tá” mesmo escrito ai. Mas vocês não dão o dízimo, e a Bíblia chama de ‘ladrão’ aquele que não é dizimista, “tá” lá em Malaquias 3.8!

        Pegando outro livro, o Membro CCB refuta: – Amigo, o dízimo só é mandamento na Lei de Moisés, antes e depois da Lei o dízimo não é mandamento e os pastores da sua igreja dizem que o dízimo está em pé de igualdade com a guarda do sábado e festas judaicas, confira:

        “Como se vê, o Cristão não está sujeito às leis do dízimo, como não está obrigado a guardar e observar as festas judaicas, nem tampouco o Sábado.” (Amaral, Pr. José. A Igreja do Veu – Igreja ou Heresia? – Toda a verdade sobre a Congregação Cristã no Brasil, pág.76, Intergraph Editora e Form. Ltda. 4ª Edição 2001/ Goiânia, Brasil).

        Com o livro ainda na mão, o Membro CCB conclui: – Digo mais, além de haver neste livro vários erros de grafia, contradições inúmeras, erros de hermenêutica e consequentemente de exegese, ainda foge da dura empreitada que é o de manifestar ‘toda’(?) a verdade sobre a CCB.

        Desconcertado com a resposta e sem saber o que falar, o crente da AD fica calado. Minutos depois, mudando o assunto e denotando segurança, ele abre a Bíblia em Hebreus 13:7, 17, e vai logo disparando: – Olha aqui, ó! Aqui fala para lembrarmos dos nossos “pastores” e que devemos obedecer a eles. Por falta de estudo vocês são contra o ofício pastoral contrariando Hebreus 13:7, 17. É por isso que eu digo que vocês da CCB precisam ler mais a Bíblia!

        O crente da CCB sorri, e educadamente procura esclarecer ao outro: – Amado, eu creio que você já ouviu falar nas Escrituras Gregas Cristãs, nessa direção, digo-lhe que nos Textos Gregos Originais, para “pastor” o devido texto deveria trazer a palavra grega “poimhn” (pastor), mas a palavra que se encontra em Hebreus 13:7, 17 é “’hgeomai“ (líder). A devida passagem apenas diz para lembrarmos e obedecermos aos nossos “líderes”. E os líderes na igreja primitiva eram os anciãos (Atos 14:23). Também, se o irmão estudasse a Bíblia se valendo das ferramentas da hermenêutica, saberia que pastor é um dom espiritual (Efésios 4:8) e não um ofício (Tiago 1:17).

        Em tom de ira por ver suas palavras caírem por terra, o crente da AD vai logo esbravejando: – Num tem nada a ver! Mesmo que lá em Efésios 4:8 diz que é “dom”, e em Hebreus 13:7, 17 não seja ‘pastor’, eu sou ensinado que é ‘ofício’ pastoral e ponto final! Tem mais, a primeira pessoa no Brasil a ser batizada com o Espírito Santo, foi a irmã Celina Albuquerque!

        O membro da CCB insiste: – Olha, para mim o que importa é o que está na Bíblia, o que não estiver de acordo com Ela não me interessa. Quanto a primeira pessoa no Brasil a ser batizada no Espírito Santo com evidência de novas línguas, o amado está cometendo um erro histórico grotesco. A pioneira no Brasil com respeito aos dons espirituais foi a CCB e não a AD. Cerca de 365 dias antes de D. Celina Albuquerque, vários membros da CCB já desfrutavam desta dádiva divina. Se os irmãos da Assembleia propagam isso que acabou de proferir, estão faltando com a verdade e a história está ai para corrigi-los.

        O Assembleiano, sem esconder sua arrogância atacou: – Você precisa ir para escolinha dominical estudar a Bíblia e receber aulas de teologia sistemática, sua igreja é uma ‘seita’!

        Decepcionado com o membro da AD, o membro da CCB finaliza: – Irmão, não sou contra a vossa escolinha dominical, mas sou ensinado na CCB a ler a Bíblia, examiná-La de forma circunspecta e meditar nEla, mas sempre confiando no que está escrito em Tiago, que diz:

        “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.” (Tiago, 1:4, 5)

        Quanto ao que o amado chama “seita”, prefiro me ater ao nosso ensinamento em não chamar nenhum grupo de cristãos de ‘seita’ – ainda que o seja. Para que o irmão venha a descer dessa arrogância deveria saber que o teto da sua “casa” é de vidro, para isso irei citar um escritor de fé batista e o que ele pensa da sua igreja, confira:

        “Todos, também os das Assembleias de Deus, ensinam os mais graves absurdos e em igual ímpeto embusteiro iludem e exploram o povo ignaro sempre disposto a ser enganado.” (Pereira Reis, Aníbal. Católicos Carismáticos e Pentecostais Católicos, pág. 50, Edições Caminho de Damasco Ltda, 1982, São Paulo).

        Feito isto, ignorando os impropérios do assembleiano, o membro da CCB desiste do diálogo para fugir de contenda, e preferiu ficar calado para que tivesse uma viagem tranqüila. Este suposto diálogo – semelhantemente – já aconteceu comigo ao dialogar com um suposto ‘apologista’ assembleiano. Não são todos assim, tal qual há entre eles, também há entre nós. Digo mais, a CCB nunca confeccionou livros atacando as demais igrejas, entretanto, muitos pastores da AD elaboram livros falando mal desta ou daquela igreja, as livrarias evangélicas que o digam. Erram os assembleianos, pois pensam que todos os membros da CCB não possuem conhecimento Bíblico, este texto serve para comprovar isso, não raras vezes tenho dialogado com assembleianos, muitas vezes fico desapontado com a forma com que me tratam, outros, são educados e dá gosto conversar sobre as grandezas de Deus.

        Finalizo esta matéria com as palavras de Jó:

        “Porventura o ouvido não provará as palavras, como o paladar prova as comidas?” (Jó 12:11).

        Romário N. Cardoso

      • “então não nos parece indicado, melhor seria se investissem no verdadeiro Evangelho e explicar à irmandade sobre a doutrina do véu tal como fizeram com aquele abolido “BUSCAR PALAVRA PARA SE CASAR”.

        Eu gostaria de saber em quais congregações isso foi explicado… Porque tenho um exemplo bem recente de umsa situação que acontece do mesmo jeito. E mais: em diversas comunidades de Mocidades nos facebook’s e orkut’s da vida, continua do mesmo jeito – até as “piadas” são assim… Então, este ponto ainda não é de conhecimento de todos, apesar de já estar em exercício desde o início de 2007, se não me engano.

        E se não for da CCB, é pior ainda – porque somos vistos como “jugo desigual”… e aí, eu fico pensando na qualidade do ensino que é ministrado…Os irmãos do ministério da CCB, super detentores da verdade, não fazem muita questão que a irmandade saiba destas coisas – é um método de controle bem efetivo, a fim de que a “doutrina” permaneça ali, sem interferências de fora.

  14. Irmão Samuel e demais.

    Concordamos sobre 1 Co 11:16, e eu reforço que neste versículo está o resumo da mensagem de Paulo, ou seja, “nós não temos tal costume de contender por bobagem”.

    Superamos isso.

    Entendo que para Paulo falar sobre véu neste capítulo foi pq tinha alguma discussão a respeito, e ele procurou apaziguar, quem lê aos Coríntios sabe bem que não eram um povo fácil.

    Sendo assim, estamos contrários aos ensinamentos do Ap S Paulo, pois está uma discussão terrível sobre isso.

    Mas vamos lá.

    ” Com todo o respeito, irmão Claudio, mas por favor prove à Luz das Escrituras que o véu é um costume regional. Explique por favor por que o Apóstolo Paulo inventou uma história envolvendo anjos para alertar a igreja de Corinto a seguirem o tal costume regional.”

    Tenho algumas perguntas tb:

    1) Foi a partir dessa intervenção de Paulo que as mulheres passaram a usar o véu?

    2) O uso do véu foi estabelecido em que parte ou passagem da Bíblia anterior a essa ? Salvo engano a primeira menção a véu foi lá com Judá e Tamar, ali explica-se o uso do véu naquela época e tal, mas minha dúvida é a seguinte, quem mandou usarem véu para se distinguirem, Deus? Onde ? Moisés ? Onde?

    Essas perguntas eu não encontrei respostas na Bíblia, por isso sustento a tese de que se trata de costume, tem menção histórica tb, mas vamos nos restringir ás Escrituras como quer.

    Mas se você responde SIM a minha primeira pergunta acima, então quero afirmar que Paulo nos colocou um jugo logo após o sacrifício de Cristo.

    Irmão Samuel, sua resposta à Luz da Bíblia está um pouco antes do capítulo 11 e logo após:

    Como sabemos, a CCB não permite a pregação por mulheres. No Brasil parece que nem podem tocar na orquestra, só teclado, e onde procuraram fundamento?

    Logo em seguida ao ensino do véu no Capítulo 14:34 vejamos:

    “As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.”

    (Que lei era essa? Moisés? Não, alem de não estar escrito lá, Débora era profetiza e magistrada Jz. 4:4).

    Em Timóteo 2:12 e 14

    “Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.”

    “E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. ”

    Ora, acho que superamos socialmente a igualdade entre homem e mulher, fato.Mas antigamente não era assim. Mas e Deus ? Como foi que Ele fez o homem e mulher? “Façamos o homem (homem e mulher) à nossa imagem e semelhança”, Deus os fez igualmente iguais, será que Paulo discordava de Deus nisso? Não.

    Naquela sociedade entendiam que por conta da serpente no Éden, a mulher era mais suscetível ao engano, por isso deveria ser evitado a ela falar, profetizar etc.

    Em tempo ainda, vamos tomar certo cuidado em falar assim que Paulo INVENTOU uma história de anjo….

    - Qual o personagem Bíblico que enquanto ele Mentia Deus estava com ele, e quando ele falou a Verdade Deus se afastou?

    - Dica, ele era nazireu.

    Abraão, não falava que Sara era sua mulher com medo e receio de que o matassem, apesar que não mentia, pois Sara era de fato sua irmã, não de mesma mãe mas de mesmo pai (o bom senso é antigo).

    Por outro lado, Isaque mentia mesmo, pois Rebeca era sua prima e não sua irmã como ele dizia.

    Usar véu era um costume Grego e Romando para as mulheres se distinguirem de alguma forma uma das outras, conforme usavam ou não.

    Em Coríntios Paulo nos ensinou que ele não se metia com os costumes locais para que não atrapalhasse a pregação do Evangelho como nós CCB insistimos em fazer.

    Véu irmão é uma vestimenta e como tal serve a diferenciar alguém num contexto social.

    Paulo, disse 1 Co 9:19-23 :

    - Porque, sendo livre para com todos, fiz-me servo de todos para ganhar ainda mais.

    - E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.

    - Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.

    - Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me TUDO para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.

    - E eu faço isto por causa do EVANGELHO, para ser também participante dele.

    Sabemos do que Paulo fala né?

    - ESTRATÉGIA ao levar o Evangelho, como o corredor em busca do prêmio, só um leva.

    Finalmente, concordamos em não seguir mais a lei de Moisés.

    Mas para usar véu deve tambem guardar o sábado, pois a guarda do sábado tem muito maior fundamento do que o véu, pois entre uma lei e outra melhor ficar com a de Moisés, para aqueles que não alcançam o entendimento da nova aliança.

    Como o irmão Samuel pediu à luz das Escrituras, deixo de mencionar o fundamento histórico do uso do véu, mas poderei postar a título de curiosidade se o caso.

    Quanto ao anjo questionado, pela insistência vou recontar : 3×0 para o anjo (sem contabilizar os anjos das visões denominacionais).

    É o sacrifício de Jesus se perdendo nos usos e costumes.

    Para reflexão:

    Jesus age no nosso mundo Psicológico, Sociológico e Biológico :

    Não andeis ansiosos pelo que vestir, comer e beber…buscai primeiro o reino de Deus e todas essas coisas vos serão acrescentadas…

    Ansiosos, ansiedade = Mundo Psicológico
    Vestir = Mundo Sociológico (a roupa o distingue na sociedade, ex: o véu)
    Comer e beber = Mundo Biológico

    A Paz.

    Ah ! O nazireu era Sansão, quando ele mentia sobre sua força Deus estava com ele, quando falou a verdade, revelando o segredo, Deus se afastou.

    Claudio (ovelha, CCB Min Brás, por enquanto)

    • Aldiclecio disse:

      Todas colocam julgos pesados sobre nós,mas nenhuma salva.

      A Salvação está em cristo jesus.

      Porque assim disse o SENHOR:buscarei as minhas ovelhas e delas cuidarei,as perdidas trarei de volta e as desviadas.
      Enfaixarei a que estiver ferida,fortalecerei a fraca.Mas a rebelde e forte eu destruirei.

      Ezequiel 34/11-16.

      Por isso irmão não briquem por sua denominação ela não salva,não critique a de seu irmão,pois ali á um homem falho e pecador como nós.

      Sigam o evengelho de Nosso Senhor Jesus e com certeza ele vira buscar ovelhas de todas as congregações,seja ela de qualquer denominação que segue o puro evengelho.

      Deus abençõe a todos os irmão em cristo jesus e tambem os que ainda não são.

      Amor,Amor,Amor,Amor ao PROXIMO ISTO SIM SALVA

  15. Prezado irmão Claudio,

    Primeiro respodendo as suas perguntas:

    1) Foi a partir dessa intervenção de Paulo que as mulheres passaram a usar o véu?

    O uso do véu por outras culturas e nações (antes da Revelação do Apóstolo Paulo) possuem um sentido totalmente diferente. A ordenança do véu mostrada em I Corintios 11 é nova. Nesse post do blog do irmão Bereiano, isso é detalhadamente explicado (ver subtitulo “Nova instrução ou antiga tradição”). Por favor leia todo o post do irmão Ricardo. Essa sua pergunta já foi muito bem respondida no tópico.

    2) O uso do véu foi estabelecido em que parte ou passagem da Bíblia anterior a essa ? Salvo engano a primeira menção a véu foi lá com Judá e Tamar, ali explica-se o uso do véu naquela época e tal, mas minha dúvida é a seguinte, quem mandou usarem véu para se distinguirem, Deus? Onde ? Moisés ? Onde?

    Como disse na ultima resposta, a ordenança do uso do véu mostrada em I Corintios 11 é nova, não tem relação com as tradições e costumes anteriores e presentes naquela época e até hoje em algumas religiões e nações (ver subtitulo “Nova instrução ou antiga tradição”). Essa ordenança não provem do Apóstolo Paulo e de costumes regionais. Foi divinamente inspirada, ou seja, veio de Deus.

    Com relação às mulheres ficarem caladas na igrejas, por favor leia o link abaixo, onde o irmão Mario Persona (não é da CCB) explica sobre esse assunto. Por favor leia atentamente. Débora juiza é do velho testamento. No novo testamento já não mais havia os juízes. Tudo está bem respondido no link abaixo.

    http://www.respondi.com.br/2007/09/mulheres-cristas-no-podem-falar.html

    O irmão indiretamente, disse que o apóstolo Paulo precisou mentir sobre o motivo do uso do véu, e novamente usou diversos exemplos de mentiras contadas no velho testamento (esqueceu de mencionar o profeta Jeremias).

    Me mostre um exemplo apenas de alguem mentindo no novo testamento? Aliás, no velho testamento, quando as mentiras eram contadas, quem escreveu (divinamente inspirado), fez de um modo que os leitores facilmente identificavam a mentira.
    No caso do Apóstolo Paulo, essa suposta “mentira” foi feita para enganar muitos até os dias de hoje??? Enganou o povo de Corinto e também de Roma??? Misericórdia irmão… Mentir é errado, principalmente se for para fazer o povo seguir Doutrinas. Passar um costume, como se fosse uma doutrina Cristã a partir de uma mentira??? Que é isso???

    Reveja seus conceitos meu caro irmão. Por favor não siga a maré dos teólogos brasileiros.

    Espero que o irmão não me leve a mal. Embora possa parecer ríspido, não é minha intenção.

    Deus o abençoe!

    • Se o irmão me permite eu concordo plenamente contigo nesse aspecto que mencionou.

      A Paz.

      Claudio (ovelha, CCB – Min Brás, por enquanto)

  16. Evangelista Cristão, véu não é costume e, sim DOUTRINA !

    Em ICor. 11.VS 1 AO 16,

    Ao ordenar “que ponha o véu”, o verbo“ pôr” está na 3ª pessoa, no modo imperativo do presente. Isso mostra e indica que “antes” de estar no culto, no ajuntamento santo, a mulher se encontrava sem o véu, o cabelo, como diz o texto, estava ocupando o lugar, para isso foi dado em lugar, mas quando ora ou profetiza, “que ponha” o véu, já não é o cabelo. A Escritura não diria ” que ponha” se elas viessem de fora com o “véu” (mantilha), mas que “ permaneça ou continue” ! “Katakaluptesthô,” cujo verbo é “katakaluptô”, está no modo imperativo, aqui, ”o modo imperativo expressa uma ordem ou mandato.
    O tempo verbal grego koinê PRESENTE, indica que o verbo no caso acima,não está ligado, preso ao passado, mas “que está acontecendestado incompleto, em andamento” ( onde ? )
    Nos países onde a mulher é proibida em sair de casa tendo a cabeça descoberta, não há problema algum em obedecer, uma vez que a palavra de Deus está regulando um problema interno, o modo do homem e da mulher se apresentar na reunião de adoração.
    11 VS.10 – “Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por (causa) dos anjos.”
    VS. 10 – O uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve”(gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação resultante dos preceitos ou mandamentos da honra, os anjos são celestiais. Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas cultuais existentes em Corinto; tal interpretação é uma aberração aos anjos.

    A Bíblia por si mesma se explica”!
    E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa”dos anjos,não“costume”.
    Confundir “anjos” com “prostitutas,” o que é uma “o-fen-sa” à palavra de Deus e aos anjos !!!

    Vs. 14-15 – É ensino apostólico o homem não usar “cabelo comprido” (gr. komaô) por ser “desonroso”, por outro lado para a mulher o usar “cabelo comprido” ( gr. komaô) lhe é uma “glória” ou “honra”(gr. doxa = honra , glória). Por isso mesmo o cabelo lhe foi dado em lugar de véu. Ora, sendo o homem a “glória de Deus”, e a mulher “glória” do homem, porventura a mulher ficará sem “glória” ? É óbvio que não. Pois, o texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”. Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la,” e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória; O Cabelo (gr. komê) lhe foi dado em lugar de véu, quando a sua cabeça se encontrar descoberta, não na reunião de culto e adoração a Deus. O Senhor, em sua sabedoria, não deixou um tamanho padrão para o comprimento do cabelo, pois, o crescimento do cabelo pode variar de mulher para mulher.

    Evangelista Cristão,mostrando que muitos da CCB lêem a bíblia.

  17. E o Evangelho de Paulo é pregado na frente do Evangelho de Cristo…
    Um é de Pedro, outro de Apolo, outro de Paulo…

    Eu prefiro ser de Cristo…

    Deus abençoe a todos.

    • Caro irmão,

      Na minha opinião, o Evangelho pregado por Paulo, foi divinamente inspirado, e consequentemente é o Evangelho de Cristo.

      Então, ao seguir os conselhos das cartas do novo testamento, estamos sendo de Cristo, não de Paulo.

      Deus o abençoe!

      • Amém meu amado.

        Então, em Corinto mesmo, houve aqueles que quiseram seguir Pedro. Outros quiseram seguir Apolo e por fim alguns queriam seguir Paulo.

        Isso é normal do ser humano. Nos acostumamos com regras e está embutido em nós o cumprir regras. Daí para entender o Evangelho de Cristo é muito difícil. Ele nos mandou apenas amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

        Esse mandamento engloba tudo. Como cumpri-lo? Ele deixou livre.

        E por vezes colocamos outros mandamentos na frente deste único mandamento.

        Nos preocupamos em seguir regrinhas, se batiza por imersão ou por aspersão, se toma santa ceia anualmente ou mensalmente, se é dizimo ou coleta… e esquecemos que Jesus nos diz: AMAI.

        É isso meu querido. O evangelho de Cristo é amor. O proprio Paulo disse: havendo línguas, profecias ou ciência, tudo cessará, mas permanecerá o AMOR.

        Se alguém conseguiu se desarmar e entender, nada adianta seguir a Biblia toda se nao tiver amor… nao adianta saber grego, ser mestre em hemerneutica, se não tiver AMOR.

        Sem amor, viramos fariseus do sec 21. Apedrejamos irmãos, criaturas, vivemos numa condição constante de raiva, decepção e ira… tudo o que Cristo nao foi e que Paulo quis evitar nas cartas. “Sou de Cristo” ele dizia…

        A paz nos dada por Cristo esteja em todos os corações.

        • Sim irmão HP e o que Ele mandou agente não faz que é amar o próximo, agora o que Ele não mandou isso agente faz.

          A Paz.

          Claudio (ovelha, CCB Min Brás, por enquanto)

        • Daniel Kauphan - Romário disse:

          Concordo com o que escreveu o amado irmão HP: – “Ele nos mandou apenas amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.”

          Vejamos como Jesus explicou em como devemos “amar a Deus”:

          AMAR A DEUS: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou.” (João 14:23-24).

          Portanto, quando “guardamos” (praticamos) o que o Senhor nos manda pela Sua Palavra, demonstramos que o amamos. Cristianismo não é teoria, é prática. Digo mais, quando amamos o próximo, também demonstramos que amamos a Deus, pois Ele nos ordena pela Sua Palavra.

          “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” (Tiago 1:22).

          Portanto, irmãos, vamos procurar cumprir o que o Senhor, pelo Seu Espírito nos ordena pela Sua Palavra, afinal, diz sábio ditado:

          “Quem manda, pode; obedece, quem tem juízo.”

          Deus vos abençoe.

          • Irmao Romario Daniel,

            Verdade. Precisamos partir da teoria para a prática urgentemente, amando os ensinamentos do Senhor.

            Eu ainda nao consegui amar ao Senhor sobre todas as coisas. Viver, trabalhar, estudar, entre todas outras atividades, colocar sempre o Senhor como motivo delas é bem difícil. Ainda por vezes faço coisas pra mim mesmo, coloco eu, minha esposa ou minha filha como motivo. ..

            Amar ao próximo como a mim próprio é algo impensável… amar um estranho mais do que amo a mim próprio, fazer o bem que faria pra mim ou pra minha filha para alguém que não conheço é bem difícil, confesso.

            Mas vamos servindo ao Senhor. Ele sabe quão pecador sou…

            Deus abençoe. Ore por mim!

            Abraços

        • Glória,gloria a Deus !!!!!!!!!!! Pedi tanto para que o irmão HP chegasse a esse ponto. Agora sim chegamos em um denominador comum: Amor.
          Essa obra é fundamentada em amor, por isso se mantém até hoje.
          Foi esta a frase que eu disse quando comecei a comentar neste blog: “Quem ama não suspeita mal”. Porém fui bombardeado, pois diziam que todos nós (CCB) não sabíamos contra-argumentar e, logo recorríamos ao Amor para encerrar o assunto, e nem apenas fazíamos uso de um único versículo bíblico fora do contexto. Diante disso, voltei atrás e redigi um outro comentário pedindo perdão aos irmãos por ter recorrido ao Amor, porém pedi a Deus que me iluminasse para explicar o porquê dos ” Por ques” de muitos que zombavam de nós, de maneira velada ou educada, aqui neste fórum.

          “Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, glória a Jesus.
          Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, glória a Jesus.
          Glória a Jesus, aleluia, glória a Jesus, aleluia,
          Glooooooooooria a Jesus.”

          Deus o abençoe.

        • Aldiclecio disse:

          Irmão,você deu a receita da salvação!!!!!

  18. Bom, amados, logo acima eu copiei de um site um diálogo entre um CCB e um Assembleiano.

    Quero afirmar aqui que não presenciei a tal conversa, mas por se tratar infelizmente de uma realidade, pois conheci de perto as duas igrejas, e a tal conversa que postei procede, eu já fui vítima desse tipo de ataque de um Cooperador de Jovens, sim, chamo aquilo de ataque, não encontro outra palavra no momento.

    Sirva de alerta a todos nós CCB para não enveredarmos pelo caminho dessa contenda.

    De maneira alguma fiz isso na intenção de incitar discórdia entre o povo cristão (CCB e Assemb), pois Deus abomina isso (Provérbios).

    Assim como repudio quando alguem chama a CCB de “Padaria de Fariseus” ao ligar o nosso “pão quentinho” ao fermento dos fariseus que devemos nos afastar, poderíamos dormir sem essa se parássemos de chamar os outros de setiários e criaturas (lembram?).

    Guerreamos não na horizontal mas na vertical, nossa luta é contra as potestades e “astutas” ciladas do diabo.

    Quanto ao véu já concordamos nesse ponto:

    Paulo tratou da questão de maneira incisiva sem deixar dúvidas, quem as coloca em nossos corações é o inimigo de nossas almas, sempre pronto a erguer barreiras e obstáculos na conquista das almas para Cristo.

    Paulo mesmo disse, julgai entre vós mesmos, é decente que a mulher ore a Deus descoberta? (É decente ou não?), eu acho de fato uma indecência sem tamanho uma mulher orar a Deus sem o véu.

    Pois bem, esse versículo somado a 1 Co 14:34 (lei que não me responderam qual era), trata a questão de forma clara à mente preparada, não podemos exigir isso de todos pois sabemos que há muitos bebês de colo na fé em nosso meio, eu sou um destes, e isso não é demérito para ninguem pois a responsablidade disso, segundo Oseias 6:4, é do Sacerdote.

    Como vemos, o uso do véu é correto por causa do anjo, deve ser seguido à risca, e ai da mulher que não fizer uso do mesmo, se achar pesado peça ajuda a Cristo.

    Sabemos que Anjo tem algumas atribuições segundo a Bíblia, mas como foge ao tema nosso aqui deixo de falar a respeito.

    E parece que o anjo tá ganhando de lavada, 4×0 salvo engano.

    Curiosidade 1:

    A divisão da Bíblia em livros, capítulos e versículos já é Teologia, pois os originais não eram divididos assim.

    Curiosidade 2:

    Se falamos algo, é da carne ou damos ouvidos a Teólogos, mas pra explicarem seus usos e costumes trazem conceitos arqueológicos de dar gosto, o próximo que postar arqueologia por aqui vou solicitar ao Bereiano que intime o sujeito a postar as fotos.

    E eu gostaria de me tornar sábio para ganhar os sábios pra Cristo.

    Ler a Bíblia diariamente.

    A Paz.

    Claudio (ovelha CCB Bras, por enquanto)

  19. Evangelista Cristão sobre video de historinha (acima)

    Neste video ele fala de posições sociais e culturais e, a doutrina exposta por Paulo sempre foi para igreja de Cristo e, igreja de Cristo é igual em todas culturas.

    Esta explicação no video não tem suporte bíblico e, sim histórico.

    Igreja de Cristo, anjo e tudo que citei acima não tem nada a ver com culturas humanas e, sim com obediência Divina.

    O dia que cultura servir para fundamentar coisas Divinas estaremos sem rumo Celeste e, numa estrada totalmente terrena.

    Acorda povo e, leiam a bíblia, pois ela é a base para firmamo-nos em uma Sã Doutrina Cristã e, no fim introduzir-nos no céu.

    Evangelista Cristão apoiando a doutrina da bíblia (que é a de Cristo)

    • “no fim introduzir-nos no céu”…

      E isso porque a graca nao é por merecimento, nem por obras… (Efésios 2:8-10)

      Que doutrina da Biblia voce tem embasado essa tua afirmacao que “voce se introduzirá no céu”, irmao Eleotério?

      ai ai..

      • Oh, irmão HP, não entenda mau o teu conservo. O irmão fez uma interpretação errada de do que ele disse. O que fica explicito é que a Bíblia possue a doutrina para introduzir-nos nos céus, e não que iremos nos auto-introduzirmos no céus. Veja bem, o irmão Eleoterio disse: “leiam a Bíblia, pois ela é a base para firmamo-nos em uma Sã Doutrina Cristã e, no fim introduzir-nos no céu.”

        Deus o abençoe.

  20. Ninguem quer seguir os conselhos de Paulo para ficar solteiro. rs, é como uma viúva disse a um cooperador amigo nosso, “eu estou no fogo da carne irmão” rs.

    Seguir Jesus e ler a Bíblia diariamente.

    A Paz.

    Claudio (ovelha, CCB Min Brás)

    • Cláudio,

      E sobre dois ou tres falarem em linguas dentro do culto e somente havendo interpretes?

      E sobre mulher estar calada dentro do culto (completamente muda, sem orar, testemunhar e chamar hinos).

      hehehe

      • Irmão, HP, não se iluda. Vejo que o irmão precisa da guia do Espírito Santo para entender o que Deus já tem revelado nas Escrituras. O que o irmão deixa explícito em seus comentários é que, apesar de ter sido honrado por Deus para estar na frente do povo, não tem dado o devido valor ao nosso Instrutor “E o Espírito de Deus vos guiará em toda verdade”.
        Bem, a resposta para a sua pergunta está em 11 de Aos Corintios “Toda vez que a mulher orar ou profetizar que ponha o véu”. Sendo assim, entende-se que a mulher não pode somente usar de doutrina na igreja.
        Portanto, continue dizendo aquela famosa frase para honrar mais e mais Aquele que morreu por nós na cruz ” Não temos nada, se de Deus não nos for revelado, somos vasos vazios”.

        • Irmão João.

          Todos precisamos da guia né? Não é apenas o irmão que nota isso em mim. Eu mesmo sei.

          Quanto a honra de ser do ministério, quando não era pensava igual o irmão. Hoje vejo que tenho apenas que servir. Honra é para Cristo que fez tudo na Cruz. Eu reputo minha honra como vergonha. Vergonha por ser pecador e nao amar a Deus como Ele merece… ainda bem que na Cruz Cristo me amou. Gloria a Ele eternamente.

          Abraço meu irmão. Deus te abençoe.

          • Mas é dessa honra que eu estou falando, pois para nós já é uma honra estar na graça de Deus, maior ainda é servir. Quanta honra é servir os pequeninos do Senhor. Em todo caso, o irmão está certo, toda honra e toda glória sejam dadas a Deus.

            Deus o abençoe.

          • Irmãos,

            Sobre ficar solteiro, foi uma RECOMENDAÇÃO de Paulo, não ORDENANÇA. Ele mesmo disse que aquele que não consegue, que tenha a própria mulher. É um absurdo comparar essa situação com o uso do véu.

            Com relação à necessidade de interpretes para o dom de linguas, concordo com o irmão. É algo que INFELIZMENTE não seguimos, pois o dom de línguas é algo que edifica apenas a pessoa, e os que ouvem nada entendem, a não ser que haja interprete. Precisamos melhorar nessa parte.

            Agora porque cometemos esse erro, devemos obrigatoriamente deixar de seguir a ordenança do véu??? Um erro faz dois acertos???

            hehehehehehe

            Ps.: Com relação as mulheres ficarem caladas, refere-se a postura de liderança na igreja, quando estão reunidos.

            1Co 14:26-35 “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais… como em todas as igrejas dos santos. As mulheres estejam caladas nas igrejas, porque lhes não é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é indecente que as mulheres falem na igreja”.

            Viram o “vos ajuntais”??? Por favor não utilizem um verso isolado esquecendo todo o contexto.

            As mulheres podem orar (na igreja), e também podem profetizar (nesse caso não na igreja, mas em diversos lugares). Porém quando orarem e profetizarem, devem utilizar o véu.

            Para esclarecimento, recomendo ler o artigo abaixo do irmão Mario Persona (ele não é da CCB). É muito esclarecedor.

            http://www.respondi.com.br/2009/12/por-que-so-paulo-manda-as-mulheres.html

            Deus os abençoe!

      • De fato, irmão Claudio, quando Paulo falou a respeito da virgidade ele fez questão de deixar claro que era um conselho seu, pessoal, e não da parte do Senhor, portanto não era mandamento.”Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra.” Por isso, o mistério recentemente emitiu ensinamento para a irmandade não forçar os ultrapassados na idade a casar-se.

        A respeito de falar em línguas na igreja, o irmão HP está sendo mais uma vez injusto com o ministério, pois sempre fomos ensinados a conter o dom de línguas em testemunhos, quando já há um irmão orando; e na pregação da Palavra.

        Deus o abençoe.

        • Irmão Joao1

          Eu nem sabia que esse texto era sobre virgindade, muito grato.

          Quando Paulo fala do véu ele manda agente julgar, eu já fiz minha parte, acho indecente e ponto final, aliás, uma das maiores indecências entre nós é essa, de a mulher estar com a cabeça descoberta.

          A Paz.

          Claudio (ovelha, CCB Min Bras por enquanto)

        • Amado,

          O ponto sobre a línguas que falei era a respeito da necessidade de intérprete.

          Deus abençoe

  21. Daniel Kauphan - Romário disse:

    SUPOSTO DIÁLOGO ENTRE DOIS EVANGÉLICOS – UM DA CCB E O OUTRO DA ASSEMBLEIA DE DEUS

    Os dois pegaram um ônibus e por acaso sentaram um ao lado do outro. Certo tempo depois, o assembleiano puxou conversa com membro CCB, dizendo:

    Assembleiano: Como os tempos mudaram com os meios de transportes modernos, as grandes distâncias se tornaram pequenas. Está na Bíblia, lá no livro de Daniel, que muitos correrão de uma parte para outra e a ciência se multiplicará (Daniel 12).

    Membro CCB: – É verdade, você é evangélico?

    Assembleiano: – Sim, sirvo a Deus na Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal do mundo! Pelo seu jeito, você também parece que é evangélico, acertei?

    Membro CCB: – Sim. Pela graça e misericórdia de Deus, sirvo a Deus por Jesus Cristo na Congregação Cristã no Brasil.

    Sorridente, o assembleiano diz: – Ah, você é da igreja do véu!

    Membro CCB: – Não, prefiro que diga: – igreja do Senhor Jesus.

    Assembleiano: – Como você não estuda a Bíblia e não tem noção de hermenêutica, sabia que o uso do véu não é mandamento, mas apenas uso e costume local?

    Membro CCB: – Bem, eu estudo Hebraico e Grego Bíblico, como também tenho vários livros acadêmicos da área teológica, inclusive da sua igreja. Eu provo dentro dos livros publicados pela sua própria igreja que o uso do véu não é meramente uso e costume, não sendo apenas local; mas mandamento do Senhor para todas as igrejas.

    Com uma risadinha amarela, o assembleiano responde: – Até que enfim, um “CCBeano” que estuda a Bíblia! Mas você “tá” enganado, o uso do véu não é mandamento, mas uso e costume!!!

    Abrindo a mochila e retirando um dicionário, o membro CCB diz: – Então veja esta publicação da sua igreja:

    “Descoberta
    Akatakaluptos, (akatakaluptoV ), “descoberto” (fornecido de a, elemento de negação, e katakaluptõ, “cobrir”), é usado em I Cor. 11.5,13 (“descoberta”), com referência a injunção proibindo as mulheres estarem sem “véu” ou “descobertas” nas reuniões da igreja. ¶Pouco importando que tipo de cobertura seja, deve estar na cabeça como “sinal de poderio” (I Cor. 11.10), e cujo significado é indicado em 1 Cor. 11.3 no assunto de supremacia, e cujas razões são dadas em 1 Cor. 11.7,9 e na frase “por causa dos anjos” (1 Cor. 11.10), indicando o testemunho e interesse deles naquilo que indica a supremacia de Cristo. As injunções não eram nem judaicas, que exigiam que os homens cobrissem a cabeça na oração, nem gregas, pelas quais homens e mulheres ficavam igualmente com a cabeça “descoberta”. As instruções do apóstolo Paulo eram “mandamentos do Senhor” (1 Cor. 14.37) e eram para todas as igrejas ( 1 Cor. 14.33,34).” (Dicionário Vine – O Significado Exegético e Expositivo das Palavras do Antigo e do Novo Testamento, pág. 547. 2ª Edição, 2003. CPAD – Casa Publicadora das Assembleias de Deus, Rio de Janeiro, Brasil).

    Surpreso, o adepto da AD responde: É… Eu não sei o que dizer, “tá” mesmo escrito ai. Mas vocês não dão o dízimo, e a Bíblia chama de ‘ladrão’ aquele que não é dizimista, “tá” lá em Malaquias 3.8!

    Pegando outro livro, o Membro CCB refuta: – Amigo, o dízimo só é mandamento na Lei de Moisés, antes e depois da Lei o dízimo não é mandamento e os pastores da sua igreja dizem que o dízimo está em pé de igualdade com a guarda do sábado e festas judaicas, confira:

    “Como se vê, o Cristão não está sujeito às leis do dízimo, como não está obrigado a guardar e observar as festas judaicas, nem tampouco o Sábado.” (Amaral, Pr. José. A Igreja do Veu – Igreja ou Heresia? – Toda a verdade sobre a Congregação Cristã no Brasil, pág.76, Intergraph Editora e Form. Ltda. 4ª Edição 2001/ Goiânia, Brasil).

    Com o livro ainda na mão, o Membro CCB conclui: – Digo mais, além de haver neste livro vários erros de grafia, contradições inúmeras, erros de hermenêutica e consequentemente de exegese, ainda foge da dura empreitada que é o de manifestar ‘toda’(?) a verdade sobre a CCB.

    Desconcertado com a resposta e sem saber o que falar, o crente da AD fica calado. Minutos depois, mudando o assunto e denotando segurança, ele abre a Bíblia em Hebreus 13:7, 17, e vai logo disparando: – Olha aqui, ó! Aqui fala para lembrarmos dos nossos “pastores” e que devemos obedecer a eles. Por falta de estudo vocês são contra o ofício pastoral contrariando Hebreus 13:7, 17. É por isso que eu digo que vocês da CCB precisam ler mais a Bíblia!

    O crente da CCB sorri, e educadamente procura esclarecer ao outro: – Amado, eu creio que você já ouviu falar nas Escrituras Gregas Cristãs, nessa direção, digo-lhe que nos Textos Gregos Originais, para “pastor” o devido texto deveria trazer a palavra grega “poimhn” (pastor), mas a palavra que se encontra em Hebreus 13:7, 17 é “’hgeomai“ (líder). A devida passagem apenas diz para lembrarmos e obedecermos aos nossos “líderes”. E os líderes na igreja primitiva eram os anciãos (Atos 14:23). Também, se o irmão estudasse a Bíblia se valendo das ferramentas da hermenêutica, saberia que pastor é um dom espiritual (Efésios 4:8) e não um ofício (Tiago 1:17).

    Em tom de ira por ver suas palavras caírem por terra, o crente da AD vai logo esbravejando: – Num tem nada a ver! Mesmo que lá em Efésios 4:8 diz que é “dom”, e em Hebreus 13:7, 17 não seja ‘pastor’, eu sou ensinado que é ‘ofício’ pastoral e ponto final! Tem mais, a primeira pessoa no Brasil a ser batizada com o Espírito Santo, foi a irmã Celina Albuquerque!

    O membro da CCB insiste: – Olha, para mim o que importa é o que está na Bíblia, o que não estiver de acordo com Ela não me interessa. Quanto a primeira pessoa no Brasil a ser batizada no Espírito Santo com evidência de novas línguas, o amado está cometendo um erro histórico grotesco. A pioneira no Brasil com respeito aos dons espirituais foi a CCB e não a AD. Cerca de 365 dias antes de D. Celina Albuquerque, vários membros da CCB já desfrutavam desta dádiva divina. Se os irmãos da Assembleia propagam isso que acabou de proferir, estão faltando com a verdade e a história está ai para corrigi-los.

    O Assembleiano, sem esconder sua arrogância atacou: – Você precisa ir para escolinha dominical estudar a Bíblia e receber aulas de teologia sistemática, sua igreja é uma ‘seita’!

    Decepcionado com o membro da AD, o membro da CCB finaliza: – Irmão, não sou contra a vossa escolinha dominical, mas sou ensinado na CCB a ler a Bíblia, examiná-La de forma circunspecta e meditar nEla, mas sempre confiando no que está escrito em Tiago, que diz:

    “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.” (Tiago, 1:4, 5)

    Quanto ao que o amado chama “seita”, prefiro me ater ao nosso ensinamento em não chamar nenhum grupo de cristãos de ‘seita’ – ainda que o seja. Para que o irmão venha a descer dessa arrogância deveria saber que o teto da sua “casa” é de vidro, para isso irei citar um escritor de fé batista e o que ele pensa da sua igreja, confira:

    “Todos, também os das Assembleias de Deus, ensinam os mais graves absurdos e em igual ímpeto embusteiro iludem e exploram o povo ignaro sempre disposto a ser enganado.” (Pereira Reis, Aníbal. Católicos Carismáticos e Pentecostais Católicos, pág. 50, Edições Caminho de Damasco Ltda, 1982, São Paulo).

    Feito isto, ignorando os impropérios do assembleiano, o membro da CCB desiste do diálogo para fugir de contenda, e preferiu ficar calado para que tivesse uma viagem tranqüila. Este suposto diálogo – semelhantemente – já aconteceu comigo ao dialogar com um suposto ‘apologista’ assembleiano. Não são todos assim, tal qual há entre eles, também há entre nós. Digo mais, a CCB nunca confeccionou livros atacando as demais igrejas, entretanto, muitos pastores da AD elaboram livros falando mal desta ou daquela igreja, as livrarias evangélicas que o digam. Erram os assembleianos, pois pensam que todos os membros da CCB não possuem conhecimento Bíblico, este texto serve para comprovar isso, não raras vezes tenho dialogado com assembleianos, muitas vezes fico desapontado com a forma com que me tratam, outros, são educados e dá gosto conversar sobre as grandezas de Deus.

    Finalizo esta matéria com as palavras de Jó:

    “Porventura o ouvido não provará as palavras, como o paladar prova as comidas?” (Jó 12:11).

    Romário N. Cardoso

  22. Caros irmãos.

    Véu, guarda do sábado, transfusão de sangue, saia longa e barba comprida, se encerram, não raras vezes, em ataques, geralmente sem consenso, ficando seus defensores e contrários tal como se encontravam antes.

    Doutrina que exclui, ao levantar uma bandeira necessariamente você precisa abaixar as demais, eu chamo de a doutrina HIV, é autoimune, e o corpo paga.

    Nossa sorte é que esse vírus não atinge a cabeça.

    O sacrifício de Jesus é a vacina, proteja-se.

    Respondendo mais uma vez ao Apóstolo S Paulo:

    -Eu acho uma indencência sem quantidade uma mulher orar a Deus com a cabeça descoberta, afinal de contas, quem ela pensa que é?

    Uma vez eu estava em Santos a trabalho, num dia de janeiro bem quente, e fui até um supermercado comprar umas coisas, eu de terno, gravata e tal, o povo ficou me olhando estranho.Eu fiquei chateado, afinal de contas estava trabalhando e eles de férias, curtindo a vida, trajes de banho e tal. Difícil pra ambos, dependendo do contexto você fica mais em evidência.

    Ontem ouvi (eu ouvi, não contaram pra mim) de um diácono:

    Ministério é ancião.
    Instrumento é bombardão.
    Igreja é Congregação.

    Achei legal, queria compartilhar com os irmãos aqui.

    Ler a Bíblia diariamente.

    A Paz.

    Claudio (ovelha CCB min Brás, por enquanto)

  23. Ao pé da letra.

    Se é pra ficar calada, que mulher profetiza com a cabeça coberta?

    A Paz.

    Claudio (ovelha, CCB Min Brás, por enquanto)

  24. Somente para finalizar o assunto do véu, pelo menos da minha parte, o irmão HP usou o argumento de que o véu não é mandamento, pois a Bíblia se refere a ele somente em único capítulo. Logo, recorreu como apoio de sustentação para tal argumento um versículo que Paulo disse que devemos nos batizar pelos mortos, e ainda perguntou: “E aí, irmãos, devemos nos batizar pelos mortos também”?

    Pois bem, depois desse comentário do irmão HP, fiquei com uma dúvida danada a esse respeito, pois nunca tinha ouvido falar isso e nunca havia lido essa parte. Acredito que alguns aqui ficaram com a mesma dúvida.

    Assim sendo, passei a semana inteira meditando nesse referido assunto, e encontrei a passagem mencionada pelo caro irmão. Depois que a encontrei percebi que já havia lido antes, porém como minha interpretação anterior tinha sido diferente não lembrava mais.

    Nessa passagem fica claro que Paulo referia-se a ressurreição dos mortos, pois havia uma contenda na igreja de Coríntios a esse respeito.

    ICo 15:12,13,14 “Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?
    E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou.
    E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.

    ICo 15:29 “Doutra maneira, que farão os que se batizam pelos mortos, se absolutamente os mortos não ressuscitam? Por que se batizam eles então pelos mortos?”

    Eu, particularmente, acredito que a contenda tenha partido de alguns novos convertidos provenientes de uma seita judaica que não acreditavam em revelação, anjos e ressurreição dos mortos.

    Portanto, devemos sim nos batizar com a certeza de que Deus tem poder de ressuscitar os mortos, pois se isso não ocorrer os que dormiram em Cristo estão perdidos.

    Obs.: ICoríntios 15 discorre inteiramente sobre esse assunto, leiam todo capítulo.

    Deus vos abençoe.

  25. Ainda não me responderam que Lei é essa do 14:34 de 1 Co, queria o número dela se possível.

    Véu nunca foi ordenança de Paulo assim como ficar solteiro tb não foi.

    Ele mesmo mandou agente julgar se é decente a mulher orar descoberta, Paulo sabia muito bem do risco desta palavra, e de acordo com a decência não teria alternativa na época, então a mulher usaria o véu quando orasse, do contrário, não diria isso, falaria para por o véu e ponto final.

    Quem dita decência ? O Costume (lei e moral) ou a Bíblia ?

    Numa praia o uso de traje de banho não fere a lei, já na avenida Paulista seria crime vc se trajar desta forma, sugiro ao “personal” de vcs consultar nosso Código Penal e jurisprudência a respeito.

    Segundo o posicionamento de alguns, Paulo não ganharia uma alma sequer do litoral paulista, pela Graça de Deus, Paulo não se corrompeu ao levar o Evangelho e procurou derrubar os obstáculos que insistimos em reerguer, fazendo papel de escriba.

    Eu já me posicionei quanto a isso e reafirmo, é indecente uma mulher orar sem usar o véu, chega a ser imoral segundo nosso costumes brasileiros, aliás é uma grande senão única demonstração de decência da parte de uma mulher o uso do véu.

    Quanto à explicação de um personagem ai da net, fico com a Bíblia, pois quando Caio fala bem da CCB seguimos a Caio, quando fala mal seguimos a Paulo, para essa conversa não chegar até Maomé fico com Jesus, respeito os contrários, mas se não estiver com a Bíblia pode ir ver se eu tô na esquina.

    Como diz minha mãe “Valha-me Deus”.

    A Paz.

    Claudio(ovelha, CCB Brás, por enquanto, lembrando do sacrifício de Cristo)

    • Prezado Claudio,

      Se está referindo ao irmão Mario Persona, como personagem da net, informo a você que ele também já criticou a CCB, criticou inclusive a mudança do nosso ponto de doutrina. Gosto de utilizar as opiniões dele porque se embasa sempre na bíblia, enquanto que o Caio Fábio já desqualificou publicamente a Bíblia.
      Eu mesmo, nesse blog, critiquei muito a CCB. Mas nesse ponto não estou discutindo a CCB. Estou discutindo sobre o uso do véu ser doutrina ou costume. O irmão insiste sempre em levar essa conversa para CCB.

      Acho um absurdo o irmão criticar a CCB por a liderança dizer que a Bíblia contém (o que eu também critico), e ao mesmo tempo insinuar (pois até agora não teve coragem de dizer abertamente), que o apóstolo Paulo mentiu descaradamente ao dizer que o uso do véu tem relação com os anjos. O que o irmão faz é muito pior que dizer que a Bíblia contém. Ora, se a bíblia apresenta uma mentira para convencer pessoas a seguir costumes de uma região e nem deixa claro aos leitores que aquilo é uma mentira (as mentiras do velho testamento foram escritas de maneira que o leitor sabia que era mentira, não causando confusão), poderia ser a Palavra de Deus?

      Com relação a ser solteiro, está claro. O apóstolo RECOMENDA a ser solteiro para servir a Deus com mais liberdade, pois o solteiro pode se dedicar completamente ao evangelho, enquanto que os casados precisam se preocupar com as obrigações do casamento. Ele mesmo disse que se não puderem, que se case. Está claro.

      Com relação ao “Julgue entre vós mesmos”, o apóstolo está simplesmente pedindo aos leitores que utilizem o bom senso de seguir uma doutrina inspirada por Deus e que havia sido previamente passada por ele.

      Caso fosse um costume, o apóstolo simplesmente diria :

      -”Irmãos, por favor, um cristão não pode causar escândalos. Se em sua região uma mulher não utiliza o véu, será considerada uma meretriz e causará escândalo ao evangelho. Temos a obrigação de dar bom testemunho aos gentios”.

      Causaria algum problema ao apóstolo escrever dessa forma ao invés de gastar uns 7 versos inventando uma história que envolve anjos???

      Já deixei alguns links de um irmão explicando acerca das mulheres ficarem caladas na igreja. Está tudo lá meu irmão, e esse irmão que é personalidade da Net, não é membro da CCB e inclusive criticou em outras oportunidades a CCB. São explicações com embasamento bíblico.

      Por favor amado, siga a bíblia, e não interpretações de teólogos que possuem a obrigação de defender as ideías de suas denominações acima do que está na Bíblia. Infelizmente também fazemos isso na CCB.

      Deus o abençoe!

      • Irmão Samuel, se me permite, nesse ponto concordo plenamente com o irmão.

        A Paz.

        Claudio (ovelha, CCb Min Brás, por enquanto)

  26. Evangelista Cristão sobre mular calar na Igreja

    Sobre o uso do véu eu postei detalhes, inclusive sobre vocabulário,provando que Paulo doutrinou o uso do véu e, o porque !!

    Sobre mulher calar na Igreja, está claro no texto; A mulher não pode ensinar, ou seja, doutrinar, pregar,mas, isso não a impede de orar(pedir pelo povo), Testemunhar(agradecer por obras alcançadas), Chamar hinos(povo louvar a Deus).

    Evangelista Cristão postando com fundamento.

  27. Evangelista corrigindo a falta de letras

    Onde postei mular, faltou letras. Quería postar MULHER. Desculpem

  28. A lei qual era?

    A Paz.

    Claudio (ovelha CCB min Brás)

  29. Peregrino - ccb disse:

    Ao irmão Claudio,

    Qual é a lei? A lei de Cristo: “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” Gálatas 6:2

    • Claudio disse:

      Amado Peregrino CCB

      Agradeceria se o irmão puder me dizer o Artigo desta Lei, só para eu confirmar se já não foi revogado.

      Continue lendo a Bíblia diariamente.

      A Paz.

      Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

      • peregrino - ccb disse:

        Irmão Cláudio,

        A paz de Deus.

        Os mandamentos da lei de Cristo estão dispersos por todo Novo Testamento. Como exemplo, posso citar o rito da santa ceia, o ósculo santo, o uso do véu pelas irmãs, o não uso de cobertura na cabeça pelos irmãos quando oram e profetizam, a crença no cumprimento da promessa do Espírito Santo e seus dons, etc.

        Irmão, para cada Aliança que Deus fez com o ser humano, povo judeu ou humanidade, Ele estabelece uma lei (com mandamentos) e respectivas promessas. A doutrina pregada pelo Apóstolo Paulo passa pela separação das Alianças, leis, mandamentos e promessas. Sabendo isso, acredite, nunca mais será enganado pelas religiões. E mais, a CCB está totalmente inserida nessa doutrina santa pregadas pelos Apóstolos.

        Deus te abençoe.

        peregrino – ccb

        • Peregrino-CCB.

          Eu perguntei o número da lei justamente para ter conhecimento dela por completo.

          O amado poderia me dizer onde está escrito Santa Ceia na Bíblia?

          Tenho seguido esses rituais todos, ósculo santo etc, mas ainda pairam dúvidas amantíssimo, de como devo proceder para herdar a vida eterna, já que tenho cumprido à risca as doutrinas da CCB, me ajude, será que fazendo isso eu entro no céu?

          De qualquer forma valeu a dica, tomara que eu não tropece em nenhuma dessas regrinhas ai, ore por mim.

          Que Deus continue o abençoando.

          A Paz.

          Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  30. Peregrino - ccb disse:

    Ao irmão Claudio,

    A paz de Deus.
    Se continuar lendo o texto de ICo:14-35 ao verso 37, verá que é mandamento do Senhor. Ou seja, lei de Cristo.

  31. Evangelista Cristão sobre uso do véu.

    VÉU NÃO É COSTUME,MAS, DOUTRINA – 1 Cor. 11.Vs.1 ao16

    Ao ordenar “que ponha o véu”, o verbo“ pôr” está na 3ª pessoa, no modo imperativo do presente. Isso mostra e indica que “antes” de estar no culto, no ajuntamento santo, a mulher se encontrava sem o véu, o cabelo, como diz o texto, estava ocupando o lugar, para isso foi dado em lugar, mas quando ora ou profetiza, “que ponha” o véu, já não é o cabelo. A Escritura não diria ” que ponha” se elas viessem de fora com o “véu” (mantilha), mas que “ permaneça ou continue” ! “Katakaluptesthô,” cujo verbo é “katakaluptô”, está no modo imperativo, aqui, ”o modo imperativo expressa uma ordem ou mandado.

    O tempo verbal grego koinê PRESENTE, indica que o verbo no caso acima, não está ligado, preso ao passado, mas “que está acontecendo, estado incompleto, em andamento” ( onde ? ) Nos países onde a mulher é proibida em sair de casa tendo a cabeça descoberta, não há problema algum em obedecer, uma vez que a palavra de Deus está regulando um problema interno, o modo do homem e da mulher se apresentar na reunião de adoração. 11.10 – “Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.”

    V. 10 – O uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve”(gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação resultante dos preceitos ou mandamentos da honra, os anjos são celestiais. Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas existentes em Corinto; tal interpretação é uma aberração aos anjos.

    A Bíblia por si mesma se explica”! E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa”dos anjos,não“costume”. Confundir “anjos” com “prostitutas,” o que é uma “o-fen-sa” à palavra de Deus e aos anjos !!!

    Vs. 14-15 – É ensino apostólico o homem não usar “cabelo comprido” (gr. komaô) por ser “desonroso”, por outro lado para a mulher o usar “cabelo comprido” ( gr. komaô) lhe é uma “glória” ou “honra”(gr. doxa = honra , glória). Por isso mesmo o cabelo lhe foi dado em lugar de véu. Ora, sendo o homem a “glória de Deus”, e a mulher “glória” do homem, porventura a mulher ficará sem “glória” ? É óbvio que não. Pois, o texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”. Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la,” e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória; O Cabelo (gr. komê) lhe foi dado em lugar de véu, quando a sua cabeça se encontrar descoberta, não na reunião de culto e adoração a Deus. O Senhor, em sua sabedoria, não deixou um tamanho padrão para o comprimento do cabelo, pois, o crescimento do cabelo pode variar de mulher para mulher.

    Evangelista Cristão véu é ponto doutrinal ….

  32. Evangelista Cristão véu é doutrina.

    VÉU NÃO É COSTUME,MAS, DOUTRINA – 1 Cor. 11.Vs.1 ao16

    Ao ordenar “que ponha o véu”, o verbo“ pôr” está na 3ª pessoa, no modo imperativo do presente. Isso mostra e indica que “antes” de estar no culto, no ajuntamento santo, a mulher se encontrava sem o véu, o cabelo, como diz o texto, estava ocupando o lugar, para isso foi dado em lugar, mas quando ora ou profetiza, “que ponha” o véu, já não é o cabelo.
    A Escritura não diria ” que ponha” se elas viessem de fora com o “véu” (mantilha), mas que “ permaneça ou continue” ! “Katakaluptesthô,” cujo verbo é “katakaluptô”, está no modo imperativo, aqui, ”o modo imperativo expressa uma ordem ou mandado.
    O tempo verbal grego koinê PRESENTE, indica que o verbo no caso acima, não está ligado, preso ao passado, mas “que está acontecendo, estado incompleto, em andamento” ( onde ? )
    Nos países onde a mulher é proibida em sair de casa tendo a cabeça descoberta, não há problema algum em obedecer, uma vez que a palavra de Deus está regulando um problema interno, o modo do homem e da mulher se apresentar na reunião de adoração.
    11.10 – “Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.”
    V. 10 – O uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve”(gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação resultante dos preceitos ou mandamentos da honra, os anjos são celestiais. Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas existentes em Corinto; tal interpretação é uma aberração aos anjos.
    A Bíblia por si mesma se explica”! E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa”dos anjos,não“costume”. Confundir “anjos” com “prostitutas,” o que é uma “o-fen-sa” à palavra de Deus e aos anjos !!!
    Vs. 14-15 – É ensino apostólico o homem não usar “cabelo comprido” (gr. komaô) por ser “desonroso”, por outro lado para a mulher o usar “cabelo comprido” ( gr. komaô) lhe é uma “glória” ou “honra”(gr. doxa = honra , glória). Por isso mesmo o cabelo lhe foi dado em lugar de véu. Ora, sendo o homem a “glória de Deus”, e a mulher “glória” do homem, porventura a mulher ficará sem “glória” ? É óbvio que não. Pois, o texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”.
    Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la,” e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória; O Cabelo (gr. komê) lhe foi dado em lugar de véu, quando a sua cabeça se encontrar descoberta, não na reunião de culto e adoração a Deus.
    O Senhor, em sua sabedoria, não deixou um tamanho padrão para o comprimento do cabelo, pois, o crescimento do cabelo pode variar de mulher para mulher.

    Evangelista Cristão falando da biblia num contexto completo

  33. O Apostolo Paulo recebia salário de outras igrejas. (leia 2 Coríntios 11:8)

  34. O véu foi uma imposição na época as mulheres por causa da idolatria da região de Corínto.

  35. Não só na região de Coríntio, mas leia também sobre a igreja de Éfeso.

    • …Ou melhor, observe a idolatria na região da igreja de Éfeso e analise a sua história.

      • Cristão Ortodoxo disse:

        Yarude, hoje não temos só as escrituras sagradas que atestam o uso universal do véu pelas igrejas cristãs. Temos a literatura patrística que são documentos hístoricos que atestam o cumprimento desta doutrina em várias partes do imperio romano. Isto é prova que não foi uma situação peculiar em corinto que morivou a implementação do véu na igreja.

        Deus abençoe.

  36. “Se a CCB tivesse adotado a prática de suas mulheres usar o véu, mas não condenasse as que não usam, não teríamos nada a dizer. Convém salientar que o uso do vestuário no culto, tal como véu, chapéu, roupas etc, depende de cada cultura , pois “os costumes se alteram e as exigências também”: Essa questão do véu transformou-se em polêmica por parte de alguns, mas, porém, basta estudar a questão cultural dos orientais paras se perceber que é apenas um costume local.”

    Eu acho que o problema está aqui justamente no fato de que, se não condenasse quem não usa, não teria problemas.

    Enquanto estudamos a História, inclusive do vestuário, vemos a modificação do mesmo ao longo dos anos. A Igreja em Corinto era uma igreja local recheada de problemas, e coube a Paulo orientá-los. As prostitutas não deviam submissão a ninguém – logo, não precisavam ter a cabeça coberta.

    Eu faço parte da Igreja. E não cubro a cabeça. E por isso, não serei salva? Acaso sou eu menos do que as irmãs que o usam? Não creio nesta ‘obrigatoriedade’ e no exclusivismo que isso causa – detalhe: poucas irmãs aqui, comentando. Sempre são homens que definem o que elas usam ou deixam de usar. Bem interessante.

    • Olá, Érica!

      Muito me alegra ler depoimentos assim de quem preserva seu senso crítico e não se deixa levar pela crendice religiosa que nada diz do Evangelho de Cristo, que como você diz, não tem qualquer ligação com condenação.

      Além do mais, gosto particularmente, de quem se posiciona! Portanto já sou sua admiradora ;)

      Se achar por bem, dê uma lida no meu texto de hoje:
      http://reginafarias.blogspot.com.br/2013/11/pastores-e-pastoras.html

      Fique à vontade também para ‘navegar’ noutros textos.
      Peço a Deus que sejam edificantes pois essa é a ideia rss

      Um abraço fraterno!

      RF.

      • Olá, Regina!

        Eu publiquei um comentário gigante, mas como minha senha havia sido perdida, não apareceu, e eu não o salvei, então, fica a resposta: A admiração é recíproca.

        O problema é que o homem sempre quer saber mais que o outro homem, e se for uma mulher falando, isso se multiplica por dois.

  37. Evangelista Cristão

    O uso do véu é Doutrina………

    I Cor. 11v.10 – O uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve”(gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação resultante dos preceitos ou mandamentos da honra, os anjos são celestiais.

    Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas existentes em Corinto; tal interpretação é uma aberração aos anjos.

    A Bíblia por si mesma se explica”! E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa”dos anjos,não“costume”. Confundir “anjos” com “prostitutas,” o que é uma “o-fen-sa” à palavra de Deus e aos anjos !!!

    O homem é a “glória de Deus”, e a mulher a “glória” do homem. O texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”. Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la,” e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória;

    Evangelista postando que está na biblia a palavra DEVE………..

  38. Bem, o senhor vê a aberração porque concorda com tal ensinamento. Eu posso ver aberração por discordar de tal afirmação, e entender que o cabelo foi dado como véu à mulher.

    Porém, insisto: não é este detalhe que me fará ser salva ou não! A salvação é mediante o sacrifício de Jesus na cruz, dado pela Graça de Deus – é um favor imerecido! Mesmo que eu cumpra todas as ordenanças dos homens, e não tiver uma vida com os frutos do Espírito, em comunhão com os irmãos ( todos que creem que Deus amou o mundo de tal maneira…Jo. 3:16), e correndo a carreira que me está proposta… De nada valerá usar um véu, ou uma saia longa, ou os cabelos compridos, ou nunca usar maquiagem – NADA VALERÁ… porque eu seria como um sino , tocando, aquele barulho seco, e oco por dentro.

    E eu estou dizendo isso porque conheço irmãs que usam o véu, e não concordam com este costume, usam por obediência aos líderes religiosos.

    Enfim, o fim da Lei é Cristo, para todo aquele que crê. Eu amo os irmãos, não os excluo por seus costumes, mas sou excluída por eles. Então, existe algo errado nessa “obrigação” que “ofende” os anjos e a Deus.

    • Irmã Erica e demais.

      APDD e bom sábado a todos.

      Você é a prova viva de que um ensinamento sem base bíblica não se sustenta.

      O uso do véu é ridículo.

      Chega a dar pena das mulheres que se submetem a esse ensinamento terreno, acreditando que com isso estarão carimbando o passaporte para o céu.

      Basta ver o semblante das coitadas usando aquela indumentária, é nítido, aquilo está sobrando, ainda que seja melhor sobrar do que faltar né?

      Pra não me apelidarem injustamente de crítico de tudo, e por absoluta falta de definição bíblica do que seja esse véu obrigatório ai (cor, modelo,tamanho, desenhos, bordados etc), minha sugestão é a seguinte:

      1- Ao menos combinem com a roupa ou seu cabelo para não destoar, fique tranquila pois Deus saberá distinguir o véu das demais peças da sua vestimenta, e você não poderá ser punida pela CCB (o mais importante lógico).

      2-Nunca se esqueça – não adianta sobrar no véu e faltar no meio ou embaixo, o bom senso deve prevalecer (se é que me entendem).

      Não tenho tendências a ser estilista – linda profissão por sinal – mas no caso do véu a questão é unânime creio eu.

      Fazendo isso, ao menos contornaria esse problema de fazerem parecer alienígenas, as crentes brasileiras frequentadoras da nossa fabulosa CCB !

      Essa ao menos é a minha humilde opinião.

      Salvação é pela fé.

      Ler a Bíblia diariamente, por favor, pelo menos leia ao Gálatas então.

      Claudio (ovelha, CCB – min Brás, por enquanto)

  39. Evangelista Cristão

    O que eu descrevi acima é o que está na biblia.

    Sobre os grandes erros de algumas irmãs não invalida a obediência as instruções dadas pelo Espirito Santo na boca do apostolo Paulo.

    Sobre opiniões pessoais da beleza ou ridicularidade do uso do véu, nada tem haver com capitulos da biblia.

    Se o uso do véu para alguns é ridículo e ou feio eu respeito, afinal gosto não se discute.

    Deixando a biblia de lado e falando do meu gosto pessoal eu, acho lindo quando vejo um grupo de irmãs com véu. Acho MARAVILHOOOOSO !! Independentemente de raça, branca, asiática ou negra. O conjunto olhado do alto, mesmo sem ver o rosto, para mim é bonito.

    Sendo assim gostaria que respeitassem o meu gosto da mesma forma que respeito a opinião negativa descrita acima pelo Cláudio……………..

    Evangelista Cristão respeitando os gostos e desejoso em ser respeitado………….

    • De antemão, já me desculpo com o irmão bereiano…rs

      O senhor Eleotério me ofende ao julgar a minha capacidade de entendimento. =)

      Eu gostaria , realmente, de ser ignorante nas Sagradas Letras, porque a ignorância é a mãe da felicidade e de todas as tradições… Para o azar de muitos líderes (coloque o nome que quiser aqui) e irmãos que acham que tem o superior e correto entendimento da palavra de Deus, procuro estudar e conhecer a bíblia, não só pelo que me falam nos pulpitos- quem garante ao irmão que no meio de tanta heresia e interpretações errôneas, ela não seria esta?

      Então, não diga que estou errada, porque ao julgar as demais mulheres que creem no sacrifício de JEsus na cruz, e estão correndo a carreira cristã como você, o faz tão errado quanto elas… Ou o senhor acha que o que escrevi tirei de fora da Bíblia? Ou nossas bíblias são diferentes?

      Textos fora de contextos são pretextos para movimentos contraditórios e heresias.

      E não tem relação com o achar feio ou bonito – é uma questão de COSTUMES e peças de vestuário.

      A irmã Regina Farias deu uma explicação excelente, deveria ler e pedir discernimento ao Espírito Santo – e não aos irmãos – que fale ao seu coração.

      http://bereiano.wordpress.com/2011/04/28/fundamento-do-veu-r-cardoso/#comments

      Obs.: Se vier com a história de que a letra mata, mas o espírito vivifica, eu vou perguntar se realmente leram o contexto onde está este versículo.

  40. Eu ainda não entendi bem a relação entre a mulher ter cabelos compridos ser sinal de poderio por causa dos anjos.Como assim ? Alguem mencionou “submissão” , mas mesmo assim fiquei sem entender.Alguem pode me explicar ?

    • Sônia, minha querida,
      Eis a minha singela opinião rss

      Primeiro, falando sobre o véu e o cabelo grande da mulher. Veja que se trata de algo meramente CIRCUNSTANCIAL considerando que a referência é sempre em relação à mulher CASADA. Há SEMPRE uma associação com a posição do marido em relação ao CASAL.

      Observe, portanto, que não se trata de uma ordem (ou mandamento, como queiram rss) para as mulheres de modo geral, já que a referência é à ‘autoridade’ do homem sobre SUA mulher. Não há qualquer referência à mulher solteira. O que nos leva a entender que Paulo estabeleceu a regra para manter uma disciplina, uma ordem no culto naquele contexto onde a mulher casada e séria era reconhecida e respeitada pelo seu cabelo coberto ‘duplamente’. (Já nos dias atuais isso não serve como referência, bora combinar…)

      Veja que se trata de algo relacionado ao COMPORTAMENTO naquele lugar e contexto histórico (e que não pode ser simplesmente descartado como muitos fundamentalistas vêm fazendo). A importância dos cabelos ali envolvia dois aspectos fundamentais: distinguir claramente os sexos e afirmar publicamente o compromisso da esposa (Não há referência às SOLTEIRAS). Em outros contextos bíblicos, tanto homens como mulheres deixavam seus cabelos crescerem. Os cabelos eram uma característica física importante para vários homens da Bíblia, como Absalão, cujos cabelos longos, espessos e muito admirados, eram cortados anualmente, por ficarem pesados demais. (2Sm 14.26). Eliseu, por outro lado, era ridicularizado por sua calvície. (2Rs 2.23).

      Parece paradoxal, mas se entendermos que se trata de uma medida disciplinar, observamos claramente que não tem ligação com ‘autoridade’ no sentido pejorativo e tão somente em relação ao amor. Se o homem não amar a sua mulher e a sua casa, jamais será ‘o cabeça’ e, consequentemente, jamais terá qualquer autoridade espiritual, pois não existe autoridade sem amor.

      É sempre desse homem QUE AMA que eu falo e que digo que ele é ‘o cabeça’ da mulher. Por AMOR e jamais por imposição.

      Daí Paulo falar aos efésios, EM PRIMEIRO LUGAR do amor do homem – e não da submissão da mulher – ordenando que todo homem ame a sua mulher, DE MODO QUE ele seja o cabeça da esposa ASSIM COMO Cristo é o Cabeça da verdadeira Igreja. Trata-se de uma submissão voluntária onde a mulher serve ao marido (que por sua vez a ama como a si mesmo!) na mesma proporção em que a Igreja serve a Cristo com liberdade e dignidade. Observe a correlação de AMOR sempre!!!

      Não há superioridade diante de Deus pois o próprio Paulo e João dizem que em Cristo, somos UM SÓ.

      “Em Cristo não há judeu nem grego; nem escravo, nem liberto, nem homem nem mulher”.

      O que significa que, diante de Deus há um nivelamento para todos os seres humanos. Ao pé da CRUZ não há distinção de raça, de credo nem de sexo.

      Em relação aos anjos (no meu entender), seria porque, hierarquicamente, eles estariam em posição superior e ‘assistindo’ as mulheres cumprindo ou não aquela ordem.

      Espero ter ajudado.

      Deus te abençoe!

      R.

      • Excelente explicação.

        As prostitutas tinham o costume de andar de cabelo raspado, ou bem rente à nuca – era uma forma de provocação. E a mulher cristã, casada, para reconhecer a autoridade do marido enquanto cabeça dela, usuaria seus cabelos compridos – para diferenciá-las.

        Hoje em dia, temos uma aliança de ouro, geralmente, para demonstrar tal respeito.

      • Só um detalhe. Não é apenas em Corinto que as mulheres usavam véu na igreja. Há registros arqueológicos que comprovam que a igreja em Roma, na mesma época também usava o véu (pesquise as catacumbas de Roma no google). Então esse negócio de dizer que o véu era algo para aquela região, não cola. Isso sem falar, que a carta à Igreja de Corinto, era destinada à todos os crentes daquela época (ver no capítulo 1).

        Regina,

        Não seria mais simples o apóstolo Paulo, ter dado uma explicação semelhante à sua, ou seja, dizer algo como “As mulheres devem usar cabelos compridos para haver diferenciação e evitar escândalos nessa região que não aceita mulheres com cabelos curtos”? Para que ele teria que colocar anjos no meio, dizer que o homem é a glória e imagem de Deus, e todas as outras explicações???

        Se eu aceitar esse seu entendimento (sei que você não quer impor), eu terei que aceitar que o apóstolo era um “embromador”, que codificava tudo envolvendo o nome de Deus, anjos, profecias, e criando confusão, confusão tal que até a Igreja de Roma, na mesma época, passou a usar o véu. Assim eu questionaria a bíblia como inspiração divina.

        Assim não dá… Eu recomendo a todos, as explicações feitas pelo irmão Mário Persona, que transcrevo abaixo:

        http://www.respondi.com.br/2005/06/mulher-que-ora-sem-cobrir-cabea-est.html

        O uso de um véu ou cobertura para as mulheres não tem qualquer ligação com sua salvação ou mesmo com sua comunhão. A salvação é pela fé em Cristo e no Seu sacrifício consumado no Calvário. Dentro da ordem que Deus estabeleceu, o homem que cobre a cabeça quando ora desonra sua cabeça, que é Cristo. A mulher que não cobre sua cabeça quando ora desonra sua cabeça que é o homem (1 Coríntios 11.3‑5).

        Por não trazerem sobre a cabeça o sinal de poderio, que os anjos observam (vers. 10), as mulheres que não cobrem a cabeça quando oram estão desonrando os varões aos quais deveriam estar sujeitas, e fazem isto diante das potestades celestiais que deveriam estar aprendendo por meio da igreja (Efésios 3.10). Mas é importante lembrar que não é a obediência a preceitos como este que nos salva, mas unicamente a fé em Cristo e em Sua obra.

        A maioria dos cristãos hoje não segue este preceito, geralmente alegando questões culturais. O problema de analisarmos o que nos é ordenado nas epístolas dos apóstolos conforme a cultura, época e situação de cada um pode acabar levando ao pecado também em outras questões. Por exemplo, em nossa época fica cada vez mais comum coisas como o sexo fora do casamento e o homossexualismo. Embora a Bíblia deixe claro ser um pecado, alguns poderiam alegar que na cultura de nossos dias isto é aceito, portanto que a proibição estaria ligada à cultura e época em que a Bíblia foi escrita.

        Em 1 Coríntios 11, ao falar do véu ou cobertura da cabeça (para a mulher quando ora ou profetiza), a Bíblia diz:

        (1CO 11:10) “Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.”

        Se perguntarmos a um teólogo ele responderá que a passagem foi escrita por causa dos costumes, da época, das prostitutas que tinham cabeça rapada, da aversão de Paulo por mulheres, e outras explicações que você conhece também. Mas se perguntarmos à Palavra de Deus, veremos a resposta no próprio versículo. “Por causa dos anjos”. Anjos não seguem a moda, cultura ou costumes. E os anjos não mudaram desde então, embora essas coisas tenham mudado em nossa sociedade.

        • Samuel,

          Sem querer estender assunto (até porque a ideia não é de refutação), mas tb para não parecer que não dei atenção ao que vc (sempre tão respeitador, apesar de divergente), dirigiu diretamente à minha pessoa, vou falar somente duas coisas:

          Primeiro que há um equívoco aqui: eu não disse, em nenhum momento, que ‘apenas’ as mulheres de Corinto usavam véu. Pelo contrário, me parece mesmo é que elas não usavam ou não queriam usar, ou usar ao seu modo, ou quando quisessem… Enfim! O certo é que Paulo teve que intervir nesse sentido, determinando normas e fazendo analogias com Deus e sua Igreja.

          Quanto a outros esclarecimentos ainda sobre o uso de véu ‘em outras praias’, agradeço a dica, porém, culturalmente falando, não é necessário apelar para o Google. Ao longo da bíblia tem várias passagens que apontam esse costume, inclusive muitos véus chegavam a ser verdadeiras vestimentas! Portanto, essa não é a questão. Inclusive, não sou ‘teóloga’ mas, como estudiosa curiosa e pesquisadora por natureza (sem querer ser pretensiosa), eu tenho vários textos no meu blog sobre isso, resultado de estudos, ainda que não sejam nos tão exaltados bancos acadêmicos.

          Fique em paz, não tenho a pretensão de impor nada a ninguém, muito menos a tolice de levantar qualquer bandeira, menos ainda a de abolir véu em nenhuma religião, seja cristã ou muçulmana. Mas convenhamos! é no mínimo, contraditório, exigir com veemência o uso do véu na denominação e, no entanto, ouvir tantas vezes o que você mesmo disse acima:

          “O uso de um véu ou cobertura para as mulheres não tem qualquer ligação com sua salvação ou mesmo com sua comunhão. A salvação é pela fé em Cristo e no Seu sacrifício consumado no Calvário”. – E em seguida dizer, em outras palavras, que é mandamento ferrenho. Ora, se não tem ligação com o que é mais importante na alma de uma pessoa (COMUNHÃO e SALVAÇÃO) então já está dito TUDO acerca de sua importância. Você me pergunta de Paulo e eu te pergunto do Cristo que alguns pregam: que Boa Nova confusa e contraditória é essa?! Quanto a Paulo, nem queira que eu diga o que acho dele (enquanto ser humano falho e pecador, que muitas vezes em suas cartas, escreve ‘de si mesmo’), senão aí sim, você vai me considerar uma herege mesmo.

          Concluindo, repito que não quero polemizar, apenas expor meu pensamento. E, claro, se alguém quer ler o Persona (a quem admiro e compartilho grande maioria de seus pensamentos), que o faça – assim como a tantos outros – mas com total liberdade na mente que leva à reflexão e conduz ao desenvolvimento do senso crítico. E não assentindo robotizado, simplesmente porque já faz parte de algo ao qual foi ‘catequizado’. Fique tranquilo pois eu bem sei que dogma (crença, convicção, doutrinamento, etc) é algo considerando infalível e que nenhuma pessoa na face da Terra tem a capacidade de tirar da cabeça de ninguém. Por outro lado, entretanto, jamais me impediu de manifestar meu pensamento.

          • Oi Regina,

            Eu citei o seu nome, depois de ter dito sobre a questão de outras regiões também usarem véu. É que a Erica havia dito sobre a questão das prostitutas da época rasparem os seus cabelos. Esse é o argumento que “estudiosos” utilizam para dizer que o véu era restrito à região de Corinto. Me dirigi a duas pessoas na mesma mensagem, só que esqueci de citar a Erica. Foi mal…

            Com relação a Paulo, ora, há alguma diferença no que Paulo prega e pregava Jesus? O evangelho pregado por Paulo, era diferente? Qual é o problema em citar Paulo. Embora Paulo era alguém que comete pecados (como eu e você), acreditamos que o que foi escrito por ele foi inspiração divina. Então não há diferença no evangelho pregado por Paulo e o evangelho pregado por Jesus. A partir do momento que eu acreditar nisso, concentrarei-me apenas nos evangelhos, deixando as cartas de lado. Aliás, recentemente critiquei muito a denominação que frequento, a CCB, por dizerem que a bíblia contém a Palavra de Deus.

            Gosto muito de citar o Mário Persona, mas não me considero “catequizado” por ele, e nem quero arranjar seguidores. Eu somente coloco os links, para pessoas não pensarem que uso palavras dos outros como se fossem minhas, para me passar por sábio. Aprendi muito no blog do Mario Persona (não são buscas aleatórias no google). Muitas das vezes, em um único texto, ele tirou dúvidas que a vida inteira na CCB não me esclareceram. Mas não quero fazer propaganda dele. Fique tranquila com relação a isso, não deixo ninguém tirar a minha liberdade de pensar. Por exemplo, eu discordo do Mario Persona com relação a manifestação de dons concedidos pelo Espírito Santo.

            Leio muito também Caio Fábio, que aliás você também cita bastante, e concordo com a maior parte do que ele diz (admiro o conhecimento e sabedoria dele). Agora quando ele critica a inspiração divina da bíblia ou defende o aborto de um feto com síndrome de down revelada pelo ultrassom, aí eu sou um crítico ferrenho.

            Eu por exemplo, acho NOJENTO o exclusivismo e prepotência existente na CCB, mas acho louvável a tentativa de reproduzir a ordem, bons costumes, e doutrinas (que eu, por livre arbítrio, considero doutrina) presentes na bíblia, sem se preocupar com a “modernidade” do mundo (sem gospelização).

            Ora, quando alguém diz que uma ordenança de Deus não interfere na salvação, então a mesma não deveria ser considerada uma doutrina “ferrenha”, deve entender, que quando alguém segue uma ordenança, pode estar fazendo isso não como querendo uma recompensa, e sim para ser grato (na maneira que pode) pelo favor imerecido que recebeu. Não queremos comprar a salvação ou algo assim. Infelizmente na CCB muitos pensam diferente, mas há aqueles que pensam dessa forma citada por mim.

            Alias, um conselho a você Regina (que considero muito mais sábia que eu, sem hipocrisia). Você não é uma pecadora. Você é uma SANTA de Deus. A religião passou a utilizar o termo santo no sentido de imaculado, puro e etc. Mas na bíblia, o termo “Santo”, quer dizer separado. Então, a partir do momento que estamos sob a Graça, embora pequemos o tempo todo, já não temos o rótulo de pecador. Somos SANTOS, mesmo pecando. A corrente dos que criticam as “igrejas” e seu estado atual, adoram dizer “eu sou pecador” e aí criam uma legião de seguidores (eu também sou). Mas não, nós somos Santos, mesmo com todos os pecados que cometemos. Por isso que a Graça é Maravilhosa.

            Por fim, sem querer me estender e para fechar meu pensamento, afinal sou muito prolixo e não consigo colocar as ideias de forma objetiva. O problema em relação a crítica ao uso do véu, é quando pessoas leem o capítulo que fala acerca do tal, e dizem como se fosse algo de outro mundo interpretar esse capítulo como sendo uma ordenança de Deus o uso do tal véu, como se quem interpretasse isso fosse um alienado dominado pela religião. O Claudio por exemplo, disse nesse blog que o uso do véu é um costume ridículo. Muitos fazem até chacota disso, é só olhar alguns comentários nesse blog

            Ora, pessoas com liberdade de expressão, com ou sem estudo, pessoas sábias, eruditas, experientes e com bom senso, já leram esse capítulo e interpretaram que o uso do véu é uma ordenança. É só pesquisar no google, que verá que o uso do véu foi constante em todas as fases da igreja. Entretanto, nas últimas décadas foi deixado de lado pela maioria.

            Só acho importante respeitar e admitir, que é bem possível uma pessoas sensata, sem ter “amarras denominacionais”, sem ser dominada pela religião, sem ser “farisaica”, com total liberdade de pensamento, ler esse capítulo e chegar a conclusão de que o uso do véu é uma ordenança e não costume relacionado à tal época e contexto histórico. Só isso…

            O mesmo vale para quem lê e interpreta de outra forma. Vale para os dois lados. Um não pode debochar e nem atacar o outro. O erro vem dos dois lados… Debocham muito do uso do véu, assim como também os “ccbianos” atacam quem é contra. Eu mesmo, me perdoe se te julgo mal, sinto com seus comentários que você quer passar a ideia de que quem acredita no uso do véu como doutrina é um alienado. Me parece isso, me perdoe (sem hipocrisia).

            Falei muito…rs

    • “Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos” – (1co 11:10)

      Sonia disse: Eu ainda não entendi bem a relação entre a mulher ter cabelos compridos ser sinal de poderio por causa dos anjos.Como assim ? Alguém mencionou “submissão” , mas mesmo assim fiquei sem entender.Alguém pode me explicar ?

      Ir. Sônia, vamos entender primeiro o que é PODERIO.

      Uma das definições de poderio é “grande poder”, por isso já foi dito que o véu e o cabelo são sagrados, mas esta não é a definição aplicada no texto bíblico. Poderio não significa ‘poder’; ao contrário dos testemunhos de irmã que contam que o SENHOR operou algum milagre quando passaram o véu ou o cabelo em algum objeto ou pessoa, eles não tem poder algum.

      PODERIO é sinônimo de SENHORIO:

      1. Direito do senhor sobre certas coisas (ou pessoas); autoridade, mando.

      2. Propriedade ou quaisquer coisas em que recai o direito de um senhor; domínio.

      3. Dono, proprietário de um prédio, em relação aos seus inquilinos; (ou um senhor sobre seus escravos).

      A igreja é o corpo de Cristo. Ele é a cabeça da igreja.
      Como a igreja reconhece o senhorio de Cristo, a mulher deve reconhecer a autoridade do marido que é a sua cabeça. Autoridade adquirida na ordem da criação (v.8,9). Autoridade que não significa superioridade (v11,12). O modo da mulher reconhecer a autoridade do marido é lhe ser sujeita (submissa); submissão não significa inferioridade, está mais para demonstrar que se sente honrada por estar casada com aquele homem que deve fazer a mulher sentir-se privilegiada por estar casada com ele.

      Sendo igual em valor, mas segunda na criação a mulher deve trazer um sinal sobre a sua cabeça como preceito desta verdade.

      Quanto aos cabelos compridos, o apóstolo usou de uma figura de linguagem, querendo dizer que Deus fez a mulher já com um véu natural – o cabelo.

      A natureza lembra do preceito e o preceito aponta para a doutrina.
      O cabelo representa um véu, e o véu é um preceito para a verdadeira doutrina:
      Deus criou primeiro o homem e deste a mulher; a mulher esta sujeita ao marido; a igreja a Cristo, seu Senhor e todas as coisas e todos os seres a Deus.

      POR CAUSA DOS ANJOS:
      Estes seres observam e aprendem sobre a criação de Deus e zelam pela ordem e decência.

  41. Entendi.Deus abençoe aos irmãos pelo esclarecimento.

    • Sônia e Ricardo:

      Creio que a minha visão difere da de muitos aqui, até escandalizando os mais convictos, talvez porque eu não carrego em mim os ‘ensinamentos’ fundamentalistas como a grande maioria que aqui lê e comenta. Não gostaria de ser rotulada (novamente rss) de relativista, aliás, detesto rótulo. Seja qual rótulo for, como alguns aqui já sabem. Porque discrimina e distancia a pessoa do amor e da compaixão, aproximando muito mais de sentimentos negativos, como a antipatia e a rejeição gratuitas. Mas se tem uma coisa que não sou e que não serei jamais é ascética e/ou repressora. E, menos ainda, uma personificação da perfeição moral e intelectual, passo looooonge rsss

      Mas a verdade é que eu sempre fugi de normas estabelecidas por uma ‘igreja’ ou um líder ‘espiritual’, procurando ler a bíblia sem me agarrar a um dogma, uma doutrina religiosa, uma obrigação neurótica a cumprir de maneira inflexível e rigorosa. Leio a bíblia sem os pesos denominacionais, com sede de Deus, mas sem consultas místicas e com senso crítico, analisando sempre os aspectos culturais e históricos. Por exemplo, João tinha mais afinidade com Jesus, de repente por serem da mesma idade, já Pedro tinha sérias dificuldades para absorver o que Jesus dizia, considerando a cultura religiosa nele mais arraigada devido à sua idade. Vejam bem, tempo não é uma regra rígida. Aliás, tô fora de rigidez! Trata-se apenas de uma observação curiosa e específica, justamente de quem não se permite ficar presa a algo fixo e determinado por uma doutrina religiosa.

      Vejo ainda que cada um dos 4 evangelistas tem a sua particularidade, inclusive na forma literária, pois afinal, há de se colocar algo de si no que se escreve. Tanto é, que cada um deles tem o seu estilo próprio, sempre ligado à forma pessoal de ver e, consequentemente, de se expressar, ainda que não se perca o sentido do que é narrado. Entretanto, não é à toa que o livro de João é considerado o mais evangelístico de todos. E o que eu mais gosto também rss Aliás, diga-se de passagem, escrito para os judeus que, abandonando suas práticas religiosas, eram expulsos e discriminados por confessarem a Jesus como o Cristo. O irônico é que, ainda nos dias de hoje, existem os judaizantes (carregam outros nomes, mas as práticas são idênticas!), que também rogam a Deus em nome de Jesus e que fazem exatamente o mesmo que os antigos judeus: criticando, perseguindo, e, quando não expulsando, colocando num ‘limbo’ terrestre de purificação.

      Por fim, leio a bíblia sem a pretensão de querer me aprofundar e ir buscar significâncias e derivações semânticas, embora não as despreze por completo. Ou seja: nem supervalorizo tampouco anulo. O ‘fiel da balança’, para mim, é que não seja empecilho para o exercício do amor. Aliás, desisti do estudo acadêmico da Teologia justamente por não me atrair certos ‘detalhes’ vaidosos, considerando-os assim, insignificantes, vãos e desnecessários para uma vida prática em Cristo. E cada vez mais eu me convenço disso, basta ler um ou outro ‘doutor’ no assunto. Procuro ler de tudo, mas sem qualquer pretensão, e sempre a partir de Jesus, onde nossa vida deve dar testemunho pessoal da graça redentora e transformadora de Deus. Daí não ser jamais a partir de uma transformação formatada por uma denominação religiosa. Foi para a liberdade que Cristo nos libertou, e não, para uma prisão religiosa. E o que limita essa liberdade é o amor. E não a norma religiosa. Essa é a grande questão, pois, ou se segue a Cristo ou à Lei. Para mim, isso é o que distingue o capricho legalista da denominação, de uma vida de bem que nos livra das ‘crentices’ e nos proporciona uma compreensão ampla de buscar viver o Reino de Deus aqui na Terra. Como nos ensina Jesus na oração.

      Aliás, as parábolas usadas por Jesus nos livros de Mateus, Marcos e Lucas nos dão essa compreensão ampla, mas creio que apenas quando estamos libertos dos vícios religiosos, dos clichês e dos cerimonialismos como regra de vida cristã. Pois de nada me serve saber de Jesus como força e poder se não sei que Ele é o Emanuel, Deus conosco.

      Por enquanto é só… Apenas quis abrir a minha alma de uma maneira bem pessoal (pra variar rss), mesmo ciente dos ‘entusiastas’ de plantão que ‘adoram’ dissecar a nossa alma rsss

      • Ah…

        Bem que poderia haver umas “cooperadoras” do Evangelho assim…

        Que felicidade ler este comentário.

        Louvado seja Deus!

        • Amém!

          Ah, eu sei que não sou nada, HP…. Mas, cooperadora, no sentido mais puro da palavra, eu bem sei que tenho procurado ser, desde que o Cristo a mim se revelou. E não faço mais do que a minha obrigação, diria um companheiro dessa mesma peleja, combatendo o bom combate, diria ele. ;)

          Afinal, como ambos sabemos, cooperar é agir com outros para o mesmo fim. Simples assim. Quem complica é o que incha o peito supervalorizando títulos, prêmios e honrarias conquistados pelos seus feitos diante dos outros homens.

      • Ir. Regina,

        Ter um parecer que diferente da maioria, geralmente, nos traz mais críticas do que admiração; sei muito bem o que é isto. E concordo que muitas vezes nos prendemos em detalhes quando o importante é o amor que retira todas as diferenças. Penso que sempre devemos buscar mais conhecimento, e que este conhecimento nos edifique e não cause ‘neuras’.

        Enfim a Palavra de Deus é luz, é vida, é alimento; quando começamos a dividir ao invés de somar é porque tem algo errado em nós. O véu não deve ser um aspecto que nos distancie de outros grupos; respeitando aqueles que não usam, mais bela será nossa liberdade em usá-lo.

        • Ir. Ricardo,

          Pessoalmente, eu nunca me ‘dividi’ ou me afastei das pessoas por causa de minhas abordagens sobre o véu e/ou outros itens doutrinários exigidos. Como diria um comentarista por aqui meio contraditório rsss Deus sabe que durmo muito em paz sobre todas as questões que abordo, inclusive sobre esta. Seja aqui ou ‘lá fora’. ;)

          Falando em AMOR, algo interessante que eu sempre observo, é que as palavras de alguns aqui estão impregnadas de amor. Vejo que há sempre uma divergência mas há o amor na divergência. No momento, refiro-me a vc e ao Samuel – Sem desmerecer os demais, até porque, minha atenção neste instante está voltada para o que os dois falaram à minha pessoa.

          Ir. Samuel, vc me julgou mal mas já está perdoado rss Assim como eu peço perdão também por alguma má interpretação minha de tuas palavras a mim dirigidas.

          Queria só esclarecer – e repetir – que há um engano muito grande em relação à minha oposição ao véu. Eu não chamo de alienada quem usa véu. Muito menos faço qualquer deboche. Tenho na minha família pessoas mais chegadas, como minha própria mãe, a quem amo e respeito demais no uso dessa prática, na mesma medida que tenho experiência concreta de que o uso do mesmo me é totalmente desnecessário para ter intimidade com Deus. Portanto, embora eu costume combater as ‘crentices’ que vejo no meio evangélico, muito parecidas com as que se vê em outras crenças meio obscuras – e isso sempre me intrigou – eu nunca chamei ou insinuei ninguém de alienado no sentido de usar o véu. O meu ‘combate’, ao contrário, é unicamente em relação aos que querem IMPOR o seu uso como se mulheres que assim o fazem fossem superiores espirituais ou mais santas, mais queridinhas, ou mais agradáveis a Deus. E sabemos que isso é um grande equívoco!

          Sem querer advogar a causa do Cláudio, mas já que ele foi citado no mesmo contexto, eu quero dizer que não consigo ver deboche em suas colocações, ao contrário, ele usa de uma ferramenta inteligente para levar a pessoa à reflexão. E mais: eu concordo, entendo e me identifico perfeitamente com a dosagem ácida da ironia dele, porque, vou te contar, viu? Tem gente que só mesmo com esse grau de ironia pra acordar do torpor religioso.

          Em relação a ser pecadora ou santa, acredito que é tudo uma questão de colocação. Por exemplo, ‘santidade’ tem diferentes significados. Inclusive a verdadeira santidade, sabemos que é exemplificada apenas em Deus. A bÍblia diz que os anjos estão, ininterruptamente adorando a Deus, repetindo sem cessar, SANTO, SANTO, SANTO…

          Em termos de se viver noutra perspectiva, senão mais a nossa, egoísta e individualista, mas dentro do que Deus requer de nós na reconciliação com Ele, conosco mesmo e com o nosso semelhante, então o termo toma outro sentido que é de viver ‘separado’. (Não aquela ‘separada’ conforme os ditames doutrinários de uma denominação que me dizem que assim agindo eu sou uma santa rss) Mas um separado onde eu não me conformo mais com antigos desejos, padrões de comportamento e modos de pensar. Como sempre repito: nada havendo com amoldar-me à religiosidade imposta pela doutrina de homens com seus acréscimos tão abomináveis ao Senhor. É então que ‘o trabalho’ já não é por minha conta e, sim, do Espírito Santo de Deus na minha vida, guiando-me em Seus caminhos de justiça e me fortalecendo contra qualquer tentação à forma antiga de viver.

          Nesse sentido, coloco-me como santa (separada) e pecadora. Aquela pecadora que, paradoxalmente, se sabe falha e ‘separada’. Aquela pecadora cujos pecados já foram lavados, até os que ainda não foram cometidos, pois todos estão cravados na Cruz. Eis a diferença: a luta contra o pecado continua durante toda a vida na Terra. Porém, mesmo tendo que lutar contra o pecado não somos mais condenados: diante de Deus já fomos justificados.

          Em Cristo, que nos uniu a TODOS, em AMOR,

          R.

          • Regina.

            Super obrigado pela defesa da minha pessoa e principalmente do evangelho.

            O texto áureo da Bíblia é João 3:16 (minha opinião).

            Se foi pra liberdade que Cristo nos libertou, qual o sentido dessas regras ? Pra mim elas são corolárias da revogada circuncisão, se prestando a delimitar o Sacrifício de Cristo a determinadas pessoas, ferindo o texto bíblico acima.

            A lei não foi capaz de libertar e salvar o homem, mas ela teve a função de denunciar o pecado.

            Cooperadora Regina (endosso as palavras do HP), admiro o desenho que faz de suas opiniões.Fico extremamente feliz quando vejo pessoas como você, o HP, e tantos aqui, libertos pela força do Evangelho, apesar da CCB.Porque o amor de Cristo nos constrange.

            Quanto ao uso do véu ser ridículo, merece de fato um reparo.Não quis afrontar as regras e costumes da CCB, apenas me referi ao fato de ver no semblante das irmãs uma certa dose de tristeza ao usar o tecido, talvez seja impressão minha.

            Há ainda muitas irmãs com dúvida quanto ao uso do véu.

            Samuca, você precisa me amar mais.

            A Paz.

            Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

          • Dileto Claudio,

            Eu concordo com 99% do que você escreve aqui. Só temos discordância com relação ao véu ser doutrina ou costume. Só isso. Comentei também sobre o fato de você ter usado o termo ridículo, mas em momento algum fiquei bravo, ou com raiva. Só quis dizer, que existem estudos bíblicos sérios que chegam a conclusão que o uso do véu é doutrina. Assim como existem teses e estudos que dizem que é costume. Cada um, de acordo com sua própria consciência decide o que é e o que não é, mas nunca desmerecendo o estudo e entendimento.

            Com relação ao uso do véu, concordo que as irmãs possuem muitas dúvidas e poucas pessoas dispostas a sanar essas dúvidas. Infelizmente, na CCB, temos que esperar pregações, nem sempre reveladas, para sanar as dúvidas. Infelizmente, teremos que esperar sentados, pois Deus não é nosso empregado. Se já está revelado na Bíblia, para que esperar pregações… Penso assim.

            Deus o abençoe!

            Samuel

          • Amantíssimo Samuca.

            E eu concordo contigo. Deus não está a nosso serviço.Tenho notado um desvirtuamento das posições ocupadas pelo Soberano e por nós, dentro da nossa doutrina CCB.

            Certo dia um Diácono disse não iria num batismo pela razão de ali a palavra pregada ter endereço certo para a ocasião, e ele precisava ouvir “outras palavras”, dai então iria em culto noutra localidade.

            Uma parente próxima vai aos cultos todos os dias, às vezes até dois no mesmo dia (tem 10 anos que se batizou).Cria uma certa preocupação em nós, com que motivos uma pessoa adota esse comportamento ? Sede de Deus, louvável.E se não for? E se for uma falta de orientação ? É a frequência 100% que nos levará aos céus? Pessoas assim, acreditam piamente no comportamento garantidor da salvação – a despeito da fé.

            Gente achando que é anjo, isso é condenável !

            Fico ainda mais chateado pelo fato de este ano por exemplo, ter estourado em faltas – não atingi os 75% mínimos para ingresso no céu, ainda que eu fosse todos os dias, na igreja, até o fim do ano. O que farei ? Não existe (ao menos na Bíblia ) recuperação por faltas. Repeti direto? Há ao menos uma prova substitutiva nesse caso ? Ou um trabalho pra suprir as faltas ?

            Samuca, você tambem falou sobre estudos bíblicos.Mais uma vez lhe assiste razão. No assunto véu há argumentos fortes, contundentes, para os dois lados – basta ver aqui.Você sabe, isso não muda o propósito de Deus pra nossas vidas.Creio que o debate seria em nível mais elevado.

            Salvação é pela fé ou pelo uso do véu ?

            Essa pergunta não tem resposta.Fé e uso do véu não se comparam.Há diferença de níveis.É claro que salvação é pela fé, mas ai entra a doutrina, maquiando essa premissa, enganando as pessoas.Dai o cuidado que Deus teve para conosco em nos deixar sua Palavra (a Bíblia).

            Sujeitar tudo aos nossos escrutínios é o conselho de Deus.Na dúvida, olhe pra Jesus.

            Você pode defender o uso do véu até a morte, como doutrina, costume, mas nunca poderá elevá-lo ao nível da fé, da salvação da alma e do amor, sob pena de alimentar as discriminações vistas desde sempre, as quais motivaram muitos dos discursos do nosso Mestre Jesus.

            Veja, o que separa as igrejas (as placas digo) ? Não são justamente essas doutrinas e costumes? Cada uma defendendo possuir o monopólio da salvação pela doutrina.Sendo que salvação não se dá por doutrina.

            Penso que o uso do véu é um cerceamento à liberdade de escolha.Há mulheres que se sentem bem frequentando a CCB, mas usam o véu contrariadas.Usam porque sempre foi assim.

            Louvo a Deus pela sua vida.Não é por demais lembrar minha opinião sobre pessoas com senso crítico dentro de nossa CCB.Não se trata de um grupo de rebeldes, como alguns dizem, mas de nobres como os de Beréia.

            É no que acredito.

            A Paz.

            Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

          • Só um outro detalhe, o estudo bíblico não é uma ciência exata.

            Você pode fazer um estudo e chegar à uma conclusão, e também fazer outro sobre o mesmo assunto, não chegando à mesma conclusão.

            Logo, o fato da CCB ter o uso do véu como doutrina, e não costume / tradição, não se deve ao fato de não termos estudos bíblicos. Aliás, esse post do blog mostra um estudo bíblico complexo que chega a conclusão que o uso do véu é doutrina.

            Se a CCB adotasse estudo bíblico, não significa que começaria a ter ideias convergentes com outras denominações. Agora existem pontos fundamentais, como definição de Graça, salvação pela fé e etc., que são pontos fundamentais, indiscutíveis. Aliás, esses pontos fundamentais estão na contra-capa do hinário e são convergentes com qualquer denominação genuinamente cristã (me refiro aos pontos do hinário 4).

            Cabe às pessoas, com sua liberdade de pensar, definir quais estudos estão ou não corretos. Se alguém pecou por excesso de zelo, ou até mesmo querendo impor costumes pesados, fica entre a pessoa e Deus.

  42. Evangelista Cristão

    ESTUDO DA BÍBLIA, E OU TEOLOGIA

    Estudar significa; Aplicar a inteligência ou a razão humana para aprender

    Cremos na necessidade de lermos e examinarmos a Bíblia. No entanto, não devemos buscar sabedoria humana para entender e ensinar o que Deus já tem revelado em sua Palavra.

    SALOMÃO pediu sabedoria; Deus lhe deu da noite para o dia. Em nenhum momento Deus lhe mandou estudar com os sábios do palácio, ou fazer cursos !!

    O apóstolo Pedro era indouto,mas numa pregação inspirado pelo Espírito Santo, converteram-se milhares de pessoas. Convencer é provar por A mais B.

    Converter é o toque do Espírito Santo na alma da pessoa que a transforma de imediato.

    Cristo disse; As minhas ovelhas reconhecem a minha voz, ou seja, a alma dentro do corpo abraça o seu Senhor !

    Não é a compreensão de um texto que transforma uma pessoa,mas, a força do Espírito Santo quando lhe toca.

    Jo 28:28 ” E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência. ”

    Se estudo bíblico ajudasse a católica romana não seria o que é hoje.

    Os principais das sinagogas teriam reconhecido Jesus Cristo como filho de Deus, visto que as Escrituras testificavam Dele.

    Saulo não teria consentido na morte de Estevão, pois era doutor na lei e viveu aos pés de Gamaliel.

    Os teólogos pregariam uma só interpretação escritural.

    Th 1:5 ” E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.”

    I Co 1:30 ” Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; ”

    I Jo 2:27 ” E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é
    verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. ”

    I Co 2:13 “As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. ”

    I Co 2: 16 ” Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

    Paulo, Pedro,Lucas, Marcos, Timóteo, Tito, Filemon, Estevão e tantos outros,não possuíam título algum.

    Hoje, se vê pastores, apóstolos, reverendos, doutores,mestres,papas.

    Disse Jesus: Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.

    E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.

    Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo (Mateus 23.8-10).

    Alguns teólogos possuem o título de REVERENDO. Digno de reverência, respeitoso.

    Reverência: Respeito às coisas sagradas, veneração, acatamento, inclinação da cabeça e do corpo em adoração a alguém.

    O que postei são diversos pontos na biblia que juntos formam um só contexto e, por outro lado são palavras ditas por Cristo e pelos apóstolos.

    Sendo assim eu fico com o que consta na biblia. Opiniões pessoais para mim não servem para salvação. Embora eu respeito a opinião de quem quer que seja, até de um ateu ! Respeitar não significa concordar………….

    Evangelista Cristão postando muitos textos biblicos, nada isolado…………

    • Amantíssimo.

      Salomão é um caso particular.

      O exemplo citado está fora de contexto, sabedoria como a de Salomão, impossível, pois há uma vedação expressa da parte do próprio Soberano.Não haveria outro igual a Salmoão nem antes nem depois dele.

      Com relação a Paulo, há um consenso – como ele não existiu outro.

      Paulo fora estudante das melhores escolas da época.

      Óbvio, sem a inspiração do Espírito Santo, nada ele significaria para a obra de Deus, não obstante a contribuição de sua sabedoria para a humanidade de alguma ou outra forma.

      Pedro ? Bom, conhece alguém na CCB comparado a ele?

      Há uma certa relação entre essa sabedoria e as Escrituras.O próprio Deus poderia ter escrito, mas preferiu, num ato de soberania, incumbir certos homens da tarefa tudo pelo Espírito Santo.

      Com o devido respeito de quem pensa em sentido contrário, é incompatível alguém pedir sabedoria a Deus e sequer ler as Escrituras, pois o desinteresse pela sabedoria salta aos olhos.

      Nota-se o motivo que levou Deus a conceder sabedoria a Salomão, este podendo pedir outras coisas, teve uma preocupação nobre – julgar o povo com equidade – pedindo a Deus a tal sabedoria, um interesse fora do comum.Qualquer outro no lugar dele talvez pediria outras coisas, isso motivou Deus a lhe abençoar de uma forma única.

      Como pode alguem querer sabedoria de Deus e não ler sistematicamente as Escrituras ? Aliás que mal há nisso ?

      Faz-me lembrar de um presidente da república se orgulhando de ter alcançado tal posto tendo cursado apenas até a quarta série.

      A pessoa pode até se orgulhar de suas conquistas a despeito de dificuldades, mas daí a se orgulhar de não ter estudos, é deprimente, pra mim é um grande mau exemplo, um erro de vida.

      Hoje mesmo estava lendo 2 Pedro.Quem torce as Escrituras são exatamente os INDOUTOS e INCONSTANTES.Indoutos sabemos quem são, e inconstantes não sei se lembra aqueles que ora dizem umas coisas ora outras em sentido diverso (ensinamentos contraditórios).Mas ele não para por ai, nos aconselha que a única forma de não ser enganados pelos tais é crescendo na graça e CONHECIMENTO.

      Leia você mesmo o texto : 2 Pe 3:16-17.

      Pra mim você demonstra interesse, e Deus num ato de Soberania lhe concede na medida dessa busca.Uma oração desacompanhada de atos parece ser mesmo inócua.Lembra daquele que pedindo um emprego a Deus, fica em casa esperando sentado a providência divina.

      Não fugindo do tópico, até para fundamentar o uso do véu é feita uma construção teológica, não sei por qual razão este mesmo estudo não pode ser transportado para outros textos.A mim parece haver um pano de fundo para servir ao engano de massas.

      Nunca sendo demais lembrar do texto em Oséias 4:6 – A destruição do povo foi por falta de conhecimento.E a punição maior é para o sacerdote, portanto cuidado aos candidatos ao púlpito que desprezam as Escrituras.

      Aos defensores do não estudo, por favor não citem os textos bíblicos, sob pena de o fazendo, desconstruir sua própria tese, tornando-a contraditória em si.

      É como penso.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

    • Como diria o esquartejador, vamos por partes…

      Sobre Salomão:

      Educado desde o berço pelo profeta Natã, foi um homem extremamente culto, de vastíssimo conhecimento e experiência de tudo. O que ele pediu a Deus – no que foi atendido imediatamente – foi sabedoria na perspectiva divina. No livro de Eclesiastes, resultado de uma investigação profunda acerca da existência humana, ele nos explica que o sentido da vida não está nas coisas, nos prazeres, nas riquezas; que ‘TUDO é vaidade debaixo do sol’ e que uma vida digna vive-se somente dentro de um relacionamento com o Senhor. Experimentando as mais diversas situações ao longo da sua vida como rei, ele tinha cacife pra essa análise, pesquisa e conclusão, mais do que ninguém à época.

      Sobre Pedro:

      Gente, por favor, paremos com essa repetição de que Pedro era um simples pescador sem qualquer instrução. Ok! Pedro ERA indouto! Mas somente ATÉ conhecer a Jesus. A partir daí, ele não pode JAMAIS ser classificado como tal. Afinal ele CONVIVEU de forma intensa e intensiva com o próprio Mestre dos Mestres. Ele APRENDEU com O Professor mais preparado que poderia capacitar alguém para qualquer situação! Não façamos salada! O fato de O Espírito do Senhor agir em meio a toda aquele gente é outra história! Lembremos da Multiforme Soberania do Espírito Santo! Ele age onde, como e quando quiser!

      Outra coisa: converter não é convencer. Ninguém tem o poder de converter a ninguém. A igreja adoecida, lamentavelmente, convence a turba com táticas que atuam diretamente na psiquê dos que estão fragilizados. Porém, na conversão genuína há uma transformação de dentro pra fora e que não tem absolutamente NADA a ver com denominação e tão-somente com O EVANGELHO. Ou seja: o convertido ao SENHOR passa a viver uma vida em conformidade com o Evangelho. Nessa conversão, estabelece-se um PROCESSO para a vida toda. Não se trata de algo fixo e acabado como num toque de mágica. O verdadeiro convertido vai se convertendo a cada dia e isso significa que ele vai passando pelo processo do amadurecimento – dentro da perspectiva do Evangelho – durante toda sua existência.

      Vejamos outras afirmativas feitas aqui (estão sempre entre aspas):

      “Cristo disse; As minhas ovelhas reconhecem a minha voz, ou seja, a alma dentro do corpo abraça o seu Senhor”

      Não se tira um fragmento com interpretação pessoal/conveniente. Nessa fala de Jesus em um capítulo inteiro que contém 42 VERSÍCULOS Ele faz larga e abrangente analogia, utilizando-se de linguagem figurativa ( Porta, mercenário, lobo), associando-as a elementos (ovelha e pastor) daquela ambiência rural. Seus ouvintes sabiam a tarefa árdua do pastor de ovelhas: alimentá-las, conduzi-las até onde havia água, cuidar para não se desgarrarem, protegê-las dos predadores e carregá-las no colo quando estivessem fracas ou feridas. E as ovelhas sabiam em quem podiam confiar, o pastor ia adiante e elas seguiam sua voz porque sabiam que, com ele no comando, elas estavam bem seguras e protegidas. A minha questão é: esses que se autodenominam ‘líderes’ estão conduzindo essas ovelhas conforme Jesus? Ou conforme sua doutrina?

      “Não é a compreensão de um texto que transforma uma pessoa,mas, a força do Espírito Santo quando lhe toca”.

      Alcançar a COMPREENSÃO de um texto significa que o Espírito de Deus atuou, SIM! Aprendemos com o estudo bíblico que o Espírito Santo age no intelecto, na mente. Ele não vem e simplesmente nos ‘toca’ com ‘uma força’. Ele é poderoso, não usa uma varinha mágica. Entre infindáveis atribuições Suas Ele instrui, ELE orienta, ele age no nosso bom senso, na nossa consciência, na nossa LUCIDEZ!

      “Jó 28:28 E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência. ”

      Esclarecendo: esse ‘temor’ não tem qualquer ligação com medo. Esse temor é sinônimo de REVERÊNCIA. Quanto à sabedoria, Jó faz um looooongo discurso para seus ‘juízes de plantão’ que, com sua falácia vaidosa, bancavam os advogados de Deus para justificar toda a desgraça que o acometeu. (Enfim, eis outro texto do qual se tirou, levianamente, um fragmento. Mais um versículo colocado totalmente fora do seu contexto).

      “Se estudo bíblico ajudasse a católica romana não seria o que é hoje”.

      A Igreja Católica não é referência para ‘estudo bíblico’. Ela passou séculos e séculos dominando os fiéis com sua liturgia em latim, sendo abolida há apenas algumas décadas. A ICAR nunca estimulou o estudo bíblico! Ao contrário, é famoso seu ‘catecismo’ que dita sua doutrina católica romana. Diga-se de passagem, algumas denominações ‘cristãs’ herdaram dela fortemente muitos pontos doutrinários – que fogem ao Evangelho – adequando-os e adotando-os à sua própria doutrina.

      “Os principais das sinagogas teriam reconhecido Jesus Cristo como filho de Deus, visto que as Escrituras testificavam Dele”.

      Alguns, como Sóstenes e Crispo O reconhecem como o Messias, além de outros não citados pelo nome e que tinham posição social e religiosa. Exemplo clássico: José de Arimateia, um dos mais ilustres do Sinédrio. Sua atuação foi tão importante que ele é citado nos 4 evangelhos (Mt 27:57.60, Mc 15:42.47, Lc 23:50.56 e Jo 19:38.42).

      “Saulo não teria consentido na morte de Estevão, pois era doutor na lei e viveu aos pés de Gamaliel”.

      Que eu saiba, nem Saulo nem qualquer outro ser vivente tem poder sobre a vida de ninguém. Quem é Senhor Absoluto e decide sobre a vida é Deus.

      Abaixo um FVI – Festival de Versículos Isolados (Sem comentários)

      Th 1:5 ” E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.”
      I Co 1:30 ” Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; ”
      I Jo 2:27 ” E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é
      verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. ”
      I Co 2:13 “As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. ”
      I Co 2: 16 ” Porque, quem conheceu a mente do SENHOR, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

      ——————

      “Paulo, Pedro,Lucas, Marcos, Timóteo, Tito, Filemon, Estevão e tantos outros,não possuíam título algum .Hoje, se vê pastores, apóstolos, reverendos, doutores,mestres,papas. Disse Jesus: Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos. E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo (Mateus 23.8-10). Alguns teólogos possuem o título de REVERENDO. Digno de reverência, respeitoso. Reverência: Respeito às coisas sagradas, veneração, acatamento, inclinação da cabeça e do corpo em adoração a alguém”.

      O apóstolo (um título) e seus colaboradores (Igreja Primitiva) tinham sua ascendência clerical, sim! E mais: eles tinham lá suas divergências, suas discussões, suas malquerenças e desafetos. Eram homens, portanto suscetíveis ao erro. Como foram, de fato. Como apontam os escritos bíblicos. Alguns (como ainda hoje!) achavam que eram o elo entre Deus e os homens.

      Cada agremiação religiosa – da mais sofisticada ao simples movimento – usa uma hierarquia e nomenclatura própria. Portanto, não sejamos ‘tímidos’ e acrescentemos à lista mais três TÍTULOS bem conhecidos: ancião, cooperador e diácono. São títulos hierárquicos. E ninguém se iluda: os que carregam esses títulos são reverenciados também. E, igualzinho aos outros, recebem tratamento diferenciado! Anciães, cooperadores e diáconos são muito mais respeitados do que ‘os outros’ que não têm nenhuma função ou cargo. Ninguém os chama de mestres nem pastores mas recebem tratamento (quase) de adoração como se fossem semideuses. Ora, minha gente, não sejamos hipócritas, quem não já viu isso em sua igreja?!

      Quanto a Jesus estar falando sobre ele ser o Único Mestre, LEMBREMOS que isso acontece DENTRO DE UM CONTEXTO de um capítulo inteiro (23) com 39 versículos e no qual ele faz severa crítica a TODOS os líderes religiosos que se colocam acima dos outros ‘irmãos’.

      “O que postei são diversos pontos na biblia que juntos formam um só contexto e, por outro lado são palavras ditas por Cristo e pelos apóstolos. Sendo assim eu fico com o que consta na biblia. Opiniões pessoais para mim não servem para salvação. Embora eu respeito a opinião de quem quer que seja, até de um ateu ! Respeitar não significa concordar………….Evangelista Cristão postando muitos textos biblicos, nada isolado…………”

      Meu Deus! Como é leviano afirmar que palavras soltas ao final ‘juntando tudo’ são atribuídas a Jesus. Por isso, meu apelo é para que sejamos maduros e mais humildes. E, principalmente, RESPONSÁVEIS ao utilizar as palavras alheias. Não coloquemos palavras na boca de ‘Alguém’ para nossa própria conveniência doutrinária. Menos ainda quando proferimos palavras referentes à salvação e à vida eterna.

      Enfim!

      O desfecho final no último parágrafo acima – de mais um comentário postado por essa pessoa QUE SE AUTOINTITULA ‘evangelista cristão’ – denuncia MAIS UM pensamento contraditório e de cunho exclusivista. Fruto de sua vaidosa opinião pessoal.

  43. Evangelista Cristão

    Em nenhum momento eu postei aqui ou em qualquer lugar na NET ou até em outros lugares que não é necessário ler a biblia. O que falei e repito segue………….

    Estudar significa; Aplicar a inteligência ou a razão humana para aprender.

    Eu li e continuo lendo a biblia e oriento aqueles que me indagam para que leiam e, se possível várias vezes.

    Com relação a entendê-la eu fico com o Professor Espírito Santo, crendo que Ele me dará interpretação na leitura das Sagradas Letras.

    Sobre aprendê-la por intermédio de mestres eu fico com o que Cristo determinou;

    Disse Jesus: Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.

    Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo (Mat. 23.8-10).

    Alguns teólogos possuem o título de REVERENDO. Digno de reverência.

    Reverência: Respeito às coisas sagradas, acatamento, inclinação da cabeça e do corpo em adoração a alguém.

    O resto que aprendi está postado logo acima em vários capítulos formando um contexto claro.

    Evangelista Cristão sem opinião pessoal,mas, obedecendo o que está na biblia…………….

  44. Evangelista Cristão

    Vamos provar o que falamos baseados em textos do novo testamento, jamais em conclusões pessoais.

    Quando posto, tenho descrito biblia e o que está na biblia é o que vale, afinal a a biblia é a infalível Palavra de Deus (para mim).

    Dizer que isso e mais aquilo não está na biblia,mas, temos que fazer. É opinião pessoal.

    O que postei acima é tudo contexto biblico, afora isso é pura filosofia humana e simples historinhas emocionais……………

    Evangelista Cristão; A biblia é infalível Palavra de Deus !!! Nada acrescentar ou diminiuir

  45. Vou ser mala. xD

    “Veja, o que separa as igrejas (as placas digo) ? Não são justamente essas doutrinas e costumes? Cada uma defendendo possuir o monopólio da salvação pela doutrina.Sendo que salvação não se dá por doutrina.

    Penso que o uso do véu é um cerceamento à liberdade de escolha.Há mulheres que se sentem bem frequentando a CCB, mas usam o véu contrariadas.Usam porque sempre foi assim.” –

    Penso exatamente desta maneira, Claudio. Tudo que ‘possui’ o ‘monopólio’ de algo que não lhe pertence, me causa estranheza. Conheço irmãs contrariadíssimas nos privativos e conversas paralelas, mas que exaltam o uso de tal artefato POR AGRADAR A MAIORIA – masculina, diga-se de passagem. :3

    Penso que a liturgia favorece este pensamento por parte dos irmãos… é mais fácil lidar assim com a presença feminina num mundo tão sexualizado. >.> Onde irmãos fraquinhos vão para ficar olhando e cobiçando as irmãzinhas – se fosse por isso, e só por isso, eu entenderia a argumentação. Mas dizer que é por sinal de submissão e introduzir anjos no meio… escapa-me espiritual e intelectualmente (sim, já fui chamada de apóstata e burra por tal postura – Colossenses 3:13 para nós, neste momento solene)

    E quando cito o estudos acerca da Igreja Primitiva é porque sou estudante de História – e sempre fui apaixonada por entender a sociedade na qual nosso Senhor Jesus pertenceu enquanto andou por esta terra – Cl. 3:13 e 1 Coríntios 14:15.

    Eu tinha uma resposta bem maior… Mas, por amor e por cansaço de bater na mesma tecla e só gerar mais discussão, resolvi deixar para lá…

    O Senhor age na diversidade do seu povo – não na uniformidade e nem no que causa separação de Corpo. ‘-’

    • Erica.

      Ainda fosse pelos irmãos fraquinhos como disse, creio não prosperar o uso do véu :

      1- Quando se esconde muito – (mulher misteriosa), é ai que incita a cobiça alheia (vai a dica, sem querer é claro).

      2-Esconder o cabelo ? Bom, na minha época não era bem isso que agente olhava quando estava à procura da prometida, conheço irmãos que foram conhecer a textura do cabelo da esposa apenas depois de casado, não sei como é hoje.

      Sou firme no pensamento de que, após o sacrifício de Cristo na cruz, uso do véu é como guardar o sábado, uma forma de diferenciar as contas correntes, não vejo outra utilidade.

      A Paz.

      Ah ! Você não é mala.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  46. A paz de Deus,

    Eu vejo muitas pessoas enganadas com a questão da Graça. Segundo elas, o amor de Deus vai nos livrar de todo mal, por isso podemos fazer o que bem entender. Acho que não é isso. Também acho que a Graça não nos permite questionar os mandamentos de Deus para escolher o que devemos ou não seguir.

    É sempre bom lembrar que acreditar em Jesus Cristo é bom e importante, mas isso não impressiona muito, porque satanás também faz isso, já nos ensina o Apóstolo Tiago. E o inimigo não está sozinho. Os budistas crêem em Jesus, assim como os muçulmanos, espíritas, testemunhas de jeová, etc.

    Porém, isso não os tornam cristãos. Por que? Simples. Porque Jesus Cristo não é o Senhor deles. Muitos aqui se dizem cristãos, servo de Deus e chama Jesus Cristo de Senhor, mas esquecem que, para que tudo isso seja verdade, deve haver uma relação de obediência entre as partes. Caso contrário, tudo perde sentido.

    Certa vez, “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. João 14:23″. Numa noite, um carcereiro ouviu as seguintes palavras dos Apóstolos: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. Atos 16:31″. Jesus Cristo precisa ser Senhor em nossas vidas.

    O uso do véu pelas irmãs é um mandamento de Deus bem claro na Bíblia. Uns dizem que era costume de época, outros dão valor a tese sobre prostitutas que frequentavam as reuniões cristãs e ainda há quem questione o caráter do Apóstolo Paulo sobre o assunto, atingindo indiretamente o Poder de Deus para fazer constar Sua vontade na Bíblia.

    Muitos estão caindo em laços, aceitando esses frágeis argumentos. Eu fico imaginando essas pessoas repetindo as teses absurdas diante de Deus e dos anjos para convencê-los de sua salvação. Se Jesus Cristo não é Senhor para elas, será que Ele ainda assim será o Advogado que irá defendê-las no Tribunal de Deus? Será que a Graça irá suplantar a Justiça Divina?

    Sabe o que eu acho? Está faltando conversão nos corações. Conversão significa ter humildade para mudar as própria ideias para aceitar outras orientações que não sejam muito coerente no momento, mas o Senhor Jesus nos prometeu que nos deixaria outro Consolador, que tudo discerne e esclarece.

    Se questiono as Boas-Novas, não estou aceitando a Novidade de Deus. Ainda não sou servo. Jesus Cristo não é meu Senhor. Eu não O amo. Ele não é meu Pastor. Não sou ovelha de Deus. Ainda assim, serei salvo? Antes de responder, faça uma reflexão no fundo da alma. São palavras duras que constam na Bíblia. Lembrem-se, não haverá segunda chance depois da morte.

    Por fim, vou citar uma passagem de despedida aos cristãos tirada das santas escrituras, que também faço minhas palavras de despedida dos irmãos deste forum: “A graça de nosso SENHOR Jesus Cristo seja com todos vós. Amém. Apocalipse 22:21″.

    Peregrino.

    • O uso do véu é um obstáculo na propagação do Evangelho.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

    • Querido Marlos,

      Em momento nenhum aquele que recebe a Graça de Cristo faz o que bem entende. O AMOR DE DEUS NOS CONSTRANGE. Continuamos pecadores, pois esta é a natureza humana. Você pode comprovar isto nas declaracoes dadas pelos apóstolos Paulo e João, que mesmo depois de convertidos proclamavam que eram pecadores.

      Ontem escrevi no meu blog o seguinte: “A Graça humilha a razão e a soberba humana. Saber que nada que façamos nos dá direito a sermos justificados é algo que foge à nossa lógica. Some-se a isto o fato de pensarmos que santidade nos dá merecimento de algo a mais, seja nesta vida terrena ou na consumação nos céus.

      Nós queremos algo que justifique nosso comportamento terreno, mediante aqueles que não têm os mesmos comportamentos. Daí a interpretação errônea dos conselhos dados pelos apóstolos (especialmente os de Paulo), caem como uma luva para nossa necessidade de “justiça própria”.
      (…)
      SANTIFICAÇÃO E OBEDIENCIA SÃO OS RESULTADOS DA GRAÇA EM NÓS, porém, invariavelmente podemos ver irmãos fazendo o contrário. Transformando os conselhos dos apóstolos numa nova Lei, exigindo santificação quando ela não é meio, mas resultado da Graça de Cristo na pessoa.”

      Sobre “Eu fico imaginando essas pessoas repetindo as teses absurdas diante de Deus e dos anjos para convencê-los de sua salvação.”, eu tenho fé dada por Deus, que no meu caso, não precisarei convencer a Deus sobre a minha salvação.

      Cristo pagou na Cruz toda a escrita de pecado que havia contra mim. Não devo mais nada. Não por mérito próprio, pois sei que minha dívida é impagável, mas Cristo pagou toda ela.

      Nisso creio. E isto me constrange a cada vez mais me humilhar diante de Deus, agradecendo por tão grande amor.

      Um abraço.

      • Como disse o Ed René Kivitz:

        “Seguir a Jesus por temor do Juízo é religiosidade vazia.
        Seguir a Jesus constrangido pelo amor de Deus é Evangelho da Graça”

        • Caro HP,

          Fico feliz com sua alegria de falar sobre a Graça e o constrangedor amor de Deus para conosco. Eu concordo com tudo isso. Só que eu defendo, acima de tudo, a relação de servo e Senhor que deve haver entre os cristãos e Jesus Cristo. É o Apóstolo Paulo que escreveu isso na Bíblia, não eu.

          A propósito, você disse que não há mais lei, mas eu pergunto: de qual lei está falando? Sim, porque a lei mosaica foi abolida para os cristãos, mas estamos sem lei? Não. O Senhor Jesus nos deixou a Sua lei para ser observada. Negar esse fato é negar as palavras dos Apóstolos e do próprio Senhor Jesus.

          Se há uma lei, a de Cristo, é claro que ela tem que ser observada. Nesse sentido, assim se expressou o Senhor Jesus: “Se me amais, guardai os meus mandamentos. (João 14:15)”. Por Deus! A Graça não anula esse texto. Há mandamentos para os cristãos, entre eles o uso do véu pelas irmãs.

          O Apóstolo Paulo também falou algo a respeito: “Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. (1 Coríntios 14:37)”. Disse mais: “Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus. (1 Tessalonicenses 4:2)”.

          Dentre os mandamentos, temos o uso do véu pelas irmãs durante suas orações e profecias. A parte deste para os irmãos é justamente a proibição de cobrir a cabeça nessas situações. Como se não bastasse o esforço dos rebeldes para as irmãs não cumprirem esse mandamento, agora temos ditos servo usando boné durante as orações, até chapéu de vaqueiro tem.

          Será que a Graça irá livrá-los da ira de Deus no grande dia? Não sei. Porém, lembro de uma passagem bíblica muito forte sobre o assunto: “Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. Mateus 7:23(Mateus 7:22)”.

          Está claro que o Senhor Jesus não disse isso para judeus, mas sim para cristãos. Cadê a Graça Maravilhosa para estes? Você citou o René Kivitz. Não conheço, mas deve ser alguém importante pra você. Mas quando se trata em assuntos de salvação, eu prefiro ficar com a boa e velha Bíblia.

          Deus te abençoe.

          • Amado Marlos,

            Tanto você quanto eu concordamos que a Bíblia é a Palavra de Deus. O problema que ocorre é quanto a interpretação da Bíblia.

            A Bíblia pode ser diabolicamente interpretada. O próprio diabo usou versos bíblicos na tentação do Senhor Jesus.

            O que fazem os defensores da Teologia da Prosperidade? Usam versos bíblicos. Mas o que eles defendem é verdade? Não. Eles distorcem a Palavra de Deus.

            CRISTO É A RAZÃO DA BÍBLIA EXISTIR. Ele é o cumprimento da Lei e dos Profetas. Nele tudo se cumpriu. Quando Ele diz: “está consumado”, não é apenas a vida dele, mas Ele consumou toda a Lei e todas as Profecias Nele.

            Cristo deveria sempre ter a Palavra Final em matéria de todos os ensinamentos e doutrinas existentes, porém isto na verdade não ocorre. As cartas de Paulo quase sempre são interpretadas de maneira incorreta, virando LEI e colocando jugo em cima dos fiéis.

            Cristo de fato nos deixou um mandamento: O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15:12

            Este é o mandamento de Cristo, pois quem realmente conhece o amor de Cristo, é impossível que não sinta compaixão pelas almas e ame seus irmãos.
            O mesmo Paulo compreendeu o que era o Amor de Deus em sua carta aos Romanos, dizendo QUEM NOS SEPARARÁ DO AMOR DE CRISTO? Nem tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo, espada, morte, vida, anjos, potestades, presente, futuro, altura, profundidade ou criatura nenhuma pode nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

            E quando você cita Mateus 7:23, que Cristo está se referindo aos falsos profetas, infelizmente são aqueles que não compreenderam o amor de Cristo. Amor que me constrange a amar ao próximo, amor que me traz para perto de Deus, amor que me santifica.

            Tudo é resultado da GRAÇA. Nada fiz por merecer. Tudo é misericórdia do Altíssimo para comigo.

            Se eu dedicar minha vida em servir ao Senhor, nada fiz demais, pois Ele me deu a vida.
            Se eu amar ao próximo e suportá-lo, nada fiz demais, pois Jesus me amou primeiro e colocou o amor em meu coração.
            Se eu der tudo que eu tenho para os pobres, nada fiz demais, pois Jesus me concedeu toda a riqueza e saúde primeiro…

            Daí voltamos para Paulo em 1 Corintios 13.
            Sem o AMOR (CARIDADE) que Cristo teve para comigo, não adianta eu falar as línguas dos homens e dos anjos.
            Sem o AMOR (CARIDADE) que Cristo teve para comigo, não adianta eu ter o dom de profecia, saber todos os mistérios e ciências ou ter fé de remover os montes.
            Sem o AMOR (CARIDADE) que Cristo teve para comigo, não adianta eu distribuir minha fortuna aos pobres, ou dar meu corpo para ser queimado.

            E daí a gente entende o que este AMOR produz em nós: Sofrimento, benignidade, abandono da inveja, da leviandade, da soberba e da indescencia.
            Este AMOR produz em nós o abandono do egoísmo, da malícia e da injustiça.
            Este AMOR produz em nós verdade, fé, paciência, fazendo que profecias, línguas e ciência desapareçam diante Dele.

            E sobre o Ed René, fique tranquilo. Ele apenas prega o Evangelho da Graça de Deus aos homens.

            Que Deus te abençoe nas leituras Bíblicas, mas lembre: JESUS É A RAZAO DA BÍBLIA EXISTIR. E NÃO O CONTRÁRIO.

            Um abraço em Cristo, o Cordeiro que tira o pecado do mundo.
            HP

          • Deus abençoe

  47. Evangelista Cristão

    Domingo passado 08 de Dezembro, numa reunião da mocidade com aproxim. 700 jovens eu mandei uma papel para o ancião pedindo que ele perguntasse dentre os moços e moças aqueles(as) que acham que mulher podem usar calça comprida.

    Levantaram a mão aproxim. 100 jovens, afirmando liberar calça para mulher.

    Sobre irmãs que não gostam de usar véu ?

    Ninguém levantou a mão.

    Esta estatística é real, pois para calça 100 levantaram e para véu ninguém.

    Sendo assim o uso do véu é aceito por todas(os) na CCB.

    O que falam na NET é agitação…………….

    Evangelista Cristão postando FATO não filosofias e ou ACHISMO…………..

    • É de louvar a forma como o amado irmão Eleotério faz mais do que a maioria para tentar obter uma opinião sobre assuntos “polémicos” no nosso meio, e dessa forma acompanhar a consciência coletiva da Igreja que pastoreia, mas…

      …na próxima oportunidade faça assim:
      Os irmãos e irmãs peguem num papelinho e respondam de forma anónima, colocando as respostas nas arcas do tesouro. Antes prepare é o seu coração para o choque que vai ter quando ler as respostas.

      Deus o abençoe caro irmão,
      Vitor, CC em Portugal

      • …”dessa forma acompanhar a consciência coletiva da Igreja que pastoreia, mas…

        …na próxima oportunidade faça assim: Os irmãos e irmãs peguem num papelinho e respondam de forma anônima, colocando as respostas nas arcas do tesouro. Antes prepare é o seu coração para o choque que vai ter quando ler as respostas. ”

        Eu já estava escrevendo esta belíssima sugestão quando li o post do irmão!

        Acredito que, mesmo assim, Vitor, o medo falaria mais alto… Vai que revelem-se os nomes das pessoas que disseram que são contra… Seria uma perda para o rebanho da denominação… tanta gente de uma vez!

        Eu, realmente, não acredito que a mocidade tenha sido leviana, apenas teve medo da reação da liderança da denominação – o que é completamente compreensível – do nada, umas perguntas assim causam estranhamento. Fora que, se o irmão Eleotério for amedrontador e ameaçador também fora daqui, creio que estavam certos ao se omitirem.

        E, retomando algo que parece que nunca fica claro, dada minha apostasia dos mandamentos… Use o artefato quem quiser – desde que seja opcional, porque mandamento, com direito a não escandalizar os anjos é que não é!

        na paz com a minha consciência e com Deus,

        Erica. =*

    • Você não entendeu, elas estão testando.

      Se liberarem a calça, na próxima elas levantam a mão para o véu.Caso contrário, economizaram energia em não levantando a mão.

      Começar pelo véu não seria uma boa estratégia.

      Não subestime a inteligência das irmãs.

      Derradeiramente, véu é fundamento da CCB, quando rasgarem o véu a franquia trinca, logo, melhor ficar como está, ainda que ao arrepio da Bíblia.

      A Paz.

      Claudio (CCB – min Vitória em, digo, Brás, por enquanto)

      • Cláudio e Vitor: não me contive e ri demais! Vcs são realmente ótimos! E se superam a cada ‘instigada’. Admiro a maneira lúdica, leve e descontraída como vocês desmistificam e desmascaram a religiosidade do medo. Realmente, o Espírito de Deus é Multiforme…

        • O tal do costume é algo tão sutil, estranho e aprisionante, que confunde as mentes mais sadias.

          Lendo sobre Mandela esses dias, vi que a camareira ficava intrigada quando entrava nos seus aposentos de presidente já encontrava a cama feita. Ao que ele disse: ‘ao longo de quase 30 anos fiz isso na prisão todos os dias. Acostumei-me’. Ou seja, ele não disse se gostava ou não, se era bom ou ruim. Se era necessário ou não. Apenas fazia. Mecanicamente. Acostumou-se – dissera ele.

          A REPETIÇÃO constante e uniforme de uma prática – o costume – finda por tornar-se, de maneira sutil e gradativa, uma norma de vida, UMA OBRIGATORIEDADE. Quando é uma prática social vira LEI (Direito Consuetudinário) como é o caso da Constituição de alguns países da Europa. E quando é uma prática na comunidade religiosa então, vira uma doutrina, um fundamento, uma convicção arraigada, confundindo muitas vezes como regra de santidade.

          O importante nisso tudo é que nós, que nos dizemos cristãos (no sentido, não religioso, mas como discípulo na acepção da palavra) procuremos estabelecer o paralelo entre seguir costume e seguir a Cristo. Eis a lucidez do Evangelho.

          Portanto, o meu apelo é para que deixemos a religiosidade, a idolatria e os apegos a coisas que NADA dizem do que Deus requer no âmago do nosso coração e que irá refletir nos nossos passos no chão da existência.

      • Irmão Claudio me fez dar uma bela risada ao ler. De fato, por que elas queimariam energia com algo que, a priori, seria impensável?

    • Nesse ponto eu concordo plenamente irmão Eleotério. Eu nunca vi alguém na CCB reclamar do uso do véu. Eu acredito que o véu é uma doutrina com amparo bíblico. Esteve presente nas igrejas cristãs de todas as regiões desde os primórdios. Não é algo que de poder ou privilégios diante de Deus. Nesse ponto a CCB acerta.

      • Então, se não é algo que dê poder ou privilégio diante de Deus trata-se de mero costume.

        • Regina,

          Como você sabe, seguimos a doutrina de Deus, não por privilégios ou por qualquer tipo de poder. Seguimos Sua Doutrina como gratidão e por constrangimento do grande favor imerecido que Ele nos concedeu (eu sei que infelizmente na CCB muitos ensinam de forma diferente). Então uma doutrina (ordenança de Deus), assim como um costume (relacionado às regras da sociedade) não trazem privilégio ou poder. A diferença é que a doutrina é uma ordenança de Deus, e o costume é dos homens.

          Se for pensar dessa maneira, o batismo, a celebração da Santa Ceia também deveriam ser considerados meros costumes (pois tb não trazer privilégios e poder).

    • A paz do Senhor Jesus…

      Irmão Eleotério, seja sensato: quem seria a irmã ou irmão, em sã consciência que em uma reunião de jovens OUSARIA levantar a mão, sob a possibilidade de ser IMEDIATAMENTE ou assim que possível, colocada(o) em disciplina? Mesmo que contrariando a própria BOA consciência acerca do estudo bíblico, e que não creia que seja mandamento? Nem uma, e nem um.

      “[i]Sendo assim o uso do véu é aceito por todas(os) na CCB. O que falam na NET é agitação. Evangelista Cristão postando FATO não filosofias e ou ACHISMO [/i]”

      Sobre suas estatísticas: não vou expor duas pessoas que amo para colaborar com nada do que escrevo. Se elas, que tem conhecimento desta discussão e do Blog, não vieram se expor, com que direito eu faria isso, meu querido? E como assim, uma congregação falaria por todas? O_O Sei lá, às vezes, eu acho que o irmão viaja um pouco… Logo, meus argumentos não são achismos, nem filosofias: são fatos e quanto a fatos, não há argumentos. Nem os da Congregação ( os irmãos me desculpem a descortesia).

  48. Evangelista Cristão

    Aqueles que levantaram a mão rejeitando a calça comprida para mulher teríam a mesma sinceridade em levantarem a mão em relação ao véu !!

    Afirmar que a mocidade mentiu em relação ao véu é achar que todos são levianos iguais a voces que diante do nome de Cristo descrito na parede dentro da CCB sentem-se a vontade para mentir …………

    Deixem de ser agitadores; A mesma mocidade que teve a sinceridade em levantar a mão apoiando calça comprida para mulher, teria sinceridade em levantarem a mão em relação ao véu !!

    A mocidade não tem essa maldade e nem o espírito de mentira que alguns (alguns ) tem na NET.

    Creio ser absurdo julgar nossa mocidade da forma que descreveram acima !!!!!!

    Evangelista Cristão mostrando o espírito que está em alguns na NET …………….

    • Irmão Eleotério,

      Eles não disseram que a mocidade mentiu. Eles levantaram a possibilidade de talvez os moços e moças ficarem constrangidos e/ou com medo de expressar sua opinião. Só não concordo em afirmar que se fizessem isso haveria uma reprovação em massa à doutrina do véu. Como já disse, nem mesmo nos bastidores e conversas privadas eu vi jovens criticando a doutrina do véu. A doutrina do uso de calças femininas, essa sim ouvi muitas críticas. Olha que eu moro na capital SP, não no interior onde o povo é mais rígido e não aceita qualquer tipo de mudança.

      Deus o abençoe e parabéns pela atitude em consultar a mocidade. Infelizmente, não tivemos essa oportunidade na minha época de mocidade!

      Samuel

  49. “Julgai entre vós mesmos: é decente que a mulher ore a Deus descoberta?” 1 Co 11:13

    É decente ou não ?

    Veja como é caso de costume de época e lugar.

    Mas ai vem a CCB e diz, sim, mas veja bem e tal, e os anjos…aff

    Se Paulo escrevesse essa epístola nos dias de hoje, teria que adaptar o versículo acima, ou quem sabe até retirá-lo.

    A Palavra de Deus é atemporal, interpretá-la, a partir do Sacrifício da Cruz, é a chave para não cair nessas armadilhas.

    “Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram.” 2 Co. 5:14

    É constrangedor para uma mulher não usar véu dentro da CCB, todos reparam, sim ou não? Acham isso certo ? Ah, mas é só ela usar e pronto – vai ver se eu tô na esquina ! É a doutrina usurpando o Amor de Cristo.

    Creio que não haverá consenso sobre o tema.

    Eu fico com a maioria, uso do véu é opcional.A mulher sentindo-se bem e elegante use, mas por favor, medite nos versículos acima e leia a Bíblia diariamente.

    Falando nisso, o véu foi rasgado, logo, você tem contato direto com o Criador viu?! Sei que muitos sabem disso, mas tem uma minoria que desconhece o assunto e acha que Hebreus 1:1 foi revogado.Se hoje a coisa tá feia imaginem na época dos profetas !

    A Paz.

    Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

    • Amem!! Amém e amém!!

      Compartilho da mesma dor, mano querido.

      Que Deus abençoe cada dia mais a tua vida!

    • O Apóstolo Paulo fez essa pergunta “julgue entre vós mesmos” porque era algo óbvio, que ele nem precisaria falar, pois o bom senso deveria identificar.

      É facílimo, através de dados históricos, identificar que o véu não era somente naquela época e naquele lugar.

      Nos séculos II e III, as ilustrações das Catacumbas de Roma mostram que a Igreja Cristã utilizava o véu (não é só Corinto?). Na idade média as igrejas cristãs mantiveram o uso do véu (Europa, Inglaterra, Alemanha, Bélgica, Holanda e Itália). No período da reforma o véu também foi utilizado por todas as igrejas cristãs em todas as regiões.

      Aí o mano Claudio vem e diz “Mas ai vem a CCB e diz, sim, mas veja bem e tal, e os anjos…aff”, como se fosse algo relacionado somente a igreja de Corinto naquela época e naquele lugar e a CCB quisesse instaurar…. Aff, vai ver se eu estou lá na esquina. O véu esteve presente nas igrejas cristãs de todas as regiões, desde os primórdios. Há farto material histórico. Vejam detalhes aqui http://www.aigrejaprimitiva.com/veumulhercrista.html

      Claudio, HP e Vitor,

      Acho louvável criticar problemas graves em nosso meio relacionados a pontos básicos da doutrina cristã (salvação pela Graça, Igreja não é denominação, definição de doutrinas e costumes e etc.). Mas vejam bem, denominações possuem identidades que devem ser mantidas. Daqui há pouco vão querer que a CCB coloque o símbolo da cruz nas suas instalações, adote o dízimo, acabe com o uso do véu, acabe com a uniformidade (liturgia, vestimentas, estilo de orquestra e etc.), se envolva em política e passeatas, celebre casamentos nas igrejas, somente para se adequar a outras denominações.
      Eu, nos 30 anos que estou na CCB, nunca ouvi nos bastidores ou em conversas privadas, irmãs reclamarem do uso do véu. Nem mesmo no meio da mocidade ouvi reclamações semelhantes. Nunca mesmo. Pelo contrário, vejo as irmãs se sentindo bem em relação a isso. Com relação ao uso de calças por parte das irmãs, ouvi sim questionamentos e reclamações. Minha experiência leva a crer que a “pesquisa” relatada pelo irmão Eleotério reflete a realidade.
      Agora se meia dúzia no meio de 1000 se sente incomodado, deveria a CCB mudar sua doutrina do véu? Se para a pessoa é um costume, esse é um direito (vivemos em uma democracia), agora querer dizer que a denominação precisa mudar para se adequar a maioria das denominações, perdendo sua identidade, é algo totalmente errado.
      Participar de uma denominação, inclui muitas das vezes aceitar coisas que não concordamos. Vocês combateriam o dízimo se fizessem parte de outra denominação? Olha que não existe nenhum argumento bíblico contundente a favor do dízimo.

      Aliás, se um cristão membro da CCB (incluindo os ministros), conhece e entende bem os pontos de doutrina existentes no hinário 4, acho até a instituição do estudo bíblico dispensável. O evangelho é puro e simples, não sendo difícil de entender. Se alguém quer se aprofundar em estudos longos e complexos, tendo prazer nisso, que o faça (lembrando que teologia não é uma ciência exata). Agora querer impor isso a todos, acho errado.

      O grande problema da CCB, foi ter deixado de lado seus pontos de doutrina. Deveriam trabalhar duro para que a irmandade os praticasse. Se fossem praticados, os nossos problemas “graves” acabariam.

      No fim das contas a CCB é uma denominação:
      - Bem organizada, com uma administração financeira que recebe diversos elogios de órgãos fiscalizadores;
      - Mulheres sentam separados de homens;
      - Possui uma orquestra muito bem organizada;
      - Exige roupas formais durante os cultos;
      - Adota a doutrina do uso do véu;
      - Não cobra dízimo;
      - Não remunera atividades na igreja;
      - Não realiza estudo bíblico e nem exige formação teológica dos seus ministros;
      - Não considera o Natal uma celebração religiosa, sendo apenas um costume da nossa sociedade;
      - Separa completamente religião de estado, não se envolvendo em política, celebração de casamentos e etc.;
      - Mulheres não fazem parte da liderança da denominação e nem presidem cultos.

      Bom… Essa é nossa identidade. Podem ou não concordar, mas é um direito da CCB e que deve ser preservado. Se não fosse assim, não deveriam existir diferentes denominações. Mas como as pessoas possuem gostos diferentes faz se necessário a presença de diferentes denominações, porém pertencentes a mesma Igreja de Cristo.

      Agora, TODOS os graves problemas existentes na CCB e que nós muito criticamos hoje, deve-se ao fato da irmandade e ministério não praticar em sua totalidade os pontos de doutrina presentes no hinário 4. É isso que devemos “impor” na CCB.

      Agora imitar outras denominações não tem nada a ver…

      Deus os abençoe!
      Samue

      • Mano Samuca,

        Eu te confesso que “Denominação perfeita” eu sei que não existe nenhuma, pelo simples motivo de haver “o Homem” dentro dela.

        Portanto, sempre considerei a CCB uma “denominação madura”, como tantas outras também são.

        Agora se falarmos de doutrinas Bíblicas, interpretadas pelos homens, todas elas se esfacelam diante da Graça de Cristo.

        Graça. Favor imerecido.

        Desde o ar que respiramos, ao Sol que esquenta nossa pele, a água que bebemos, o sabor doce de uma fruta. Tudo é Graça.

        Tudo é misericórdia de Deus para com o homem. Não criamos nada, apenas usurpamos dos direitos universais dado pelo Criador à nós, criaturas suas. Usurpamos, cobiçamos e destruímos. Não criamos nada. Absolutamente nada.

        E daí vamos para a Espiritualidade, Tudo é Graça. Não merecemos estar diante de Deus. Não merecemos sermos justificados. Mas fomos por AMOR!
        .

        Esta é a índole de Deus, não apenas encontrada na Bíblia, mas revelada aos olhos nus daqueles que quiserem prestar atenção a perfeição das criações de Deus!
        Deus continua dando AR para o ATEU respirar!!
        Deus continua abençoando o BLASFEMO com FILHOS!!
        Deus continua sustentando com VIDA quem ODEIA a Deus!!!
        Deus continua dando felicidades temporais para aqueles que NADA QUEREM com Ele!!

        Quem vier falar que Deus é mau e destruidor, está pecando na sua ignorância! Mas mesmo assim, Deus ainda tem misericórdia dos tais!

        Esta é a Graça de Deus, que é acima de qualquer religiosidade humana. Graça revelada por Cristo e sustentada por Cristo desde antes da fundação do mundo!!

        .
        E me perdoem se esta minha fé vos choca. Eu fui surpreendido por este Amor Glorioso que Ele me amou. Não posso deixar de anunciar este amor tão grande, mesmo quando aos homens é preferível um “deus” ignorante, malévolo, arrogante e mesquinho. O DEUS que criou tudo é AMOR em sua essência!

        .
        E nós conhecemos, e cremos no AMOR que Deus nos tem. Deus é AMOR; e quem está em AMOR está em Deus, e Deus nele. 1 João 4:16

        Aquele que não AMA não conhece a Deus; porque Deus é AMOR. 1 João 4:8

        Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito AMOR com que nos AMOU, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), Efésios 2:4-5

        Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o AMOR é de Deus; e qualquer que AMAé nascido de Deus e conhece a Deus. 1 João 4:7

        Ninguém jamais viu a Deus; se nos AMAMOS uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu AMOR. 1 João 4:12

        E conhecer o AMOR de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Efésios 3:19

        Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do AMOR de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:39

        • Assino embaixo. Texto perfeito, maduro, lúcido! Sem nenhuma necessidade de retoque. Admiro sua capacidade de discernir as coisas.

        • Muito bonito o seu texto irmão HP. Concordo plenamente. Só algumas ponderações:

          Devemos então pregar somente o AMOR e deixar de lado o batismo e celebração da Santa Ceia por exemplo? Se eu for levar a ferro e fogo, a maior parte dos escritos no novo testamento seriam “encheção de linguiça”.
          Lembrando que o que pode ser doutrina de homens para um, pode ser doutrina de Deus para outros.

          Ora, virou até clichê no meio evangélico dizer isso, mas nos evangelhos, Jesus Cristo citou mais o inferno do que o céu. Concordo que as boas obras e obediência à doutrina são consequências, mas é totalmente necessário lembrar isso.

          Logo, se eu falo do AMOR de Deus e a pessoa se converte, logo terei que dizer a ela que que esse mesmo Deus disse que após crermos em Seu nome, deveremos nos batizar. Ora, que efeito teria um simples “mergulho” na água no meio de tantos versos lindos a respeito do Amor? Eu diria, o próprio Mestre disse que deveríamos praticar tal ato simbólico, e como creio na bíblia como Palavra de Deus, recomendo seguir essa doutrina.

          Além de falar do Amor de Deus, eu terei que dizer que Deus disse que deveríamos lembrar o Sacrifício do Senhor Jesus Cristo através da celebração da Santa Ceia. Ora, que efeito tem um pedação de pão e um gole de vinho diante do AMOR? Eu diria, o próprio Mestre disse que deveríamos praticar tal ato simbólico, e como creio na bíblia como Palavra de Deus, recomendo seguir essa doutrina.

          Se na minha interpretação, o uso do véu é doutrina bíblica (é um direito que temos, pois somos livres dentro da Graça), além do AMOR de Deus, eu terei que dizer que quando estiver orando ou profetizando a mulher deve usar o véu. Ora, que efeito tem um pedaço de pano sobre a cabeça? Eu diria, o próprio Mestre revelou ao apóstolo que as mulheres deveriam praticar tal ato simbólico.

          Pregue o AMOR, mas lembre as pessoas que como gratidão de todo esse AMOR, deveríamos ter o bom senso de seguir a doutrina de Deus (não dos homens), não para ter recompensas, mas sim por AMOR.

          Deus te abençoe Mano HP, e parabéns pelo belo texto (falo sem sarcasmo e sem hipocrisia).

          • Mano Samuca,

            Lendo teu comentário, me lembrei do ladrão na cruz do lado da do Senhor Jesus.

            Pra mim é uma das passagens mais emblemáticas e lindas dos Evangelhos.

            O cara que estava lá merecia. Ele não era nenhum injustiçado. Tinha feito por merecer de acordo com o código civil daquela época.

            Não sabemos se ele havia conhecido a pregação de Jesus antes daquele fatídico dia que os dois eram “vizinhos de cruzes”.

            Quando ele abre a boca e diz “Senhor, lembre de mim quando entrares no teu Reino”, é notório que já tinha passado algumas horas que estavam ambos (ele e o Senhor) agonizando pendurados naqueles madeiros.

            Daí vem a frase redentora do Senhor: “Ainda hoje estarás comigo no paraíso”.

            Você e eu concordamos que o ladrão:
            - Não foi batizado;
            - Não tomou santa-ceia;
            - Não participou de cultos;
            - Não leu as Escrituras;

            E a lista dos “Nãos” continua… Eu tô sem imaginação fértil pra aumentar esta lista agora.

            Mas temos uma certeza: Ele entrou no paraíso.

            Daí “a porca torce o rabo” no meio dos cristãos, teólogos, pastores, anciãos, cooperadores, etc.

            “Não é bem assim”, “o caso dele é exceção”

            Quantas mulheres aqui neste blog já foram usadas aqui mesmo profetizando (no sentido de 1 Coríntios 14:3 – edificando, exortando e consolando), sem terem colocado o véu sobre suas cabeças, quando em suas casas na frente do computador escreviam, como em mandamento de 1 Coríntios 11:5?

            Quando vivemos em Cristo, oramos e profetizamos (no sentido de 1 Coríntios 14:3) a todo momento (Ef 6:18 e Rm 12:1). Não apenas dentro dos templos.

            Eu atendo culto de paletó. Porquê? Porque não me custa colocar um paletó e sei que na nossa denominação é essa a tradição.
            Mas ninguém me impede de pregar o Evangelho sentado a mesa, almoçando com os colegas, da mesma maneira que faço no púlpito…

            Deus te abençoe meu irmão!
            Perdoe que eu não sou prolixo. Escrevo demais mesmo. rsrsrs

            Um abraço.

          • correção: “Perdoe que eu sou prolixo. Escrevo demais mesmo. rsrsrs”

          • Samuel,

            Sobre a Santa Ceia, uns tempos atrás uns irmão do ministério estavam conversando entre si, tirando dúvidas sobre como deveria ser feita a Santa Ceia.

            O papo virava em torno de pão com fermento ou sem fermento, com corte central ou liso, redondo ou retangular, tipo de farinha de trigo a ser usada, se o pão rachar as beiradas o que fazer, sobre a massa que sobrar o que fazer etc.
            Também foi questionado a respeito do vinho, se deve ser seco ou suave, qual o teor alcoólico, porque de não poder ser vinho branco em vez de tinto (falaram que é tinto, por causa da cor do sangue)…

            Acabamos por dar tanta importância aos preparativos e esquecemos do principal: Ninguém havia entendido que o motivo da Santa Ceia é a união nossa (eu com meus irmãos) com Cristo.

            Este é o real sentido da Santa Ceia, do “Fazei isto em memória de mim”. Não é apenas comer o pão ou tomar o vinho. É vivermos em real união e comunhão entre nós mesmos e entre nós e Cristo.

            E por aí vai… Mas talvez, esta opinião minha choque alguns.. Pena que viver em desarmonia, brigas, “panelinhas” entre os irmãos não cause o mesmo choque a muitos..

            Abs!

          • Sobre o batismo a minha opinião segue a mesma linha: Creu, que seja batizado, ponto final.

            Criamos coisas adicionais como:
            Buscar confirmação para batismo (ainda bem que Filipe não fez isto com o eunuco).

            Só ancião e muito raramente diáconos podem batizar (Timóteo que era cooperador não podia fazer batismos? Tinha que esperar um apóstolo vir atender os serviços? Vai ver por isto que não existe Igreja em Éfeso hoje em dia…).

            Pressão ao batizar: Quem nunca ouviu “Se vc não vir hoje rindo, nem que seja chorando numa cadeira de rodas, vc virá”?

            Poderes dados ao batismo: “Fui salvo pelas águas do batismo”.

            E por aí vai…

            .
            Eu me batizei, pois cri que Jesus é o meu Salvador. Ponto final.

            Abs!

          • Por isto, se colocarmos todas essas interpretações bíblicas, muitas delas divergentes, diante da GRACA, todas se esfacelam…

            A Graça é algo maior, infinitamente maior, porém a maioria serve doutrinas, regras, interpretações, achando que estão servindo a Deus.

            Quando alguém entende o que é Graça, o servir muda. Compreendemos que servir a Deus é servir ao próximo. Que amar a Deus é amar ao próximo. Um sentimento de compaixão pelo próximo invade a alma.

            Daí entendemos o que Paulo escreveu (pra mim, uma verdadeira poesia, uma ode ao Amor de Deus) na mesma carta aos Coríntios: De nada me vale profetizar, falar em línguas, saber ciências e mistérios se não tiver amor…

            Daí compreendemos a grandiosidade do amor de Deus encarnado em Cristo, sofrendo na cruz, sendo manietado pela criação Dele, debochado, escarnecido e mesmo assim perdoando “estes que não sabem o que fazem”.

            Daí meu mano amado, você chora. Você cai no chão, porque nada é mais baixo que o chão e se derrama diante de Deus. E nota, que até para se derramar diante Dele, Deus te deu um suporte, o chão… Daí um sentimento de gratidão invade a alma, a certeza é implantada no peito que “nada me separará do amor de Deus”…

            Essa é a Graça, que humilha a carnalidade humana e exalta o poder de Deus em nos levantar do pó.

            Templos, rituais, tradições são criações humanas. Deus não precisa de nada disto. Ele é Deus. Está acima de qualquer oferenda que possamos lhe dar…

            Ele quer que vivamos em Santa Ceia, que vivamos em oração, que vivamos profetizando as boas novas do Evangelho.. E a vontade Dele sempre é boa. Faz um bem muito grande quem vive assim com Deus…

            Um abraço e perdoe-me pelas muitas linhas escritas… por abrir meu coração neste assunto… confesso que posso passar muito tempo falando da Graça, dessa liberdade, desse amor, dessa vida com abundância nos dada por Deus…

            Não me interprete mal… perdoe-me se pareço ser algo…
            Nada sou. Cristo É.

            Deus te abençoe.

          • Irmão HP,

            Li minuciosamente todos seus comentários acerca do Batismo, Santa Ceia e etc. Está muito claro e lúcido. Concordo plenamente com tudo que o irmão escreveu. Penso exatamente igual só que não consigo sintetizar com palavras. Só temos a discordância com relação ao uso véu…

            Deus o abençoe por gastar todo esse tempo escrevendo essa resposta. Me sinto honrado pelo tempo dispensado. Que Deus continue dando essa força e o mantenha no ministério da CCB. Precisamos do irmão em nosso meio para fazer a diferença, ainda mais estando no ministério. Seja firme e continue.

            Que Deus o abençoe!

            Samuel

          • Amém meu mano Samuca.

            Deus te abençoe também. ;-)

      • Amado Irmão Samuel,
        Eu não tenho nenhum problema com qualquer costume/tradição da nossa Igreja, e tanto quanto me é dado a entender (posso estar errado!) pela análise das escrituras, o uso do véu é um costume, e não doutrina.

        Quando colocamos usos e costumes acima de doutrina, aí sim, qualquer Cristão deve ficar preocupado e deve manter um zelo saudável para que essa prática seja corrigida na sua Igreja

        É minha opinião que o Evangelho deve ser mensagem acima de qualquer outra, e o que EU vejo na MINHA igreja, é que dá-se mais valor a “use o véu e saia comprida” do que a “Jesus morreu pelos seus e meus pecados”. Esta é a minha preocupação.

        No demais, que seja o amor de Cristo a reger todas as coisas, e se em alguma coisa o amei a menos, e/ou se as minha palavras o escandalizaram de alguma forma, rogo-lhe que perdoe este seu (extremamente) imperfeito irmão na fé.

        Deus o abençoe caro irmão,
        Vitor, CC em Portugal.

      • “O Apóstolo Paulo fez essa pergunta “julgue entre vós mesmos” porque era algo óbvio, que ele nem precisaria falar, pois o bom senso deveria identificar. ”

        Sim Samuca, óbvio para a época, mas a Bíblia é atemporal.

        Hoje, a resposta à pergunta seria : “Não há qualquer indecência para a mulher orar a Deus descoberta”.

        A decência é algo gritante, até o mundo não aceita, é o caso de um irmão fumar, beber exageradamente, ou a irmã usar roupas extremamente decotadas e tal, as pessoas dizem: “Olha lá o (a) crente…”, sim ou não ?

        Já o uso do véu é até um obstáculo ao Evangelho, tem pessoas que deixam de frequentar uma congregação achando que ser crente é aquilo ali.

        Fim das barreiras ao Evangelho.Salvação é algo sério e precisa ser difundida pelo mundo, Jesus deu o exemplo, seguir o véu é ser desobediente, penso eu.

        Parece que a questão está ligada à decência mesmo, leia melhor o texto, faça-o várias vezes, verá o equívoco da CCB.

        É como o ósculo santo, não há fundamento para aquilo ainda ser praticado em nosso meio.Interpretaram, onde não cabia, literalmente o texto bíblico.A mensagem não é essa que a CCB prega, tanto que é extremamente constrangedor para nós brasileiros esse tipo de cumprimento.

        Mas assim, se praticar o ósculo, que seja santo hein ?! Nada de apunhalar depois o irmão pela frente e muito menos pelas costas.

        A Paz.

        Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  50. Falando em véu , cabelos , anjos me veio em lembrança uma experiência que aconteceu comigo há uns dez anos , o qual nunca me esquecerei! Lembro-me que dias após esse acontecimento , ainda em estado de deslumbre , fui buscar uma resposta do Senhor Jesus , o qual me respondeu que às vezes Ele permite “vermos” coisas ruins , mas que também nos mostra um “pedacinho dos mistérios dos céus”! Foi isso que Ele me disse. Para quem quiser ler: (o fato de alguém crer ou não , não muda nada , pois eu bem sei o que presenciei aquela noite… )

    .
    Já era bem tarde da noite, fiz a minha oração para dormir. Quando já estava deitada, tive a visão do rosto de um espírito bem próximo a mim. Comecei a me sentir muito mal, uma aflição de alma inexplicável. Senti que estava perdendo minha mente, a ponto de não saber mais onde estava… Aquele espírito veio para me destruir!
    Lembro-me que em mente comecei a fazer uma oração em desespero ao Senhor Jesus, que Ele me socorresse… Minha alma estava aflita. Orei, orei, orei… quando de repente vejo vindo em minha direção, flutuando, uma moça gloriosamente bela, parecia toda iluminada, cabelos longos de onde saiam como faíscas douradas de seus cabelos, num vestido longo, parecia feito de um tecido cintilante prateado-azul. Seu rosto brilhava,seus olhos eram feitos de luzes que pareciam girar, ela era linda! De repente notei que aquele espírito desaparecera imediatamente…
    Uma paz intensa invadiu o meu ser. Fiquei contemplando aquela moça por alguns instantes.Seus cabelos , , não sei se eram dourados , pois emitiam uma luz como faíscas douradas. Havia algo em seus cabelos que não consigo explicar… Ela não me passou nada mentalmente. Ela apenas chegou, humildemente. Senti todo o seu ser: era de uma pureza, uma bondade, humildade..e santidade,. sem igual. Comecei a chorar que queria ficar com ela. Tive a sensação que já a conhecia há muito tempo, mas ela se foi…
    Passei dias meditando naquele ocorrido, e todas as vezes que me lembrava dela, chorava copiosamente.
    Diante dessas visões, percebo o quanto ainda sou imperfeita, o quanto sou um nada diante desses seres tão puros. Busco, através das orações, as virtudes do Pai Celestial, pois almejo intensamente o aperfeiçoamento da minha alma.
    O que me chamou a atenção foi a sua humildade. Ela não chegou dizendo mentalmente “Vim aqui para afastar esse espírito!” Não! Só a sua presença fez isso.
    Foi muito marcante para mim. Foi uma lição sobre amor, humildade e pureza
    Todas as vezes que me recordo dela , meus olhos se enchem de lágrimas. Jamais me esquecerei de sua pureza , não tenho palavras para descrever…

    • Embora não seja merecedora Deus , pela sua grande misericórdia tem me permitido de passar por várias experiências desse tipo , e esta foi uma da qual jamais me esquecerei.

      Aconteceu há uns dez anos mais ou menos.Me via num certo lugar , na presença um ser de uma aparencia gloriosa,seus olhos eram azuis. Não me lembro exatamente que local era aquele.Senti toda a pureza e santidade que havia nele. Recebi o seu abraço e senti uma explosão de amor que invadiu todo o meu ser. Percebi que ele conhecia todos os meus defeitos e que seu amor por mim era muito forte e incondicional Eu também o amava muito. Lembro-me que acordei sentindo o meu peito arder de tanto amor.Fui contagiada por aquele amor . Saí para as ruas e olhando para as pessoas nutria amor e compaixão por elas, num sentimento puro de alma. Lembro-me que olhava para os céus e dizia: “Senhor, sou a pessoa mais feliz deste mundo, porque eu amo o meu próximo”. Quando foi a noite , fui congregar , e mais uma vez o Senhor me surpreendeu , dizendo: “Bem aventurado aquele que diz:”Senhor , eu sou a pessoa mais feliz deste mundo , por que eu amo o meu próximo! Fui capaz de me sentir como eu sou diante dele, , sentir o seu amor para comigo , um amor imenso , amor de alma , incondicional , forte e eu senti que o amava também. Ele era um ser puro, não dá para explicar. .. “Fiquei assim nesse estado por vários dias…chorando que queria vê-lo novamente , mas fui repreendida por Deus de uma forma que entendi! Como esses seres são perfeitos, puros , cheio de humildade, amor , bondade , mansidão …Eles são como água cristalina , límpida… me faltam palavras. Seus cabelos eram dourados e longos um pouco abaixo do ombro! Mistérios…

      • Não fosse pela cor dos cabelos e os olhos azuis eu diria que já vi tanto a mulher quanto o homem citados.

        Sonia, o vestido da mulher não era meio branco ?

        Força irmã, nosso descanso não será aqui.

        Paz.

        Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  51. Estudo bíblico já, pelo menos pra saber diferenciar Jesus de Genésio.

    Graça e Paz.

    Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  52. Elisabeth Nunes disse:

    …em lugar de véu. Não fala no lugar de véu. Portanto, véu não é necessário.
    Mas usar véu é apenas um costume e por ser costume, deveriam ser mais humildes com os que não usam.

  53. Evangelista Cristão

    O uso do véu é Doutrina………

    I Cor. 11v.10 – O uso do véu também tem uma “causa”, essa causa são os “anjos”; “deve”(gr. opheilei) vem de “dever”, obrigação

    Há os que afirmam que o uso do véu era por “causa” das prostitutas existentes em Corinto; tal interpretação é uma aberração aos anjos.

    A Bíblia por si mesma se explica”! E, a bíblia se explicando, diz que é por “causa”dos anjos,não“costume”.

    O homem é a “glória de Deus”, e a mulher a “glória” do homem.

    O texto afirma que o cabelo comprido lhe é uma “glória”. Por essa razão mesmo, de ser para ela uma glória, no culto ela tem de “cobri-la,” e quando se cobre, estará cobrindo a “glória do homem” juntamente com sua própria glória;

    Evangelista postando que está na biblia a palavra DEVE………..

  54. Evangelista Cristão

    A biblia na CCB segue uma interpretação(que acreditamos) ser Guiada Pelo Espírito Santo.

    A maioria dos ministros são pessoas com pouca cultura e, não buscam outros livros fora da biblia para anunciarem Cristo e ou a salvação da alma.

    Eu, e quase 200 pessoas da minha familia acreditamos que a doutrina ensinada na CCB é a que mais condiz com a biblia e principalmente com o novo testamento.

    No meio da minha família tem aqueles(as) que tem nivel escolar superior e também os que pouco estudaram.

    Todos nos aceitamos a liturgia dos cultos,mais, a doutrina ensinada e, sentimo-nos bem na CCB.

    Baseado nisso continuarei a defender nossa opinião e não sou obrigado a pensar igual a quem quer que seja.

    Na NET somos livres para defendermos nossos pensamentos. Certos ou errados !!!!

    Sendo assim continuarei defendendo minha forma de crêr.

    Continuarei respeitando a forma de crêr dos demais, embora DISCORDANDO……..

    Mais uma vez eu recomendo aqueles(as) que discordam das liturgias e doutrina da CCB que sigam para outra denominação que adeque-se a sua maneira de crêr.

    Que Deus abençoe e ajude aqueles(as) que forem para outra denominação………

    Evangelista Cristão respeitando o pensamento de todos……………

    • “A biblia na CCB segue uma interpretação(que acreditamos) ser Guiada Pelo Espírito Santo.”

      Normal se enganar, eu já acredite que guardando o sábado seria o suficiente para entrar no céu.

      “A maioria dos ministros são pessoas com pouca cultura e, não buscam outros livros fora da biblia para anunciarem Cristo e ou a salvação da alma.”

      Primeiro que a CCB não anuncia a Cristo nem salvação.No máximo se restringe àquelas 4 paredes cinza e branco.

      Entenda amado, que diferença faz um pouco de sal dentro de um saco de sal?
      Se somos o sal do mundo, na CCB o sal serve para salgar o sal, é dessa interpretação que fala?

      Em vez de “maioria”, cite números, ficaria mais fácil a nossa compreensão.

      No mais, falta de cultura não deve ser motivo de orgulho, é até vergonha, a escola está lá, só não vai quem não quer, salvo raríssimas exceções, desculpem-me pela franqueza.

      Engraçado, ora diz que falta cultura à “maioria”, pra sustentar que a interpretação é verdadeira e genuína, noutro momento diz que só tem desembargador na CCB dando extrema importância à tal cultura supostamente desprezad.Você é contraditório amado !

      “Eu, e quase 200 pessoas da minha familia acreditamos que a doutrina ensinada na CCB é a que mais condiz com a biblia e principalmente com o novo testamento.”

      Pelas contas são 201 equivocados, nada de extraordinário nisso.Você ataca igrejas com milhões de membros lembre-se disso.

      “Mais uma vez eu recomendo aqueles(as) que discordam das liturgias e doutrina da CCB que sigam para outra denominação que adeque-se a sua maneira de crêr.”

      Não, por amor, ficaremos na CCB, lutando sempre pela conversão desses “7 milhões” dos quais você cita, tirá-los do engano.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

      • Irmão Cláudio, esta sua resposta é uma pérola, só tenho pena que o irmão Eleotério viva num mundo só dele e que o orgulho que inunda o seu coração o impeça de ver a verdade das escrituras.

        O irmão Eleotério não é Cristão, é CCBeiano. Eu desejo e oro que o irmão Eleotério consiga um dia não muito longe perceber a diferença, pois como explicar doutra forma alguém que defende a sua igreja acima das próprias escrituras e o que nelas está perfeitamente declarado?

        Faz-me lembrar os TJ´s que vão lá a casa preformatados com as heresias da Sociedade Torre de Vigia que quando me ouvem a refutar ponto por ponto ( goo.gl/efHRKp ) as suas mentiras olham para mim com olhar de pena, ao invés de se retratarem e reconhecerem o erro, porque lhes ensinaram que quem rebater os ensinos dos testemunhas de jeová está sob influência do diabo.
        Assim é o irmão Eleotério, que não percebe que apesar dos seus muitos anos de ministério e de serviço a Deus, tinha muitas coisas a aprender com outros Cristãos, tão somente dispusesse o seu coração para tal.

        O orgulho é terrível, a primeira queda (a que antecedeu o pecado de Adão) foi causada precisamente por quem queria parecer mais do que era.

        Nunca nos esqueçamos de orar pelos tais, para que a misericórdia com a qual fomos agraciados também os alcance (e eu creio que o irmão Eleotério possa ser a ponta da lança para início de uma regeneração há tanto tempo orada).

        http://www.gotquestions.org/Portugues/orgulho-Biblia.html

        • Correcção:
          Eu não sei se o irmão Eleotério é ou não Cristão, isso só Deus sabe. Afirmar o contrário foi um erro meu e por isso peço desculpa ao irmão. Mea culpa.

          O que eu quis dizer é que baseado nos seus testemunhos aqui escritos, ele dá a impressão de valorizar mais a igreja a que pertence (e a maioria dos que aqui participam) do que o conteúdo das Escrituras que claramente contradizem certos valores defendidos pela Congregação Cristã.

          Pela minha desajustada e imprópria afirmação, apresento o meu pedido de desculpas ao irmão Eleotério.

        • ‘…ao invés de se retratarem e reconhecerem o erro, porque lhes ensinaram que quem rebater os ensinos dos testemunhas de jeová está sob influência do diabo’. Engraçado… Ouvi isso a vida inteirinha foi de membros da CCB!

          • Clóvis E. de Almeida disse:

            Ao Eleotério, o qual se intitula evangelista Cristão:

            Sabia que você não ia conseguir explicar a parte em que Cristo lavou os pés e mandou fazer como ele fez!
            Veja que a CCB por muitas décadas se disse a única salva, porque guarda todo o Novo Testamento.
            Sobre o Novo Testamento, por volta de 1.970 ouví um ancião pregar que a CCB teve a sorte de ter ficado com a túnica do Senhor. (Guarda tudo). Os seitários ficaram só com as partes do vestido. (Cada seita guarda um pouco).
            Vejo também que cumpre em tí a parte onde Cristo disse sobre expulsar os Cristãos das sinagogas. Sempre que você é fechado em seus argumentos, “ao meu ver” muitos deles são papos furados, você expulsa a pessoa da CCB, mandando procurar outra e tal.
            Se todo mundo ficar defendendo tradições de anciães, máfia de anciães, como no caso da calúnia paga por anciães para derrubar o ex-ancião Zé Nicolau da presidência da CCB, como alguma coisa vai melhorar?
            Se número de templos, número de membros, tempo existência da igreja, e coisas parecidas forem requisitos para vencer a copa do mundo da salvação, qual igreja levará o prêmio?

  55. Perdão irmão Claúdio , foi um mal entendido da minha parte. Agora , o que o irmão quis dizer “que o nosso descanso não será aqui”. Não entendi mesmo .

    • Irmã.

      Seus posts transparecem os de uma pessoa aflita, preocupações em demasia ocasionam os sonhos.

      Quis transmitir ânimo e perseverança à irmã.Continue na luta,

      No mais, meus argumentos são fracos, mas a Bíblia é poderosa, medite nesse texto:

      “Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens.” Salmos 115:16

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

      • Não foram sonhos , pois estava acordada em relação a moça , mss tudo bem já estou acostumada a ouvir isso!

        • Irmão Claúdio
          Referente a esse trecho bíblico , não se esqueça que dentro de nós há algo que não pertence a esta Terra

  56. Amado HP,

    Louvados seja Deus, porque nos revelou que a Bíblia é a Palavra de Deus. Porém, infelizmente, o inimigo tem-na usado para destruir o ser humano, criando religiões, interpretações sem contexto, fazendo prevalecer a vontade dos líderes e não mais de Deus.

    Muitos estudam a Bíblia e chegam a conclusão que devemos guardar o sábado, um mandamento da lei mosáica – que o Senhor Jesus aboliu na cruz -, e se dizem cristãos; outros entendem que devemos ser dizimistas, mandamento igualmente abolido por Cristo; há os que dividem a Glória de Cristo com uma pecadora, Maria; e há ainda os que pregam que Jesus Cristo não é Deus, mas apenas um representante dele na terra, e se autodenominam cristãos.

    Há várias explicações para esse fenômeno, mas eu fico com aquela ensinada pelo Ap. Paulo, que diz: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; (2 Timóteo 4:3)”.

    Eles não suportam a doutrina de Cristo, os mandamentos do Senhor Jesus, a Sua lei. Por causa disso, usam de uma pinça diabólica para colher o que lhes interessa na Bíblia. Isso é costume; aquilo, opcional; aquele lá, não faz sentido para os nossos dias. Não! Os mandamentos do Senhor Jesus jamais se perderão enquanto não chegar a consumação dos séculos.

    Antes, temos que cumprir os mandamentos do Senhor Jesus e assim saberemos que estamos nele e Ele em nós, porques está escrito: “Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. (2 João 1:9)”.

    Na perseverança da doutrina, temos o Filho. Este é aquele que, na sua infinita misericórdia (Graça), irá interceder por nós junto ao Pai. Disse o Ap. João: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. (1Jo:2-1)”. O que é pecar, irmão? Nada mais é do que não cumprir os mandamentos do Senhor da forma que Ele nos ensina. Só estamos no Senhor Jesus, o Advogado de nossas almas, se cumprirmos os seus mandamentos. O texto não menti.

    Essa relação de submissão traz outra consequência: o ser humano só pode amar o próximo, da forma que agrada a Deus, se antes se submeter aos Seus mandamentos. Na história da humanidade, muitos homens usaram de amor para com o próximo, povo ou nação, porém, sem estar em comunhão com Deus. Será que eles fizeram a vontade do Pai? Não, não fizeram.

    Como a Bíblia é o nosso instrumento para conhecermos a vontade do Senhor, ela traz o relato do Ap. João sobre a questão: “Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. (1 João 5:2)”. Tem este: “Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. (1 João 2:4)”.

    Deus é amor e nos deixou os Seus mandamentos para nos salvar. Isso não é a Graça do Pai? Particularmente, eu sou muito fraco, mas procuro cumprir os mandamentos do Senhor Jesus e pedindo força a Ele para cumprir os que não consigo ainda, na esperança do Seu Poder se manifestar na minha vida (2Co:12-9e10).

    É a luta do espírito cotra a carne, comum na vida de qualquer cristão, na intenção de ser perfeito (Mt:5-48). Porém, se não conseguir, espero receber da Graça de Cristo para ser o meu Advogado diante do Pai. Isso é a Graça.

    Enquanto estiver aqui, procuro cumprir sim os mandamentos do Senhor Jesus, recebendo o Seu perdão pelas minhas faltas e falhas (Graça de Deus), mas para no final da vida apresentar a fé e as obras (Tiago:2-18).

    A Graça que gera salvação, o favor imerecido de Deus para com os homens, não vem antes do reconhecimento da nossa insignificância diante dEle e pela certeza que temos de fazer a Sua vontade para amar e ser amado por Ele.

    O ser humano não consegue amar o proxímo da forma que agrada Deus sem antes amar o Senhor. O amamos cumprindo os seus mandamentos. E, agindo assim. receberemos da Sua Graça. Por favor, não se escandalize. Nas palavras do Ap. Paulo: “A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. Amém. (Efésios 6:24)”.

    Irmão, não há como pular etapas. Só receberemos da graça de Deus se cumprirmos a Sua vontade. Se fizermos isso, pela fé receberemos da Graça de Deus hoje e naquele grande dia do Senhor. “Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é TEMENTE A DEUS, e FAZ A SUA VONTADE, a esse ouve. (João 9:31)”.

    Não há mistério nem enigma. Quem deseja receber do amor do Senhor (Graça), deve permanecer na sua vontade. “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor. (João 15:10)”.

    Mas uma vez, cito a Bíblia. Veja isto: “E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista. (1 João 3:22)”. Não tenha dúvidas, o que agrada o Senhor é o cumprimento dos seus mandamentos.

    Vou finalizar. Perdoe-me pela extensão do texto e se te aborreci com minhas palavras. Digo isso, porque nesses cinco anos de debates com as testemunhas de jeová, eu fiz muitos inimigos, e não gostaria de ter um irmão de fé triste comigo. Mas se seu coração se alegrou, louvado seja o nosso Deus de amor.

    Obs: Encontrei o site há algum tempo, mas não tinha dado a devida atenção. Que Deus abençoe todos que participam deste forum. Meu nome é Marlos, porém não me importo quando alguém me chama de Marcos. Aproveitando-me disso, deixou aqui o recado do Ap. Paulo para os servos de Deus deste site: “Aristarco, que está preso comigo, vos saúda, e Marcos, o sobrinho de Barnabé, acerca do qual já recebestes mandamentos; se ele for ter convosco, recebei-o; (Colossenses 4:10)”.

    Deus te abençoe.

    • Marlos,

      Deus te abençoe pelo carinho em dirigir as palavras a mim.

      Então, no recado final, aonde Paulo dá boas referências a respeito de Marcos, o sobrinho de Barnabé, gera uma história interessante.

      Em Atos, nos é relatado que nas primeiras viagens missionárias que Paulo fazia, Barnabé o acompanhava. Eram companheiros na missão e é dito que numa destas missões, Barnabé trouxe junto Marcos.

      Só que missão naquele tempo não tinha alguns confortos atuais, aonde ouvimos irmãos dizerem que vão em missão, atender algumas reuniões e voltarem para trás.

      Paulo, Barnabé e Marcos iniciaram uma missão sem saber o que teriam pela frente. E numa das cartas, Paulo nos conta o que enfrentou: Nudez, fome, açoite, perseguição, apedrejamento, fuga, prisão…

      Marcos não aguentou a pressão. Desistiu e voltou pra trás, deixando Paulo e Barnabé continuarem sozinhos a viagem deles.

      Quando a missão acabou, ambos voltaram para Jerusalém. E logo em seguida uma nova missão lhes apareceu. Barnabé lembrou-se do sobrinho amado e queria levá-lo junto. Paulo não aceitou.

      Brigaram feio. A briga foi tão grande que houve Separação e nunca mais andaram juntos.

      Ainda bem que lá na frente Paulo lembrou de Marcos, como na parte exposta pelo irmão, como também na parte que ele faz referência a trazer “Marcos que lhe era muito útil ao Evangelho”.


      Homem é assim. Num momento que lhe pegam no ‘calo’, ele grita.

      Por isto, “nem de Paulo, nem de Pedro, nem de Apolo. De Cristo”

      Abraços, amado.

      • Amado HP,

        Somos todos falhos. Não sou melhor que Marcos ou Paulo. Marcos, pelo visto, não olhou para trás, porque Paulo ainda o cita com carinho. O Senhor Jesus também pensou em fugir da cruz, mas prevaleceu a vontade do Pai. A vida terrena é assim mesmo, às vezes, nos dá medo, tristeza e solidão. Porém, Deus, na sua infinita misericórdia, nos abraça e nos consola, nos dando força para continuar a caminhada terrena. Isso é a graça. A graça de Deus também está no doce de uma fruta que até mesmo um ateu pode sentir. Mas ele não terá a graça da salvação da alma. Esta é que importa, aquela é passageira.

        Deus te abençoe.

  57. Breves comentários a respeito do diálogo dos malfeitores crucificado com o Senhor Jesus (Lucas 23-39a43)

    - E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.

    Esse malfeitor talvez não soubesse, mas estava falando com o próprio Deus. Blasfemou porque sugestionou para Jesus não cumprir a vontade do Pai. Satanás tentou Jesus Cristo no deserto e depois da tentação “ausentou-se dEle por algum tempo”. Satanás volta na crucificação para fazer a última investida. Jesus Cristo poderia ter descido da cruz, mas não fez isso porque sabia que era necessário passar por tudo aquilo pelo bem da humanidade.

    - Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?

    O outro malfeitor mostrou claramente que naquele momento passou a temer a Deus. Parece que ele abriu o coração para Deus nesse momento. Acho que o Pai, do alto, sorriu para ele. Muitos pensam que temer a Deus é errado, mas é outra história.

    - E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.

    Ele reconheceu que seus atos não foram bons, por isso recebeu o castigo da lei dos homens. Ao mesmo tempo, demonstrou que Jesus Cristo não merecia estar naquela condição, porque não havia prática de crime por parte dEle. Como ele sabia disso? Acredito o Espírito Santo tinha acabado de entrar no coração dele.

    - E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.

    Olha que maravilha! Observe a sequência: o homem passou a temer a Deus, reconheceu que Jesus Cristo era inocente na cruz e, por fim, O chamou de Senhor e de Rei Celestial, se colocando como servo. Agora ele era um servo de Deus. Ele morreu, mas se de alguma maneira tivesse sobrevivido seria mais um a servir o Senhor, cumprindo os mandamentos do Senhor. Será que precisamos ser pregados numa cruz para termos o mesmo reconhecimento para nos colocarmos como servos?

    – E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.

    O antes malfeitor, agora servo de Deus, recebeu a Graça Divina antes da morte (ser atendido pelo Senhor Jesus) e depois da morte (estar no paraíso). Parece que esse é o conselho do texto sagrado: coloque-se como servo de Deus, se esforçando para cumprir Seus mandamentos, que receberá a Graça de Deus antes e depois da morte.

    Deus abençoe a todos.

    • SIM MARLOS PARA VOCE ENTENDER FOI UM TOQUE DO ESPIRITO SANTOS, QUE NOS ENSINA PARA ENTENDER O PODER IMERECIDO DO SENHOR GRAÇA, OS ESPIRITO SANTO ILUSTROU A PARABOLA DOS DIVERSOS TRABALHADORES O SENHOR DA VINHA O DONO DO SALARIO PAGOU O MESMO SALARIOTAMTO PARA OS QUE TRABALHOU DESDE CEDO ATE ATARDE E OS QUE TRABALHOU NO FINAL DA TARDE, MOSTRANDO QUE ELE E QUE DA O GARLADÃO. NOTA SE QUE MUITOS DICIPULOS O ABADONARAM ACHANDO QUE SEU REINO IA SER COMO O DE DAVI NO TRONO DE JUDA EXEMPLO OS DOI DICIPULOS A CAMINHO DE EMAUS.MAS NO JUGAMENTO DE JESUS ELE DISSE PARA PILATOS, MEU REINO NÃO E DESSE MUNDO VIM PARA DAR TESTEMUNHO A VERDADE, TODOS QUE SÃO DA VERDADE OUVE MINHA VOZ, OLHE QUE O LADRÃO NÃO LEU ESSAS PALAVRAS POR QUE AINDA NÃO EXISTIA O NOVO TESTAMENTO, MAS ELE DEFENDEU JESUS COM PALAVRAS SEM CONDIÇÃO DE DAR BOM TESTEMULHOS, MAS COM VIRTUDE DA GRAÇA NA SUA ALMA DEUS REVELOU ALGO QUE NEM OS APOSTOLOS SABIA A RESPEITO DO SEU REINO LA NO CEUS, E DISSE SENHOR LEMBRA DE MIN QUANDO TIVERES NO SEU REINO, COMO UMA PESSOA MORTE IA SER REI? DEUS TINHA REVELADO PARA O LADRÃO QUE JESUS E O REI LA NA DESTRA DE DEUS. RECEBENDO O PAGAMENTO HOJE MESMO ESTARA COMIGO NO PARAISO. QUANTAS HORAS TRABALHOU O LADRÃO? DIZ A PALAVRA AQUELE QUE ENVERGONHA DE MIM E DAS MINHA PALAVRA EU TEREI VERGONHA DELE NO ULTIMO DIA . MAS AQUELES QUE ME CONFESAR DIANTE DOS HOMENS EU CONFESAREI DIANTE DE MEU PAI. MUITOS COMENTARIOS NESSE SAITE ME DEU MUITA EDIFICAÇÃO VEJO NOS DIAS DE HOJE MUITOS EVANGELISTAS E PROFETAS,DOUTORES ETC COLOCADOS PELA VONTADE DO ESPIRITO SANTO QUE SÃO BARRADOS POR CISTEMAS DE DENOMINAÇÃO RELIGIOSAS. HOJE USA A NET PARA MANIFESTAR A VERDADE SERVINDO A DEUS E EDIFICANDO ALMAS. CONTINUE ASSIM ESTAREI ORANDO POR TODOS.

      • A paz de Deus, Alex.

        O Espírito Santo é o nosso grande instrutor para entender as coisas de Deus. O conhecimento humano costuma complicar e polemizar sobre as mensagens cristalinas dadas pelo Senhor Jesus, seja diretamente por Ele, seja pelas palavras dos Apóstolos. Mas o cristão tem a mente de Cristo e percebe as intenções para discernir tudo espiritualmente (1 Co:2-15).

        Você falou sobre a parábola dos trabalhadores e concordo com tudo que disse. O Senhor dá o galardão segundo os Seus juízos. A Justiça de Deus não é necessariamente a mesma do ser humano. Este, quando não entende ou aceita, passa a julgar, equivocadamente, o próprio Deus. Os preceitos de Deus nunca serão obstáculos ao crescimento da obra divina.

        Sobre os sites, eu acho que são um meio de comunicação para qualquer assunto, inclusive sobre a Bíblia. Isso é importante. Porém, não os vejo como o “novos púlpitos cristãos”, palco dos doutores excluídos das igrejas. Há pontos positivos na internet, sem dúvida, mas o lado negativo é disparado o maior. A igreja de Cristo tem a característica de ser presencial e nunca mudará.

        O malfeitor recebeu a graça de Deus. Antes, porém, ele manifestou obras de arrependimento, submissão e fé, que atraiu para si a misericórdia de Deus. A Bíblia fala sobre a fé e as obras no plano de salvação. Se Deus salva alguém apenas pela fé, como alguns interpretam a passagem do ladrão na cruz, deixando de lado as obras, não cabe ao homem modificar a regra para fazer prevalecer a exceção.

        Deus é soberano. Ele dita a regra. Ele pratica as exceções quando quer. Nós não podemos julgá-Lo. Cabe a nós praticar a regra e deixar para Ele, na Sua misericórdia, aplicar ou não a exceção para fazer justiça. A regra está na Bíblia e devemos observá-la (isso também é graça). Há exemplos de exceções, mas isso não significa que irá acontecer o mesmo com todos. Portanto, façamos a nossa parte enquanto há tempo. Louvado seja Deus!

        Não sei se você frequenta a Congregação Cristã no Brasil ou já a frequentou, mas, na minha opinião, ela é o lugar onde se pode encontrar a vontade de Deus na sua doutrina. O homem é falho. Pode existir outra igreja que também cumpra, da mesma forma, a vontade de Deus, mas não conheço nenhum outro lugar. Olha que comecei em 1988, na igreja universal.

        Eu aproveitei seu comentário para inserir outros temas, de modo que nem tudo que disse foi específico para você. Ainda assim, espero que algo que escrevi te sirva para sua vida espiritual, sempre lembrando que a instrução do Espírito pela Bíblia prevalece sobre qualquer outro meio, porque não precisamos de outras luzes.

        Deus te abençoe.

        • sim algum dialogo e a postage aproveitei ! tenho por maior o ministerio da recociliaçao com deus, e o de evagelista que deus me confirmo. que sao ministerio dado pelo espirito santo , graça dom imerecido do denhor jesus ,ainda no principio da minha fe, pela palavra, foi ai que deus começou me iluminar. eu nao vejo a net como novos pupitos , mas ta em nos ouvir, e ver e raciocinar pelo espirito ,e examinar e reter o que e de deus , tanto na net ,radios, conversaçao,palestras, pupitos etc. por que a muitos que usa tais meio para lublidiar o povo e afastar da verdade que ta na blibia, mas eu conheço a voz de deus, que deus nunca se prendeu com falso mediador nenhun, a palavra cristo e messias e a mesma, siguinifica mediador, jesus falou surgirao muitos falso cristo. falso profeta, muitos virao em meu nome , entendeu? eilo aqui. eilo ali,?conhece a voz de deus?surgirao usurpadores e falso cristo. o reino nao vem com aparecia exterior, o caminho ta na graça de deus na nossa alma em verdade e espirito. nao vejo a net como novos pupitos, mas o papel aceitou palavras de deus, tenho sertesa que muitas postagem examinado tudo pelo entendimento do espirito santo. reteremos o que e bom e edificaçao, para estar atentos,para nao enquadrar em que jesus sobre os excluidos? falou eviarei sabios e profetas, mas voz perceguireis em vossas cidades e sinagogas.

          varios enganadores e usurpadores do verdadeiro caminho, que e jesus pelo mundo afora, tem se levantado? ate o apostolo na sua umildade se viu sujeito a erro. falando se um anjo .ou outro alguem ou ate ele mesmo, anunciar outro evangelho alem do que nos conhece e tem recebido, seja maldito e anatema, mas essa postage e muitos comentarios aproveitarei na minha carreira, ta em nos examinar as escrituras escritas e tambem as cartas escritas pelo espirito do deus vivo. por que a muitos enganadores que usa o nome de cristo como amuleto. para faser marquet para sua denominaçao, mas por muitos escandalos na net na area evangelica e outras religioes, manifestados, estou ate achando que o bim lade nao morreu?,morreu! deve tar com a barba feita. escondido atras de um pupito passando por santo de deus e usurpando o nome de cristo, e falando que e o mediador entre os deus e os homens, tomando o lugar do espirito santo. examine esse comentario tenta dirsini se busco a minha gloria ou faser marquet de alguma placa de templo pregando eilo aqui ? eilo ali? mas sempre defenderei o que ta na biblia que jesus que e o verdadeiro caminho. quem prega outra doutrina nao provem de jesus que e a verdadeira luz,que nunca se apaga, mas provem do lampiao e seus jagunços e cagaceiros espirituais que arma cilada pro povo de deus em suas cinagogas como fez com os apostolos. mas se voce nao dirciniu, nao entendeu, procura ajuda com coperador da sua comum. que ele vai te iluminar nessa parte . a paz de deus, estarei orando por todos para que vossos azeite nunca se acabe, por que quanto maior a luta maior a vitoria. a respeito da biblia concordo com voce, mas o bom mesmo e usar ela, le ela e por em pratica da maneira correta. uma parabola,eniguima e lamentação para voce entender. ( do que adinta um mecanico ter o manual de montage, ter as peça do carro, e colocar e montar as partes erradas. ficaras de braços cruzados esperando o salario. enquantos muitos vera o carro rachando no meio matando familias inteiras no transito. entedeu respinhela da parafuseta não existe.um carro sem luz não existe, a velas vai ate uma altura tem que trocar. mecanico responsavel faz serviço certo sen charlotonizmo e picaretaje.e cuidado com as peças capeta.) faça como o oleiro do livro de jeremias, um exemplo do carater do espirito santo.

  58. Evangelista Cristão

    Postar que eu tenho caido em contradições é assinar um têrmo de IGNORÂNCIA em interpretar textos.

    Quando postei que temos irmãos Juízes, cultos, etc foi em relação as postagens no qual diziam que no interior só tem povo simples (TOLO) que engole todos ensinamentos.

    Baseado nesta afirmação eu postei sobre os irmãos(ãs) que tem cultura no interior.

    Quando postei que nosso ministério é constituido de homens com pouca cultura, foi porque postaram na NET que nossa doutrina e forma litúrgica deveria ser atualizada igual as outras denominações.

    Como as outras denominações atualizaram-se por intermédio de teologia, eu postei que nossos ministros não tem outros livros e, por isso continuam como eram desde 1910.

    Postei também que minha familia de 200 membros da CCB estão contentes com a liturgia, doutrina, etc e, por isso nos sentimos bem na CCB e, que dentre os 200 tem os que tem curso superior e os semi analfabetos.

    Para cada postagem minha, houve algum comentário anterior específico que me fez dar a resposta.

    Acontece que tem aqueles(as) na NET que gostam de tumultuar e misturam minhas postagens, ou talves são IGNORANTES, TOLOS ou até RETARDADOS e misturam minhas postagens……………..

    Mesmo assim eu entendo os tempos de IGNORÂNCIA e deixo passar as tolices que falam de mim.

    Algumas tolíces, por despeito, outras por revolta e, outras por pura IGNORÂNCIA.

    Evangelista Cristão defendendo-se dos ataques postados 16/12 por Cláudio………….

  59. Evangelista Cristão

    Sobre esta parte do ladrão na cruz.

    Quando o ladrão na cruz alcançou a salvação ele estava ao lado de Cristo.

    Quem lhe perdoou diretamente foi o Próprio Cristo.

    Cristo tinha autonomia para perdoar do jeito que ELE quisesse, por outro lado ainda não existia o novo testamento, que passou a existir após Cristo ressuscitar.

    Após Cristo voltar ao céu, prevaleceu as normas do testamento deixado por ELE.

    Sendo assim, nenhum ministro tem autonomia para dar salvação, pois ninguém é o Cristo.

    Para salvar-nos temos um testamento deixado e deve ser obedecido e, sabemos que Paulo e outros diziam; Arrependei-vos e sejam BATIZADOS para perdão dos pecados.

    Sejam LAVADOS dos pecados pelo batismo.

    Sepultados com ELE no batismo, ressuscitam uma nova criatura etc………

    Alguns não conhecem a biblia, então postarei alguns capítulos do novo testamento que afirma que temos que batizar; Atos 2vs 16 Coloss. 2 Atos 19vs5 atos 8vs16 Mat28vs19 Etc, etc………………

    Sendo assim está claro que a parte do ladrão na cruz nada tem a ver conosco nos dias atuais.

    A não ser que exista um Cristo na NET que poderá perdoar pecadores sem batizar se tiver gostaría de conhecê-lo pessoalmente.

    Em S.Mateus 16 Cristo disse quem Crêr E (E) for batizado será salvo !!

    A letra E(E) tornou-se uma condição.

    Crêr é o primeiro passo da pessoa e batizar é a prova concreta, visível que a pessoa realmente creu em Cristo pela fé!!

    O batismo é um ATO de fé, pois a agua por sí só nada pode fazer ,mas, a fé que ao descer na água o pecado ficará sepultado é a confissão que arrependeu-se dos pecados em sí.

    Evangelista Cristão aguardando os ataques IRÔNICOS sobre o que postei……………..

    • Tenho que concordar contigo Eleoterio.

      Na cruz o Mestre perdoou diretamente o pecador, isso mesmo, parabéns !

      Hoje, entre Cristo e nós tem a CCB (véu, ósculo, batismo, serviço divino de funeral – esse foi de matar com perdão do trocadilho etc), ou seja, um pedágio quase obrigatório, sem qualquer rota de fuga.

      Para você amigo que está sofrendo a opressão do sistema igrejeiro CCB, nunca se esqueça que Cristo morreu na cruz para a liberdade de todos, o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele.

      O texto áureo da Bíblia é Jo 3:16 …todo aquele que nEle crê… essas ressalvas terrenas são para aliciar um povo humilde, porem desinteressado em aprender sobre Deus, perdoem-me pela franqueza, mas é como penso.E ficar sentado dentro de 4 paredes aguardando o que Deus tem pra você me parece muito infantil.

      Todos sabem que do púlpito vem cada coisa…

      Mitigar todo aquele sofrimento na cruz só pode ser brincadeira de mau gosto ou interesses obscuros que precisam ser revelados.

      A Paz.

      Claudio ( CCB, min Brás, por enquanto)

  60. Evangelista Cristão

    Alguns(alguns) na NET postam que o uso do véu, ósculo,batismo e liturgia de culto na CCB torna-se pesado para quem a frequenta.

    Esta afirmação não é verdadeira, pois, só minha família totalizam 200 pessoas(aprox.) da CCB e nunca ouvi ninguém afirmar estas coisas acima.

    Vou postar o que realmente nossa irmandade gostaría que atualizasse;

    Liberar o uso de calça comprida fora da liturgia dos cultos.(orientando não usar calças sensuais).

    O motivo é que na década de 1960 a mulher que usasse era vista com desconfiança e, hoje em 2.013 é uma vestimenta feminina também.

    Sendo assim,vamos de luz em luz………… Antes era vestimenta de homem,hoje não é mais.

    Cultos durante a semana iniciar 20h, facilitando os(as) que trabalham e, durante a semana não haver liberdade dos testemunhos, com isso terminaría aproxim. 21h.

    Finais de semana iniciar 19,30h em cidades com baixa criminalidade e continuar as 18,30h nas cidades perigosas, tendo a testemunhança normalmente.

    Sexo masculino ou feminino poder usar bermudão.

    Não censurar sobre tingimento de cabelo na cor natural da pessoa.

    Não censurar sobre cortar o cabelo na altura próximo ao cotovelo.(cabelo crescido…..)

    Não censurar sobre uso de jóias delicadas, lembrando que no culto o ambiente é social.

    Liberar irmãs para tocarem instrumentos pequenos(leves) nos bairros e ou cidades que tenham poucos músicos.(onde não comporta nem irmãos,elas não poderíam tocar).

    Poderá ter mais alguns detalhes que não lembro.

    Afora isso acima NUNCA OUVI CRITICAREM sobre:

    Véu, ósculo, orar de joelhos,liturgia dos cultos, lliturgia do funeral,coletas voluntárias (na cx. de ofertas),local de homem e mulher sentar na igreja, orquestra,teologia,sistemas de construções, forma de batismo, entre outros procedimentos.

    O que postei aqui é o que aproximadamente 95% do povo pensa.

    Toda estatística feita pelo IBOPE acompanha a opinião de um grupo de aproximadamente 500 e ou 700 e ou 1000 pessoas, sendo que no final o resultado confere com a pesquisa.

    Minha estatística é aquilo que escuto entre os quase 200 crentes da minha familia,mais aqueles(as) que converso diariamente……………..

    Não há necessidade de me AGREDIREM com palavras sobre este texto que postei.

    Todos que pensarem diferentemente do que descrevi eu respeito a forma de pensar.

    Evangelista Cristão

    • Irmão Eleotério,

      O irmão acha que em breve o Brás vai liberar corte de cabelo e calça comprida para as irmãs?

      Se sim, o que o irmão acharia a respeito de tantas irmãs que testemunham “que Deus as libertou das vaidades de cortar cabelo e usar calça comprida”?

      Por favor não pense que estou te afrontando com esta mensagem. Queria apenas a tua opinião a respeito.

      Deus te abençoe e um abraço.

      • Irmão HP,

        Sei que a pergunta não foi dirigida a mim, mas como creio que o irmão Eleotério não responderá, informo que o Brás, não “liberará” as irmãs de usarem calças e cortar o cabelo (desde que os mesmos sejam crescidos).

        Se o fizer formalmente através de uma circular, o Brás colocará em xeque as milhares de pregações “reveladas” ao longo das últimas décadas, condenando o uso de calças e corte de cabelos para as mulheres, bermudas para os homens e etc. Seria afirmar que tudo isso era carne, e não tinha nada de revelação. Logo, a irmandade começará a questionar um monte de outras coisas faladas no pulpito, aí o Brás perde o controle sob a irmandade.

        Como eles são espertos, farão o seguinte. Ficarão quietinhos no canto e deixarão o tempo consertar. As pregações condenando essas práticas desaparecerão aos poucos e daqui há uns 20 anos as irmãs estarão usando calças e cortando o cabelo normalmente (como já acontece com muitas aqui em SP capital) e nem se lembrarão dessas proibições do passado. E quando dissermos que no passado, havia pregações na CCB que condenavam ao inferno irmãos que usassem bermuda caso Deus viesse buscar sua Igreja e ele estivesse de bermuda, ou que irmãs não saudavam outras irmãs da CCB usando calça, mesmo que decente (aconteceu recentemente com minha esposa que usa calças), a irmandade dirá que é mentira e que estamos caluniando a CCB.

        Existem diversas práticas que eram pregadas no passado e hoje não existem mais. O que prova que muita, mas MUITA pregação que a gente ouve na CCB não tem nada de divinamente inspirado.

        Repito, nossa liderança que é bastante arrogante, jamais admitirá esses erros e jamais criará uma circular voltando atrás do que pregaram por décadas… Fazer o que né???

        Samuel, postando a realidade existente no meio da CCB, que poucos tem a humildade de assumir…

    • Caro Irmão Eliotério, o que você diria sobre o uso de barba? Será que existe a possibilidade de um dia ser liberado? O que será que o conselho de anciães pensa a respeito? Você concorda que não há base bíblica para restrição?
      Deus abençoe irmão!

  61. Foi uma maioria que votou pela crucificação de Cristo.

    A Paz.

    Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  62. Evangelista Cristão

    Quando citei que a maioria aprova a liturgia,doutrina,etc professada pelos CCBeianos foi porque afirmavam que os fiéis estavam descontentes.

    Em nenhum momento eu afirmei que a CCB salva ou que a CCB é dona da verdade ou que somos melhores que as denominações SÉRIAS (das religiões de empresários nos somos sim). Não fiz estatística para afirmar que estamos certos e os demais errados.

    Fiz estatística para provar que a maioria é feliz na CCB……………….

    O resto que postam é só para agiatar, pois não tem sentido algumas postagens !

    Percebo que na falta de argumentos defendem-se IRONIZANDO……………..

    Evangelista cristão

  63. Evangelista Cristão para hp

    hp, perguntou para Evangelista;
    Se sim, o que o irmão acharia a respeito de tantas irmãs que testemunham “que Deus as libertou das vaidades de cortar cabelo e usar calça comprida”?

    Sobre não usar calça comprida e não cortar cabelo tem pessoas que DIZEM que Deus requereu tal atitude dela(e).

    No caso de Deus realmente ter requerido eu creio que os testemunhos são verdadeiros e cada um fique na porção que foi colocado.

    Eu, particularmente acredito que em 2.013 estes pontos de ensinamentos já estão sendo tratados com grande moderação, pois congrego em muitos lugares do Brasil e, tenho visto que são poucas irmãs que obedecem.

    Ao mesmo tempo o ministério dificilmente tem tomado medidas contra quem pratica.

    Caso alguém conheça algum caso isolado que tomaram medida contra alguma irmã, é só levar até a regional da mesma e o caso será reavaliado.

    Por outro lado se uma irmã me indagar se pode ou não cortar seu cabelo e ou usar calça comprida eu digo para ela consultar sua consciência. não libero e nem proibo……….

    Tenho muitos defeitos e não pegarei jamais o peso de uma irmã e colocarei sobre mim.

    Cada um deve consultar sua consciência e fazer ou não tal ato !!!

    Com referência a posição do ministério daqui aproximadamente 7 anos eu acredito que o ensinamento sobre calça comprida,mais corte de cabelo,mais tingimento,mais bermudão,mais irmãs tocarem onde tem poucos músicos haverá uma maior consideração nestes assuntos.(jamais liberação total).

    Eu sei que alguns (alguns) vão postar; Tá vendo o ministério estava errado em tais ensinamentos !!! Agora mudou ?

    Eu creio que o ministério tem que ir de luz em luz. Anos atrás mulher usar calça comprida era indecente até para os católicos. Hoje a calça comprida é vestimenta de mulher.

    Sendo assim quem usa não transgride nenhum ponto biblico e nem imoral. A CCB pode sim buscar uma nova luz……..

    As irmãs tocarem onde tem poucos músicos trará lucro para a liturgia do culto. Sendo assim poderá ter uma nova luz.

    Cortar cabelo eu creio que nosso Deus entenderá a posição das irmãs neste mundo tão pecaminoso o cortar cabelo não é coisa grave.

    Aquelas que sentirem de não cortar deverão serem respeitadas,pois cada um oferece a Deus o que deseja e, se alguém sente estar agradando a Deus em não cortar, tudo bem.

    As coisas atualizarão gradativamente sem que venha escandalizar alguém.

    As avós de hoje tem mais paciência com certas atitudes de suas netas do que as avós de outrora.

    Sendo assim por amor aos seus entes queridos as liberações futuras não serão reprovadas, pois beneficiará os netinhos(as), etc.

    Muitas irmãs falarão que no passado eram rigorosos contra elas,mas, como beneficiará as netinhas(os) todas aceitarão a nova LUZ.

    Evangelista Cristão postando no que surgirá nova luz……………..

    • Eu concordo com o irmão nesta exposição feita. E agradeço pela resposta.

      Porém penso que algumas irmãs poderão se “escandalizar” ao souberem que “a doutrina” mudou.

      Digo isto, pois conheço muitas pessoas humildes, para as quais este assunto (corte de cabelo e calça comprida) é delicado, pois foram ensinadas assim desde pequenas.

      Porém espero muito que haja uma progressão, pois são muitas as jovens que por estas proibições legalistas acabam por deixar de frequentar os cultos e a comunhão com a igreja.

      Deus te abençoe.

      Um abraço.

    • Irmão Eleotério,

      Desde o começo da década de 80 que não é considerado “indecente” pela sociedade, as mulheres utilizarem calças. A CCB está uns 30 anos atrasada.

      Dizer para as irmãs consultarem sua consciência é temeroso. Irmãs da CCB ouvem a vida toda que usar calça é pecado e que Deus pode castigá-las se usarem, e caso obedeçam podem obter vantagens de Deus. É lógico que a consciência delas dirá que não é para usar calças.

      É a mesma coisa que dizer para uma criança desde pequena para não abrir uma porta porque lá tem algo perigoso. Depois de muitos anos você descobre que não há perigo algum e a criança (já mais velha) pergunta se pode abrir a porta. Você então diz, obedeça sua consciência. A consciência com certeza dirá que é perigoso. Agora se você chega e diz, olha pensávamos que era perigoso e talvez fosse na época, mas hoje está tranquilo. Se quiser abrir a porta, siga sua consciência. Aí sim, estamos dando a verdadeira liberdade.

      O mesmo ocorre com as irmãs. Devemos dizer a elas que esse ensinamento é um costume. Não há na bíblia proibição semelhante. Acontece que antigamente (década de 60) era escandaloso mulheres utilizarem calças, e como a bíblia recomenda os crentes se vestirem decentemente e também não causarem escândalo, a CCB proibiu as irmãs de usarem calças. Hoje é completamente normal e não causa escândalo as mulheres utilizarem calças. Então siga sua consciência.

      Repito, a CCB nunca fará uma liberação dessas por nossa liderança ser extremamente arrogante. Caso liberem, estarão colocando em xeque as milhares de pregações “reveladas” ao longo de décadas, dizendo que esse ensinamento é uma doutrina e não segui-lo gera castigo de Deus. Recentemente uma irmã da CCB, muito amiga de minha esposa não a saudou, tratando-a mal só por ela usar calça (essa irmã usa saia padrão CCB na capital, ou seja, bastante curta, sensual e provocante). Há duas semanas uma outra irmã disse que caso ela não volte a usar somente saias (curtas padrão CCB capital é claro), Deus poderá castigá-la seriamente.

      Há uns 4 anos, o Brás criou um ensinamento que irmãs não podem depilar sobrancelhas e homens não podem tingir o bigode. Que luz é essa Eleotério??? Onde essas práticas causam escândalo? Isso é farisaísmo puro.

      Aliás, essas práticas das irmãs não usarem calças, joias, tintura nos cabelos e maquiagem, só funcionam com a parte da irmandade que é pobre e muito simples. Congregue no Jd. Paulista em SP ou na Lapa para ver se irmandade segue esses ensinamentos. Verifique se os familiares dos irmãos líderes da CCB em SP seguem esses ensinamentos. Verifique se os irmãos da CCB que são juízes, desembargadores, autoridades e etc, e seus familiares seguem esses ensinamentos.

      Infelizmente a irmandade simples e pobre é tratada como gado, tal como os políticos fazem.

      O ministério da CCB precisa ter hombridade e admitir que cometeu muitos erros e criou proibições que não cabem em nosso meio há mais de 30 anos. Devem admitir que muita, mais MUITA pregação que ouvimos na CCB não tem nada de divinamente inspirado.

      Deus o abençoe irmão Eleotério e parabéns por aceitar debater esse assunto.

      Ps.: Não tinha visto sua resposta e por isso disse no comentário acima que achei que o irmão não iria responder. Me perdoe.

  64. Evangelista Cristão

    Danilo,

    Voce perguntou se um dia liberarão o uso de barba ?

    Creio que será difícil,pois a maioria dos irmãos não aceitam OSCULAR quem está de barba.

    Sobre não existir base doutrinal na biblia para proibição da barba e ou cavanhaque, concordo plenamente.

    Evangelista Cristão sempre a favor do que está na biblia……………

    • Evangelista Cristão, obrigado pela prontidão em responder e por ser receptivo aos questionamento. Em outra postagem você disse sobre perguntar a opinião de alguns temas polêmicos nas reuniões de mocidade, achei ótima a iniciativa!

  65. Evangelista Cristão

    Vou falar um pouco da conclusão que cheguei a respeito do ministério da CCB:

    Meus primeiros parentes batizaram na CCB em 1.930. Conheço tudo sobre a CCB, tanto na parte interna do brás como no Paraná, Minas, e até na Itália, EUA, etc.

    Hoje estamos vivendo os últimos anos daqueles primitivos anciãos que estão com 77, 80, 85 e até 90 anos de idade.

    Eu respeito-os porque aprendi de berço a respeitar os mais velhos e, guardo na memória o tanto que sofreram por Cristo quando os evangélicos eram discriminados no Brasil e no mundo.

    Se hoje temos liberdade de culto, agradeço a Deus e também a estes desbravadores espirituais.

    O que ocorre é que eles na idade que estão não querem arriscar a própria salvação, mudando ou aperfeiçoando alguma coisa agora, no fim de suas carreiras espirituais.

    O que eu estou afirmando aqui são coisas que escuto da boca deles, quando viajo com os mesmos. É lógico que viajo apenas com alguns………

    Sei que vão me censurar, ironizar,mas, eles tem muito temor a Deus e, muita coisa das mudanças de hoje no mundo eles não tiveram oportunidade de assimilar.

    Baseado nisso, que tenho postado que daqui uns 7 anos a luz será diferente, pois os que estiverem no conselho de anciãos serão pessoas mais atualizadas com os dias atuais.

    Acreditar que pontos de doutrina contidos na biblia terão mudanças é certeza que nunca haverá.

    As coisas que já afirmei sobre bermudão,corte de cabelo, irmãs tocar na orquestra, calça comprida p/ mulher, tingimento de cabelos, uso de pequeninas jóias.

    Cultos específicos para irmãos em separado e de irmãs em separada, onde terão crentes médicos(as) para instruir sobre vida matrimonial e conjugal e mais algumas coisas que me esqueço e, que não são doutrinas Cristã apostólica terá nova luz…………….

    Isso que estou postando tenho certeza absoluta, pois estou postando o que está na cabeça de aproximadamente 80% do conselho de anciãos e diáconos com idade entre 35 e 70 anos. Afirmo coisas que ouço da boca deles, porque tenho ótima convivência com os tais !!

    Aqueles que discordam de mim não necessita me agredirem com palavras e ou IRONIAS.

    A educação que recebi dos meus pais ensinou-me respeitar o pensamento alheio !!

    Evangelista Cristão

    • Anuncie o Evangelho para eles Eleotério, vc conhece bastante da Bíblia.

      Nunca é tarde, lembre-se do ladrão da cruz.Deixar esses anciãos sem conhecer a verdade bíblica é incompatível com o mandamento do Amor.

      Vai lá, você tem muita afinidade com os companheiros ai, pregue pra eles sobre o Evangelho genuíno.

      Comece falando assim:

      Irmãos, salvação é pela fé.

      Depois conte uma história bíblica, a de Calebe eles vão gostar.

      Ânimo a todos ai.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  66. Clóvis Evangelista disse:

    Vemos abaixo que o carro chefe da CCB (a gloriosa palavra pregada na igreja após ler a bíblia) estava errado. A uns 04 ou 07 anos atrás os anciães descobriram que o que eles pregaram não era assim. Por muitas décadas mandaram buscar a palavra revelada para tudo: Casar, comprar carro, comprar telefone, comprar bicicleta, comprar casa, etc. etc. etc…
    Parece que quase entenderam que as adivinhações atrás da tribuna é um pouco pior que um horóscopo.

    A seguir parte da circular com a assinatura “Os anciães”.

    Outros ensinamentos que desejamos repetir são os seguintes: Não estabeleçamos, em nossas pregações, datas para libertações, pois se foi o Senhor que deu a Palavra, Ele operará no tempo estabelecido pela Sua vontade, seja ele curto ou longo. Alguns estabeleceram datas e falharam, pondo em confusão almas novas na graça e eles mesmos se expuseram ao descrédito. Não apontemos para um irmão ou irmã, dirigindo-lhe do púlpito pessoalmente a Palavra. Alguém fez isso e foi duramente criticado e censurado por não se cumprir o que falou, e seu ministério sofreu detrimento e descrédito. Não nos envolvamos em casamentos, de modo a dizer na pregação que o Senhor “preparou para ti este irmão” ou “preparou para ti esta irmã”. Um pregador, em sua precipitação, até mencionou o nome da jovem, dizendo-lhe que determinado irmão era preparado por Deus para ela. Ela não amava o rapaz, mas casou-se por temor a pregação. Arruinou-se o casamento e o pregador caiu em descrédito. Casamento é obra de Deus nos corações dos interessados que, sem dúvida alguma, devem sentir amor recíproco para se unirem em matrimônio. É assunto entre os dois e Deus. O que o apóstolo ensinou a respeito da oração dizendo “orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento”; devemos aplicar também à nossa pregação; pregaremos com o espírito mas também com o entendimento. Não preguemos que a virtude está nos cabelos ou na ponta dos cabelos das irmãs, pois isto não está escrito na doutrina, mas preguemos que é honroso para a mulher ter cabelo crescido, pois isso encontra base na Escritura.

    • “Casamento é obra de Deus nos corações dos interessados que, sem dúvida alguma, devem sentir amor recíproco para se unirem em matrimônio.”

      Há controvérsias. Se não houver a tal ‘confirmação’ e, principalmente, se não for dentro do aprisco da congregation, é meio impossível de acontecer…o tal jugo desigual – verso também sub-interpretado pela maioria das denominações.

      Há-braços.

  67. Clóvis Evangelista disse:

    Continuando: Se eram o povo de Deus por quê eram os únicos a ter a palavra quentinha para tudo, e agora mudaram de idéia, como ficarão?
    Não esteve por muitos anos a CCB representando aquele farizeu que batia no peito na oração e exaltava as próprias obras, e, ainda dizia não ser como o publicano?

  68. Evangelista Cristão

    A CCB não mudou em relação a crêr na revelação que vem pela Palavra no púlpito.

    Nos cremos que o Espírito Santo fala na Igreja.

    Toda circular que saiu ao longo dos quase 70 anos foram advertindo o povo a usar a Palavra com critério.

    Sobre afirmar que manifesta a carne em alguns pregadores é verdade.

    Em 1.980 eu ouvi um dos anciãos velhos dos mais respeitado que já existiu dizer; São poucos os ministros que se salvarão !!

    Hoje eu concordo plenamente.

    O que não concordo é alguns(alguns) na NET desvalorizar os ministros em sua totalidade por causa da falha de alguns.

    Tem ministros santificados que pregam por revelação e, procuram passar para o povo 95% de exortações em assuntos importantíssimos referente a salvação, Pregando pouco sobre assuntos materiais.

    Com todo esse erro que acabei de afirmar, ainda declaro com 100% de convicção que entre mais de 600 denominações que existem no Brasil a CCB está entre as três mais sérias e, que professa a doutrina mais próxima do que consta na biblia.

    Caso alguém conheça outra que seja melhor em todos os sentidos, por favor coloque o nome dela na NET que eu gostaria de conhece-la. Caso realmente seja melhor em tudo eu serei o primeiro a deixar a CCB.

    O dia que eu perceber que Deus não está mais a frente da CCB não ficarei censurando-a em lugar algum,mas, imediatamente partirei para outra denominação em que perceba que Deus está a frente. Afinal não sou TOLO e nem Maria vai com as outras…………..

    Evagelista Cristão

    • Bom dia, amados.

      Eu não vejo diferença da manifestação intelectual de um irmão pela internet e ao vivo e a cores – talvez, aqui, as ideias sejam realmente lidas, meditadas e refletidas (ou rebatidas, que seja). O que acontece é que a liderança de QUALQUER denominação, inclusive a totalmente certa Congregação RARAMENTE vai ouvir algo de baixo para cima (o que é errado, biblicamente – exceto a doutrina de Cristo, todas as outras deliberações deveriam acontecer via assembleia – inclua aqui uso do véu, roupas, músicos, etc.) exceto se der problema ou escape do controle (leia-se, perder ovelhas para outro aprisco). Neste último caso, pode-se até enviar circular para dizer que outros apostataram da fé na denominação, oops, em Deus.

      Não faço apologia à divisão, mas o Senhor Jesus foi julgado pelos fariseus, saduceus e outros religiosos como agitador… rs “E, convocando Pilatos os principais dos sacerdotes, e os magistrados, e o povo, disse-lhes: Haveis-me apresentado este homem como pervertedor(agitador) do povo; e eis que, examinando-o na vossa presença, nenhuma culpa, das de que o acusais, acho neste homem.” Lucas 23:13-14

      Pregação é DIFERENTE de revelação ou profecias. Onde há muita revelação, em meu ponto de vista, existe muita particularidade ao invés de ser DIVINO, algo que console, exorte ou ensine. Deus, na própria bíblia, nos exorta a ESTUDARMOS, nos APRIMORARMOS no estudo da sua Santa Palavra. Não são poucos, irmão Eleotério, HOJE, que falam por si mesmos – e não me refiro apenas à Congregação, mas a várias denominações. Uns, porque querem o dinheiro dos fieis, outros, porque querem manter o monopólio do céu – Dom de Discernimento de Espíritos é o que nos deveríamos orar, pedindo a Deus e ao Seu Santo Espírito para enviar, ao invés de ficar correndo atrás de línguas estranhas… Assim, haveria A pregação orientada por Ele, que estabeleceu os ministérios de apóstolos, de profetas, de evangelistas, de pastores e mestres, e, quem sabe, entendendo os ministérios e o que cada um deveria fazer, deixaremos de ser “meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro”. Efésios 4:1-16. E nos saberíamos, de fato, julgar tal palavra.

      Outra coisa: irmão, humildade acima de tudo – não é questão da Congregação estar mais certa ou mais errada biblicamente. Esse seu comentário foi muito infeliz, e toda vez que vejo alguém o fazendo, considero infeliz. O fato de nos sentirmos bem em tal denominação não faz dela a mais correta. O fato dela não “cobrar” dízimo descaradamente não a faz maior e melhor e mais bíblica do que uma outra denominação que cobra e com direito a anotação de nome. Onde me reúno não existe este tipo de situação também Entre outros “poréns”. O senhor sempre deixa tão claro que, tirando a Congregação, não existe nada melhor na terra, e você está errado. O que é bom para você, para os 200 membros da sua família, e para 700 jovens da mocidade não diz absolutamente nada para mim, e para outros milhões de pessoas. O povo evangélico – quer queira quer não, faz parte dele – faria mais diferença no Brasil e no mundo se estivessem unidos e não separados por bandeirinhas humanas e sistemas religiosos que privilegiam uns em detrimento de outros.

      Só voltando ao assunto do tópico, véu não salva e não é mandamento, e anteontem, minha amiga esqueceu o dela, e a olharam enviesado no culto. Então, faz uma diferença enorme. Creio que aquele dia eles a observavam para ter certeza de que não ia acontecer algo “sobrenatural”. Absurdos dos absurdos, diz a Erica. Tudo isso é muito absurdo.

      Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu dos que me são ocultos. Salmo 19:12 – Que seja essa minha oração – para não errar, e para não induzir outros ao erro e empurrar como verdade apaixonada.

      =*

      obs.: Desculpem-me a desorganização de alguns pensamentos, escrevi rapidinho no intervalo do café!

    • “Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias.”

      Martinho Lutero

  69. Evangelista Cristão

    Quando falo que escolhi a CCB para liturgia de cultos e ao mesmo tempo apoio seus ensinamento e ou procedimentos é que acredito na interpretação divulgada pelo ministério da CCB.

    Aqueles(as) que acreditam na doutrina professada por outras denominações deverão seguir para elas.

    Para alguém estar numa Igreja é porque sente-se bem junto a sua liturgia e doutrina e ou ensinamento e ou maneira de portar-se.

    Afirmar que todas bandeiras são boas é assinar um atestado de tolo(a).

    Quem lê a biblia sabe que Cristo,Paulo e outros apóstolos advertiam contra as falsas doutrinas(bandeiras) (denominações).

    Afirmavam na biblia sobre lobos vestidos de ovelhas e até doutrinas (igrejas) de demônios.

    Quem falava isso foi Cristo e os apóstolos.

    Sendo assim percebo na NET pessoas que desprezam as orientações contidas na biblia e seguem suas filosofias e ou teorias particulares.

    Eu, particularmente prefiro seguir as orientações contidas na biblia por Cristo,etc.

    Sendo assim vou continuar a ter cuidado com as falsas doutrinas(igrejas) que hoje no Brasil totalizam 600 denominações e entre estas 600 encontrei apenas 3 que aproximam da doutrina contida na biblia sagrada e principalmente no novo testamento.

    Evangelista Cristão

  70. Evangelista Cristão

    Observo na NET que alguns(alguns) tentam sujar a imagem da CCB e dos que a frequenta.

    Temos aproximadamente 600 denominações no Brasil e o alvo é a CCB.

    As outras denominações tentam buscar as pessoas de todas as formas; Pela TV, Rádio, Panfletos, pregações nas praças, porta a porta, etc……………

    A CCB não se expõe na TV,Rádio,Praças e nem de outras formas.

    As pessoas que seguem para CCB não são hipnotizadas pelos pastores na TV que são formados em cursos de hipnóse. Também não são incentivadas a crêr que na CCB ficarão milionários, entre outras promessas ouvidas no rádio e vistas na TV.

    Sendo assim acredito que toda esta censura contra a CCB é desnecessária,pois a CCB não sai por ai buscando pessoas para serem seus membros.

    Aqueles que vão para CCB não são forçados pela Mídia.

    Baseado nisso não entendo porque tanta censura contra a CCB.

    Quem sente-se bem com sua doutrina e ou liturgia passou a pertencer a CCB voluntariamente. A CCB não adentra nos lares via TV, Rádio e ou outras formas.

    Quando alguém observa Igrejas como; Do Edir Macedo, R.R.Soares,Valdemiro do chapéu, Feliciano, Católica, entre outras denominações que adentram os lares via TV,Rádio,etc temos que preocupar-nos. Afinal a força da Mídia é grande nos lares.

    Com referência a CCB, ela tem seus templos e até nos templos não tem alto falante na fachada chamando as pessoas e, nem placa escrito quais os dias e horários de culto.

    Porque preocupar-se com a CCB se ela não busca ninguém.?

    Evangelista Cristão postando para todos REFLETIREM !!

  71. Clóvis Evangelista disse:

    Acredito que temos muita coisa boa para continuar colocando aqui neste blog.
    Ao “meu ver” as igrejas cristãs (incluindo a católica) chegarão ao fim iguais.
    Não haverá ecuminismo de prédios, mas sim de obras. Cada povo se reunindo no templo que melhor se sente, porém agindo igual.
    Por exemplo: A católica tem no Brasil a “nossa senhora de Aparecida”.
    Nós CCB temos a “santa tribuna”. Por muitas vezes ouví pregador dizer que a palavra tribuna vem de tribunal, e para nós CCB, tribuna representa o tribunal de Cristo.
    Outros dizem que da palavra da tribuna não se perde nada. Ou cumpre agora ou mais pra frente. mas que cumpre, cumpre!
    Voltando ao ecuminismo: Vemos que as bestas do apocalípse eram duas, porém no fim já haviam tornado só uma.
    É necessário alguém aqui no blog tentando tampar o sol com a peneira, pois isto trás um bom debate.
    Saudações e abraço,

  72. Clóvis Evangelista disse:

    Vale lembrar que boa parte da irmandade fica maluca no final do ano para buscar a palavra e saber como será o ano que vem!
    É aquela sarna nos ouvidos. Aliás, Paulo chamou isto de comichão nos ouvidos.
    Entra ano e passa ano, e, é a mesma coisa: Gente (pregadores) adivinhando o ano que vem.
    Até parece que Deus também anda de ano em ano!

  73. Evangelista Cristão

    Clóvis Evangelista disse: dezembro 25, 2013 às 11:32 pm

    Vale lembrar que boa parte da irmandade fica maluca no final do ano para buscar a palavra e saber como será o ano que vem!

    Evangelista Cristão divulga p/ acordar o povo:

    Vai chegando o fim do ano as Igrejas, Católica, Espírita, Sétimo Dia, R.R.Soares. Universal do Edir, Assembléia do Malafáia,Mundial do Valdemiro do chapéu, entre outras que estão na TV e no Rádio inventam tanta programação mentirosa que nos dá medo !!!

    O RR Soares ontem em suas Igrejas fez o culto do SABONETE. Cada fiel podería fazer o desafio e o desafio foi quem pagasse mais pelo SABONETE receberia uma maior benção do menino Jesus.

    O Edir Macedo fez a corrente do descarregamento onde todos iriam de branco e montaram uma grande MESA BRANCA para seção do descarrego. Vendendo camisetas brancas UNGIDAS ? (mesa branca característica do espiritismo para consultar os mortos).

    O Valdemiro vendendo o martelinho por mil reais e as vassorinhas para limpeza do ano que vem.

    A Assembleia de Deus do Malafáia o Best seller do Dr. e Mestre Mordoc(Reverendo americano) que ensina várias orações DECORADAS COMO ENRIQUECER NO ANO DE 2.014, como ser vitorioso em tudo, etc, etc.

    Reverendo= Digno de reverência, inclinação perante um ser superior,etc)

    Após ver estes absurdos fiquei feliz por estar na CCB que não tem este comércio explícito usando o Bom Nome de Cristo.

    Sobre o povo buscar a Palavra para saber o que acontecerá no próximo ano, eu considero uma INFANTILIDADE mínima perto do que as Igrejas estão fazendo.

    Fico espantado como alguns(alguns) na NET ainda defende estas Igrejas, dizendo que temos que considerá-los nossos irmãos…………

    Cristo, Paulo e outros apóstolos advertiram sobre as falsas doutrinas e ou falsos profetas que tiraríam a lã das ovelhas de Cristo.

    Aqueles(as) que censuram a CCB dveríam seguir para estas denominações, afinal eles são formados em teologia e tem reverendos inteligentes.

    Na CCB a maioria dos ministros são indoutos, coitadinhos………….

    Evangelista Cristão mostrando os PEQUENOS erros da CCB em relação algumas denominações……….

  74. Evangelista Cristão

    Claudio disse: dezembro 22, 2013 às 8:24 pm

    Anuncie o Evangelho para eles Eleotério, vc conhece bastante da Bíblia.

    Vai lá, você tem muita afinidade com os companheiros ai, pregue pra eles sobre o Evangelho genuíno.

    Comece falando assim:

    Irmãos, salvação é pela fé.

    Evangelista Cristão respondendo:

    Eu não serei tolo em afirmar uma bobagem desta, sendo que temos vários capítulos que mostram que a salvação depende das obras também e seremos julgados pelas obras.

    Apoc 20vs12

    E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.(SEGUNDO AS SUAS OBRAS)!!!!

    E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.(SEGUNDO AS SUAS OBRAS)!!!!
    Foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.

    A fé sem obras é morta,etc,etc se desejarem postarei vários capítulos………….

    Evangelista falando da biblia

  75. Evangelista Cristão

    Samuel disse: dezembro 20, 2013 às 11:52 am

    Irmão Eleotério,

    Desde o começo da década de 80 que não é considerado “indecente” pela sociedade, as mulheres utilizarem calças. A CCB está uns 30 anos atrasada.

    Afirmar que calça comprida é vestimenta oficial de mulher desde 1.980 é estar fora da realidade do planeta terra.

    Se olharmos as reportagens na NET das apresentações públicas das esposas dos presidentes no mundo,mais, senadores, deputados e ou quaisquer eventos oficiais, vamos confirmar que fazem menos de 10 anos que as tais passaram a comparecer em eventos oficiais usando calça comprida.(sempre vestido ou saia).

    Até aproximadamente 10 anos atrás observamos na NET que a vestimenta social de uma mulher era vestido ou saia. Jamais elas apresentavam-se de calça comprida.

    Entrem na NET e confirmem alguns eventos nacionais e mundiais gravados…………

    Sendo assim, fazem menos de 10 anos que a calça comprida passou a ser traje usado em eventos sociais e oficiais.(era traje esporte).

    Baseado nisso que afirmei que daqui alguns anos não se falará sobre o uso de calça comprida em mulher,pois, passou a ser vestimenta de mulher,OFICIALMENTE.

    Evangelista Cristão pedindo p/confirmar na NET…………

    • Irmão Eleotério,

      Até hoje em dia é comum as mulheres em eventos oficiais utilizarem vestidos. Os vestidos e saias estão para as mulheres nesses eventos assim como o terno e gravata está para os homens. Dizer isso, é o mesmo que dizer que o terno deve ser usado sempre, pois em todos os eventos oficiais os homens usam terno.
      Assim como nós homens na CCB usamos o terno nos cultos e quando saímos utilizamos calça jeans e camiseta, as mulheres também deveriam não ter a obrigação de utilizar somente saias no dia a dia.

      Desde quando somos obrigados a usar somente roupas sociais? No dia a dia, eu prefiro usar calça jeans e camiseta.

      Desde a década de 80, na escola que eu estudava, só as “crentes” utilizavam saia.

      Não adianta tapar o sol com a peneira. A CCB está no mínimo uns 30 anos atrasada.
      Aproveite e comente a minha outra afirmação:

      “Dizer para as irmãs consultarem sua consciência é temeroso. Irmãs da CCB ouvem a vida toda que usar calça é pecado e que Deus pode castigá-las se usarem, e caso obedeçam podem obter vantagens de Deus. É lógico que a consciência delas dirá que não é para usar calças.

      É a mesma coisa que dizer para uma criança desde pequena para não abrir uma porta porque lá tem algo perigoso. Depois de muitos anos você descobre que não há perigo algum e a criança (já mais velha) pergunta se pode abrir a porta. Você então diz, obedeça sua consciência. A consciência com certeza dirá que é perigoso. Agora se você chega e diz, olha pensávamos que era perigoso e talvez fosse na época, mas hoje está tranquilo. Se quiser abrir a porta, siga sua consciência. Aí sim, estamos dando a verdadeira liberdade.

      O mesmo ocorre com as irmãs. Devemos dizer a elas que esse ensinamento é um costume. Não há na bíblia proibição semelhante. Acontece que antigamente (década de 60) era escandaloso mulheres utilizarem calças, e como a bíblia recomenda os crentes se vestirem decentemente e também não causarem escândalo, a CCB proibiu as irmãs de usarem calças. Hoje é completamente normal e não causa escândalo as mulheres utilizarem calças. Então siga sua consciência.

      Repito, a CCB nunca fará uma liberação dessas por nossa liderança ser extremamente arrogante. Caso liberem, estarão colocando em xeque as milhares de pregações “reveladas” ao longo de décadas, dizendo que esse ensinamento é uma doutrina e não segui-lo gera castigo de Deus. Recentemente uma irmã da CCB, muito amiga de minha esposa não a saudou, tratando-a mal só por ela usar calça (essa irmã usa saia padrão CCB na capital, ou seja, bastante curta, sensual e provocante). Há duas semanas uma outra irmã disse que caso ela não volte a usar somente saias (curtas padrão CCB capital é claro), Deus poderá castigá-la seriamente.

      Há uns 4 anos, o Brás criou um ensinamento que irmãs não podem depilar sobrancelhas e homens não podem tingir o bigode. Que luz é essa Eleotério??? Onde essas práticas causam escândalo? Isso é farisaísmo puro.

      Aliás, essas práticas das irmãs não usarem calças, joias, tintura nos cabelos e maquiagem, só funcionam com a parte da irmandade que é pobre e muito simples. Congregue no Jd. Paulista em SP ou na Lapa para ver se irmandade segue esses ensinamentos. Verifique se os familiares dos irmãos líderes da CCB em SP seguem esses ensinamentos. Verifique se os irmãos da CCB que são juízes, desembargadores, autoridades e etc, e seus familiares seguem esses ensinamentos.

      Infelizmente a irmandade simples e pobre é tratada como gado, tal como os políticos fazem.

      O ministério da CCB precisa ter hombridade e admitir que cometeu muitos erros e criou proibições que não cabem em nosso meio há mais de 30 anos. Devem admitir que muita, mais MUITA pregação que ouvimos na CCB não tem nada de divinamente inspirado.”

  76. Evangelista Cristão

    Favor meditarem nas frases agressivas e levianas dirigidas ao ministério da CCB e ao povo da CCB. O assunto referê-se ao uso de calças comprida p/mulher:

    Samuel disse: dezembro 27, 2013 às 12:44 pm

    Acontece que antigamente (década de 60) era escandaloso mulheres utilizarem calças, e como a bíblia recomenda os crentes se vestirem decentemente…………

    a CCB nunca fará uma liberação dessas por nossa liderança ser extremamente arrogante(ARROGANTE). Caso liberem, estarão colocando em xeque as milhares de pregações “reveladas”.

    Infelizmente a irmandade simples e pobre é tratada como gado (GADO), tal como os políticos fazem.

    O ministério da CCB precisa ter hombridade(HOMBRIDADE) e admitir que cometeu muitos erros e criou proibições.

    Quando a CCB ensinava a mulher a não usar calça comprida, na sociedade Brasileira,também, era indecente a mulher a usar !! Sendo assim a CCB estava certa.

    Acontece que a cultura Brasileira mudou e, hoje o uso da calça Compr. p/ mulher é algo normal e feminino. Tudo que a CCB ensina tem uma lógica e segue o bom senso.

    Afirmar que desde 1.980 a a calça comprida é social para mulher é desconhecer a cultura Brasileira e mundial. Podemos confirmar nas reportagens da década de 1.980 que as esposas dos maiores políticos do Brasil e do mundo, quando apresentavam-se em solenidades oficiais, estavam de vestido ou saia.

    Sendo assim a vestimenta oficial da mulher ainda era a saia e ou vestido.

    De aproximadamente 2.003 para cá observamos que nas solenidades elas vão de calça comprida. Sendo assim a mudança OFICIAL é RECENTE !!!

    Hoje congregam na CCB aproximadamente 7 milhões de pessoas e para mostrarmos que houve mudança CULTURAL necessita calma.

    Podemos ver isso em relação a lei criminal Brasileira que necessita mudanças,mas, as mudanças virão gradativamente,pois, onde existe a inteligência, bom senso não se faz mudanças bruscas,pois o povo necessita adaptar-se.

    Por isso afirmar levianamente que o ministério é arrogante(ARROGANTE) ou falta-lhes hombridade(HOMBRIDADE) p/ assumirem ERROS ?

    Sinto dizer,mas, o que falta em alguns na NET é cultura (CULTURA) inteligência,pois acreditam que uma mudança BRUSCA cultural(sobre a calça) pode ser enfiada garganta abaixo numa multidão de 7 milhões em menos de 10 anos…………

    Afirmar que o povo da CCB é tratado como gado(GADO) é assinar o atestado de tolo(TOLO).

    O motivo que está fazendo o ministério tratar o assunto da calça bem devagar é exatamente pelo respeito que tem com o povo e, tratá-los como Cristãos dignos de serem respeitados em sua fé.

    Qualquer mudança deste porte tem que ser com respeito ao pensamento da maioria e, hoje a maioria ainda quer a mulher usando saia e ou vestido.

    Como o ministério não é ARROGANTE e tem HOMBRIDADE está deixando as coisas acontecerem paulativamente…………..

    A CCB não é uma igrejinha de 1000 pessoas,mas, de 7 milhões que a frequenta………

    Evangelista Cristão mostrando a ignorância de alguns(alguns) na NET !!!

    • Irmão Eleoterio,

      Veja o que o irmão disse:

      “Afirmar que desde 1.980 a a calça comprida é social para mulher é desconhecer a cultura Brasileira e mundial. Podemos confirmar nas reportagens da década de 1.980 que as esposas dos maiores políticos do Brasil e do mundo, quando apresentavam-se em solenidades oficiais (SOLENIDADES OFICIAIS), estavam de vestido ou saia.”

      Nessas mesmas solenidades oficiais, os políticos usavam terno e gravata. O próprio nome diz, solenidades oficiais. Se partir desse pressuposto, os homens também deveriam utilizar terno e gravata nos colégios, no trabalho e em todos os outros lugares. Mas não, a CCB só obriga nos cultos e para aqueles que têm ministério.

      A roupa social do homem é terno enquanto a roupa social da mulher é saia. Concordo. Mas porque os homens na CCB são obrigados a usar roupa social só nos cultos e as mulheres em todos os lugares são obrigadas a usar calça social. Me responda por favor, mas não enrole e desvie do assunto como o irmão sempre faz.

      Repito, desde a década de 80 que é comum as mulheres utilizarem calças no dia a dia (trabalho, escolas, lazer e etc.). NÃO ESTOU FALANDO DE SOLENIDADES OFICIAIS. Preciso desenhar. Misericórdia.

      E repito, a maioria da irmandade se comporta como gado. Só repete o que ouve no pulpito, sem conferir com a bíblia, seguindo cegamente tudo o que o ministério disse. Esse comando é mais fácil em locais onde a irmandade é humilde e simples. Vai visitar lugares ricos para ver se a irmandade segue esses costumes (Jardim Paulista, Lapa como exemplos). Verifique os familiares desses irmãos juízes (presidentes de tribunais), desembargadores, empresários, e me diga se eles se privam de usar jóias, calças para as mulheres, maquiagem e etc. Isso é FATO. Só não ver quem não quer.

      O irmão disse que o ministério se atualizou, mas isso não é verdade. Há poucos anos, na lista de ensinamentos “revelada”, a nossa liderança disse que as mulheres não podem depilar sobrancelhas e os homens não podem tingir o bigode. Me diga por favor que tipo de escândalo isso causa. Esse ensinamento prova que não há atualização alguma. Apenas arbitrariedade e arrogância de nossa liderança.

      Samuel provando que muitos que defendem a CCB são arrogantes assim como nossa liderança e se recusam a enxergar nossos erros.

  77. Clóvis Evangelista disse:

    Vou fazer algumas perguntas serenas e respeitosas ao caro Eleotério, (o qual se intitula Evangelista Cristão).
    Por simples que possa parecer, gostaria de saber:
    Quem é maior? Cristo ou Paulo?
    Quem lavou os pés com água numa bacia e secou com toalha, ou, quem mandou usar o véu?
    Porventura Cristo não disse: Ora se eu, Senhor e Mestre , vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros?
    Então qual a desculpa?
    Como disse anteriormente: Não dá dá a impressão de que na “parábola do fariseu e o publicano,” o mestre já falava da CCB?
    Se vai ser condenado quem não guardou um mandamento passado por Paulo, não será mais condenado quem não guardou um mandamento passado por Cristo?
    E por quê o amado irmão compara tanto a CCB com a Universal, Igreja da Graça e outras?
    Quem se compara aos piores não se tornará um deles?
    Saudações e abraços a todos!

  78. Clóvis Evangelista disse:

    Copiei abaixo parte de um texto do Eleutério, com data de 21 de dezembro de 2.013, a dez dias atrás, postado acima neste blog, como se segue:

    Sobre afirmar que manifesta a carne em alguns pregadores é verdade.
    Em 1.980 eu ouvi um dos anciãos velhos dos mais respeitado que já existiu dizer; São poucos os ministros que se salvarão !!
    Hoje eu concordo plenamente.

    Agora volto a escrever minhas palavras:
    Veja irmão Eleutério, que o ancião dos mais respeitados, já via na CCB a importantíssima profecia onde Cristo disse, que nos últimos tempos muitos diriam eu sou o Cristo e enganariam a muitos!

    A profecia do engano se cumpre mundialmente, (afinal é palavra do Mestre). O engano de muitos se dá arrecadando dinheiro, se dá falando do céu (CCB), etc. etc. etc…

  79. Bento Delize disse:

    Sou membro da CCB, a explicação sobre o véu está maravilhosa, melhor impossível. É mandamento usar véu. Deus abençoe o irmão por tanta dedicação e clareza.

  80. Evangelista Cristão

    Para cada texto por mim postado teve alguma afirmação anterior de alguém.

    Baseado em cada afirmação eu manifestei minha opinião.

    O que percebo na NET é uma ASTÚCIA na qual misturam o que eu afirmo sem mostrar o porque falei no determinado assunto.

    Fazendo assim desvalorizam a frase por mim escrita.

    Perguntaram para mim; Sobre quem tem mais valor se é Cristo ou Paulo ?

    O que tem mais valor é o contexto geral contido no novo testamento. Não importa se quem falou foi Cristo ou se foi o ESPÍRITO SANTO usando da boca de Paulo e ou João e ou Pedro, etc.

    Cristo disse que enviaría o Espirito Santo. E quem falava na boca dos apóstolos era o Espírito Santo. Se o Espirito Santo usava dos apostolos,então o que está escrito pelos apostolos tem o mesmo valor do que o que Cristo falava !!!

    Sobre afirmar que eu comparo a CCB com outras denominações………… É pelo motivo que afirmam que todas denominações são boas e todos que pregam Cristo tem que ser respeitados.

    Sendo assim eu afirmo que Cristo disse para tomarmos cuidado com os lobos vestidos de ovelhas e que muitos serão ladrões e salteadores. Disse também, para tomarmos cuidado com as falsas doutrinas (denominações).

    Baseado nestas advertências no novo testamento eu mostro o comércio explícito que algumas denominações fazem para enriquecer seus líderes, usando o Santo nome de Cristo.

    Sobre o uso de terno e gravata…………Afirmar que isso é igual o ensinamento da calça comprida para mulher é assinar o atestado de ignorante !!

    O terno não é doutrina e, sim ensinamento para o homem que deseja frequentar as liturgias na CCB.

    Quando recebemos um convite para casamento vem escrito; Traje esporte e ou traje social e ou traje a rigor. Quem for no casamento seguirá a norma determinada para aquela festa.

    Na CCB o traje para homem e mulher é o social. Sendo assim terno e gravata p/o homem.

    Para mulher até aproximadamente 2.003 o traje social era saia e ou vestido.

    Para liberar a calça comprida para mulher ao longo dos próximos anos, gradativamente será liberado. Tem que ser devagar,pois o povo da CCB não é gado que aceitam mudanças bruscas………rs.rs…..

    Aqueles(as) que não concordam com os ensinamentos e ou doutrina da CCB devem seguir para uma das 600 denominações existentes no Brasil e cultuar naquela que mais lhe agrade. Afinal a CCB não entra nos lares de ninguém pela TV e ou Rádio e ou jornais e ou revistas. Vai para CCB aqueles que expôntaneamente sentiram.

    A CCB não tem nome de ninguém para que digam estarem preso em formulários que assinaram e por isso não podem deixar de ir.

    Quem não gosta é só não frequentar a CCB…………..

    Evangelista Cristão ajudando os que não gostam da CCB !!

  81. “Nessas mesmas solenidades oficiais, os políticos usavam terno e gravata. O próprio nome diz, solenidades oficiais. Se partir desse pressuposto, os homens também deveriam utilizar terno e gravata nos colégios, no trabalho e em todos os outros lugares. Mas não, a CCB só obriga nos cultos e para aqueles que têm ministério.”

    A roupa social do homem é terno enquanto a roupa social da mulher é saia. Concordo. Mas porque os homens na CCB são obrigados a usar roupa social só nos cultos e as mulheres em todos os lugares são obrigadas a usar calça social. Me responda por favor, mas não enrole e desvie do assunto como o irmão sempre faz.

    Repito, desde a década de 80 que é comum as mulheres utilizarem calças no dia a dia (trabalho, escolas, lazer e etc.). NÃO ESTOU FALANDO DE SOLENIDADES OFICIAIS. Preciso desenhar. Misericórdia.

    E repito, a maioria da irmandade se comporta como gado. Só repete o que ouve no pulpito, sem conferir com a bíblia, seguindo cegamente tudo o que o ministério disse. Esse comando é mais fácil em locais onde a irmandade é humilde e simples. Vai visitar lugares ricos para ver se a irmandade segue esses costumes (Jardim Paulista, Lapa como exemplos). Verifique os familiares desses irmãos juízes (presidentes de tribunais), desembargadores, empresários, e me diga se eles se privam de usar jóias, calças para as mulheres, maquiagem e etc. Isso é FATO. Só não ver quem não quer.

    O irmão disse que o ministério se atualizou, mas isso não é verdade. Há poucos anos, na lista de ensinamentos “revelada”, a nossa liderança disse que as mulheres não podem depilar sobrancelhas e os homens não podem tingir o bigode. Me diga por favor que tipo de escândalo isso causa. Esse ensinamento prova que não há atualização alguma. Apenas arbitrariedade e arrogância de nossa liderança.

    Samuel provando que muitos que defendem a CCB são arrogantes assim como nossa liderança e se recusam a enxergar nossos erros.”

    Excelente. =)

  82. Evangelista Cristão

    Vitor Silva disse:
    janeiro 3, 2014 às 8:32 am

    Assim é o irmão Eleotério, que não percebe que apesar dos seus muitos anos de ministério e de serviço a Deus, tinha muitas coisas a aprender com outros Cristãos, tão somente dispusesse o seu coração para tal.

    Evangelista Cristão, respondendo……………….

    Tudo que tenho postado consta na biblia.

    A minha maneira de interpretar o que leio deve ser respeitada, afinal, voce Vitor Silva, não tem como provar que a tua maneira de interpretar a biblia é correta.

    Eu, particularmente tenho OBRIGAÇÃO de respeitar a tua forma de pensar, por outro lado, voce também tem que respeitar minha forma de pensar.

    Voce, Vitor Silva, ensoberbeceu-se a ponto de postar que eu tenho que aprender com voce. Isso eu considero ARROGÂNCIA.

    Minha família é muito grande aproximando 200 crentes da CCB. Trabalho para Cristo de todas as formas e Cristo tem me recompensado muito além do que eu mereço.

    Nos dias de hoje é difícil encontrar uma família numerosa igual a minha e, por sinal abençoada financeiramente e, todos com formação universitária, servindo a Cristo em prol dos pobres do Norte de Minas, com remédios, roupas, etc, cuidando dos crentes necessitados. Levando cestas básicas, construindo Igrejas, entre outras coisas.

    Isso tudo demonstra para mim que devo continuar obedecendo a doutrina na forma que Deus me iluminou. Afinal se os sinais de BENÇÃOS DIVINAIS acompanham minha vida porque eu devería mudar a minha forma de interpretar a biblia.

    Agora faço-lhe uma pergunta; Voce tem os mesmos sinais na tua família ?

    Voce esforça-se para trabalhar em prol do evangelho de Cristo ?

    Será que voce é um PARASITA que somente fica de espectador olhando os erros daqueles que trabalham para Cristo ?

    Será que voce é daqueles que só estudam livros e fazem teologia,mas, não saem a campo para batalhar por Cristo ?

    Faça uma REFLEXÃO Sobre os sinais de Deus na minha família e os sinais de Deus na tua

    Observo na NET e até no meio do povo de Deus uma exigência a respeito dos ministros, mas, por outro lado a maioria não tem obras Cristãs e, nem servem a Deus.

    Exigem mais sabedoria,virtude, conhecimento biblico, santidade, entre outras qualidades dos ministros,mas, uma Grande parte do povo nada fazem em prol do evangelho de Cristo.

    Deus na realidade está fazendo o povo COLHER aquilo que realmente plantaram.

    Evangelista Cristão contra filosofias e teôrias e, postando REALIDADES…………….

    • Viche!!!

      Feliz 2014 !!!!!!!!!!!!!!

      Porque o ano já começou BEM!

      aff

    • Prosperidade material nunca foi sinal de Benção ou Aprovação de Deus na vida de ninguém.

      Veja o relato de Paulo:

      “Cinco vezes recebi dos judeus uma quarentena de açoites menos um; fui três vezes fustigado por varas; uma vez apedrejado; em naufrágio três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar; em jornadas muitas vezes; em perigos de rios… em perigos entre falsos irmãos…; em fome e sede…; em frio e nudez… a preocupação com todas as igrejas. Quem enfraquece que eu também não enfraqueça?”(II Co. 11:16-32).
      Além disso, o espinho na carne (II Co. 12:7), ordenado por Deus e administrado por Satanás o “esbofeteava” a cada momento.

      Os crentes em Jesus Cristo devem entender que na CRUZ Cristo rasgou os débitos que haviam contra nós, mas também rasgou os Créditos que haviam a nosso favor.

      Aliás, NUNCA tivemos crédito. Quem pensa que Promessas de Deuteronômio 28 estão de pé, é só “guardar TODOS os seus mandamentos”.

      E SOMENTE CRISTO GUARDOU OS TODOS OS MANDAMENTOS. Ele foi o Único.

      E mesmo assim dizia: “Aves tem seus ninhos e raposas seus covis, mas o FILHO do Homem não tem aonde repousar a Sua cabeça”…

      Daí, passa-se 2000 anos e “Sinal” de aprovação de Deus é medido com grau de intelectualidade familiar, posses, membresia religiosa…

      Lamentável.

    • Eleotério escreveu
      A minha maneira de interpretar o que leio deve ser respeitada,
      Vitor responde
      Irmão Eleotério, o irmão terá sempre o amor de todos aqui porque nos consideramos Cristãos e assim fomos ensinados pelo nosso Senhor e Salvador: a suportar as imperfeições de todos com todo o Amor.
      Quanto ao respeito, faça por o merecer primeiro.

      Eleotério escreveu
      afinal, voce Vitor Silva, não tem como provar que a tua maneira de interpretar a biblia é correta.
      Vitor responde
      Claro que tenho irmão Eleotério, se a minha maneira de interpretar a bíblia obedecer ao principio instituído da hermenêutica (arte de interpretar correctamente textos – leis, ofícios, bulas médicas ou… textos sagrados) ela é a maneira correcta.
      Se pelo contrário, for baseada em pressuposições minhas ou achismos meus, e baseada na interpretação de versículos isoladamente, fora do seu contexto, então ela é a forma errada de interpretar e devo ser corrigido por todo aquele que tiver respeito ao Cristianismo bíblico.

      No link que cito a seguir, o irmão vê uma exposição minha sobre “salvação pela fé” que contradiz a sua posição de “salvação pelas obras”, na qual eu fundamento a minha posição com 52 citações bíblicas que não foram retiradas aleatoriamente do seu contexto.
      Ainda hoje aguardo que me explique porque motivo desconsidera essas 52 passagens em relação à meia-dúzia de versículos que insiste em citar repetida e erradamente.
      http://bereiano.wordpress.com/2013/11/13/funeral-momento-de-alegria (meu comentário de “novembro 28, 2013 às 3:13 pm”)

      A sua teologia é um baralho de cartas, e o pior é que o irmão está preso ao seu farisaísmo denominacional pelo orgulho que vive no seu coração e não consegue dar conta disso.
      Como vê é fácil provar que a sua maneira de interpretar a Bíblia é errada e perigosa; basta expor os versículos que contradizem essa sua incorrecta interpretação. Assim se vai percebendo o porquê da alteração dos pontos de doutrina por parte da cúpula ministerial da Congregação Cristã:
      “Toda o texto da bíblia que não conseguirmos encaixar na nossa visão das Escrituras deixa de ser Palavra de Deus.” Assunto arrumado.

      Eleotério escreveu
      Eu, particularmente tenho OBRIGAÇÃO de respeitar a tua forma de pensar, por outro lado, voce também tem que respeitar minha forma de pensar.
      Vitor responde
      Mas eu respeito a sua forma de pensar! Simplesmente acho que o irmão está absoluta e completamente equivocado em relação a certos assuntos. O meu dever Cristão é tentar dizer-lho de uma forma revestida de amor (e nisso pode apontar-me o dedo pois sei que a maior parte das vezes não o consigo fazer. Mea culpa e peço-lhe desculpas sinceras por essa minha notória imperfeição).

      Eleotério escreveu
      Voce, Vitor Silva, ensoberbeceu-se a ponto de postar que eu tenho que aprender com voce. Isso eu considero ARROGÂNCIA.
      Vitor responde
      Irmão, acredite que tem muito a aprender comigo, da mesma forma que eu tenho muito a aprender consigo. Achar que já sabemos tudo –isso sim- é o maior sinal de arrogância e soberba.

      Eleotério escreveu
      Minha família é muito grande aproximando 200 crentes da CCB. Trabalho para Cristo de todas as formas e Cristo tem me recompensado muito além do que eu mereço.
      Nos dias de hoje é difícil encontrar uma família numerosa igual a minha e, por sinal abençoada financeiramente e, todos com formação universitária, servindo a Cristo em prol dos pobres do Norte de Minas, com remédios, roupas, etc, cuidando dos crentes necessitados. Levando cestas básicas, construindo Igrejas, entre outras coisas.
      Vitor responde
      Os apóstolos morreram pobres e aflitos, perseguidos até à morte. Teologia da prosperidade é mais ao lado, naquelas igrejas que o irmão tanto insiste em apontar o dedo. Aqui fala-se do Cristianismo bíblico, não desconverse por favor.

      Eleotério escreveu
      Isso tudo demonstra para mim que devo continuar obedecendo a doutrina na forma que Deus me iluminou.
      Vitor responde
      “me” iluminou? Ah, percebo, Deus deu para todos nós um conjunto de textos que por si só são suficientes para nossa caminhada rumo aos Céus, mas o irmão tem uma revelação especial? Sabe que mais irmão, depois de ler por aqui a sua “teologia”, não me espanta essa sua afirmação, ela é de facto (muito) diferente da minha, e pior, da que está declarada na bíblia.

      Eleotério escreveu
      Afinal se os sinais de BENÇÃOS DIVINAIS acompanham minha vida porque eu devería mudar a minha forma de interpretar a biblia.
      Vitor responde
      “1Quanto o profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, 2E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; 3Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o Senhor, vosso Deus, vos prova, para saber se amais o Senhor, vosso Deus, com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma.
      Medite.

      Numa das últimas reuniões na Administração falei com um irmão (que amo, tal como ao irmão Eleotério) que me contou uma história de benção de carro prometido pela Palavra. Contou-me inclusive o que se passou depois do culto entre o irmão que pregou a palavra e um outro que não queria vender o carro. História interessantíssima, eu gostava de saber onde está o arrependimento que os Apóstolos pregavam… na volta o Espírito cansou-se de usar sempre a mesma táctica e agora tenta “comprar-nos” com carros e cursos de faculdade. É, deve ser isso.

      Entretanto, vai para mais de 3 meses que não ouço falar de Jesus na minha comum. Qualquer dia sai uma circular para apagar o “Em nome do Senhor Jesus” das igrejas porque as pessoas mais cedo ou mais tarde vão começar a perguntar quem é esse Jesus que aparece escrito nas paredes e no púlpito mas de quem nunca se fala…

      Eleotério escreveu
      Agora faço-lhe uma pergunta; Voce tem os mesmos sinais na tua família ?
      Vitor responde
      Se tenho ou não tenho é irrelevante para o assunto a ser discutido.
      O que eu tenho é um arrependimento diário no meu coração por todos os pecados que cometo, arrependimento esse que me é trazido pelo Espirito Santo que habita em mim a partir do segundo em que eu percebi e aceitei a mensagem do Evangelho (que ouvi muitos anos após me ter batizado, e fora da Congregação Cristã, veja só!). E o irmão, tem tido muito arrependimento na sua vida? Onde não há arrependimento não há Espírito Santo, e olhe que nós somos uma caixinha de imperfeições.

      Eleotério escreveu
      Voce esforça-se para trabalhar em prol do evangelho de Cristo ?
      Vitor responde
      Se tenho ou não tenho é irrelevante para o assunto a ser discutido, mas mantendo o tom cordial desta mensagem, respondo:
      Não tanto quanto devia, mas trabalho. Estou a fazê-lo agora mesmo.

      Eleotério escreveu
      Será que voce é um PARASITA que somente fica de espectador olhando os erros daqueles que trabalham para Cristo ?
      Vitor responde
      Se fico ou não fico é irrelevante para o assunto a ser discutido, mas se é erro merece ser apontado e corrigido, ou não é assim? Qualquer mau serviço para Cristo deve ser bem aceite só porque foi feito com boas intenções? O irmão é daqueles que aceita bem os muçulmanos explodirem-se matando dezenas de pessoas em nome do falso-deus deles? É no nome de deus que eles fazem aquilo, vai criticar o erro?

      Eleotério escreveu
      Será que voce é daqueles que só estudam livros e fazem teologia,mas, não saem a campo para batalhar por Cristo ?
      Vitor responde
      Tal como o irmão não coloca a sua vida nas mãos de um coveiro (com todo o respeito pelos representantes dessa nobre profissão) para lhe fazer uma operação ao cérebro, também eu aprendi da pior forma a não colocar a minha vida espiritual nas mãos de servos de Deus que têm uma imposta antipatia pela leitura e pelo estudo.

      Falta de leitura e falta de estudo produz ignorância, e eu quero ser na medida do possível o mais esclarecido possível para DEPOIS poder ter um saudável impacto espiritual na vida dos que me rodeiam.

      Eleotério escreveu
      Faça uma REFLEXÃO Sobre os sinais de Deus na minha família e os sinais de Deus na tua
      Vitor responde
      O irmão me perdoe, mas eu ainda não o ouvi falar sobre o arrependimento diário dos constituintes da sua família: esse é o único marco quantificável na vida do crente. Esta vida é um milésimo de segundo comparado com a eternidade para o irmão (e família) se deixar enganar por carros e dinheiro e cursos de faculdade. Medite nisso.

      Eleotério escreveu
      Observo na NET e até no meio do povo de Deus uma exigência a respeito dos ministros, mas, por outro lado a maioria não tem obras Cristãs e, nem servem a Deus.
      Vitor responde
      Responsabilidade maior – exigência maior. Este conceito é tão simples que nem vou elaborar.
      Se a professora da escola dos seus netos ensinar que 2+2=5 o irmão vai ficar de braços cruzados sem fazer nada?
      Quanto mais perigoso é desvirtuar ensinamentos que dizem respeito à nossa vida eterna?

      Eleotério escreveu
      Exigem mais sabedoria, virtude, conhecimento biblico, santidade, entre outras qualidades dos ministros, mas, uma Grande parte do povo nada fazem em prol do evangelho de Cristo.
      Vitor responde
      Não percebo o espanto. Se eu estiver doente e for ao hospital quero ser atendido por alguém que ao menos se pareça com um médico. Para doentes já bastam os outros que lá estão pelo mesmo motivo que eu…

      Eleotério escreveu
      Deus na realidade está fazendo o povo COLHER aquilo que realmente plantaram.
      Evangelista Cristão contra filosofias e teôrias e, postando REALIDADES.
      Vitor responde
      Oseas 4
      “6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos.”

      Sabe de quem é a culpa do povo ser ignorante da palavra de Deus?
      Daqueles que Ele colocou como ministros nas suas igrejas, que foram atrás de outras verdades em substituição do Evangelho e hoje pregam massagens ao ego aos que se assentam nas congregações.

      João dizia “arrependei-vos”, hoje nas igrejas ouvimos “Deus vai abençoar”.
      É, tenho a certeza que aquele a quem Jesus chamou de “maior profeta nascido de mulher” (Lucas 7:28) estava errado na sua abordagem à necessidade que assiste a todo o ser humano de ser salvo, através do arrependimento…

      Deus o abençoe a toda a sua casa irmão Eleotério,
      Vitor, CC em Portugal

    • Eita, o velho e surrado discurso turrão sobre a vida pessoal e a família agora é dirigido ao Vitor ;)

      Com direito à diabólica comparação egocêntrica.

      Por que será que sempre me remete à parábola de Jesus entre o fariseu e o publicano?

      Ai, ai, ai meras repetições insensatas, tolas e infantis!

      Poxa, não dá pra ser mais criativo, pelo menos?! Receio que não dê, já que alma aprisionada não tem espaço para a criatividade que desarma o coração gerando poesia e ‘tiradas’ inteligentes nos debates coerentes que nos levam a usufruir da alegria na genuína Paz.

      Que pena…

    • Um equívoco.

      Muitos acreditam (eu era um destes) – ” o sujeito abre a boca e o Espírito Santo começa a falar”.

      Ouço pregadores mudando a própria voz para melhor impressionar as ovelhas, como se não conhecêssemos o timbre do ES (não é nem parecido com aquele, muito imitado, do filme – Os 10 Mandamentos).

      Quem fala é o vaso (João, José, Frederico, Claudio etc), se inspirado ou não pelo Espírito Santo, ai são outros mil e quinhentos.Daí o cuidado de o “inspirado” não se deixar levar pelo clamor das ovelhas e a emoção produzida pelo púlpito.

      A nós cabe conferir o púlpito com as Escrituras, abandonando por completo os pontos que se revelam contrários aos ensinamentos de Deus.Não precisa mandar ir ver se você tá na esquina, tal como eu faço, mas se o fizer, contribuirá a destinar, à vala comum, os que distorcem as Escrituras a mando dos próprios caprichos.

      A regra de fé e conduta se encontra na Bíblia, Deus não conferiu ao homem a tarefa de delimitar o caminho para a salvação, Ele conhece bem a própria cria.

      E veja você, mesmo estando claro na Bíblia, há quem discorde, e vivem criando anualmente as regras para a salvação da alma (a CCB é um exemplo disso, aliás o maior mau exemplo).

      Você que frequenta a CCB há bastante tempo (eu tb), deve ter ouvido cada ensinamento !

      Olha, eu sequer conheço você, quanto mais seus 200 familiares, e tenho alguma curiosidade em saber se você os conhece tb.

      Eu só gostaria de um fundamento bíblico pra essa sua afirmativa, o fato de terem mais de 100, 200 ou 300 de uma mesma família santifica uma denominação religiosa?

      Os 200 só provam uma coisa: Vocês não tinham TV em casa, louvável, mas não é tudo na vida.

      A casa de Ló era composta por quantos? Não chegava a 10 e somente 3 foram salvos da ira de Deus, e dos 3, as duas filhas deu no que deu, só sobrou ele mesmo.A família de Ló era tão pequena que Abraão, quando foi interceder por por seu sobrinho Ló, quase irritou a Deus com sua oração : E se tiver 50 o Senhor salva eles? E se tiver 40 ? E se tiver só 30 ? …

      Isso pra não falar de Noé, né meu prezado?

      Meus votos são para que esses 200 um dia conheçam a Palavra de Deus, e se assim já o é, amem e que Deus não se esqueça da minha pequena família, apesar que tenho um tio que vale por 10 (sem contar aquele aposentado, de quem falo, que vale por uns 50 bons).

      Faça o que quiser, mas lembre-se de uma coisa, não podemos servir a 2 senhores.

      Não é orgulho um número tão grande de pessoas a frequentarem a CCB, muito pelo contrário, creio ser um motivo de vergonha, ao ver que muitos de nós contribuímos para deixar uma denominação suplantar as verdades Bíblicas, distorcendo as Escrituras, criando regras a serviço da discriminação, segregação e o pior, o distanciamento de pessoas do Evangelho.

      Numa coisa você tem razão, pouco fazemos pelo Evangelho.

      No mais, podem me chamar de mentiroso, Assembleiano, criatura, seitário como alguns me chamavam qdo comecei a frequentar a CCB, mas não vão me separar de Cristo e do meu orgulho de ter um tio aposentado.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

      • Claudio,
        A palavra de Deus diz que Jesus’ veio para o que era seu, e os seus não receberam’ (Jo 1.11).
        E que nem seus amigos, vizinhos e nem mesmo a própria família d’Ele creu nEle!
        Ele mesmo testemunhou isso.
        Palavras do próprio Jesus: ‘Não há profeta sem honra, senão na sua terra e na sua casa’ (Mt 13.57b – Mc 6.4 – Lc 4.24 – Jo 4.44)

        O caso do Eleotério é um fenômeno sobrenatural interplanetário.
        Se cai na boca do povo místico do nosso país, não demora muito sua casa passa a ser endereço de peregrinação.

        E já posso imaginar o nome: (título rss)

        ‘Caminho de Santeleotério de Compostela Mineira’.

        Perdão, mas não me contive. Preciso exercitar mais o meu domínio próprio :P
        Na paz que não exclui a verdade.
        RF.

        • ‘Veio para o que era seu, e os seus não o receberam’.

          João 1.11

        • Verdade Regina.

          Tinha me esquecido dessa passagem bíblica.

          Agora, para os que querem convencer a própria família e ter honra na própria casa, aprenda com quem sabe.

          E Jesus tinha muito o que aprender com esse ai.

          Paz.

          Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

  83. Clóvis E. de Almeida disse:

    Ao Eleotério, o qual se intitula evangelista Cristão:
    Sabia que você não ia conseguir explicar a parte em que Cristo lavou os pés e mandou fazer como ele fez!
    Veja que a CCB por muitas décadas se disse a única salva, porque guarda todo o Novo Testamento.
    Sobre o Novo Testamento, por volta de 1.970 ouví um ancião pregar que a CCB teve a sorte de ter ficado com a túnica do Senhor. (Guarda tudo). Os seitários ficaram só com as partes do vestido. (Cada seita guarda um pouco).
    Vejo também que cumpre em tí a parte onde Cristo disse sobre expulsar os Cristãos das sinagogas. Sempre que você é fechado em seus argumentos, “ao meu ver” muitos deles são papos furados, você expulsa a pessoa da CCB, mandando procurar outra e tal.
    Se todo mundo ficar defendendo tradições de anciães, máfia de anciães, como no caso da calúnia paga por anciães para derrubar o ex-ancião Zé Nicolau da presidência da CCB, como alguma coisa vai melhorar?
    Se número de templos, número de membros, tempo existência da igreja, e coisas parecidas forem requisitos para vencer a copa do mundo da salvação, qual igreja levará o prêmio?

    • conseguir explicar a parte em que Cristo lavou os pés e mandou fazer como ele fez!
      NÃO SOU DONO DA VERDADE. MA IREI CITAR MEU HEROISMO, ACHISMO E FISOLOFIA , FOI PARA DAR EXEMPLO CUMO O QUE PREGARA, SER UMILDE, FAZER BEM, ATE PARA SEUS INIMIGOS,VISTO QUE JOÃO SENDO UM DOS MAIOR PROFETA CITADO POR CRISTO, JOÃO DISSE QUE JESUS ERA MAIOR DO QUE ELE E QUE NÃO ERA DIGUINO NEM DE DESATAR AS CORREIAS DE SUA SANDALIAS PARA LAVAR O SEUS PES. JESUS SENDO MAIOR QUE JONAS ,SALOMAO ,JOAO ETC, UMAS DAS POUCAS VESES QUE JEJUS SE EXALTOU FOI PARA MOSTRAR UMILDADE, SENDO SENHOR E MESTRE LHE LAVOU OS PES,. OUTRA MAIOR QUE JONAS E SALOMÃO, PARA ALERTAR O HOMEM CONTRA BLASFEMIA CONTRA O PAI E O FILHO E PRINCIPALMENTE O ESPIRITO SANTO QUE TESTIFICA NO CEU E NA TERRA QUE E A LIGAÇÃO ENTRE OS DOIS.
      OUTRO PARA CUMPRIR O QUE FOI DITO. AQUELE QUE METE A MÃO COMIGO NO PRATO, ME VIROU O CALCANHAR. OUTRA MAIS VALE O BOCADO CECO COM ELE A TRANQUILIDADE, DO QUE O BOCADO MOLHADO E CASA CHEIA DE VITIMAS. MAS PELO QUE VEJO ESSE INTERECE EM SABER DAS COISAS DE DEUS, QUE DEUS TE ABENSOE E TENHO CERTESA QUE TABEM PEGOU O BOCADO SECO COM ELE A TRANQUILIDADE.
      VOU APROFUNDAR MAIS UM POUCO PARA MAIOR EXCLARECIMENTO. JESUS DISSE QUALQUER CIDADE OU CASA QUE VOS RECEBER, DEIXE ALI SUA PAZ, MAS SE NÃO SACUDA O PO DE VOSSOS PES CONTRA AQUELA CIDADE. JESUS ENTROU EM JERUSALEM PREGANDO CONTRAS OS ERROS DE UMA MAFIA DENTRO DO TEMPLO DE JERUSALEM QUE CONDENAVA,ARQUITETAVA, HÁ MATARO ESTEVÃO ATE O MESTRE. JESUS ANTES DE MORRER NÃO FOI RECIBIDO EM JERUSALEM PELA MAFIA, MAS QUANDO SAI DO TEMPLO ATE OS APOSTOLOS DUVIDOU DA SUAS PALAVRAS , DIZENDO OLHA ESSA PEDRAS, COMO VAI DESTRUIR ESSE TEMPLO, JESUS DISSE O QUE TA ESSCRITO EM 24 SÃO MATEUS. FOI DEPOIS DAÍ QUE JESUS DICIDIU AJUDAR OS APOSTOLOS A SACUDIR OS POS DE SEUS PES CONTRA JERUSALEM TERRENA, PEGOU A TOALHA E LAVOU OS PES DE DOS 12 ATE O DE JUDAS, QUE METEU A MÃO NO PRATO JUNTO COM O MESTRE E PEGOU O BOCADO MOLHADO, E VIROU O SEU CALCANHAR CONTRA O MESTRE, VOLTANDO NA CIDADE SUJAR OS SEU PES DE NOVO E ENCHENDO A CASA DE VITIMAS, UMA DELAS O SENHO JESUS,. TENHO SERTESA QUE A MAFIA NÃO LAVO OS PES DE JUDAS, QUE ERA COSTUME NA PALESTINA COMO SINAL DE BOM RECEBIMENTO DA PESSOA EM SUA VIAGEM CHEGANDO EM SUA CASA. HOJE EM DIA TOMOS VIVENDO DIA QUE SE FALAR EM LINGUA ESTRANHA QUE SINAL PARA AQUE QUE CRE E SINAL TAMBEM PARA O QUE NÃO CRE, E PIRIGOSO ALGUEM FALAR ES TU TAMBEM GALILEU , TEU FALAR TE DENUCIA.! VAMOS SER VALENTE NO EVANGELHO DE JESUS , POR QUE NÃO EXISTE LUZ ESCONDIDA DEBAIXO DE BACIA DE PONTA CABEÇA, A PAZ DE DEUS COM TODOS.

  84. Irmão Eleotério,

    Qual é o traje para as mulheres no dia a dia (trabalho, escola e faculdade, residência)?
    As mulheres costumam utilizar trajes sociais nas residências, quando vão ao supermercado, trabalham, estudam, utilizam transportes públicos e etc?

    O irmão está sendo cínico, me perdoe, mas não acho uma outra palavra mais branda.

    Desde a década de 80 que as mulheres no dia a dia (não estou falando de roupas sociais) utilizam calças sem ser considerado escândalo. REPITO, no DIA A DIA (residência, trabalho, escola, faculdade, visitando parentes e etc).

    Entretanto, a CCB não exige que as mulheres usem roupas sociais só nos cultos (assim como faz com os homens).

    A CCB EXIGE que as mulheres usem ROUPAS SOCIAIS, SEMPRE. SEMPRE. SEMPRE. SEMPRE. Na faculdade, escola, residência, trabalho (salvo exceções no qual a empresa exija calças por segurança), visitas a parentes, idas ao supermercado, shopping centers e etc.

    Enquanto isso os homens são obrigados a utilizar roupas sociais somente nos cultos.

    Conseguiu entender meu ponto de vista? Por isso que digo, que ao exigir que as mulheres usem saias no dia a dia (como a CCB faz), está atrasada uns 30 anos ou mais. Mas a liderança, tal como o irmão, é ARROGANTE e JAMAIS admitirá isso. E o povo (principalmente os mais simples de regiões pobres), infelizmente se comporta como GADO e é tratado como GADO.

    Repito, congreguem no Jd. Paulista e na Lapa e vejam se esses ensinamentos que são passados como doutrina são seguidos à risca.

    O Eleotério, novamente com cinismo disse que não é doutrina e ensinamento… Engraçado, porque então usam um verso de Deuteronômio (velho testamento para obrigar a mulher a usar saia)? E as palavras e pregações dizendo que Deus libertou a mulher das calças compridas? E as “revelações” e pregações?

    Ou seja, tudo que a gente ouviu esse tempo todo na CCB era balela… E agora a liderança vai disfarçar e fingir que isso nunca foi ensinado.

    Triste demais…

    Samuel, postando verdades inconvenientes que nossos líderes prefere, jogar para debaixo do tapete…

  85. Evangelista Cristão

    Vitor, hp e Clóvis –

    A única maneira de provar que Deus está com alguém são os sinais,pois Cristo disse; Estes sinais(SINAIS) seguirão aos que creem,etc,etc.

    Eu sempre pensei assim e ninguém me fará mudar ! Enquanto eu tiver sinais de que Deus está na minha vida e na vida dos meus entes queridos, continuarei servindo a Cristo da forma que o tenho servido.

    Eu não sirvo a CCB,mas, sirvo a Cristo. Existe diferença em servir a CCB e cultuar e ou congregar na CCB. Eu tenho que cultuar a Deus e a Cristo em uma denominação e sinto-me bem em congregar na CCB.

    Repito, entre 45 denominações que aprofundei-me na doutrina que ensinam a CCB é a que mais aproxima-se da biblia, por isso estou na CCB.

    Voces acham que vou mudar minha forma de servir a Cristo se tenho sinais de que Deus está guardando minha família ? Voces são astutos, porque usaram da parte que afirmei de bençãos para desfazer minha postagem.

    Eu não falei somente de bençãos materiais, afirmei sobre o TODO em relação a minha família. Se para voces uma família não serem adúlteros, fornicários, beberrões, drogados e cuidarem dos necessitados, construir igrejas, entre outras coisas, nada tem a ver com a Benção Divina e ou proteção Divina tenho que afirmar que voces são cegos espirituais e até materialmente falando………………

    Por outro lado eu tenho sinais para mostrar Deus na minha vida e, voces em momento algum afirmaram ter sinais e, tenho que acreditar que realmente são parasitas espirituais que leem livros e vivem de teorias. Na prática nada fazem em prol de Cristo.

    Sentam-se na cadeira do juízo e julgam aqueles que, mesmo errando, estão no campo lutando pelo evangelho de Cristo.

    Igual a voces existe uma multidão na CCB e até nas outras denominações. Exigem santidade dos ministros, conhecimentos teoricos. Condenam as decisões por eles tomadas,mas, nada fazem. Ficam cuidando somente de suas vidas e, quando tem tempo partem somente para o lazer carnal.

    Quando congregam calam-se nos bancos e, procuram os erros naquele que está a frente falando e, depois vão na NET difamar os erros dos pregadores.

    Os escribas e fariseus eram assim também. Estudavam, escreviam, conheciam as letras Sagradas,mas, nada faziam e, quando viram Cristo no campo trabalhando no anúncio da salvação Celeste, uniram-se e o crucificaram.

    Evangelista Cristão, errando muito,mas, entregando seu tempo a serviço de Cristo………

    • Não vejo muita diferença entre os que crucificaram e os aqueles que ignoram o sacrifício de Cristo, criando regras alternativas à salvação.

      Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

    • Eleotério,

      O problema está no “quem vê cara, não vê coração”.

      Eu não afirmaria com tanta convicção todas estas qualidades da tua família. Lembrando que o Senhor mesmo disse que “Quem no pensamento desejar, já está pecando”…

      E partindo do pressuposto que ainda não inventaram máquina de ler pensamentos, só te deixo a dica de não se enlaçar nesse campo minado…

      E lembrando que não estou julgando. Apenas lembrando de citações da Palavra de Deus, mostrando na Bíblia que “Prosperidade nunca foi sinônimo de benção de Deus”.

      Se achar conveniente, acate. Senão una-se com o “Waldomiro do Chapéu” que tanto o irmão critica, mas que tem discurso idêntico ao teu…

      Sobre “sinais” na minha vida, me atenho no confessar que Jesus é o Cristo. Isto me basta.

      Um abraço.

    • A PAZ DE DEUS IRMÃO ELIOTERIO.! VOCE NÃO VAI FICAR IRADO NÃO SEU TE FALAR ALGO? BOM MAS NEM JESUS AGRADOU A TODOS . ATE PAULO DISSI FIZ ME SEU INIMIGO FALANDO A VERDADE. RECONHEÇO SUA VONTADE DE SERVIR A DEUS, MAS ERRANDO COMO VOCE MESMO DISSE, E NORMAL PEDRO TAMBEM ERROU, MAS RECEBEU UMA REPRENÇÕA , PRA TRAZ DE MIM SATANAS QUE CONHECE AS COISA DO HOMEM NÃO A QUE SÃO DE DEUS! MAS PEDRO REALMENTE ERA EVANGELISTA CRISTÃO. JESUS PROMETEU ,VOU TE FASER PESCADOR DE HOMENS RESULTADO. PREGANDO COM PALAVRAS ,DUAS PESCA MARAVILHOSA MATERIAL E DUAS ESPIRITUAL. PRIMEIRA EM PENTECOSTE, AS ALMAS JA ESTAVA ALI POR DEUS, SEGUNDA CASA DE CORNELIO QUIRINO O CINTURIÃO QUE COMANDOU A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS, MOSTRANDO QUE DEUS NÃO FEZ NINGUEM COMUN E IMUNDO MAIS NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOA, JESUS INSINOU AMAR OS INIMIGOS, BEM DIZER, OS INIMIGOS DAR O QUE COMER, DEUS TA PRONTO PARA RECEBER O PECADOR ARREPENDIDO. MAS VOCE INTITULANDO EVAGELISTA CRISTÃO, AINDA DA CCB AO QUAL FAZ 10 ANOS QUE FREQUENTO , VOCE CHAMO 3 SERVOS DE DEUS DE PARASITA, E AINDA PIOR. PARTE DO POVO CCB E OUTRAS DENOMINAÇÃO, COMO INUTEL E ISSO QUE QUIS DISER?
      QUANTAS VESES OUVI DISER QUE A GENTE CCB NÃO PRECISA PREGAR NEM LE A BLIBIA, E SO DAR BOM TESTEMUNHO, MAS NUNCA CAI NESSA! FOI PARA DEPOIS PASSRA POR INUTEL, PEDRO NOS ACONSELHO A ANLISAR E ESTUDAR AS PALAVRAS DOS PROFETAS. E UMA LUZ A PALAVRA PELO CONHECIMENTO AUTOMATICAMENTE VEM O DIRCINIMENTO, UM IMITADOR DE CRISTO NAO CHINGA, NINGUEM, MUITO MENOS FAZ ACEPIÇÃO DE PESSOAS,CUIDADO VOCE MESMO TA SE QUEIMANDO! SE PUDER ESTUDE O LIVRO DE THIAGO. OU PELO MENOS DA BOM TESTEMUNHO NESSA PARTE . PODE SER O CASO DE AGUN NOVO DE BATIZADO DESCOBRIR QUEM E VOCE E SE ESCANDALISAR, VOU TI DAR UM COSELHO, SE VOCE ACEITAR O CONSELHO DE UN CHEGANTE INUTEL COMO AGUNS DISEN.
      CUIDADADO COM FANATISMO DENOMICIONAL QUE CEGA, EX OS APOSTOLOS IRADO CON OS SAMARITANOS QUERIA PEDIR FOGO DO CEU,PRA MATAR AS PESSOAS. MAS JESUS VENDO O ESPIRITO DE OMICIDIO REPRENDE, ELE VEIO PARA SALVAR AS ALMAS E OUTRA NA IRA NAO PROVEM A JUSTIÇA DE DEUS,ESPERO QUE VOCE E EU E OS IRMÃOS QUE POSTA AQUI E OUTRAS DENOMINAÇOES E MUNDO SE SALVE. E LA NO CEU RACHAREMOS DE TANTO DAR GLORIA A DEUS!,SANTO,SANTO, SANTO TODA TERRA ESTA CHEIA DA SUA GLORIA,CALAMANAI, ENTENDEU? SEJA UM PROFICIONAL NO EVANGELIO a respeito da biblia , mas o bom mesmo e usar ela, le ela e por em pratica da maneira correta. uma parabola,eniguima e lamentação para voce entender. ( do que adinta um mecanico ter o manual de montage, ter as peça do carro, e colocar e montar as partes erradas. ficaras de braços cruzados esperando o salario. enquantos muitos vera o carro rachando no meio matando familias inteiras no transito. entedeu respinhela da parafuseta não existe.um carro sem luz não existe, a velas vai ate uma altura tem que trocar. mecanico responsavel faz serviço certo sen charlotonizmo e picaretaje.e cuidado com as peças capeta.) faça como o oleiro do livro de jeremias, um exemplo do carater do espirito santo.

  86. Evangelista cristão

    Vou falar um pouquinho sobre a CCB:

    Quando passei a crer em Cristo e na Vida Eterna no céu, entendi que necessitava de um lugar para cultuar a Deus e a Cristo.

    Passei a ser membro na CCB, onde vou cantar louvores, orar, buscar consolo espiritual para minha alma,entre outras coisas.

    Na CCB os irmãos sentam de um lado e as irmãs do outro, achei bom pois evita que as pessoas misturem culto com esposa,namorada,etc.

    As irmàs usam véu. Cobrem o cabelo e o homem(que é sua cabeça) que são a glória da mulher obedecendo Corintios que afirma que a mulher DEVE(deve) cobrir a cabeça com o véu,etc. Deve vem do verbo obrigação,nada a ver com costume na cidade de corintios.

    Tem aprox. 300 mil músicos, afora organistas. A maior orquestra do planeta !!

    Os homens e mulheres são orientados para irem aos cultos com vestimentas sociais, em demonstração de respeito ao Pai, Filho e Espírito Santo que alí se apresenta.

    Todos os hinos são Sacros pois a melodia não é para agitação da carne e sim ligação da alma com Deus.

    A liturgia nos cultos são iguais em aprox. 20 mil templos no Brasil. Somente o Esp. Santo podería fazer o povo aceitar liturgia iguais.

    Nào cobra dizimo, lembrando que o tal nunca foi dinheiro e ou moeda,mas, era 10% da colheita e, levavam até os levitas que cuidavam do templo e depois distribuiam aos necessitados,orfãos e viúvas.

    Não encontra-se no novo testamento após morte de Cristo, nenhum ponto falando do tal dizimo que foi substituido pelas coletas voluntárias(dá o que quer) e ao mesmo tempo em segredo, cumprindo o mandamento de Cristo; O que mão direita fizer a esquerda não saiba. Na obrigatoriedade do dizimo os pastores e administradores sabem quem deu e quanto a direita deu……Quem não dá é ladrão de Cristo !……rs,rs…….

    Os ministros,porteiros,músicos não são assalariados.

    Não comercializam, videos,Cds, DVDs, livros escritos por teologos e ou doutores.

    Os ministros nào participam de política,não pregam na TV nem no Rádio nem distribui revistas da CCB.

    Mesmo sem nenhuma publicidade ou força da midia é composta de aprox. 3 milhões de membros que são enumerados ao participar da Santa Céia.

    Tem os que não tomam pois não batizaram e congregam constantemente e não participam da contagem da S.Céia. Totalizando aprox. 7 milhões de membros.

    No lugar de cursos biblicos aos ministros tem reuniões ministeriais, semanais, mensais,bimestrais e anuais onde reunidos decidem o que fazer.

    Não tem mestres nem papa, que vai de encontro ao que Cristo disse; A ninguém chameis de mestre e ou pai, etc, etc…………..

    Afora tudo isso tem outras coisas que eu li na biblia e confere.

    Embora eu vejo falhas em alguns ministros e até alguns ensinamentos que precisam ser atualizados, considero a denominação que mais aproxima dos pontos doutrinais da biblia.

    Evangelista Cristão servidor somente de Cristo, falando o porque cultua(congrega) na CCB.

    • Pra cultuar a Deus é necessário “um lugar”?
      Se não for lá, o “culto” Deus não aceita?

      Eu gosto de me sentar ao lado da minha esposa em qualquer lugar que vamos, afinal somos “uma só carne e Espírito”…

      E o papo do véu de volta… Cristo ter sido sacrifício perfeito não vale… Mas deixa pra lá…

      Opa, a torcida do Flamengo também é a maior do mundo!! E lota o Maracanã!!

      Roupa social é “Respeito”… Na Câmara dos Deputados também.. e lá só há desarmonia e coluios… Que coisa…

      Melodias que nos ligam ao Espírito Santo… que coisa… E pensar que Davi dançava na frente da Arca…

      Liturgia igual, bateu a hora no relógio, 1 bilhão de Muçulmanos se ajoelham com a face virada pra Meca…

      Dízimo foi um método pedagógico. Temos que ser GENEROSOS… Zaqueu deu metade do que tinha… a viúva deu tudo. E tem gente que reclama dos 10%…

      Sobre comércio eu tô de acordo. Certinho.

      Sobre número, nada diz. Já batemos nesta tecla.

      Sobre reuniões em vez de cursos bíblicos, curso bíblico seria infinitamente melhor.

      Sobre não ter mestre nem papa, é conversa pra boi dormir. Pra que serve o Brás e o Conselho dos mais velhos? Só troca o título, que a serventia é a mesma.

      E por fim, quem É IGREJA (corpo de Cristo) não precisa de Igreja (Denominação)…

      Quanto mais Denominação, menos IGREJA (Corpo). Daí precisa de lugar, discute-se se reveste parede de mármore ou granito, cor cinza por fora pra deixar padronizado, ar condicionado e isolamento acústico…

      E o jovem homossexual, o adúltero arrependido, o casalzinho que se amava e fez sexo antes do casamento no papel, a viúva do irmão alcóolatra, o irmão fumante, a mãe do drogado ficam de lado…

      Dos 7 milhões de membros, uns 100 tem paciência pra cuidar destes…

      Ah… pra isto não tem estatística… que pena!

    • Clóvis E. de Almeida (clovisdeal@ig.com.br) disse:

      Circular – 2008 PRESERVAÇÃO DA SÃ DOUTRINA E DA FÉ QUE UMA VEZ FOI DADA AOS SANTOS

      … Repetimos aqui os ensinamentos de diversas reuniões anuais, lembrando a linguagem que nos convém quando nos dirigimos à nossa irmandade, pois alguns de nós, ou por imitação ou por terem-se habituado a essa maneira de falar, usam a palavra “eu” com demasiada freqüência. Por mais que o pregador esteja sentindo a presença de Deus, deve evitar dizer: “eu te digo”, “eu te perdôo”, “eu vou te curar’, “eu te abrirei uma porta”, “eu vou mandar um anjo”, mas deve dizer: “este é o conselho do Senhor para ti”, “terás perdão, em nome do Senhor”, “se obedeceres, poderoso é Deus para te curar, se este for o Seu plano”; sempre lembrando-se de que é homem falando para homens, guiado pelo Espírito de Deus. Não deve falar como se Deus ou Jesus estivessem personificados no pregador…

      Acima partes da circular e abaixo análises feitas por membros CCB:

      1 – Desde a Fundação da CCB, 90% era falsa, pois foi aplicado a personificação Divina, pessoas ouviram, falaram que “Deus fala na boca do Homem na CCB”, acreditaram que era de Deus, e em 2008 os Anciãos mais Velhos falaram que não eram de Deus, e sim imitação ou hábito.

      2 – Que os Anciãos que deram esta Ordem do Brás, são falsos, pois no passado, estes Anciãos mais velhos de Hoje, eram os mais novos do passado que faziam isso. Ficaram mais velhos e descobriram que o eles faziam por 40 anos, como Anciãos mais novos, era imitação ou hábito.

      3 – Que é uma hipocrisia os Anciãos falarem para o povo não duvidas das pregações, e nem falarem das pregações, duvidarem, nem discordarem, por ser “blasfêmia contra o Espírito Santo” e que a “Palavra na CCB” é para ser obedecida e não discutida, e depois ELES MESMOS falam que as pregações estavam erradas.

      4 – Concluo que meu sentimento de perplexidade é legítimo, já que se alguém se vale da impolgação e hábito, quais foram as pregações feitas com hábito e imitação?

      5 – Quais confirmações de casamento, foram hábito ou costume?

      6 – Quais Profecias atiradas ao povo sem saber para quem era, eram costume e hábito?

      7 – Quais ICALAMANAIA eram costumes e hábitos?

      Como pode os mais velhos ensinar os mais novos, o que é certo, se passarem anos fazendo o errado?

      Quem levantou para Pregar por hábito e costume? E as pregações?

      Como fica o povo que creu e fez marketing boca a boca de pregações que eram hábito e costume?

      Como fica DEUS, revezando na pregação? Um dia é Deus e outro dia é o Homem?

      Então é Homem falando para Homem?

      O “Guiado por Deus”, é o mesmo que “guiado pela leitura das Escrituras” e a explanação varia de acordo com a verborréia de cada um ?

      • Perfeito texto irmão Clóvis…

        Essas são algumas das famosas perguntas que colocam terror em nossos líderes e orgulhosos.

        O que era dito no passado é desdito hoje… Muito do que diziam que era revelação, profecias e etc caíram por terra.

        Muitos foram feitos de trouxa e enganados pelos líderes. Agora eles fingem que não falaram essas coisas e deixam o passado de lado. Os trouxas que o seguiram… Deixa para lá… São os idiotas úteis… Repito… Somos tratados como gado e também agimos como gado…

        Triste…

        • Sim Samuca, por isso Deus nos deixou a Bíblia.

          É conferir, checar, o cidadão do púlpito tá falando em conformidade com a Bíblia ? Se sim amem.

          Claudio.

        • Eu fico com a Infalível.

          Ouço coisas que de pronto agente percebe que não se sustentará no tempo.

          Qualquer CCBeiano (até o domingueiro) conhece, pelo menos, uma história dessas.

          Eu abomino horóscopo, por diversas razões (algumas pessoais), mas, há quem goste, e pra beber pedem cerveja.

          Sei lá, cada um cada um.

          A Paz.

          Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

        • È complicado… Fico lendo alguns comentários a respeito desse assunto , como por exemplo do do irmão Claúdio (17.01.14 2:19m) e às vezes fico sem entender , pois comigo o que acontece é uma outra realidade! Deus fala comigo através da boca de um homem sim!(digo isso como testemunha veraz) e se fosse escrever tudo como prova , ficaria o dia inteiro digitando aqui. Até pensamentos Ele responde , esclarece , instrui , etc… Lembro-me que certa vez , numa íntima comunhão com o Senhor Jesus , com o meu coração ardendo em amor , em mente lhe transmiti :”Queria tanto me encontrar Contigo , olhar nos teus olhos…” Bem , quando foi à noite , congregando , na hora da Palavra , Ele me respondeu desse jeito , na boca de quem pregava :” ESTOU OLHANDO NESTE MOMENTO NOS TEUS OLHOS E VOU TE DIZER : ANDA NA LUZ DA MINHA PALAVRA!” Outra vez : estava numa íntima comunhão com Jesus , e conversava com Ele a respeito daquela parte que Maria ungiu seus cabelos com um bálsamo precioso , antes de sua morte . Que ela fez isso por amor , gratidão , um ato sublime . Que ela era uma bem aventurada , e me regozijava por esse ato de amor pois Ele merece todo o nosso amor , gratidão e se “pudesse” faria o mesmo! Quando foi a noite na hora da Palavra , O Senhor revelou para o irmão exatamente essa parte de Maria (não acreditava) Ele me respondeu na boca de quem pregava :” HOJE O UNGUENTO QUE QUERO DE VOCE È A SUA SANTIDADE! O irmão não sabia de nada! São milhares de situações que não dá para escrever , ficaria um post muito longo!

          • Irmão Claúdio , será que “todas” as respostas estão na Bíblia , ou estão em JESUS CRISTO?

          • Amantíssima.

            Procure na Bíblia suas respostas.Se restar alguma dúvida poste ela e tentamos lhe ajudar.

            Eu sou um mísero aprendiz, mas tem muita gente boa de Bíblia por aqui.

            Agora vou lhe dizer uma coisa, ao lado dos fanáticos por Bíblia estão os magos e adivinhos, estes distorcerem todo ensinamento do Mestre, e ainda fazem pior, assinam suas baboseiras com citação de algum texto bíblico, o que na maioria das vezes não é muito difícil de se fazer (a famigerada salada), e assim convencem o desavisado e negligente que despreza a sabedoria.

            Irmã, a semente sem raiz não vinga.

            Claudio

          • Bem claro , não estou defendendo denominação nem placa de Igreja , Tanto faz, CCB,CCA,CCC,CCD etc… ou se não tivesse nome nenhum rsss…estou aqui para glorificar à Deus , a sua grande misericórdia em “falar” conosco , diante do “nada” que somos ! Aonde tiver sinceros O buscando de coração Ele não despedirá vazio! Mas , Ele não vai descer aqui na Terra , no local não é mesmo? Então Ele usa o homem como instrumento Seu , para alimentar aqueles “que tem fome” , através do Seu Espírito Santo” . Se bem que Ele também usa de outras maneiras para falar com o homem. Aonde estiver um sincero buscando-O , Ele se apresentará! Ele é Criador , nos criaturas , e Ele pode muito bem se usar de sua criação! Agora , temos que parar com essa birrinha de “intrigas de denominação” . Cada um fica aonde está contente! E dê glorias à Deus pelas obras que Deus está fazendo no homem! Ah! Se lá Deus está operando? Glória à Deus! Se lá também , glória à Deus! O vento sopra aonde quer… e se Ele está soprando aonde estou , por que vou ficar andando por aí como barata tonta? Pense nisso : para aprendermos a ler escrever , é preciso frequentar uma escola. Agora , se cada dia eu frequentar uma escola diferente , como ficará o meu aprendizado? È claro , que todo o erro vem do homem , mas Deus é MAIOR! A graça de Deus superabunda , e quando há algo errado , “uma luzinha acende aqui dentro” , mas a Luz de Deus esclarece tudo!Cada um serve à Deus de acordo com o seu entendimento , pois a sinceridade do coração sò Deus conhece , e com certeza Ele está “saboreando” os frutos! O homem é muito severo, duro , inflexível , mas o coração só Deus conhece , a boa intenção , etc…

          • Agora , aquele que se julga melhor ou maior que os outros é problema dele , sentimento puramente humano; pois para Deus somos todos iguais .Bem claro : O Caminho , A Verdade , A Vida é Jesus Cristo!

          • Irmã Sonia, um conselho:

            Cuidado com seus desejos.

            Minha experiência:

            Eu no passado quis as mesmas coisas, ver a glória de Deus, os céus, orava insistentemente, queria ver Deus de perto, conhecer como Ele era, senti-lo, ouvir sua voz etc tudo através dos meus próprios sentidos humanos.

            E pedia para que Deus me dissesse o que deveria fazer para que isso ocorresse e ouvi do próprio Deus assim:

            Quer saber tudo isso ? Abra sua Bíblia.

            Entendi e para se conhecer minuciosamente a Deus, seus propósitos, intenções, forma de agir, caráter, só há uma forma – Bíblia, ela testifica sobre essas coisas, se você abomina ler a Bíblia, é incompatível dizer que deseja conhecer a Deus.

            Agora uma coisa q a vida me ensinou, não tem a ver com evangelho, nada disso, ou tem, sei lá:

            Você precisa tomar cuidado com dois tipos de desejos:

            1- Aquele que de toda sua alma vc quer que aconteça (isso nunca acontecerá).

            2- O que você da mesma forma quer que não aconteça (pois é justamente isso que ocorrerá, lembre-se de Jó 3:25).

            E antes que apareçam aqueles que dizem:

            ” Ah ! Comigo aconteceram coisas que desejei de toda alma, e Deus me deu na mão e tal.” ( Comigo tb. )

            ” Ah ! Mas tudo que eu desejei, e minha família, é só alegria e felicidades mil, pq sirvo a Deus e sou santão.” (Vai ver se eu tô na esquina.)

            Levando a vida equilibrada, sem exageros e ansiedades, vc será mais feliz.

            Examine sua vida e veja se não tenho razão.

            Portanto, não deseje nada de toda sua alma, exceto o Reino de Deus, claro.

            As coisas acontecem geralmente quando você se desapega delas.

            Tambem aprendi vivendo:

            Sabe aquelas pessoas que se mostram os certinhos, gostam de tudo nos mínimos detalhes da correção, na igreja tem aos montes, os tais “santões” ?

            Então, vai com fé que sempre tem algo por trás desses ai, geralmente algo de muito grave (adultério, pedofilia, glutonaria, dai pra menos), pois o comportamento excêntrico configura, muita vez, numa fuga ou compensação para anormalidades de caráter.

            A Paz.

            Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

          • Mano Cláudio,

            Cê sabe que eu ta a meditando nisso?

            Quanto mais folha de figueira pra cobrir nudez de Adão, mais vergonha do pecado encoberto?

            Se desnudar diante de Deus e confessar a gente não faz. Daí vive orando mais alto, cantando mais alto, falando mais em língua como pra afirmar que seu pecado ta coberto.

            E depois não entende quando Deus pergunta: Adão, cadê você?

            Pô. Um Deus onisciente, onipresente e onipotente perdeu Adão de vista?

            E não compreendemos o que Tiago nos exortou: “Confessai vossos pecados uns aos outros para que sareis”

            Abraço brother.

  87. Evangelista Cristão

    Cláudio postou para Evangelista Cristão

    Não é orgulho um número tão grande de pessoas a frequentarem a CCB, muito pelo contrário, creio ser um motivo de vergonha, ao ver que muitos de nós contribuímos para deixar uma denominação suplantar as verdades Bíblicas, distorcendo as Escrituras, criando regras a serviço da discriminação, segregação e o pior, o distanciamento de pessoas do Evangelho.

    Evangelista Cristão respondendo…………

    Cláudio, se para voce é vergonhoso ter uma familia que aproximam 200 Cristãos eu tenho que afirmar que o espirito que manifesta em voce é malígno !!

    Voce revoltou-se porque afirmei ter uma familia Cristã numerosa, sendo que nos dias atuais um determinado pai tem 2 filhos e muitas vezes nenhum deles torna-se cristão e, o pai clama a Deus para lhes converterem.

    Eu alcancei esta misericordia de Deus em ter aprox. 200 Cristãos na minha familia e, isso é vergonhoso ?

    Conheço uma senhora da assembléia de Deus que reside numa cidade com menos de 40 mil habitantes e, uma grande parte de sua familia é Cristã (assembleia de Deus). Quando olho nesta senhora vejo pureza e, tenho certeza que Deus a salvará junto a sua familia.

    Esta senhora não se aprofundou nos livros,nem entra na NET para recriminar ninguém,mas, trabalha no evangelho de Cristo constantemente, sendo Cristã na prática.

    Esse negócio de ser Cristão teoricamente, leitor assíduo de multidão de livros e, sentar na cadeira do juízo e julgar quem está no campo do evangelho dedicando seu tempo em prol de Cristo é o pior espírito malígno que existe.

    Não faz nada pro evangelho e critica quem tenta trabalhar na lavoura de Cristo……………..

    Evangelista Cristão agradecido a Deus pelos aprox. 200 Cristão em sua familia…………….

    • “Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.

      Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.

      O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador! ” Lucas 18:11-13

      A CCB diz que o erro do fariseu foi orar em pé, rs (pra não chorar).

      Eleotério, sua família tá de parabéns, mas falta-lhes uma coisa.

      E que Deus tenha misericórdia de mim.

      A Paz.

      Claudio (CCB, min Brás, por enquanto)

      • C O homem é muito severo, duro , inflexível , ao julgar mas o coração só Deus conhece , a boa intenção , etc

      • Agora , só uma perguntinha básica : Dá para servir à Deus em casa? Vamos usar eu como exemplo que sou da CCB .Então pergunto:

        Dá para servir à Deus em casa ? Ou seja, não congregar mais , deixar de frequentar as reuniões , enfim sem ajuntamentos?

        • Amantíssima Sonia.

          É possível mas não recomendável.O homem é um ser social, esse tipo de retiro levará a problemas psicológicos, muita vez, irreversíveis.

          O próprio Deus instituiu as tribos na antiguidade, pura preocupação com o aspecto social do homem.

          E Jesus disse para não nos preocuparmos com o que vestir, ou seja, vestimenta é uma das formas de distinção do homem na sociedade, é ou não é?

          Logo, o social faz parte e é essencial à natureza do homem.

          É como penso.

          Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

        • Irmã Sônia,

          Se a irmã for Igreja (corpo de Cristo), sim dá.

          Não preciso de estrutura nenhuma. Aliás, a estrutura engessa o servir a Deus.

          Quer um exemplo prático desse engessamento:
          Em vez de “colocarmos a mão na massa” visitando, consolando, suprindo a necessidade, “terceirizamos” dando coleta na piedade.
          Com o tempo nos acostumamos a “fazer a nossa parte” dando coleta na piedade.
          E Jesus não ensinou isto… Ele queria que NÓS fossemos lá suprir o necessitado. Nós trabalhássemos.

          Mas deixamos para os diáconos e as irmãs da piedade o que era PARA NÓS FAZERMOS.

          Quem é IGREJA (corpo de Cristo), não precisa de liturgia, de títulos eclesiásticos, horário e dia para louvar a Deus, orar, ler a Palavra, exortar e ser exortado.

          Igreja de verdade confessa seus pecados aos seus irmãos e é curado deles.
          Igreja de verdade evangeliza, prega, atende, chora, ri. Tem relacionamento direto com Cristo e não coloca “ungidos” entre Deus e o povo.

          É só ler a Bíblia que dá pra entender isto.

          Dá uma olhada como Israel se relacionava com Deus e como os discípulos se relacionavam com Cristo!

          Cristo é Deus, pra quem não lembra… E os discípulos, a prostituta, o publicano se relacionavam direto com Cristo!

          Já com “Deus”, os judeus se relacionavam via sumo-sacerdote, escolhido um por ano, da sua turma, para entrar no lugar santíssimo e lá fazer o sacrifício.

          Enquanto os fariseus estavam dentro das quatro paredes do templo “servindo a Deus”, o DEUS-FILHO (Cristo) estava subindo montanhas, entrando em vilarejos, descendo à praia, entrando em barquinhos, comendo na casa de publicanos, conversando com samaritanos….

          Pelo amor de Deus irmã! Aonde a irmã quer servir a Deus?

        • E tem algo muito estranho.

          No formato atual do culto, pouco nos relacionamos como é exposto na Bíblia.

          Junta 500 ou 1000 num templo entrando e indo embora muitas vezes sem saber o nome do irmão que está ao lado…

          Nisto, se reunir com 2 ou 3 em nome do Senhor Jesus, poderá cumprir o dito em 1 Coríntios 14:26:

          “Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.”

          .
          Nisto está errado, muito errado o formato atual… Aliás, idêntico como se relacionavam os fariseus nos templos. Eles à frente, publicanos (pecadores) atrás, mulheres de pé junto à porta… todos ouvindo o sermão exposto pelo sacerdote…

        • Porque fiz essa pergunta?
          Lendo alguns comentários em diversos blogs cristãos , a impressão que se dá que pertence a “uma” denominação , chega a ser até pecado,e seus líderes são classificados como “legalistas”, “exclusivistas” , “fariseus” , “hipócritas”, “lôbos” ,”manipuladores” e até anti-cristãos, etc…
          Vou ser direta , estou me referindo à CCB sim, pois o que mais leio por aí , são críticas à CCB! Algumas são tão ferrenhas , que quem as lê ,pode vir a pensar que “todos” ou “tudo” é assim , ou daquela maneira , talvez por não conhecer oP lado “bom das cousas” Tem pessoas que quando vêm , ou ouvem alguma coisa negativa , se “agarram “naquilo cegamente , a ponto de não enxergar , que não podemos julgar milhões por causa de meia duzia. São como” nuvens negras” , que não deixam tais “enxergarem” a luz e a beleza do Sol! E insistem , apontam o erro dos outros , (se bem que a maioria são críticas sem fundamentos ou provas) e ainda mais se o deslize vem de um líder! Frequento a CCB há dezenas de anos , e acho tudo isso muito injusto . Por que não mostram o lado bom?Que é a sua maioria? Não sou tão ingênua , pois o homem sem a Guia pode vir a errar , isso é bíblico ,e , como eu sempre digo : Mas, a glória de Deus superabunda!Participo dos cultos há muitos anos , e tenho visto a glória de Deus no nosso meio. O Pai ,o Filho e o Espírito Santo fala com a igreja sim, usando de um fraco ser ! Sou testemunha veraz disso!E tenho visto Deus operar naquele que está ao meu lado através de sua Palavra , na Guia do Espírito Santo

          • continuação:
            Esquecem que no nosso meio há um povo sincero , convertido, comprometido com o Santo Evangelho , e que se deixam guiar pelo Espírito de Deus, que estão constantemente em oração aos pés do Senhor , implorando a sua grande misericórdia , pois sabe que o homem está sujeito a errar. Temos que ter muito cuidado ao julgar , ao falar de alguma coisa , quando não temos um conhecimento profundo na sua totalidade , pois não conhecemos a experiência de cada membro para com Deus e com Sua Palavra!Se um , ou dois erraram seja em palavras , obras , etcc… isso não quer dizer que todos pensam ou agem assim! Temos que tomar cuidado com isso! Apontando insistentemente o erro de alguns , dá se a “falsa impressão” para alguns que não conhecem, que “toda a congregação” , ou todos seus membros “agem e pensam” assim também! Assista diariamente um noticiario que só da mal notícias , violencias , assaltos , etc. Vai chegar num ponto , que alguns vão ter medo de sair na rua , pois acha que em cada rua tem um ladrão ou um estrupador para lhe fazer mal , o que não é verdade!

          • E.T. corrigindo
            Quando só se critica ou só se enxerga o lado negativo, tudo isso são
            como” nuvens negras” , que não deixam tais “enxergarem” a luz e a beleza do Sol!

        • Irmã, eu acho que não, Deus planeou a vida espiritual do Homem para ser vivida em comunhão. Nos dias em que vem até nós uma fraqueza, é bom que esteja lá alguém que professe da mesma fé para nos “levantar a moral”.

          Melhor explicado aqui, nas palavras de um santo imperfeito que eu muito admiro (e com quem tenho aprendido muitíssimo) chamado Augustus Nicodemus Lopes. Leia e retenha o que é bom:
          http://bereianos.blogspot.pt/2013/11/definindo-igreja-e-desigrejado.html#.UuD8JdJFDR0

          (esse site tem artigos de grande interesse e edificação… e bíblicos acima de tudo!)

          Deus a abençoe nossa querida e amada irmã.
          Vitor, CC em Portugal

          • Irmão Vitor , gostei do termo “um santo imperfeito” rsss
            Deus te abençoe também!

          • Irmão Vítor,

            Muito bom o link que o irmão colocou. Mas infelizmente sabemos que na maioria das vezes o “grupo de cristão imperfeitos” citado pelo Rev. Nicodemus, quando cresce invariavelmente vira denominação, “engessando” o servir a Deus como eu citei.

            Ele mesmo há algumas semanas publicou no seu blog Tempora Mores, um comentário que mostra este engessamento:

            [i] “(…) devemos usar o dinheiro para sustentar a obra de Deus neste mundo, através das contribuições regulares e proporcionais que fazemos para a [b] IGREJA e ORGANIZACOES EVANGÉLICAS [/b] envolvidas com a evangelização do mundo e as obras sociais. [b] OS LEGÍTIMOS OBREIROS CRISTAOS [/b] são dignos de receber seu sustento das igrejas, como Jesus e Paulo ensinaram (Lucas 10:7; 1Coríntios 9:1-12)” [/i]

            Com isto nos acomodamos em “patrocinar” financeiramente obras assistenciais (piedade), missionárias (viagens e construções) ao invés de reservamos nosso próprio tempo e dinheiro para irmos pessoalmente trabalhar naquilo que for preciso, sendo Igreja.

            E o campo de atuação é enorme. O próprio Senhor nos alertou: “A Seara é grande e os obreiros poucos”!

            Ser Igreja é ir conversar com velhinhos em asilos, é levar crianças pobres tomarem um sorvete, é dar alimento e abrigo para pessoas de rua. É anunciar Jesus (usando até mesmo palavras) a todos os “enfermos” na alma que nos rodeiam!
            .

            E sobre os “Legítimos Obreiros Cristãos”, em Jesus TODOS nós fomos feitos sacerdotes. Ainda que eu entenda que haja a necessidade de existir pastores, os mesmos deveriam guiar o povo para terem um relacionamento direto com Cristo.

            Infelizmente vemos que isto não ocorre na maior parte das denominações, aonde os pastores (anciãos, bispos, cooperadores, etc.) têm sido constantemente vistos como “Intermediários” entre Deus e os Homens, mesmo de maneira involuntária.
            .
            Discorri sobre este assunto no meu blog. http://blogdoirlandes.blogspot.ie/2014/01/dando-dinheiro-para-igreja.html

            .
            Precisamos sem dúvidas nos relacionarmos uns com os outros. É bíblico e lógico. O Senhor mesmo criou Eva pois viu que Adão estava sozinho, porém volto a repetir, que relacionamento pessoal há quando entramos num templo, cantamos, oramos, ouvimos uma pregação e vamos embora sem saber qual o nome do irmão que sentou ao nosso lado?

            E já presenciei isto em várias “comuns”, aonde a maioria dos membros só convivem nos cultos de uma hora e meia, duas ou três vezes na semana e não sabem nome, aonde moram… absolutamente nada…

            Perdoe-me, mas não consigo ver uma mínima condição deste cenário ser chamado de Igreja e menos de “Irmandade”.

            Somos um grupo. Um ajuntamento social com interesses comuns.

            IGREJA não. Ser Igreja é bem mais do que ir ao culto duas ou três vezes por semana.

            Muito mais…

            Um abraço e que Deus abençoe a todos.

          • MUITO BOM COMENTARIO, DESSE LINK, A RESPEITO DE SIMÃO PEDRO, O NOME (SIMAO )SIGUINIFICA AQUELE QUE OUVE A DEUS, O ESPIRITO DA SABEDORIA DE DEUS SEMPRE USOU NOMES RELACIONANDO ENCINAMENTOS EX (ELIAS) MEU DEUS E JEOVA, (ASAEL) DEUS FEZ,(ABEL) FOLEGO DE VIDA.ETC. NÃO FOI A CARNE E O SANGUE QUE REVELOU A SIMÃO, MAS AQUELE QUE NOS FAZ OUVIR A SALVAÇÃO. COMO DIZ O PROFETA. VIRIA DIAS QUE SEU POVO CONHECERIA O SEU NOME. NESSES DIAS SABERIAN QUE ELE MESMO QUE RESPONDE O ES ME AQUI. QUAO FORMOSOS OS PES DO QUE ANUNCIA AS BOAS NOVA E FAZ OUVIR A SALVAÇÃO, PES DO HOMEM? NÃO O CEUS E O SEU TRONO A TERRA O ESCABELO DO SEUS PES, NOME (JESUS) SIGUINIFICA O ETERNO SALVA. UM REI FURIOSO FALOU SE VOCES NÃO ME ADORAR? JOGALO EI NA FORNALHA QUERO VER QUEM SALVARA VOCES DO FOGO, OS 3 JOVENS DISSE . NÃO NECECITAMOS RESPONDER ACERCA DESSE ASSUNTO, MAS OS 3 LA DENTRO DO FOGO, QUEM APARECEU SIM O ETERNO SALVA, A ONDE ESTIVER 2 OU 3 EM MEU NOME ALI ESTAREI, NABUCODONOSOR QUIS PASSAR POR MEDIADOR. MAS OS TREIS RESISTIU.
            A SABEDORIA DISSE PEDRO(PEDRA) E JOÃO ( GRAÇA DE DEUS) SUBIA JUNTOS AO TEMPLO TAVA EM 2 MAIS ADIANTE PARA CUMPRI UMA PROFECIA QUE O TEMPLO IA SER EDIFICADO SOBRE O NOME DO SENHOR. PEDRO E JOAO DISSE AO COXO, EM NOME DE JESUS O NAZARENO LEVANTA E ANDA. SIM AGORA JÁ TAVA EM 3 COM JESUS LA FORA DO TEMPLO, ENQUANTO LA DENTRO DO TEMPLO. ACHAVAN QUE DEUS MORVA LA, MAS ENTRARO PULADO SALTANDO E GLORIFICANDO A DEUS, PEDRO NÃO QUIS SER O MEDIADOR, EXALTOU O NOME DE JESUS E A VIRTUDE SALVADOURA DE SEU NOME, PEDRO TAMBEM DEFENDEU O DOM DE DEUS EM PETECOSTE , NA FAMILIA DE CORNELIO E DISSE QUE TODOS SOMOS PEDRAS VIVAS REPROVADA PELOS HOMENS, MAS ELEITA POR DEUS, MAS HOJE EM DIA TROCARO TIJOLO POR PEDRA E BETUME POR CAL PARA FAZER UMA TORRE, TENTANDO ALCANÇAR ESPIRITUAL COM FISICO. COMO DISIAN NO PASSADO NA CONSTRUÇÕA DA TORRE DE BABEL, PRA MATER APARENCIA DUM REINO COM APARECIA ESTERIOR. NA CONTRUÇÃO DA TORRE SE UM TIJOLO CAIA TODOS CHORAVA AMARGAMENTE, MAS SE UMA PESSOA CAIA NINGUEM DAVA A MINIMA.

          • Analisando o texto linkado pelo irmão Vitor.

            NO PRIMEIRO item Mt 16:15.19 é usado pra afirmar que foi o próprio Jesus quem falou o termo ‘igreja’. Só que todos nós sabemos qual sentido Jesus deu ao termo IGREJA. Ele, que ‘derrubou o templo’ em demonstração prática do que seria IGREJA dali pra frente.

            Não consta na Bíblia que Jesus ‘fundou’ igreja. Nem, tampouco, que tenha mandado alguém fundar. A ordem que Ele deu foi para pregar o Evangelho a toda criatura. Jesus poderia ter aproveitado a oportunidade nesse momento em que os autores das traduções chamam de ‘A Grande Comissão’. Excelente oportunidade pra Ele estabelecer a igreja e suas normas em Seu nome. No entanto, Ele não fez isso nem determinou a ninguém que o fizesse.

            Essa ‘organização’ que o autor fala é algo inerente ao homem. O homem precisa de ajuntamento pra compartilhar, pra ajudar, pra se reforçar com outros. Isso é comum união = comunhão. Então, nesses ajuntamentos, volta a praticar antigos ‘cerimonialismos’ para não esquecer a perspectiva de vida real com Deus; infelizmente, não está gravado em seu coração. Jesus não é suficiente. Ele precisa ir ao monte, precisa de lugares, precisa de sacrifício, precisa ‘se punir’ para voltar ao pó, à condição diária de ‘servo inútil’ que se dispõe a servir sem esperar QUALQUER recompensa, seja no Céu ou na Terra.

            No AT foram estabelecidas festas e celebrações, memoriais, altares, rituais bem elaborados e com datas definidas, tudo isso para que o homem não esquecesse quem era o seu Deus assim como todas as coisas que Ele havia feito. Na Nova Aliança isso tudo foi abolido porque esse altar foi transferido para dentro do nosso ser! Nosso coração, nosso espírito, nossa consciência! Portanto, não se pode dizer que esse ajuntamento/instituição foi ordem de Jesus. Quem quiser diga, mas assuma que está usando O Nome. Aí é com a consciência de cada um.

            NO SEGUNDO ITEM, onde é colocada a passagem em Mt 18:15.20, Jesus estava modificando aquilo que foi estabelecido drasticamente no AT (Dt 17.6; 19.15) no sentido de, primeiro tentar resolver pelo diálogo, pela conversa, pelo depoimento isento de quem presenciou o evento. Se não funcionasse, levasse o caso à igreja. Se ainda assim a igreja não o ouvisse, então considerasse aquela pessoa como ‘gentia ou publicana’, que era o que havia de mais reprovável e excludente naquela época. Vemos aqui um fragmento do que representava o RIGOROSO sistema jurídico/religioso, já que naquela época, tanto do AT como nos tempos de Jesus a religião era quem determinava a sentença.

            Lembremos que quando Jesus diz ‘igreja’, ele não se refere à instituição e seus líderes, mas ao grupo de irmãos que ora se formava e que é colocado para analisar a situação em questão. Inclusive, diga-se de passagem que naquele contexto, a instituição religiosa e seus líderes era o que Jesus mais repudiava em termos de fazer justiça.

            Portanto, em nenhum momento nessa passagem, Jesus está exaltando igreja/instituição, MAS GRUPO que comunga a mesma ideia e teria interesse em resolver problemas de relacionamentos.

            Muito me admira alguém como Nicodemus falar nesses termos e, achando pouco, relacionar isso a 1Co5 quando ali o assunto era algo totalmente inaceitável que não requeria diálogo. Tratava-se de incesto, algo ultrajante! A lei judaica proibia o filho de casar-se com a madrasta, pois esta era como mãe!!! Nessa passagem um rapaz se envolveu com a esposa de seu próprio pai. Por isso a advertência para não se associar com os ‘impuros’.

            EM RELAÇÃO AO TERCEIRO ITEM, há um erro, talvez de digitação, pois ele faz referência a 1Tm 31.13, quando essa carta só tem seis capítulos.

            De qualquer forma – como trata de organização/hierarquia – sabemos que, por menor que seja um grupo, organiza-se um ‘corpo funcional’. Dando continuidade, O QUARTO ITEM, reafirma a necessidade dessa hierarquia. Porém, o grande equívoco nas denominações religiosas é que, quem ‘lidera’ se acha no direito de ser capataz da fazenda de Deus. Aí vem Jesus e nos dá uma lição enfática sobre esse lance de SER O MAIOR. – Ver Mt 20:26.27; 23:11 – Mc 9:35; 10:43.44 – Lc 22:26.

            E, no QUINTO ITEM, vemos a parte dos rituais. Ele afirma que ‘Jesus também mandou que seus discípulos se reunissem regularmente para comer o pão e beber o vinho em memória dele’.
            Ora, o que Jesus fez foi mudar o foco! Ele disse apenas que fizesse em sua memória, Ele não ordenou a celebração. Até porque já havia uma celebração. A principal festa judaica: uma ceia especial onde se matavam cordeiros para fazer as celebrações da Páscoa. E que foram abolidas A PARTIR DE JESUS.

            E o que eu acho mais CONTRADITÓRIO e que, inclusive, DERRUBA TUDO QUE ELE MESMO FALOU ANTERIORMENTE é que, depois de usar partes da bíblia e das cartas para embasar sua tese, ele mesmo ANULA tudo que disse com a seguinte pérola:

            ‘Para mim a Igreja de Cristo é muito mais do que uma denominação – inclusive a minha. As igrejas denominacionais instituídas e organizadas não são a única expressão válida da Igreja de Cristo. Onde houver um grupo de cristãos que fazem estas coisas prescritas por Jesus e pelos apóstolos (itens 1 a 5 acima), ali está a igreja, ainda que imperfeita’.

            De tudo que foi dito lá só tem correta essa frase: ‘Para mim a Igreja de Cristo é muito mais do que uma denominação – inclusive a minha. As igrejas denominacionais instituídas e organizadas não são a única expressão válida da Igreja de Cristo’.

            O restante do parágrafo (bem como o texto todo) é tendencioso no sentido de fabricar igrejas: ‘Onde houver um grupo de cristãos que fazem estas coisas prescritas por Jesus e pelos apóstolos (itens 1 a 5 acima), ali está a igreja, ainda que imperfeita’. Ora, além de determinar o que seja a ‘doutrina de Jesus’, rebate o que disse Jesus sobre dois ou três reunidos em Seu Nome.

            Ora, minha gente, tudo que Jesus ‘prescreveu’ resume-se ao AMOR! Ele manda fazer discípulos ensinando a guardar os seus mandamentos: amar a Deus e ao próximo. Como diz um pastor conhecido: tão simples quanto desconcertante!

            Infelizmente, os líderes religiosos não entenderam nada. Pegaram o que disse Jesus e transformaram em sistematização religiosa pesada que nem eles mesmos aguentam!

            Que pena…

          • Há uma controvérsia sobre a palavra Igreja e seu significado bíblico.

            Respeito quem pensa de outra forma, mas pra mim só existem duas igrejas, a que vai ser arrebatada e a outra.

            2 no campo, um será arrebatado.

            É como na passagem das 10 virgens, 5 eram prudentes, as outras 5 mesmo usando véu se tornaram desconhecidas ao noivo.

            Por isso eu digo, esse negócio de usar véu tudo igual pode confundir o noivo. Adote um de cor diferente, mais chamativo, ao menos no dia D não será por isso que deixará de ser reconhecida.Pense a respeito.

            Para cada criação de Deus existe um similar feito pelo inimigo, ao prudente cabe ter cautela no seu julgamento.

            A exceção da árvore do conhecimento o restante se pode comer.

            Quero concordar com você Regina, apenas com a ressalva de que assiste razão ao Pastor no que tange a defesa de existência de sua “Igreja”, não tem ele outra alternativa.

            Trazendo a discussão para a nossa CCB, se Jesus não fundou “Igreja” alguma, quem fundou então a CCB ? De quem era a voz ouvida por Francescon ? (Aqui eu utilizo a palavra “Igreja” no sentido ensinado na CCB).

            A Paz.

            Claudio (ovelha, CCB min Brás, por enquanto)

          • NUNCA EXISTIRA NESSES ULTIMOS DIAS UMA DENOMINAÇÃO RELIGIOSA TERRENA VISIVEL COM PLACA PERFEITA, EM TODOS ASPECTOS, ATE POR QUE JESUS DISSI O REINO NÃO VEM COM APARENCIA EXTERIOR O REINO ESTA ENTRE VOZ. A IGREJA VERDADEIRA SE MANIFESTA EM INDIVIDUOS, QUE TEM JESUS, COMO CABEÇA DO CORPO. NOTA- SE A PARTE QUE DIZ ACERCA DE DONS COMO ,PROFECIA, CIENCIA , SABEDORIA ,CURA, FALAR NOVAS LINGUAS EITERPRETE MAIS COM UM POREM A VONTADE E DO ESPIRITO SANTO. QUE CONTROLA E OPERA TUDO. ALGUNS DIRTORCE O QUE DIS OS ESPIRITOS DOS PROFETAS ESTEJA SUJEITO AO PROFETAS. MAS NA VERDADE AI FALA E DO ALTO CONTROLE, POR QUE NOSSA ALMA NÃO E RETA NELE E SE INCHA, MUITO MENOS A NOSSA CARNE QUE COMBATE NOSSA ALMA, MAS RECEBEMOS AJUDA DO DOMINADOR DE TUDO O ESPIRITO SANTO. AGORA TE PERGUNTO SUA ALMA OU SUA CARNE TEM CONDIÇÃO DE CONTROLAR E MANIPULAR E ENSINAR A DEUS E JESUS E O ESPIRITO SANTO COMO PROCEDER. IGREJA INTITULANDO SEDE DO REINO DO CEUS NA TERRA COM APARENCIA EXTERIOR. ISSO E ANTI BIBLICO. TIRA A BASE NA EPOCA APOSTOLOCA:
            não existiria o erro de uma IGREJA UNIVERSAL? com sede
            a primeira Igreja, formada por Jesus pessoalmente, em Jerusalém, tinha autoridade sobre as demais. Veja em Atos 15, a postura da Igreja de Jerusalém com relação a Antioquia, como mãe que exorta a seu filho INDEPENDENTE num momento de necessidade, mas não considera justo lhe impor nada. Observe-se, ainda, o próprio falar dos Apóstolos Pedro e Tiago (que estavam em Jerusalém e não em Roma), como não exercem eles domínio sobre a Igreja, mas servem como conselheiros junto a Ela e com o Espírito Santo (vv.23,25 e 28)
            EM TODAS DENOMINAÇOES DEUS SONDA OS CORAÇOES. JESUS ENTROU NO TEMPLO SOMDOU A INTENÇÃO DA VIUVA POBRE, ACERCA DELA SEU JUISO FOI BOM. MAS SONDOU TAMBEM O CORAÇÃO DA IRARQUIA DO TEMPLO MAS SEU JUISO, FOI ACUSALOS DE DEVORADOR DE CASA DE VIUVAS COM PRETESTO DE PROLONGADA HORAÇÕES.
            CREIO EU QUE DEUS SONDA E VE TODO MUNDO E BUSCA O QUE ADORA EM VERDADE E ESPIRITO. POR QUE O ESPIRITO DE DEUS TEM LIVRE CURSO. NÃO E COMO ARCA DO PASSADO QUE CARREGAVAN DENTRO INSTITUIÇÃO COM SEDE NA TERRA E CHEIO DE FALSOS MESTRES. PARA SEREM OS PODEROSOS CHEFAO. JESUS FALO DOS DONS DOS SINAIS QUE SEGUIRIA,LEMBRA! HOJE EM DIA O QUE MAIS VE, VARIOS TEMPLOS DE VARIAS DENOMINAÇÃO BRIGANDO ENTRE SI CADA UM QUERENDO SER O MEDIADOR NA TERRA, EILO AQUI E EILO ALI.MUITAS DAS VESES PADRES, PASTORES, RABINO,REVERENDO, COPERADORES, PRESBITEROS, ANÇIÃES.ETC NÃO PREGA A VERDADE DO CAMINHO DO EVANGELHO, MAIS SÃO MARIONETES DOS DOGMAS DENOMICIONAL, AONDE OS SINAIS DO QUE CRER NÃO PODE OPERAR MAIS, MAS SO SE VE FALAR EM REVELAÇÃO E SEGUIR A VOZ DE DEUS SO NA HORA DE DAR DINHEIRO. UM AVISO PARA VOCES QUE GASTA SEU DINHEIRO NAQUILO QUE NÃO E PÃO. DEIXE SEUS PENSAMENTOS E O PENSAMENTOS DE OUTRO HOMEM, SIGA OS PENSAMENTOS DE DEUS QUE SÃO MELHORES QUE TUDO ELE REALMENTE QUER SALVAR NOSSAS ALMAS. E TA TI OBSERVANDO.

  88. Evangelista Cristão

    Samuel falou para evangelista Cristão………..

    Ou seja, tudo que a gente ouviu esse tempo todo na CCB(sobre calça comprida p/mulher) era balela… E agora a liderança vai disfarçar e fingir que isso nunca foi ensinado.
    Triste demais…
    Samuel, postando verdades inconvenientes que nossos líderes prefere, jogar para debaixo do tapete…

    EVANGELISTA RESPONDENDO…………………

    Samuel, tenho que ter paciência contigo,pois percebo que voce não tem cultura para interpretar textos postados por mim. Perdoando tua ignorância segue outra vez o que postei sobre calça comprida p/mulher:

    No passado a mulher que usasse calça comprida era tratada como leviana.

    Baseado nisso a CCB ensinou que não era para mulher usar calça compr. e, as pregações afirmavam ser libertação para aquelas que deixavam de usar.

    No Brasil o traje oficial da mulher até aprox. 10 anos atrás era a saia e ou vestido, prova disso é só olharmos na NET e veremos fotos e ou videos com as mulheres de políticos usando somente saia e ou vestido.

    Como este procedimento passou a deixar de existir após aprox. 2.003 oficializou-se que o traje da mulher também é calça comprida.

    Afirmar que a mulher usa calça compr. desde 1,980 nada tem a ver com traje oficial e ou nacional e ou Brasileiro.

    Mesmo assim temos que entender que o povo da CCB não é gado…..rs,rs….. que um ensinamento de aprox. 100 anos podería ser mudado de um ano para o outro.

    Desde 1.980 que o assunto calça compr. está sendo tratado com critério e, tem irmãs da CCB em Minas, Bahia, etc, que usam no dia a dia e, gradativamente o ministério está fazendo a irmandade aceitar. Afinal nossas irmãs não são GADO que por intermédio de uma simples circular liberar tal coisa que já vem a 100 anos.

    Cláudio, voce só conhece irmandade de SP, Jardim Paulista, Lapa. Eu tenho visto irmãs simples do interior do Brasil usando calca comp. diariamente. O problema é que voce é parasita e fica só passeando e ou trabalhando e ou na NET e, não sai no interior para evangelizar e, não sabe o que está acontecendo a nível Brasil.

    Eu, viajo em todo Brasil e, afirmo que calça compr. é usada por todo tipo de classe social que frequentam a CCB.

    Mesmo assim voce poderá seguir até as periferías de SP,onde está nossa irmandade pobre e confirmará que no dia a dia muitas irmãs pobres, simples fazem o uso da calça Comp. diariamente……………

    Voce deve tratar tua familia como GADO e quando quer mudar algo na tua casa enfia goela baixo e teus entes queridos tem que obedecer.

    Na CCB o povo é tratado como pessoa e ou almas e tudo que tem que mudar e ou melhorar é feito gradativamente………

    Evangelista Cristão tendo paciência com o Samuel……………

  89. Clóvis E. de Almeida disse:

    Ao Eleotério, o qual se intitula evangelista Cristão:

    Desculpe, pensei que você ia explicar São João, 13 vers. 01 ao 17.
    Então?
    Não precisa xingar! Explique-se ou cale-se para sempre! Rs.

  90. Evangelista Cristao

    Tem horas que vejo contradições. Pois afirmam que. A minha forma de agir me condenará.

    Voces afirmaram que. Crendo em Cristo já estamos salvos.

    Eu e toda minha família cremos em Cristo, sendo assim vossa condenação por aquilo que interpretamos,contradiz vossa teoria que todos que crêem em Cristo serão salvos pelo sacrifício DELE na cruz………

    Quando a salvação envolve vocês somente crendo em Cristo sem o peso das obras todos já salvaram.

    Quando envolve meus textos eu e minha família seremos condenados…..rs,rs…..

    Leiam as sentenças. Que me deram nos textos acima!!

    Evangelista Cristão para os juízes da NET………rs,rs………

    • Penso assim que nenhum se perca, mas todos venha se arrepender, que o justo juiz da a coroa da vitoria para todos. Mas a desde o batismo e antes e ate a morte a 2 livros nos céus, e um particular de cada um, dando conta de ci mesmo a Jesus e a deus.tem ate um hino que fala mesmo a hora de espirar sentirei a salvação. Mas tem uns que so tem aparência de piedade, mas nega a eficácia dela.o homen de deus vai entender. Já conversei com jentes que desviou por causa de pregações, mau esplicadas da frase um será levado e outro será deichado. Em parte um dis certos, pai não salva filho, filho não salva pai . mas uns foge da espresão atacando uns em particular.querendo imitar o juiz otoniel. E tomado pelo espírito de omicidio( punhalsinho língua de tatu aquele do cabinho rajadinho com corte dos dois lados), mas no fim das contas acaba imitando cain que matou Abel. Há mas isso não vem ao caso se fosse pra falar também da expresão empurra a prova,os irmão sabe quem e a prova , a causa ,ermanos, primos. Resumino explessoes ideológicas com teor de anticristo misturado com homicídio puro.mas creio assim a carne e o sangue não pode erdar o reino do céus quando o oficio da morte chegar, que e separar a alma do corpo, o inferno não tem poder de julgar ninguém então, aonde a morte vai ele vai, quando ela separa a alma do corpo, um e levado e outro e deixado, a carne e deixada volta para o pó,. O que deus julga em domir no senhor, sobe com os anjos, pro repouso de suas obras, mas quem não sobe o inferno leva para devolver aquela alma no dia do juiso final, uns antes de morrer fala estou vendo anjos, uns não que anjos existe. Mas e um particular de cada um. Eu não sei o que tem no coração de cada, em época de perceguisão ouvi bastante se diser dum tal de dom de arrancar irmão da igreja. Irmão que via demonho noutro irmao que tal irmão não ia pro Ceu,outro ia pro inferno , aguem tinha uma suposta chave de ligaçao que jogava outro no inferno , quantos foi enterrado vivo ? procurei na blibia o tal dom de rancar e tocar irmão da igreja nunca achei,mas uns fala melhor e o bolo da festa, nesse bolo loco vi 2 parentes muitos crentes ser executado espiritualmente falando, fica um aviso para todo que busca a deus e adora a deus adora a deus e crê em deus, a vinda do senhor Jesus ta próxima,o espírito do anti cristo , ta pintado e bordando e matando fantasiado de uma imitação barata de juiz otoniel! Não sejamos confundido por ele na sua vinda, vamos sintir mesmo nossa salvação na alma. Por que e maior o que esta em nos do que ta La fora!vai pelas sombras das asas do alticicimos. Nos vemos La na mesa junto com Abrão isaque e Jacó.

  91. Irmão Eleotério,

    O irmão foge da resposta, e então vou perguntar novamente.

    Desde quando é comum e aceito pela sociedade a mulher utilizar calça comprida no dia a dia? Veja, não me refiro a traje social, me refiro no dia a dia.
    A CCB só exige que as mulheres utilizem saias nos cultos ou também no dia a dia (sempre)?

    Esse é o ponto amado. Repito novamente (acredito que o irmão está fingindo não entender porque não tem uma resposta). Desde a década de 80, a calça para as mulheres é bem aceita pela sociedade e as mulheres utilizam no dia a dia. Já a CCB, não permite as mulheres usarem calças SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE. Se fosse somente nos cultos que a CCB exigisse saia, tudo bem, aí valeria seu argumento, porque a CCB pede roupas sociais durante os cultos… Agora proibir no dia a dia, sem qualquer embasamento bíblico é erradíssimo, visto que as calças desde a década de 80 já não eram mais vistas como escandaloso.

    Agora eu pergunto, se a CCB está se atualizando, porque há poucos anos lançaram uma circular “revelada” dizendo que as irmãs não podem depilar sobrancelhas e os irmãos não podem tingir o bigode??? Pode um negócio desses? É uma canalhice criar “ensinamentos” como esse meu caro. Canalhice pior é dizer que isso é revelado (chega a ser blasfêmia pensar que Deus se incomoda pelo fato de alguém tingir o bigode).

    REPETINDO… NÃO ESTOU FALANDO DE TRAJE SOCIAL DA MULHER. ESTOU FALANDO DAS ROUPAS DO DIA A DIA… PORQUE A CCB SE METE NOS TRAJES DA MULHER NO DIA A DIA, PROIBINDO CALÇAS, SENDO QUE HÁ MAIS DE 30 ANOS NÃO É ESCANDALOSO MULHERES UTILIZAREM CALÇAS.

    ENTENDEU AGORA AMADO IRMÃO?

    Samuel, tentando de alguma forma fazer o irmão Eleotério entender, mas parece que ele finge não entender.

    • Samuca,

      Me perdoe a intromissão, mas tomei a liberdade de modificar um pouco a tua pergunta:

      PORQUE NOS PREOCUPAMOS TANTO COM O QUE CRISTO NÃO FALOU E DAMOS TÃO POUCA ATENÇÃO PARA AQUILO QUE ELE REALMENTE ENSINOU?

      Pois não encontramos na Bíblia nenhuma fala do Senhor Jesus sobre aparência humana, forma de vestir, corte de cabelo, ornamentação e coisas parecidas que não fosse um conselho a respeito da modéstia.

      Mas vemos passagens como:

      “Não julgueis para que não sejais julgados” (Mt 7:1)
      “Não ajunteis riquezas na terra” (Mt 6:19)
      “Amai vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem” (Mt 5:44)
      “Não vingais o mal, mas lhes dando um tapa no rosto, ofereça também a outra face (Mt 5:39)

      E o principal: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, alma, entendimento e forças e ao teu Próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.” (Mc 2:30-31)

      Na paz…

      • Dileto irmão HP…

        Seus comentários não são intromissão… Gosto deles…

        Eu penso de uma forma um pouco diferente… Já comentei no blog da irmão Regina a respeito disso… Assim como o apóstolo Paulo disse que alguns não estavam preparados para comida sólida naquele tempo, temos os mesmos hoje em dia…

        O ideal era não ter que falar nada a respeito de comportamento humano ou mesmo criar regras que não estão descritas na bíblia… O ideal era orientar as pessoas, que o próprio Espírito Santo que está dentro de nós fará com que tenhamos moderação, evitando escândalos e mantendo o bom testemunho. Porém dizer isso, é servir comida sólida. Muitos não estão preparados e com base num discurso desse, embora bíblico, vão tirar vantagem para aprontar.

        Veja um exemplo, na CCB não há nenhum ensinamento proibindo o consumo de bebidas alcoólicas. Por um lado é bom, pois não há qualquer proibição do consumo de alcool na bíblia (até o apóstolo recomendou Timóteo a consumir vinho, pois seria bom para a saúde dele).
        Pois bem, na CCB temos muitos relatos de escândalos causados por consumo excessivo de álcool, a ponto de irmãos de outras denominações colocarem apelidos nem um pouco agradáveis em nossos irmãos. Já tive conhecimento e até mesmo testemunhei problemas causados pelo álcool em nosso meio (muitos nem comento para não escandalizar os mais fracos).
        Será que se nossos irmãos não criassem um ensinamento proibindo o consumo de álcool, muitos desses escândalos poderiam ter sido evitados? Fica a pergunta no ar.

        Quanto as roupas, é claro que uma cristã não deveria se vestir como uma “periguete” e não seria necessário nenhum ensinamento para evitar isso… Mas veja esse exemplo que ocorreu com uma irmã da CCB:

        Veja que os apresentadores do programa, que acredito não serem protestantes, deram um exemplo de como uma crente deve se vestir. Perceba que em dado momento, eles disseram a ela, que se usasse determinado vestido, seria pedir demais que não fosse julgada por aquilo. Deveriam recomendar a irmandade a assistir esse programa para aprender.

        Esse exemplo, mostra que infelizmente, é necessário criar costume e “regras” na comunidade cristã para evitar que a irmandade cause escândalos ou tenham problemas.

        O problema é quando exageros são cometidos, como por exemplo dizer que irmãs não podem depilar sobrancelhas e irmãos tingir bigodes. Tem outros ainda que são lamentáveis, mas não vale a pena citar todos. Há cerca de 30 anos as calças femininas são bem aceitas pela sociedade e a CCB está atrasadíssima nesse ponto…

        Deus o abençoe!

        Samuel postando sua maneira de pensar…

        • Samuel, amei o video, valeu demais!!!

          Eu me diverti muito com a guria ‘sem noção’, mas que é totalmente aberta a mudanças. Essa é a parte boa! Pois acabou aquela imagem extremista e contraditória de quem ia de dançarina de ‘pole dance’ (afff!) a crentona de saia pesada com aquela cabeleira horrível ( afff parte II). Nem tanto ao céu nem tanto ao mar, bora ser mais equilibrada e moderada, né? Aliás, em tudo na vida.

          Ainda bem que o marido e amigas pediram socorro às pessoas certas. Pessoas certas (Sou fã da Isabella e do Arlindo) que não precisam ser ‘protestantes’ para se vestirem de maneira adequada e sensata.

          E por que eles não seriam cristãos? Só porque fogem do nosso conceito do que seja ‘um cristão de verdade’?

          Bom, mas isso é outra história rss O certo é que eles demonstram, claramente, que não há necessidade que a instituição religiosa compareça e imponha uma regra ou crie costume, como vc sugere. E que é suficiente apenas que pessoas próximas que têm ‘simancol’, deem uma ajudazinha, não cabendo pitaco da cúpula do sinédrio he he he

          E, menos ainda, pitaco do pai que já vem, coitado, influenciado ao longo da vida por essa ‘doutrina’ imposta por essa cúpula religiosa.

          Ainda bem que a menina aparentemente sem noção, teve bastante noção em demonstrar ao pai que já não é mais menina, que é uma mulher casada e que ele não manda mais em suas vontades pessoais.

          Gostei! Enquanto melhorou consideravelmente o visual, antes extremamente vulgar, ela aprendeu a exercitar o bom senso estimulando a auto estima, algo indispensável para uma mente sadia que sabe se relacionar em todos os setores da vida.

          Ah, e se cortasse chanelzinho também ficaria legal, ninguém iria pra o inferno por isso rss Mas achei bacana o bom senso da dupla ( e do ‘hair stylist’) em abrir mão de usarem o ‘método piaget/pinochet’ rsss Respeitaram ‘a religião’ sem dar a ajuda necessária.

          Que legal,isso é apenas uma pequena amostra de que os nossos jovens sabem pensar por si mesmos, e não pelos representantes religiosos que ditam norma ‘nonsense’.

          Valeu!

        • Irmão Samuel,
          Quando o ensino vem para corrigir calça por saia, e não soberba por modéstia, esse é o resultado.

          Para Deus o problema nunca é o que vestimos, mas sim o que sentimos, e de falsas aparências estão as Igrejas cheias (não, a nossa não tem exclusividade desse terrível mal).

          Para uns é motivo de orgulho o estado atual da nossa Igreja, para outros é uma preocupação constante pelo destino eterno de pessoas que se sentam nos bancos da Igreja todas as semanas sem fazerem a mais pequena noção do que é a regeneração pelo Espírito Santo – única forma de se aferir a salvação de uma alma.

          De volta à oração,
          Deus abençoe a todos.

          • Já estou como o Cláudio, vamos rir para não chorar.
            O próprio Pai da nossa irmã do vídeo a dizer para ela não cortar o cabelo… ao mesmo tempo que não diz nada sobre a forma como ela se veste.

            E ninguém consegue ver o problema nas nossas igrejas com estas teologias e ensinamentos aberrantes?

            Tanta camada de “faz assim” e “faz assado” em cima do Evangelho e as pessoas já não ouvem sobre o “Ele fez isto” e sobre o “Está consumado”.

            Este orgulho que nos mata…

      • Samuca do céu.

        Eu ri demais no início do vídeo, mas depois fiquei preocupado… a família e a igreja aonde ela congrega já a rotulava antes e agora sabe lá como vai ser.

        Mas que possa ser um caminho pra Deus abençoar a moça junto ao seu marido.

        Afinal, todas as coisas colaboram para o bem daqueles que amam a Deus.

  92. Evangelista Cristão

    Quando lemos na NET pessoas censurando uma familia por ser um numero de aprox. 200 Cristãos chegamos a conclusão que os tais são invejosos.

    Tenho certeza que seus familiares são escórias e como não podem falar bem dos seus familiares,zombam das familias numerosas Cristãs.

    NA NET somos livres para ter nossas opiniões e, interpretações biblicas.

    Tem um grupo na NET que sonhavam em ter ministério e, como não tiveram resolveram falar somente dos erros da Igreja.

    Mentem afirmando que são da CCB,mas, se fossem jamais falaríam o que postam.

    Porque será que não postam os erros de seus familiares,afinal, estão falando dda Igreja que DIZEM,dizem pertencerem e, jamais alguém coloca na NET somente os erros da Igreja que frequentam.

    Tentam desfazer das minhas afirmações quando coloco que a CCB tomam Santa Céia aprox. 3 milhões,mais os que frequentam e não participam da S céia,totalizando aprox. 7 milhões.

    Aprox. 300 mil músicos, 20 mil templos somente no Brasil, aprox. 33 mil ministros incluindo os coop. de J. e menores,etc,etc………..rs,rs………

    Minhas estatísticas incomodam e,por isso continuarei postando da mesma forma….rs,rs…..

    Dizem que na CCB só tem analfabetos que são tratados como gado e, afirmo que em Guaxupé temos juiz,Lambari juiz,Contagem presid. tribunal de justiça,Taubaté General,Franca promotor,Machado MG médico,,SP bairro indianópolis médico,etc.. rs,rs….

    A CCB é organizada e a maioria estão satisfeitos.

    Em Montes Claros norte de Minas vai inaugurar em junho uma sede com 6 mil M2,onde na assembléia anual o café da manhã tem frutas,doces,salgados,bolos,sucos,etc,mais ambulatório com 4 médicos,25 enfermeiros,mais consultório dentário com 8 dentistas,15 protéticos e, os que são atendidos saem com os dentes perfeitos,etc,etc….rs,rs…….

    Ficaria postando linhas e mais linhas,mostrando a potência que a CCB é……………..

    Evangelista,postando o lado positivo da CCB………………….

    • “E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada.”

      Lucas 21:5-6

      • Ele copiou e colou…em vários tópicos…-.-’

        • Então, menina! Afff
          Tática antiga. E sem perceber que bate de frente com o Evangelho de Cristo, acha que é muito bonito, aí repete.
          Sabe aquela história de Narciso que só consegue enxergar o próprio espelho? São os tais ‘desvarios…’ he he
          A propósito, aviso aos navegantes que a expressão ‘afff’ já é minha rsss Registradésima!!!
          Mas, tudo bem, como eu não sou intransigente nem egoísta, então tá liberado :P
          Bjss e bom FDS!!!

        • Érica: já vi isso no verão passado rss
          Desse não se pode dizer que não releu os próprios ‘desvários’ ;)

  93. Evangelista Cristão

    Sobre o video da mocinha:

    Esta moça necessita de tratamento mental e, não digo isso no sentido pejorativo,mas, em benefício dela própria.

    Alguém que tem atitudes ridículas como ela só pode ter um pequeno desvário na mente.

    Sei que vão RIDICULARIZAR os meus comentários,mas, convivo com profissionais médicos e, aprendi analisar as atitudes das pessoas.

    Uma pessoa que realmente está bem mentalmente sabe que em cada ambiente devemos nos vestir de acordo o evento. Isso é ter BOM SENSO !

    Esta mocinha vai na Igreja com vestimentas que o BOM SENSO ensina não serem adequadas. Independentemente de ensinamentos religiosos. Basta ser inteligente e ter uma mente saudável !!

    Sobre outras mulheres que entram em cultos ou até em missas usando trajes inadequados para o ambiente, quem tem uma mente perfeita e BOM SENSO percebe que são doentes.

    Outras mulheres que também vão nos cultos iguais a ela estão doentes também.

    Afirmar que precisaria os ministros e ou pastores e ou padres orientar sobre isso é desconhecer quando alguém é fraco da mente e, quem é doente não resolve instruções.

    Vejam que no caso dela seu esposo reprova suas roupas e até no programa da TV que ela foi a reprovaram. Como ela tem problema mental, tudo que falam cara a cara com ela não surti efeito.

    Sendo assim se ela ouvir em qualquer igreja instruções,nada resolverá também !!

    Vamos lá pessoal aguardo a ZOMBARIA sobre o que postei…..rs…rs…..

    Evangelista Cristão falando com LÓGICA………

    • Três das novas expressões do nosso idioma:

      - ‘desvário’, ‘soberbia’ e ‘escórias’.

      Nenhum dos ‘verbetes’ acima possui definição. Quem OS utilizou que seja o primeiro a definir!

      Não tem como não rir :)

    • Tenho feito e lido aqui muitas críticas aos ensinamentos CCB.

      Esses ensinamentos são provenientes da liderança.

      Não vejo essas críticas como uma afronta à igreja, orquestra, músicos, ao irmão João, José ou irmã Maria.

      A Igreja do Senhor é intocável, nada prevalecerá contra, estamos sob a proteção de um decreto do Soberano, preocupe-se menos com isso Eleotério.

      Procuramos com as críticas, levar à reflexão os incontáveis erros doutrinários da nossa CCB (o véu é um deles).

      Muitas vezes é o próprio clamor da Igreja de Cristo que se volta contra preceitos trazidos da Lei de Moisés, pra não dizer de outros sem qualquer precedente racional ou espiritual.

      O irmão Eleotério trava uma batalha sem lógica.

      Falar da instituição, das coisas boas e tal, não anula as mazelas doutrinárias, pois estão em níveis de discussão diferentes.

      Diga-me, o louvável assistencialismo da obra da piedade autoriza a criação de uma doutrina que anula o Sacrifício de Cristo?

      Ou, o som da Bíblia deve ser abafado pela afinada e bem ensaiada Orquestra CCBeiana ?

      Creio que não.

      Vamos separar as coisas.

      A Paz.

      Claudio (ovelha, CCB, min Brás, por enquanto)

  94. Evangelista Cristão

    Regina Farias disse;

    desvário’, ‘soberbia’
    Nenhum dos ‘verbetes’ acima possui definição.
    Não tem como não rir……

    Evangelista traduz para coitadinha IGNORANTE ….rs…rs…

    Sinônimos de Desvario
    alienação, alucinação, delírio, demência, desatino,
    insânia, loucura

    Sinônimos de Soberbia
    altivez, galhardia, orgulho,ostentação, vaidade
    vanglória

    Evangelista Cristão tendo que dar aula de português…….rs….rs…rs….rs….rs

    • Meu caro Elê

      Preste bem atenção:

      ‘Desvario’, sim! ‘Desvário’, nunca! Parabéns pela exclusão da desnecssária acentuação. Vemos aqui um pequeno progresso e isso é louvável! Não cometa mais esse desvario…rs…rs…rs…

      Falta aprender a grafia correta de SOBERBA e ESCÓRIA.

      Não se escreve ‘soberbia’ nem ‘escórias’

      (Aliás, diga-se de passagem que os sinônimos de SOBERBA são ‘a sua cara’! Nada pessoal, apenas uma dedução lógica).

      ESCÓRIA – substantivo/feminino/SINGULAR. Ou seja: usa-se a expressão ‘ESCÓRIA’ apenas no singular. Entendido?!

      E outra: as reticências são, na escrita, representadas por apenas TRÊS pontinhos.

      Sinceridade?! Deus me livre de um professor do seu ‘naipe’. Nem de gramática portuguesa nem da vida. Ensina TUDO errado.

      Nada pessoal, mas é que sou exigente.

      Fica na paz

      R.

    • Meu caro Elê,

      Preste bem atenção:

      ‘Desvario’, sim! ‘Desvário’, nunca!

      Parabéns pela exclusão da desnecessária (e incorreta) acentuação. Vemos aqui um pequeno progresso e isso é louvável! Não cometa mais esse desvario…rs…rs…rs…

      Falta aprender a grafia correta de SOBERBA e ESCÓRIA.

      Não se escreve ‘soberbia’ nem ‘escórias’

      (Aliás, diga-se de passagem que os sinônimos de SOBERBA são ‘a sua cara’! Nada pessoal, apenas uma dedução lógica).

      ESCÓRIA – substantivo/feminino/SINGULAR. Ou seja: usa-se a expressão ‘ESCÓRIA’
      apenas no singular. Jamais no plural.

      Entendido?!

      E outra: as reticências são, na escrita, representadas por apenas TRÊS pontinhos.

      Sinceridade?! Deus me livre de um professor do seu ‘naipe’. Nem de gramática portuguesa nem da vida. Ensina TUDO errado. Aff…

      Nada pessoal, mas é que sou exigente.

      Fica na paz,

      R.

  95. Evangelista Cristão

    Samuel disse: janeiro 28, 2014 às 2:43 pm
    Irmão Eleotério,
    Esse não é um caso isolado.

    Foi exatamente isso que eu afirmei.

    Não é isolado a ponto de em outras Igrejas, inclusive a católica ter pessoas que não tem BOM SENSO igual a esta mocinha………..

    Evangelista Cristão

  96. Um comentário pra quebrar o gelo..
    .

    Eliotério: É o irmão mais velho. Turrão, implicante, mas tem um coração bom e abraça a nós todos. Brigamos sempre, mas não conseguimos viver sem ele e ele sem nós. Gosta de ver quando implicamos com ele. rsrs

    Sônia: Nossa irmã sonhadora. Ama muito a Deus, tem muitos sinais na vida espiritual. É sensível e apaziguadora. Deus é tudo pra ela. Tem fé inabalável. Tomar cafezinho com ela é ver as horas passarem rápido.

    Regina: É minha sister mais próxima. Deu-me bons puxões de orelha que me fizeram crescer espiritualmente. Verdadeira e Sincera. Não faz rodeios. Fala na Lata. Coração enorme. Uma sister-Mãezona. Preocupada com todos.

    Lima: Refinado, Intelectual, Implicante e bem humorado. Não perde oportunidades em ser polémico e tem coração verdadeiro. Nos coloca na parede de vez em quando, mas é caridoso e chora aos pés de Deus.

    Cláudio: É nosso mano piadista. Comentários precisos, bem humorados, verdadeiros e cirúrgicos. Ama a Deus e sabe como ninguém encontrar Jesus nas Escrituras. Quando some por uns dias, todos sentimos sua falta.

    Érica: E a nossa caçula. Menina bem educada e refinada nas palavras. Tem um coração devoto a Deus e os olhos brilham quando fala de Jesus.

    Vítor: Nosso amado irmão das terras de Portugal. Estudioso, minucioso, um coração imenso em bondade. Não mede esforços para amar seus irmãos. Prudente é a palavra que o define.

    Samuca: É um mano querido. Temperado, bem-humorado, sabe pesar as palavras como ninguém. Podemos contar com ele nos momentos difíceis. Tem amor grande pelas coisas de Deus. É firme nas opiniões.

    Márcio Ermida: É o mano que tem experiência de causa pra contar. Quem for esperto ouve o que ele diz porque o tempo o fez sábio. Não concorda com injustiças. Ama a verdade. Um coração guerreiro pelas coisas de Deus.

    Ricardo: É ele que coloca a lenha e o fogo. Depois ele senta confortavelmente na cadeira e espera a gente colocar a gasolina. Rsrsrs. Fica de longe monitorando o que fazemos. De vez em quando dá uns pitacos e se o calor crescer muito, joga água, encerrando as discussões. rsrsrs

    .
    Conclusão: Amo muito a todos vocês, mesmo quando nossas ideias não batem, tenho certeza que se qualquer um aqui um dia necessitar de ajuda ou orações, todos serão mais do que prontos em ajudar/orar.

    Um ósculo cristão a todos!

    HP

    • HP,

      Vc ‘tirando uma’ de psicólogo, heim?! Sempre surpreendendo! Amei! ;)

      E você é aquele que é tão movido UNICAMENTE pelo imenso amor de Deus que nos desconcerta com a sua genuína humildade!

      E essa sister-mãe aqui (que já nasceu anciã rss), já te falou que JAMAIS soube que estava dando puxões de orelha era em ti kkkkkkk

      Como diria o Sam,

      Ósculos e amplexos a todos!

      R.

    • Douglas: Arrumado, nao gosta de bagunça. É aplicado, amoroso, quando um ralha com o outro, rapidinho o Douglas vem com a fala mansa colocar paz. Este é o dom dele: pacificador e amigo. Toda familia precisa de um Douglas!

      Joao1: Ele é o mano que sobe no pé de goiaba e ajuda quem nao consegue chegar la. Tem vezes que ralha um pouco, mas é irmao pra todas as horas.

      ALEX: CHEGOU FAZ POUCO TEMPO, AINDA GRITA UM POUCO PRA CHAMAR NOSSA ATENCAO, MAS JA CONSEGUIU NOSSO CARINHO. rsrs

      • SIM, ME PERDOA E POQUE SOFRO DE SINDROME DO GRITO. E EREDITARIO MEUS AVOS FOI PEGO NO LAÇO NO PASTO, ATE HOJE EU E MINHA FAMILIA SOMOS MEIO CHUCROS AINDA,SOBRE ERROS AO DIGITAR, SOU NOVO NA NET, ANTES ACHAVA QUE A NET ERA O CAPETA, ATE UM AVIÃO QUE PASSAVA, EU CORRIA ESTOU CONHECENDO A SOCIEDADE AINDA, AO APRENDER LER ANLISEI ESCRITURAS, E VI QUE UM ALIMENTAVA DE GAFANHOTO E MEL SILVESTRE, TENTEI CONTINUAR A VIVER LONGE DA SOCIEDADE, MAS O MEL ATE QUE ERA BOM, MAS O GOSTO DOS GAFANHOTOS ERA HORRIVEL. ENTÃO PENSEI COMIGO, TENHO QUE SER UM SER UMANO SENSATO, QUEM PODE ME AJUDAR, ENTÃO CONHECI O CAMINHO QUE E JESUS, AGORA ESTOU COMEÇANDO A ME ASSOCIAR COM A SOCIEDADE ATUAL,POR FAVOR ME AJUDEM NÕA QUERO COMER GAFANHOTO NUNCA MAIS. RSRS………

        • Gafanhoto não.

          Pede uma picanha suculenta, que até Deus gostava da gordurinha dos holocaustos… Tinha que ser ovelha boa. Magrinha não podia.

          Salomão deu boi mesmo. Ele tinha pra dar. :-D

      • E UMA BRINCADEIRINHA, PARA QUEBRAR O GELO. RSRS…..

        • HUMOR!!!!
          quando estava no campo ainda, meus avos contavam uma lenda na beira da fogueira.
          lenda o lendario evangelho segundo sao lobo beta
          esses relatos segundo a lenda foran narrados pelo propio lobo beta.

          no ano de 1970. ainda eu era um integlante da alcateia, que trabalhavamos em equipe para um lobo alfa, ele era o chefao da alcateia, era o primeiro a comer, a caça, e depois os demais, depois por ultimo eu o beta.
          o alfa treinava nos para vestir se com pele de ovelhas, para infiltrar nos rebanhos. sua doutrina era fundamentada na irarquia ,ele falava que assin era a tradiçao por muito tempo, e nos ensinou a origem da tradiçao.
          iniciou se num trato dos antepassados do alfa com um tal de capeta. dis que muito e muito tempo atras o capeta tinha feito um trato com a serpente, conseguiro lubridiar, ate o homem, mas com passar do tempo muitas serpente morreram com a cabeça esmagada pela mulher, foi onde nao dava mais serto essa parceria. entao ouve uma conversa do capeta com os lobos alfa,que se passaria como marionetes e chefes fantoche sobre o assunto dos trajes de ovelhas. foi um sucesso no começo, mas na epoca do rei davi ouve bastante resistencia, na epoca de jesus entao, parace que a pele de ovelha era transparente , nao tinha nem como disfarçar, mas nesses ultimos dias os lobos aumentou mais uma o capeta e os lobos vestido de ovelha fez parceria com os bodes.
          eu nunca gostei de bode, eles ja chifro muitos dos nosso. foi em 1970 nesse tempo com essas atitudes dos alfas, resolvi deixar a alcateia que se passava por rebanho e
          aceitar jesus o caminho a verdade e a vida. agora sou um lobo evagelista. no começo foi dificio, me espelhei em paulo que enganava e perceguia mas se converteu, gosto tambem daquele salmo que fala para tudo que tem folego de vida louve a Deus., os lobos alfa adora a lua, um costume egipicio antigo, sou um beta desertor da alcateia mas nao sou trouxa e otario, eu adoro a deus , por que tabem sou bereiano e conheço a escrituras. uns me chama de outra criatura, mas sei o que tem no meu coraçao, nao sou comun nem imundo, sei que sou purificado por Deus, tentei anunciar o evagelho para alcateia, mostrando o caminho que e jesus, mas o lobo alfa me agredio,mas nao impota ganhei muitos para jesus, lutei contra alcateia muito favor do rebanho, ouvi muito entre alcateia, sabe o que dechava o capeta mais brabo com a qualidade de serviço? era ovelhas que conhecia a voz do verdadeiro pastor! e metia coice nos bodes e nos lobos vestidos de ovelha. essa lenda era contado numa aldeia pelos ancestrais de oriundos de minha familia segundo a lenda o lobo beta cristao morreu assacinado por um caçador jesuita. morreu anos depois de sua conversao como soldado cristao. lenda baseada em fatos reais, ainda que disem que os lobo e caes nao tem alma, o lobo beta persevero firme no evangelho. rsrs…….

    • Irmão Henrique!

      É um poeta, por favor. Fiquei emocionada com demonstrações de carinho e amor -cristão ou não – pela internet. ^^

      Esse Jesus não largo nunca!

      P.s.: Amei a caçulinha. :)

      • Receba meu abraço minha irmã.

        A Igreja de Cristo precisa de “caçulinhas” assim. :-D

        Que Deus continue sempre a te abençoar.

    • Irmão HP obrigada pelo carinho. Sei que posso contar com suas orações , afinal quantas já não lhe pedi lá no seu blog? rssss… Deus te abençoe!

    • Não vou cair no erro de tentar devolver o elogio porque seria o mesmo que uma criança pegar no lápis de cera e tentasse pintar um Picasso…
      Obrigado pelas palavras. O sentimento de respeito, admiração e amor Cristão é recíproco meu irmão.

      Deus o abençoe e a toda a sua casa.
      Vitor

      • Meu irmão Vítor!

        Ainda um dia comeremos uma francesinha juntos, sentados a beira do Douro, próximo a Ponte Dom Luís!

        Que Deus abençoe tua casa cada vez mais.


        PS: Francesinha é prato típico do Porto. Consiste num sanduíche recheado com linguiça, salsicha fresca, presunto, carnes frias e bife de carne de vaca ou, em alternativa, lombo de porco assado e fatiado, coberta com queijo (posteriormente derretido).
        É normalmente guarnecida com um molho à base de tomate, cerveja e piri-piri e coberto com um ovo frito e batatas fritas

        Uma DE-LÍ-CIA!

  97. Márcio José Sérgio Ermida (Colecionador de Bíblias de Estudo CCB) disse:

    Alguém dá uma fprça aí! Acabei de digitar um textão e o mesmo não foi nem pra moderação, acho que se perdeu nos fios do pc. Chato escrever pra caramba na hora do almoço e depois perder tudo.

    Deus abençoe.

    Irmão Márcio – IP, digo, AD, digo, CCB ainda.

  98. Evangelista Cristão

    Eu concordo plenamente que existem erros de portugues em algumas palavras que tenho postado.

    Lá em meados de 1960 quando estive na escola aprendi muita coisa na lingua portuguesa e, reconheço que hoje houve mudanças.

    Desculpem pelos acentos e ou outros erros nos meus textos.

    Mesmo assim, creio que o sentido das minhas frases são fáceis de entender e, não será pelos motivos dos meus erros em portugues que deixarei de postar o que penso.

    Evangelista Cristão para os perfeitos(as)…….rs….rs…

    • Ai ai, Jesus! Gente, na boa, né? Nem tanto ao céu nem tanto ao mar. Há quem apele para o pedantismo na escrita rebuscada, usando expressões pouco usuais, enquanto outros não prestam atenção na GRAFIA CORRETA. E, no caso da GRAFIA, eu nem me refiro a um ou outro lapso de digitação, que qualquer um de nós, do mais rebuscado ao informal, está passível de erro. Não, não é a isso que me refiro, e, sim, a erros CRASSOS que se repetem!

      Creio ser importante para quem faz suas considerações públicas por escrito, estar atento à ESCRITA CORRETA, se quer um mínimo de CREDIBILIDADE. Considerando que a língua é dinâmica, quem lê e escreve (ou seja, qualquer indivíduo) tem a obrigação e a necessidade de acompanhar esse processo que é interminável.

      Não se justifica ter estudado gramática nos anos sessenta para cometer erros primários HOJE! Até porque, os erros aqui apresentados não dizem respeito a mudanças na gramática. Repito: não existe a expressão ‘SOBERBIA’ nem na antiga nem na atual grafia de ‘SOBERBA’. Não existe a expressão ‘ESCÓRIAS’ na antiga grafia, sendo sempre ESCÓRIA. E não existe acento em ‘DESVARIO’ nem na antiga nem na atual grafia.

      Portanto, até mesmo para quem não acompanha as MUDANÇAS, não se justifica o erro DAS TRÊS EXPRESSÕES CITADAS. E, menos ainda, sua invariável repetição.
      A propósito, MUDANÇA é a palavrinha mágica para quem não deseja ficar estagnado. Quem fica parado no tempo, sem acompanhar a evolução dos fatos, está destinado a virar LODO.

      Na mudança, a pessoa passa de um modelo falido para um novo. Atualiza-se! Para isso, é necessário estar aberto, sensível, criativo, FLEXÍVEL. Essa atualização que as mudanças trazem, exige uma nova maneira de pensar, colocando-nos em harmonia com o presente, proporcionando uma visualização mais clara do que se descortina à frente.
      Entretanto, para que isso aconteça, a pessoa precisa estar atenta à dinâmica dos acontecimentos à sua volta, apta a adotar um novo estilo de vida, adquirindo novas compreensões, abandonando velhos conceitos.

      Infelizmente, o que se percebe (principalmente dentro dos RÍGIDOS muros religiosos), é que há uma rejeição natural do homem que se coloca na defensiva frente às mudanças. Na grande maioria das vezes, quando se depara com uma etapa que está no final, ele não quer aceitar, sendo o temor do desconhecido uma das principais causas, junto com o pavor de que seu modelo preferido caia por terra. Esquecendo-se que muitos modelos poderosos e grandiosos caíram por terra ao longo da História, permanece nesse apego pretensioso, tolo e vaidoso, posto que temporário. E (mais grave!) enquanto se agarra em modelos vãos, colocando todas as suas forças… Esquece o ESSENCIAL!

      A parábola do odre velho evidencia sua incapacidade de armazenar o novo por ter perdido a elasticidade com o tempo. Analogamente, não podemos deixar que o tempo relaxe a nossa mente, o nosso espírito, rompendo-se facilmente com a ‘fermentação’ dos nossos velhos conceitos. (Jesus usou a metáfora dos odres para indicar que o evangelho “novo” que Ele trazia não cabia no “velho” Judaísmo dos fariseus)

      Meu desejo é que acompanhemos a evolução natural das coisas, pedindo a Deus que nos renove a mente em todas as áreas – seja no intelecto, no emocional ou na psiquê. Para que alarguemos as nossas relações humanas na perspectiva Dele, e não no velho modelo falido que se repete no farisaísmo moderno.

      Que estejamos sempre aptos a mudanças para, só assim, expandirmos nosso genuíno ‘IDE’.

      É só exercitarmos…

  99. Evangelista Cristão

    Regina Farias disse:

    janeiro 31, 2014 às 10:31 am
    Ai ai, Jesus! Gente, na boa, né?

    A propósito, MUDANÇA é a palavrinha mágica para quem não deseja ficar (estagnado). Quem fica parado no tempo, sem acompanhar a evolução dos fatos, está destinado a virar LODO.(lodo) !!
    Na mudança, a pessoa passa de um (modelo falido) para um novo. Atualiza-se! Para isso, é necessário estar aberto, sensível, (criativo), FLEXÍVEL.

    Evangelista respondendo………..

    Nunca preocupei-me em falar corretamente o portugues.

    Lembro-me do falecido Sebastião Camargo, dono da mais rica construtora na época que o mesmo era vivo; CAMARGO CORREA !!

    Em 1995 saiu na capa da veja sobre os milionários;

    4 de outubro de 1995
    Os donos do dinheiro

    Outros, como José Ermírio de Moraes (Votorantim), Attílio Fontana (Sadia) ou Sebastião Camargo (Camargo Corrêa), deixaram impérios.

    Tem muitos outros bem sucedidos e milionários que eu poderia citá-los e, nenhum sabia perfeitamente a lingua portuguesa.

    Hoje vem voce, Regina, dizer que estou (estagnado), (parado) no tempo, virando LODO.

    Tenho certeza que voce não teve o mesmo sucesso empresarial e familiar que o meu !

    Tenho certeza que seus filhos, netos não são médicos. dentistas, hoteleiros, juízes como os meus ! rs….rs…..

    Olhando outro dia tua foto,Regina, senti no teu olhar muita frustação. Faço uma pergunta?

    Voce é bem sucedida financeiramente ? voce tem esposo ? Seus filhos são bem estruturados ? Voce sente-se realizada e feliz com aquilo que a vida lhe presenteou ? Vamos lá responda minha CURIOSIDADE….. rs….rs….

    Voce,Regina, sente-se realizada em humilhar-me,mas, tem que estar preparada para ler minhas defesas aos teus textos RIDICULARIZANDO-ME !!

    Após minhas defesas a tua ZOMBARIA a meu respeito, gostaria de obter tuas respostas….rs…..rs….

    Escrever e falar perfeitamente a lingua portuguesa não leva ninguém ao sucesso profissional e ou familiar e ou saber trabalhar no evangelho…….

    Evangelista Cristão defendendo-se das ZOMBARIAS da Regina….rs….rs….

    • Graças a Deus minha sister Regina de frustração não tem nada.

      Riquezas nesta terra basta Jesus Cristo. O resto fica por aqui mesmo e só serve para criar divisões entre os herdeiros na herança.

      Fosse assim, Paulo seria o homem mais triste da terra! Não casou, não teve filhos, passou tanta dificuldade, fome, nudez, perseguição e ainda tratou como esterco todo o conhecimento que tinha, por causa da Graça.

      Graça esta que alcançou a minha sister e a abençou ainda materialmente com uma família linda, que sou prova em conhecê-los. Quisera as famílias da terra tivessem filhos como minha sister tem!

      Rapazes honestos, cristãos, valentes, sinceros, amorosos com a mãe que tem!

      Glórias a Deus que cumpriu uma promessa por Graça na vida da minha sister, fazendo seus filhos como Oliveiras ao redor da sua mesa e tendo paz na sua casa!!!

      Além de tudo isto, Deus a deu um dom de abençoar a vida dos amigos que a rodeiam. E eu sou prova viva pois sou um deles!

    • Por que será que eu não me surpreendo com essa falácia?! Ah, sim, lembrei! É porque além de não ser a primeira vez que o ilustríssimo líder religioso usa dessa tática de denegrir vida pessoal de quem ‘mexeu em seu queijo’, eu já conheço a sua alma de outros invernos tenebrosos.

      Meu Jesus! É como se costuma dizer: vergonha alheia!

      Então essas são as ‘defesas’, os valores e as referências de felicidade de quem se denomina servo de Deus? Diabólico!

      Lembro-me de Jesus diante de alguns ‘argumentos’ de Pedro querendo intervir nos planos DELE:

      “Arreda, Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim, das dos homens”

      Impressionante mesmo é como as máscaras vão caindo…

      Confesso que, a princípio, só não dei uma grande gargalhada com esse patético comentário, porque a perplexidade invadiu meu coração que logo deu lugar a uma enorme compaixão. “…Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno”.

    • Ter vergonha de pensar não é um mal do qual eu tenha que me curar – questiono o local onde congrego, não tenho medo de debater pela liberdade que tenho tanto lá como em qualquer lugar.

      Onde os dogmas litúrgicos e denominacionais falam mais alto é praticamente IMPOSSÍVEL a manifestação de Deus, e é O próprio quem diz isso, em no primeiro capítulo do livro do profeta (este, com certeza É um profeta) Isaías:

      “Ouçam, ó céus! Escute, ó terra! Pois o Senhor falou: “Criei filhos e os fiz crescer, mas eles se revoltaram contra mim. O boi reconhece o seu dono, e o jumento conhece a manjedoura do seu proprietário, mas Israel nada sabe, o meu povo nada compreende”. Ah, nação pecadora, povo carregado de iniqüidade! Raça de malfeitores, filhos dados à corrupção! Abandonaram o Senhor; desprezaram o Santo de Israel e o rejeitaram. [...] Se o Senhor dos Exércitos não tivesse poupado alguns de nós, já estaríamos como Sodoma e semelhantes a Gomorra. Governantes de Sodoma, ouçam a palavra do Senhor! Vocês, povo de Gomorra, escutem a instrução de nosso Deus! “Para que me oferecem tantos sacrifícios? “, pergunta o Senhor. Para mim, chega de holocaustos de carneiros e da gordura de novilhos gordos; não tenho nenhum prazer no sangue de novilhos, de cordeiros e de bodes! Quando lhes pediu que viessem à minha presença, quem lhes pediu que pusessem os pés em meus átrios? Parem de trazer ofertas inúteis! O incenso de vocês é repugnante para mim. Luas novas, sábados e reuniões! Não consigo suportar suas assembleias cheias de iniquidade. Suas festas da lua nova e suas festas fixas, eu as odeio. Tornaram-se um fardo para mim; não as suporto mais! Quando vocês estenderem as mãos em oração, esconderei de vocês os meus olhos; mesmo que multipliquem as suas orações, não as escutarei! As suas mãos estão cheias de sangue! Lavem-se! Limpem-se! Removam suas más obras para longe da minha vista! Parem de fazer o mal, aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão. Lutem pelos direitos do órfão, defendam a causa da viúva.”Isaías 1:2-17

      Peço perdão por usar uma tradução que nem gosto, que é a NVI, porém, é pra ficar bem claro certas palavras e questionamentos que o Senhor falou por meio de Isaías… Não sei se acontece com os irmãos, mas quando leio esta passagem, e algumas outras, eu não penso em um Deus consumidor – porque tá na cara que Ele está bravo aí – mas em um Deus que quer relacionamento com Ele – e não apenas ofertas inúteis, reuniões inúteis, as assembleias (aquele culto, todo domingo ou outro dia semana)… Ele quer mais do que damos com mão fechada para Ele. E ESTÁ CLARO QUE ELE NÃO ESTÁ FALANDO de situações externas – e sim, de uma mudança interior daquele que se achega a Ele… É o que sai do homem, o que está dentro dele que o destrói…

      Antes, quando mais nova na fé e no tamanho…rs, eu ficava imaginando o que Paulo queria dizer com falar aos coríntios como a meninos e não como homens, porque eles não conseguiam entender as coisas do Espírito, e por isso, se descentravam em dissensos e porfias por assuntos que não aumentariam nem diminuiriam a salvação de ninguém. E creio que é por meio deste mesmo Espírito que hoje, e já algum tempo, tenho compreendido, na medida de graça que tenho recebido, o que realmente significam estas palavras. Como disse um irmão, uma vez, estou presa pela verdade, porque na época da ignorância, era livre – como o são muitos.

      Enfim, eu gosto de debater, e sei que não cabe a mim, nem ao irmão do Blog, e nem aos outros convencer, e sim, ao Espírito Santo.

      Mas, depois de ler isso… Eu realmente me questiono se as pessoas fazem uso de algo tão precioso que Deus nos Deus – o intelecto – para propósitos que só enfatizam a malignidade presente na alma humana. PIOR: será que realmente é fruto de lábios que confessam o nome do Senhor Jesus?

      Fica minha insatisfação com a descida agravante do Elê, que não aguenta comer alimento espiritual sólido e acha que todos devem beber leite como ele.

      De boas, Bereiano, talvez seja a hora de moderar alguns comentários infames aí.

      Abraços.

      Boa semana!

  100. Evangelista Cristão

    Regina, agora tenho certeza que voce é frustada….rs….rs….

    Tem despeito de mim porque Deus abençoou toda minha casa.

    Faço idéia como é a tua vida….rs….rs…..

    Hp, estou estranhando o porque voce elogia tanto a Regina ???…rs….rs….

    Evangelista Cristão pronto para defender-se e muito feliz…..rs…..rs……rs….rs….rs…rs

  101. Evangelista Cristão

    Hp, porque voce não citou o esposo da Regina ?

    Será que ele não aguentou ela ser muito soberba ?

    Hp, responda sem rodeios…rs….rs….

    Quando olho nos olhos de alguém dificilmente eu erro….rs…..rs…

    Hp, coloque uma foto do teu rosto e, postarei quem voce é….kkkkkk

    Vamos lá pode me chamar de malígno….kkkkk

    Sempre lembro-me daquele ponto na biblia; Resiste ao Soberbo…kkkk

    Continuarei resistindo voces…..rs….rs

    • “Eleotério”,

      Te dou a honra de mostrar teu rosto e verdadeiro nome primeiro.

      Quanto a salvação, eu espero sinceramente que você seja salvo. Pedro apóstolo do Senhor certa vez foi chamado de “Satanás” pelo Mestre. Isto não tem a ver com salvação, mas com conduta.

      Condutas tuas, aliás que são um tanto infantis para quem é ancião.

      Eu preferia ver o inferno vazio. Sei que não estará, mas aprendi ter este desejo com Deus, afinal Ele “é longânimo e cheio de misericórdia, não querendo que alguns se percam, mas todos venham a se salvar.”

      Agora, se você quiser ir para o inferno, creio que Deus respeita tua vontade.

      E eu apenas orarei por ti.

    • Quando não somos prudentes nas nossas colocações e perdemos o controle (domínio próprio) permitimos que emoções ruins influenciem nas nossas críticas. Então, nos deixamos levar por sentimentos mesquinhos e irresponsáveis, transformando o assunto em FOFOCA, que não apenas desagrada profundamente a Deus, como também coloca em risco nossa liberdade como cidadãos.

      A FOFOCA começa no atrevimento de se misturar assuntos gerais com conversas de natureza íntima e pessoal, com o intento CAPCIOSO de tornar sensacionalista, no claro INTUITO de difamar e estragar a reputação e a dignidade de alguém.

      A Constituição do nosso país é firme quanto a DIFAMAÇÃO e INJÚRIA, estabelecendo penalidades nos artigos 139 e 140 do Código Penal vigente.

      A PALAVRA DE DEUS lista os fofoqueiros ao lado dos INIMIGOS DE DEUS, dos desleais, dos insolentes e dos homicidas. (Rm 1:28.32)

      Lembrando que Deus condena IGUALMENTE quem assim age e, também QUEM APROVA!

      A Bíblia é CLARA quanto aos PREJUÍZOS (Pv 11.13 – 16.28 – 18:6.8 – 26.20) e também quanto às CONSEQUÊNCIAS da fofoca e da maledicência (Sl 101.5 – Pv 8.13 – 17.9).

      Espalhar mentiras e também sair contando fatos parcial ou inteiramente verdadeiros da vida pessoal de alguém pode também atrair a ira de Deus. Assim como dar ouvidos a boatos ser tão ruim quanto o ato de espalhar palavras perversas. (Pv 17.4)

      A carta de Tiago dedica um capítulo inteirinho (3) sobre o pecado da língua e o dever de refrear esse pecado.

      A FALA é uma espécie de barômetro da espiritualidade, por revelar o CONTEÚDO do coração. Ou seja: quem é enganoso e inconstante para com Deus em seu coração também será enganoso e inconstante em SUA FALA.

      POR EXEMPLO, não é uma falsa e enganosa observação acerca de um olhar visto em uma fotografia que define a alma de alguém, e sim, A FALA, que expõe e DENUNCIA o que está no coração.

      Tiago aponta a língua como um instrumento do mal ou um condutor de bênçãos, dependendo se ela está, ou não, envolvida pelo Espírito de Deus.

      Jesus nos ensina que não é o que entra pela boca que CONTAMINA o homem, mas O QUE SAI DELA, posto que a FONTE de TODA a impureza de um homem está no seu CORAÇÃO. (Marcos 7) Pois a boca fala do que o coração está cheio – Palavras de Jesus, dentro de um contexto onde Ele aponta que se conhece uma boa árvore pelos seus frutos! (Mt 12.34b)

      O livro de Provérbios nos diz, no capítulo 6, dos versos 16 a 19, que SEIS coisas aborrecem o SENHOR, e a SÉTIMA ELE ABOMINA!

      1. olhos altivos
      2. língua mentirosa
      3. mãos que derramam sangue inocente
      4. coração que trama projetos iníquos
      5. pés que se apressam a correr para o mal
      6. testemunha falsa que profere mentiras

      7. E O QUE SEMEIA CONTENDA ENTRE IRMÃOS.

      A propósito, vamos esclarecer isso aqui, de uma vez por todas: não podemos mais ser infantis e sair por aí confundindo a expressão ‘CONTENDA’, transformando isso em ‘ponto de doutrina’.

      Sejamos sensatos e maduros ao analisar o sentido de contenda dentro de cada contexto; mais precisamente, o que nos disse Paulo sobre ‘contenda’. Ora, contenda, no sentido de apontar equívocos em nome de Jesus, JAMAIS FOI CONDENADO por Paulo, uma vez que ELE MESMO foi alvo de muitas contendas nas quais esteve presente e atuante. Necessariamente! Ele não fugiu de nenhuma delas. Foi ridicularizado de todas as formas e sempre se manteve coerente com o Evangelho, rebatendo no Espírito e com a veemência de seu temperamento, toda sorte de equívoco doutrinário, fosse pessoalmente ou por carta.

      Não confundamos mais, por favor, sob risco de ser posto à prova o nosso quociente de inteligência. A contenda (discussão) no sentido de arenga pessoal, esta sim, é vista por Paulo, não apenas como desperdício de tempo; e, mas ainda: como algo não proveitoso. E mesmo assim, ele não saiu ‘condenando’ ninguém por isso, e, tão somente, disciplinando, chamando à atenção, levando as pessoas à reflexão. Caso marcante está no conflito entre duas de suas cooperadoras no Evangelho, cujas personalidades marcantes estavam interferindo na harmonia e bem estar daquela comunidade que ora surgia.

      E levando para o lado pessoal, então… Aí é que a coisa fica mais séria e grave!

      E, tratando-se de FOFOCA…

      “A fofoca não é, JAMAIS, um ato de bondade. Ela diminui a pessoa pela qual se fala. Ela degrada o cristão que a pratica. Ela serve de TENTAÇÃO e de ARMADILHA para o ouvinte que PARTICIPA dessa maldade.

      O conflito é inevitável nos relacionamentos interpessoais. É humanamente impossível viver em total harmonia com os outros o tempo todo. Por isso, a bíblia trata desse assunto de diversas maneiras: Jesus ensina como deve resolver as discussões, Paulo resolveu sua contenda com Marcos e João advertiu os cristãos a não ter ódio uns dos outros”. (Adaptado – A Bíblia da Mulher- SBB – Ed. Mundo Cristão).

    • Cada vez me surpreendo mais…

      • Pois é…

        A psicologia básica nos ensina que aquele que fala mal de outrem diz muito mais de sua própria alma. Ou seja: enquanto os pés se apressam a correr para o mal e dar testemunho falso proferindo mentiras, pensando estar ‘queimando o filme’ de alguém, na verdade REVELA MUITO MAIS DE SI MESMO!

        Por outro lado, isso não é mais novidade para mim.

        Percebo que é o preço que se paga por corrigir e por derrubar mitos.

        O próprio ‘líder do ministério da fofoca’ em questão já ‘me detonou até a quinta geração’ em outra postagem deste mesmo blog.

        Em outro blog, o do Hélio, tive que falar com o mesmo para que chamasse a atenção de alguns mais ousados para segurarem a língua porque eu não estava disposta a acionar os meios legais; pois mesmo eles usando covardemente o anonimato nós sabemos que há como se chegar até eles, para então, fazermos valer nossos direitos de cidadãos.

        Aliás, desconfio que esse método de investigação da vida alheia utilizado, seja até corriqueiro em uma parcela ‘crental’. Pois, há alguns anos, outro fundamentalista, não suportando o que eu falava, usou dessa mesma técnica (num outro blog), na vã tentativa de calar minha boca, confiante de que suas ‘descobertas’ me envergonhariam.

        Este, se achando muito esperto, fuçou meu blog à procura de algo concreto (ou subliminar rss) que me ‘incriminasse’. Inclusive, diga-se de passagem, valendo-se do conhecimento de informática, APRESSANDO-SE a correr para fazer o mal usando DESTE CONHECIMENTO. E, como não encontrou, tentou me atingir com seus DARDOS INFLAMADOS, usando também a minha família. E isso, com base em fotos (risos) publicadas por mim e informações que eu dei a respeito de mim mesma e da minha relação com a minha família por meio dos meus escritos.

        Hoje ele mudou de tática atuando mais como uma espécie de conselheiro às avessas, dando seu pitaco eventualmente, onde caberia bem aquele clichê: ‘perdeu a oportunidade de ficar calado’. Ou seja, não exerceu a humildade como fruto do Espírito e não aprendeu nada de todo aquele evento. Aliás, ‘aprendeu’. Ficou mais fortalecido na arrogância e no orgulho denominacional. De botar no bolso qualquer idólatra da ICAR. Lamentável…

        Portanto, parafraseando o poeta que bem conhece a natureza humana, a minha dica é: ‘quem for falar de mim, me chame, pois sei coisas terríveis a meu respeito’!

        Mas também ficará sabendo que AQUELE que poderia me condenar resolveu me justificar. E NADA poderá me separar do amor de Cristo.

        Infelizmente, quem for fundamentalista religioso, dedicado a defender instituições e hierarquias religiosas, distanciando-se do Evangelho, JAMAIS irá entender isso.

        Triste, isso!

        http://reginafarias.blogspot.com.br/2014/02/fofoca.html

  102. Evangelista cristão

    Hp, eu vou salvar-me, afinal eu creio em Cristo….é só crer, não preciso ter boas obras,né ?

    Voce afirmou isso várias vezes…..kkkkkkk

    Ensine a Regina, ela me chamou de satanás…..kkkkkk

  103. Eita!

    O Ricardo poderia fazer um tópico sobre o vídeo… Ajudar na lenha na fogueira.

    O engraçado é que, depois dela, já vieram outras de outras denominações – minha mãe gosta de assistir, e sempre me chama para ver. Este, eu perdi. =P

    Concordo com a Regina, nem falarei mais.

    Beijos

  104. Evangelista Cristão

    Regina,

    Voce posiciona-se como VÍTIMA e coitadinha,mas,provarei que voce ataca e fala o que quer. Lembre-se que aquela que fala o que quer escuta o que não quer !

    Baseado nos textos que voce vier postar,ZOMBANDO de mim ou do SUCESSO espiritual e material da minha familia eu continuarei me defendendo….

    Vou postar alguns textos em que voce me agrediu, ofendeu,humilhou,entre outras coisas:

    Textos da Regina contra Evangelista Cristão….

    A propósito, MUDANÇA é a palavrinha mágica para quem não deseja ficar estagnado.

    Quem fica parado no tempo, sem acompanhar a evolução dos fatos, está destinado a virar LODO.(LODO ?)
    Na mudança, a pessoa passa de um modelo falido(FALIDO ?) para um novo. Atualiza-se!

    Para isso, é necessário estar aberto, sensível, criativo, FLEXÍVEL.(FLEXIVEL ?)

    Aliás, diga-se de passagem que os sinônimos de SOBERBA são ‘a sua cara’(CARA ?)!
    Nada pessoal, apenas uma dedução lógica (LÓGICA ?).
    Sinceridade?! Deus me livre de um professor do seu ‘naipe(NAIPE ?)’.

    Nem de gramática portuguesa nem da vida (NEM DE VIDA ?). Ensina TUDO errado(ENSINO ERRADO ?). Aff…

    Nada pessoal, mas é que sou exigente.

    Três das novas expressões do nosso idioma:
    - ‘desvário’, ‘soberbia’ e ‘escórias’.
    Nenhum dos ‘verbetes’ acima possui definição. Quem OS utilizou que seja o primeiro a definir!
    Não tem como não rir (RIR SÓ PORQUE ERREI NO VOCABULÁRIO?)

    Sabe aquela história de Narciso que só consegue enxergar o próprio espelho? São os tais ‘desvarios…’ he He (CHAMOU-ME DE LOUCO ?)

    Palavras do próprio Jesus: ‘Não há profeta sem honra, senão na sua terra e na sua casa’ (Mt 13.57b – Mc 6.4 – Lc 4.24 – Jo 4.44)

    O caso do Eleotério é um fenômeno sobrenatural interplanetário.(INTERPLANETÁRIO,SÓ PORQUE TENHO UMA FAMILIA EXEMPLAR ?)

    Se cai na boca do povo místico do nosso país, não demora muito sua casa passa a ser endereço de peregrinação.(RIDICULARIZOU ,MINHA FAMILIA ?)

    E já posso imaginar o nome: (título rss)
    ‘Caminho de Santeleotério de Compostela Mineira’. ( APELIDOU MINHA PESSOA E MEUS FAMILIARES ?)
    Perdão, mas não me contive.(AFIRMOU TER EXAGERADO ?) Preciso exercitar mais o meu domínio próprio

    Eita, o velho e surrado discurso turrão sobre a vida pessoal e a família agora é dirigido ao Vitor ( FALOU DA MINHA FAMILIA ?)
    Com direito à diabólica comparação egocêntrica.(ME CHAMOU DE DIABÓLICO ?)

    Meu Deus! Como é leviano(ME CHAMOU DE LEVIANO ?) afirmar que palavras soltas ao final ‘juntando tudo’ são atribuídas a Jesus. Por isso, meu apelo é para que sejamos maduros e mais humildes. E, principalmente, RESPONSÁVEIS ao utilizar as palavras alheias. Não coloquemos palavras na boca de ‘Alguém’ para nossa própria conveniência doutrinária. Menos ainda quando proferimos palavras referentes à salvação e à vida eterna.
    Enfim!
    O desfecho final no último parágrafo acima – de mais um comentário postado por essa pessoa QUE SE AUTOINTITULA ‘evangelista cristão’ – denuncia MAIS UM pensamento contraditório e de cunho exclusivista. Fruto de sua vaidosa opinião pessoal.( ME CHAMOU DE VAIDOSO ESPIRITUAL ?)

    A carta de Tiago dedica um capítulo inteirinho (3) sobre o pecado da língua e o dever de refrear esse pecado.
    A FALA é uma espécie de barômetro da espiritualidade, por revelar o CONTEÚDO do coração. Ou seja: quem é enganoso e inconstante para com Deus em seu coração também será enganoso e inconstante em SUA FALA (AQUI VOCE,REGINA AFIRMA QUE TUA LINGUA É PERIGOSA ).

    Jesus nos ensina que não é o que entra pela boca que CONTAMINA o homem, mas O QUE SAI DELA, posto que a FONTE de TODA a impureza de um homem está no seu CORAÇÃO. (Marcos 7) Pois a boca fala do que o coração está cheio – Palavras de Jesus, dentro de um contexto onde Ele aponta que se conhece uma boa árvore pelos seus frutos! (Mt 12.34b)
    “A fofoca não é, JAMAIS, um ato de bondade. Ela diminui a pessoa pela qual se fala. Ela degrada o cristão que a pratica.(AQUI VOCE MOSTRA QUE VOCE ESTÁ ERRADA EM SOLTAR VENENO DA TUA BOCA PARA OFENDER-ME E TAMBÉM MINHA FAMILA)

    Evangelista Cristão com pequena retrospectiva do que a Regina postou ofendendo-me !

    • Eleotério,

      Sempre mudando o foco da questão apelando para distorções. Todos nós aqui já conhecemos essa tática furada.

      Ora, convenhamos! Se fizermos também uma retrospectiva de sua própria fala na qual sai detonando cada um que bate de frente com você, acrescentando ainda as adjetivações irônicas e jocosas de outros comentaristas, certamente irá preencher páginas e páginas que daria um livro. Portanto, essa nunca foi a questão.

      A grande questão é que, de forma REINCIDENTE, você fez CLARAS INSINUAÇÕES acerca da minha INTEGRIDADE MORAL. Com repetições. O nome disso é maledicência. FOFOCA. E ponto. Disso não tem como você fugir nem maquiar, por mais que reproduza minhas falas fora do contexto, como é o seu COSTUME. (Ora, não é de se admirar, já que faz isso com a Bíblia…)

      E eu até poderia apelar para o mesmo sensacionalismo de copiar aqui a sua fala COMPLETA confirmando seu deslize relacionado a direitos e deveres fundamentais que regem a nossa Constituição, porém é desnecessário. Afinal, está registrado aqui neste blog esse seu tom quanto à minha pessoa como cidadã. Inclusive, também, em vários comentários seus de outra postagem mais antiga.

      O que ocorre, é que, aproveitando a oportunidade, fiz um artigo no meu blog – À LUZ DA BÍBLIA – sobre os riscos, os prejuízos e as consequências da FOFOCA. E reproduzi aqui. Simplesmente isso. Mas se você prefere sair pela tangente, DISTORCENDO tudo e levando abertamente para o lado pessoal baseado em visível antipatia pessoal, vá em frente.

      Enfim, faça desse evento como lhe aprouver.

      Conforme ditar sua consciência.

      (Uma dica: que fique somente na antipatia, então. Para que os prejuízos sejam menores).

  105. E, aos poucos, os autorretratos vão se revelando…

    Lima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 68 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: